Case "DELAS - Boutique Erótica"

  • 4,981 views
Uploaded on

Trabalho final do módulo "Comportamento do Consumidor Online" da 4° turma da Pós em Gestão Estratégica de Marketing Digital da FACHA/IGEC 2009-2010

Trabalho final do módulo "Comportamento do Consumidor Online" da 4° turma da Pós em Gestão Estratégica de Marketing Digital da FACHA/IGEC 2009-2010

More in: Education , Travel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
4,981
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
129
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2. Cenário
    • A expectativa da Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico (Abeme) é de crescimento de 15% em 2009 frente ao ano anterior, com um faturamento de cerca de R$ 900 milhões. A explicação: inverno rigoroso, férias prolongadas dos filhos e o investimento das lojas em itens de alta tecnologia;
    • Nos anos 90 os homens eram o principal público-alvo do mercado de sex shops, hoje as mulheres são as grandes estrelas. “Elas são responsáveis por mais de 70% das vendas e as mais abertas a novidades”, afirma Evaldo Shiroma, presidente da Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico (Abeme);
  • 3. Concorrência – Sex Boutique Eficiência - Acesso ao site simples e direto; busca de informações - fácil e rápida. Compra com o menor esforço possível; Cumprimento - Entrega com especificações e prazos prometidos. Como infomação de benchmarking, só uma sex shop apresentou problemas no prazo; Confiabilidade - O site parece ser confiável. Apresenta telefone de contato na home e garante embalagens discretas para envio dos produtos; Privacidade - preserva as informações do consumidor - segue a linha do item anterior e não parece ter problemas nesse tópico. Presteza - há uma boa gama de informações disponíveis para o consumidor; Compensação - reembolso da compra e frete - Dependendo da região, há cobrança. Para o Rio de Janeiro, foi cobrado, na simulação, frete de R$ 20,00. Contato - Atendimento via telefone rápido, ao contrário do on line. Sugere-se implantar chat. "Fale conosco" com formulário, mas email não explicito ao cliente.
  • 4.
    • Layout : feminino, informações bem agrupadas e de fácil localização;
    • Usabilidade : simples e intuitivo;
    • Conteúdo : além do comércio de produtos eróticos, textos e notícias relacionadas; cadastro para recebimento de newsletters;
    • Produto : mix variado em diversos segmentos, desde os mais simples, como géis e hidratantes corporais à produtos de fetiche, como sadomasoquismo;
    • Preço : acessíveis, abaixo da concorrência; descontos para pagamentos à vista;
    • Promoção : não foram encotradas outras formas de divulgação on line, que não o site da empresa;
    Concorrência – Sex Boutique
  • 5.  
  • 6. Concorrência – Jardim dEva Eficiência - Busca de informações confusa, textos com fonte pequena e informações desordenadas; Não há informações sobre o produto;   Cumprimento - Não foi possível obter informações sobre prazo de entrega em nenhum local do Site;   Confiabilidade - O site trabalha com sitema de pagamento UOL PAGSEGURO, parece confiável. Apresenta telefone de contato na home;   Privacidade - Não fazem menção à política de privacidade do usuário;   Presteza - Pouca informação sobre devolução de produtos; serviço de webmaster não respondeu pergunta enviada a título de teste;   Compensação - Mesmo na cidade sede (SP), cobram taxa de entrega que deve ser paga no ato da entrega. Não falam sobre reembolso de compras;   Contato - conseguimos falar com a empresa por telefone, on line não. Atendimento precário, funcionário despreparado, sem conhecimento dos produtos;
  • 7.
    • Layout : home infantil, inibe possível público;
    • Usabilidade : inexistente; informações desorganizadas; navegação não linear;
    • Conteúdo : além do comércio de produtos eróticos, textos e notícias relacionadas; cadastro para recebimento de newsletters;
    • Produto : mix variado; busca de produtos por valor;
    • Preço : acessíveis, abaixo da concorrência;
    • Promoção : não foram encontradas outras formas de divulgação on line, que não o site da empresa;
    Concorrência – Jardim dEva
  • 8. Concorrência On Line
  • 9. Eficiência - site fácil e intuitivo; busca de informações – simples e de fácil localização. Mecanismo de compra de fácil assimilação; Cumprimento - atendimento feito somente por mulheres, tanto nas lojas, quanto no telefone (venda). Entregas feitas por motogirls; Confiabilidade - possui selos de segurança e sistema confiável de compra. Há possibilidade de se pagar por boleto, depósito ou cartões; Privacidade - compras mediante cadastro, preservando as informações da cliente; Presteza - site apresenta todas as informações necessárias sobre os produtos anunciados e ainda, oferece profissionais treinados para esclarecer quaisquer possíveis dúvida das clientes; Compensação - entregas feitas por motogirls com taxa de R$5, somente na cidade sede (Curitiba). No restante do país, frete proporcional por região. Contato - telefone e email, somente. Concorrência – Sex Shop da Mulher
  • 10.  
  • 11. Papéis de Compra
    • Iniciador : amigas e colegas de trabalho
    • Influenciador : mídia, amigas
    • Decisor : a consumidora do Delas
    • Comprador : a consumidora do Delas 
    • Usuário : mulheres/maridos; namoradas/namorados
  • 12. A Empresa
    • Posicionamento – Butique erótica exclusivamente feminina que oferece produtos sexuais e lingerie de luxo para mulheres modernas e sofisticadas;
    • Segmentação – apenas mulheres (18 a 60 anos / classes A e B);
    • Abertura de loja em Ipanema-RJ, situada dentro de galeria comercial, com ampla metragem-quadrada, decoração clean e controle de acesso, impedindo a entrada de homens (campainha e câmera) ;
    • Profissionais altamente treinados e do sexo feminino (vendedora/consultora);
    • Atendimento personalizado, descontraído e de luxo, através do oferecimento de cappuccino, refrigerante light , água mineral e com sabores, além de vinho e espumante;
    • Discrição;
    • Disponibilização dos produtos no estilo self service ;
    • Conceitos da loja física levada para web;
  • 13. Cenário Virtual
    • Layout do site - requintado, com toques de ousadia;
    • Atendimento - telefone, FAQ e chat on line; profissionais treinados, conhecedores de todos os produtos e do sexo feminino ;
    • Produtos - mix variado com alta qualidade de fabricação (incluindo lingerie de luxo, jóias e presentes para maridos / namorados), novidades, as melhores marcas e preços 20% acima da média de mercado (público alvo percebe preço como sinônimo de qualidade);
    • Conteúdo / Serviço Agregado – criação de blog com textos que abordem sexualidade e outros assuntos relacionados, sendo assim, a butique assume um outro papel além do de fornecedora de produtos eróticos: o de disseminadora de conhecimento;
    • Discrição / Entrega - embalagens discretas, mas que denotem o valor da empresa: caixa interna lisa, na cor da marca. Produtos embalados individualmente. Peças delicadas, como lingerie, por exemplo, devem ser embaladas em papéis de seda para acrescentar no valor percebido da marca;
  • 14. Cenário Virtual
    • Canal no Youtube – Canal próprio para vídeos, com demonstração das novidades da boutique e de como utilizá-las, apresentadas por mãos jovens e femininas, de forma direta, com lounge music e logomarca ao fundo;
  • 15. Mix de Produtos Acessórios
  • 16. Mix de Produtos Cosméticos Sensuais e Jóias
  • 17. Mix de Produtos Cosméticos Sensuais e Jóias
  • 18. Mix de Produtos Dildos
  • 19. Mix de Produtos Fantasias e Lingeries
  • 20. Mix de Produtos Livros e DVDs
  • 21. Cenário Virtual
    • Clube Exclusivo – criação de uma rede social própria, onde as clientes poderão ter acesso à:
      • discussões de cunho sexual;
      • descontos em produtos e promoções exclusivas;
      • parcerias com motéis e restaurantes (dentro do perfil);
    • Relacionamento - criação de régua de e-mail marketig que contemple:
      • e-mail welcome - recebido após 1ª compra e associação ao clube;
      • e-mail segmentado por perfil de compra;
      • aniversário da cliente;
      • datas especiais como: dia dos namorados e aniversário do parceiro;
  • 22. Eventos
    • Promoção de encontros fechados para divulgação de novos produtos;
    • Despedida de solteiras e Chá de Lingerie;
    • Workshops e palestras com sexólogos;
    • Serviços educacionais - Aulas de streptease, pole dancing, massagem Tailandesa, etc.
  • 23. Publicidade
    • Links patrocinados;
    • Publicidade em sites de conteúdo;
    • E-mail marketing para base de empresas parceiras;
    • Experimentação no Twitter;
    • Flyers em motéis;
    • Anúncios em revistas femininas, como Marie Claire;
    • Anúncios em sites femininos, como Bolsa de Mulher, M de Mulher e Vila Mulher;
  • 24. Rough do Site
    • Estímulos Visuais
    • Cores que remetem ao mesmo tempo sensualidade e sofisticação (preto e vermelho);
    • Produtos separados por tipo de uso, seguindo lógica funcional;
    • Fotos com modelos jovens e sensuais demonstrando os produtos sempre em posição dominante e homens submissos;
    • Estímulos Auditivos
    • Vídeos com demonstração de produtos, sendo narrados e demonstrados por mulheres com lounge music ao fundo;
    • Estímulos Palativos e Olfativos
    • Produtos comestíveis com a cor da matéria prima que dá seu sabor e sua foto ao lado;
  • 25.  
  • 26. Obrigado! Fabio Carvalho; Illa Cristina Cyrino; Manuele Baggetti; Simone Chiesse; Ricardo Pampillon;