• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Orações subordinadas adverbiais
 

Orações subordinadas adverbiais

on

  • 45,383 views

 

Statistics

Views

Total Views
45,383
Views on SlideShare
44,015
Embed Views
1,368

Actions

Likes
15
Downloads
890
Comments
5

8 Embeds 1,368

http://piedadeteodoro.blogspot.com 877
http://piedadeteodoro.blogspot.com.br 212
http://www.slideshare.net 135
http://www.piedadeteodoro.blogspot.com 78
http://ritaredacao.blogspot.com 51
http://cejaliacampos.blogspot.com 12
https://twitter.com 2
http://www.blogger.com 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

15 of 5 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • muito obrigado to bem melhor em português vlw;)
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • vlw mtmtmt bom
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Valeu! muito bom!! bjs
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • vlw!!mt bom
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • cant download =/!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Orações subordinadas adverbiais Orações subordinadas adverbiais Presentation Transcript

    • Orações Subordinadas Adverbiais
    • Conceito
      • Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal.
      • São introduzidas pelas conjunções subordinativas e classificadas de acordo com as circunstâncias que exprimem. Podem ser: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, proporcionais e temporais.
    • Classificação
      • Oração subordinada adverbial causal  -Indicam uma circunstância de causa.
      • Ex:“ Fui aprovado, porque estudei.”
      • Principais conjunções e Locuções
      • que, pois, porque, como, visto que, uma vez que , já que.... 
      Oração principal
      • Oração subordinada adverbial condicional - Constituem um obstáculo, uma condição. É iniciada por uma conjunção subordinativa condicional ou por uma locução
      • Ex: Contanto que se esforce, você terá um futuro brilhante.
      Oração principal
      • Principais conjunções e Locuções: se, a menos que, desde que, caso, contanto que.
      • Principal conjunção subordinativa condicional: SE
      • Outro exemplo:
      • Caso você se case, convide-me para a festa.
      • Oração Subordinada Adverbial Comparativa:     funciona como adjunto adverbial de comparação.
      • É iniciada por uma conjunção subordinativa comparativa. São elas: (mais) ... que, (menos)... que, (tão)... quanto, como.
      • Ex: Diocresildo era mais esforçado que o irmão.
      Geralmente o verbo fica subentendido
      • Oração Subordinada Adverbial Concessiva:  funciona como adjunto adverbial de concessão.
      • É iniciada por uma conjunção subordinativa concessiva ou por uma locução. São elas: embora, conquanto, não obstante, apesar de que, se bem que, mesmo que, posto que, ainda que, em que pese.
      • Ex: Todos se retiraram, apesar de não terem terminado a prova.
      • Oração Subordinada Adverbial Conformativa:   funciona como adjunto adverbial de conformidade.
      • É iniciada por uma conjunção subordinativa conformativa ou por uma locução. São elas: como, conforme, segundo.
      • EX: Construímos nossa casa, conforme as especificações dadas pela Prefeitura.
      • Oração Subordinada Adverbial Consecutiva:     funciona como adjunto adverbial de consequência.
      • É iniciada pela conjunção subordinativa consecutiva que .
      • Na oração principal normalmente surge um advérbio de intensidade tal, tanto, tamanho(a).
      • Conjunções: (tão)... que, (tanto)... que, (tamanho)... que. Ex: Ele fala tão alto, que não precisa do microfone.
      • Oração Subordinada Adverbial Temporal: funciona como adjunto adverbial de tempo.
      • É iniciada por uma conjunção subordinativa temporal ou por uma locução. São elas: quando, enquanto, sempre que, assim que, desde que, logo que, mal.
      • Ex: Fico triste, sempre que vou à casa de Juvenildo.
      • Oração Subordinada Adverbial Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade.
      • É iniciada por uma conjunção subordinativa final ou por uma locução. São elas: a fim de que, para que, porque.
      • Ex: Ele não precisa do microfone, para que todos o ouçam
      • Oração Subordinada Adverbial Proporcional:  funciona como adjunto adverbial de proporção.
      • É iniciada por uma locução conjuntiva subordinativa proporcional. São elas: à proporção que, à medida que, tanto mais.
      • Ex: À medida que o tempo passa, mais experientes ficamos.
      • Classifique a oração destacada: Não és mais prudente que eu :
      • a) subordinada adverbial final.
      • b) subordinada adverbial concessiva.
      • c) subordinada adverbial consecutiva.
      • d) subordinada adverbial comparativa.
      • e) subordinada substantiva subjetiva.
      • 2. Fiz lhe sinal que se calasse . A oração destacada classifica-se como:
      • a) subordinada adverbial final.
      • b) subordinada adverbial concessiva.
      • c) subordinada adverbial consecutiva.
      • d) subordinada adverbial comparativa.
      • e) subordinada substantiva subjetiva .
      • 3. Em qual dos períodos abaixo há uma oração adverbial que expressa idéia de concessão?
      • a) Diz-se que a obra de arte é aberta; possibilita, portanto, várias leituras.
      • b) Pode criticar, desde que fundamente sua crítica em argumentos.
      • c) Tamanhas são as exigências da pesquisa científica, que muitos desistem de realiza-la.
      • d) Não obstante haja concluído dois cursos superiores, é incapaz de redigir uma carta.
      • 4. Em: "O moço ficou tão emocionado que chorou", a segunda oração é subordinada adverbial:
      • a) comparativa;
      • b) proporcional;
      • c) consecutiva;
      • d) causal;
      • e) temporal.
      • 5. Classifique as orações abaixo:
      • "Embora lhe desaprovassem a forma, justificavam-lhe a essência.“
      • b) "A estrela que nasce tinha tanta beleza que voluntariamente a elegeu minha sorte.“
      • c) "Naquela noite, ele disse a todos que desejava que fosses feliz."