O Despertar – 8418 – 5.01.2007

2,173 views
2,088 views

Published on

Versão integral da edição n.º 8418 do semanário “O Despertar”, que se publica em Coimbra. Primeira edição de 2007. Ao tempo dirigido por Fausto Correia. Jornal fundado em 1917. 5.01.2007.

Para além de poderem ser úteis para o público em geral, estes documentos destinam-se a apoio dos alunos que frequentam as unidades curriculares de “Arte e Técnicas de Titular”, “Laboratório de Imprensa I” e “Laboratório de Imprensa II”, leccionadas por Dinis Manuel Alves no Instituto Superior Miguel Torga (www.ismt.pt).

Para saber mais sobre a arte e as técnicas de titular na imprensa, assim como sobre a “Intertextualidade”, visite http://www.mediatico.com.pt/manchete/index.htm (necessita de ter instalado o Java Runtime Environment), e www.youtube.com/discover747

Visite outros sítios de Dinis Manuel Alves em www.mediatico.com.pt , www.slideshare.net/dmpa,
www.youtube.com/mediapolisxxi, www.youtube.com/fotographarte, www.youtube.com/tiremmedestefilme, www.youtube.com/discover747 ,
http://www.youtube.com/camarafixa, , http://videos.sapo.pt/lapisazul/playview/2 e em www.mogulus.com/otalcanal
Ainda: http://www.mediatico.com.pt/diasdecoimbra/ , http://www.mediatico.com.pt/redor/ ,
http://www.mediatico.com.pt/fe/ , http://www.mediatico.com.pt/fitas/ , http://www.mediatico.com.pt/redor2/, http://www.mediatico.com.pt/foto/yr2.htm ,
http://www.mediatico.com.pt/manchete/index.htm ,
http://www.mediatico.com.pt/foto/index.htm , http://www.mediatico.com.pt/luanda/ ,
http://www.biblioteca2.fcpages.com/nimas/intro.html

Published in: Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,173
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
20
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Despertar – 8418 – 5.01.2007

  1. 1. REPUBLICANO INDEPENDENTE F U N DA D O E M 1 9 1 7 COBRIAGEM – NIQUELAGEM CROMAGEM – ZINCAGEM O Despe espertar espe SERRALHARIA CIVIL SOLDADURAS A ELECTROGÉNEO AUTOGÉNEO E ALUMÍNIO REPARAÇÃO DE JANTES EM FERRO E ALUMÍNIO INSTALAÇÕES PRÓPRIAS: Director: Fausto Correia Director-Adjunto: António Carlos de Sousa RELVINHA Telef. e Fax: 239 825 294 3020-365 COIMBRA 6.ª FEIRA O SEMANÁRIO DE COIMBRA PORTE PAGO 5 - Janeiro - 2 0 0 7 Ano 89 N.º 8418 – 0,75 € NOVA LINHA PESCANOVA CRIA DEGRADAÇÃO SUBSTITUI 200 NOVOS PREOCUPA ECOVIA EMPREGOS EM MIRA CARLOS CLEMENTE Página 4 Página 6 Página 3 2006 em Coimbra e na Região Página 5 COIMBRA RECRIA HOJE Balanço dos meses de Setembro a Dezembro Páginas 11 e 12 ESPERA DOS REIS Página 5 MAIS LEITURA O YO-YO BLOGOS FERAS OPINIÃO PHOTOGRAFIAS NACIONAL INTERNACIONAL O DISTRITO Pág. 23 Pág. 16 Págs. 14 e 17 Pág. 8 Pág. 9 Pág. 10 Pág. 6 Depois de todos estes dias de euforia nada melhor que umas merecidas férias para recuperar forças. Assim, as Viagens MONDEGO em Coimbra e as Viagens CUNHA em Cantanhede, têm ao seu dispor um variado leque de propostas para que possa relaxar. Propomos Brasil a partir de 515.00 €, México a partir de 790.00 € ou Cuba a partir de 589.00 €. Para os amantes da Europa temos Budapeste desde 209.00 €, Viena desde 277.00 €, Paris desde 226.00 € ou Londres desde 289.00 €. Se esta interessado em conhecer África viaje até Cabo Verde a partir de 299.00 €, Tunísia a partir de 296.00 € ou vá até Marrocos a partir de 360.00 €. Estamos ao seu dispor para o servir cada vez melhor!!! R. João de Ruão, 16 - 239 855 555 Coimbra R. Afonso Henriques,17 - 231 423 343 Cantanhede
  2. 2. 05| JANEIRO |07 O D e spe rt ar spert rtar 2 O CONIMBRICENSE ALVORADA loucos continuam à solta. E seu 90.º aniversário. O mais antigo desprezam, de forma deliberada, a jornal de Coimbra chega a uma Despe esper O D esper t ar Paz e a To-lerância que matizam bonita idade e apresenta uma SEMANÁRIO secularmente a época natalícia. Não importante folha de serviços se pede aos criminosos que assistam dedicados à cidade, ao concelho, ao 89.º Ano de Publicação à missa do galo, mas era de esperar distrito, à região e ao país. (Sai às sextas feiras) o devido respeito pela vida e pelos Com publicação ininterrupta O MUNDO, haveres das pessoas. Reconheça-se, no entanto que essa gentalha só pode as suas actuais 8416 edições revelam isenção, credibilidade, O Despertar na web www.odespertar.com.pt Fausto Correia PORTUGAL dar o que tem para dar: sangue, mortes, pânico, escombros, medo, fcorreia@europarl.eu.int independência, seriedade, impar- cialidade e objectividade. Tribuna portal@odespertar.com.pt Director: insensibilidade. Estamos a assistir aberta e plural, de raiz republicana, E “O DESPERTAR” ao regresso da barbárie, uma vez sunitas não perdoarão com fa- tem estado – desde 1917 – ao Fausto Correia Os últimos dias do ano velho foram mais. cilidade as provações (bem audiveis serviço de todas as correntes de Director Adjunto: marcados pela violência: os dis- A pena de morte aplicada ao num dos vídeo apresentados nas opinião. António Carlos de Sousa túrbios no Rio de Janeiro, o atentado ditador Saddam merece uma re- televisões) que os xiistas dispensaram E assim continuará. da ETA em Madrid, o enforca- flexão particular. Desde logo, porque na hora da morte ao seu arqui- Renovado, com mais e me- Redacção as autoridades iraquianas fizeram -inimigo… lhores conteúdos, graficamente António Carlos de Sousa mento de Saddam Hussein. (C.P. N.º TE-951) E os exemplos podiam multi- ouvidos de mercador aos apelos, É imperioso e urgente combater actualizado, “O Despertar” possui plicar-se. Fiquemos só pelos que entre outros, do Vaticano e da União todos os atentados à paz que são hoje uma pleiáde de colaboradores, Zilda Monteiro tiveram mais exposição mediática. Europeia. Depois, porque trans- cometidos mundialmente, desde os fazendo jus ao passado. (C.P. N.º 7937) Se a ETA pôs fim a um mitiram a ideia de que a corda não conflitos armados à fome, passando O “Semanário de Coimbra” Colaboradores cessar fogo unilateral, as mortes e podia esperar mais. Acresce que pelo terrorismo. deve a sua dificil sobrevivência André Pereira a destruição na cidade carioca nem a Administração Bush conse- Por cá, na sua primeira men- também (e sobretudo) aos seus Dinis Manuel Alves parecem não ter um comando guiu ao que consta, o adiamento da sagem de Ano Novo, o Presidente anunciantes, leitores, assinantes e Luís Monteiro operacional reconhecido, o que execução. Avulta que as fotografias da República exigiu “progressos amigos. Márcia Arzileiro complica obviamente as coisas; dos lideres que decidiram invadir o claros” na economia, educação e Que 2007 tenha mais Paz e Marco Francisco quanto a Saddam, o bom-senso Iraque, com base em pressupostos justiça em 2007. Tolerância no mundo, melhor Colunistas implicava, no mínimo, o adiamento afinal inverídicos, ficaram defi- Cavaco Silva disse compre- economia, educação e justiça em ADIFER da execução e, por arrasto, a nitivamente tremidas, se não mesmo ender “os sentimentos daqueles que Portugal e que “O Despertar” Alda Constança contenção na obtenção e divulga- comprometidas, aos olhos da opinião se têm mostrado insatisfeitos e que comemore condignamente os seus Amadeu Carvalho Homem ção de vídeos. pública mundial. Finalmente, as querem um país melhor. Partilho 90 anos. Bernardes Teixeira ondas de violência, no Iraque e em dessa insatisfação”. São os nossos sinceros votos. Carlos Cidade Bombas, carros a arder e Carlos Coelho Veiga cadastro não rimam, de todo, com toda a região, tenderão a aumentar É neste enquadramento que “O Apesar dos maus presságios com Carlos Esperança o espírito da época. Os cavalos exponencialmente, uma vez que os Despertar” comemora este ano o que o final de 2006 nos brindou. Eduardo Proença Mamede Fernando Martins Jaime Ramos João Baptista Joaquim Vieira sper O D e spe r t ar CARTA DO LEITOR Jorge Rua José Andrade José Henrique Dias José Miguel Queiroz José Soares UM NATAL QUE PODIA NUNCA TER 89 Júlio Gomes Correia Lino Mendes Luís Marques Luís Martinho do Rosário ACONTECIDO Manuel Bontempo Manuel Chaves e Castro Marcelo Henriques de Brito Marcos Franco Maria Emília Seabra Após mais uma interminável aproximava ganhou contornos de técnicas que manda o pudor Paulo Eduardo Correia insónia onde contei nos dois uma criança a caminhar a passo calarem. Paulo Leocádio Bernardo ANOS sentidos mil vezes sem conta, inseguro, dedito a apontar as Depois do sonho messiânico Pedro Ferrão Pedro Redol quase esmaguei os olhos de tanto estrelas, olhos ternos a fitarem- decidi: basta, Eufémia, já vi tudo! Rui Fausto Lourenço cerrar as pálpebras, esgotei -me com a sabedoria do mundo O que esses plutofilos querem é Sansão Coelho Sofia Figueiredo PILHAGEM tiques, estereotipais e outros truques da actividade motora enquanto que com voz angelical me segredou ao ouvido: “Tio- apanharem-te na privada. Vais para a privada, sim, mas Vítor Botelho Victor Gonçalves DESENFREADA pretensamente designados de normalizadoras da ansiedade, caí zinho, ajuda-me a nascer”!… Acordei com a inabalável para Lisboa onde outros te vão sugar os cobres também, mas Victor Maia Costa Administração Nestas últimas noites teem enfim, num sono que demorou o decisão de ajudar a nascer esses ao menos não te matarão Redacção, Publicidade, sido tomados de assalto pelos tempo de um suspiro, o suficiente aquela inefável criatura que só mil vezes a esperança de seres Assinaturas e Serviços gatunos alguns bairros da Rua Pedro Roxa, 7-1.º para ver um vulto que na lógica podia ser um arquétipo da filha mãe. Telefones: 239 85 27 10/11/12 cidade, entre os quais Montes absurda dos sonhos me pareceu da minha sobrinha Eufémia Não tardaram seis meses: Fax: 239 852 719 Claros, Calhabé, Olivais, etc., ser ao mesmo tempo um anjo (nome fictício da personagem de “Tio, estou grávida gritou do outro e-mail: jornaldespertar@mail.telepac.pt onde a pilhagem desenfreada com cabeça de monstro e a mais uma história real) que a incúria e lado do fio uma voz embargada Denominação Social: põe a saque as capoeiras e as execrável criatura humana com o desinteresse teimavam há anos pela emoção. ANTÓNIO DE SOUSA (HERD.), LDA. residências dos respectivos auréola de santo. manter incriada. Ainda hoje estou para saber Contrib. N.º 502 137 258 moradores, roubando tudo o Cap. Social: 7.481,97 Euros À medida que o vulto se A minha sobrinha Eufémia se o que falou mais alto nesse que lhes apareça. Gerência: veio anos a fio da cidade do momento foi a alegria de um Maria Primorosa Santos Costa de Sousa Na rua do Telegrafo, Fundão aos serviços de Ferti- desiderato enfim alcançado ou a António Manuel Marques de Sousa aos Olivais, por exemplo, os Diogo Cabrita lização dos Hospitais da Univer- raiva de tanto sofrimento gra- Maria de Lurdes Duarte Pedro Correia gatunos roubaram na noite de sidade de Coimbra à procura da tuito? Composição e Montagem ontem toda a roupa que ali Cirurgia Geral Depart. Gráfico de “O Despertar” mais desejada e legítima gravidez Hoje a Francisquinha a estava estendida nos quintais, (varizes, esclerose, úlcera que nunca mais aconteceu. caminhar no seu passito inseguro, Tiragem média no mês de Outubro 14.000 Exemplares no valor de algumas centenas varicosa, doenças da tiróide, Tantas frustações, tantos tra- o dedito a apontar as estrelas e de escudos. vesícula, fimoses, tamentos dolorosos, tantas situa- aqueles olhos a transbordarem a Impressão Beirastexto - sociedade editora, S.A. hidrocelos, etc.) ções de desconforto físico e sabedoria do mundo, é para todos Rua 25 de Abril, n.º 7 cms_shmt@hotmail.com psicológico, tanta intimidade nós um pedaço do céu. Apartado 44 – 3046-652 Taveiro 1 de Janeiro de 1936 239 49 60 80 | R. Adriano Lucas - Eiras devassada pela aplicação de C.B Número de Registo 100117
  3. 3. CIDADE DE COIMBRA 3 spert rtar O D e spe rt ar 05| JANEIRO |07 PRÉDIOS DEGRADADOS PREOCUPAM PRESIDENTE DA JUNTA DE S. BARTOLOMEU CITAÇÕES CASA DAS CITAÇÕES “Estamos muito longe da desejá- vel e necessária convergência de AUTARCA EXIGE INTERVENÇÕES EFICAZES O presidente da Junta na realização de obras de con- vontades e de políticas numa área servação e recuperação em 229 extremamente sensível e decisiva de Freguesia de São edifícios”. para o futuro da nossa cidade e Bartolomeu, Carlos O autarca comunista explicou do nosso município que é a Clemente, exige que 30 das intervenções efe- educação pré-escolar, básica e intervenções eficazes nos ctuadas, das quais sete estão ainda secundária.” edifícios degradados da em curso, resultaram de obras Catarina Martins Baixa de Coimbra, coercivas, feitas pela câmara em Deputada do Bloco de Esquerda onde no último mês ruíram substituição dos proprietários, cujo 30/12/06 dois prédios. investimento ronda um milhão de euros. “Espero que situações como Gouveia Monteiro referiu que “O sucesso do Pacto para a Nova a queda dos dois edifícios na rua “os arrendamentos com recurso ao Centralidade, o crescimento da dos Gatos não volte a acontecer. mercado privado são uma medida riqueza produzida no Centro, não Mas, para isso, é preciso que as normal, que consta do programa se faz com divisões, mas sim com intervenções sejam eficazes, o que Prohabita que o Governo do PS uniões, com estratégias concerta- não tem acontecido”, afirmou acaba de reforçar e da candidatura das.” anteontem Carlos Clemente, que a Câmara de Coimbra apre- António Almeida Henriques reforçando críticas apresentadas sentou para o quinquénio 2005- Presidente do CEC terça-feira à Câmara Municipal -2009”. pelo PS de Coimbra. “Têm comparticipação do 02/01/07 O autarca, eleito pelo PS, Estado, via Instituto Nacional da alertou ainda para a queda de telhas Habitação, e possibilitam a reso- “Não admira, portanto, que e beirados, que ocorre com fre- aproveitar politicamente este caso, “com os dinheiros públicos”, o PS lução de problemas de realo- 2007 seja um ano aguardado quência na Baixa da cidade, onde mas não pode calar a irres- exige também que o executivo jamento mais urgentes”, adiantou. com magras expectativas pela se localizam centenas de lojas. ponsabilidade da gestão autárquica, municipal informe sobre “a des- O vereador da Habitação maioria dos portugueses, muitos Carlos Clemente disse que neste caso concreto, do vereador pesa mensal com todos os rea- disse ainda que o “levantamento deles excessivamente endivida- tem informações de “pessoas Gouveia Monteiro”, referiu a lojamentos feitos desde Janeiro de multidisciplinar - contratado pela dos e sem significativas melhoras avalizadas” da Protecção Civil Comissão Política Concelhia do 2002”. Câmara à Universidade de Coim- salariais à vista.” sobre a possibilidade de derrocada partido em comunicado. Reagindo às críticas do PS, o bra - é, já está a ser, um instrumento Soares Rebelo do edifício do Palácio de Saldanha, Numa nota intitulada “Coim- vereador Gouveia Monteiro re- precioso para as políticas de Director-Adjunto de “As Beiras” por detrás da cozinha económica, bra a cair - basta!”, o presidente da cordou em comunicado que foi ele recuperação e renovação urbana adiantando que “nada foi feito para concelhia socialista, Luís Vilar, quem propôs, “no início de 2002, a e social da Baixa”. 02/01/07 evitar que isso aconteça”. “É mesmo o único levan- afirma que, “num espaço de 30 criação de um departamento de Na terça-feira, o PS acusou dias”, ocorreu a queda de dois pré- habitação em que fosse incluída tamento científico disponível, cuja “Definitivamente, 2006 não foi o vereador com o pelouro da dios na Baixa, e “agora há telhas uma nova unidade orgânica para validade não pode ser aferida por um ano de boas memórias para Habitação, Gouveia Monteiro, de prédios degradados na rua Sara- intervir em edifícios particulares, um incidente como aquele que se os trabalhadores, para os ido- eleito pela CDU, de “irrespon- goça a caírem para a via pública”. onde fosse necessário realizar deu na Travessa dos Gatos”, sos, para os jovens, para as sabilidade” no que respeita às Quanto ao relatório sobre a obras de conservação para asse- acrescentou. mulheres, para os pequenos recentes derrocadas na rua dos Baixa elaborado pela Univer- gurar a salubridade e segurança “Actualizá-lo permanente- empresários, para todos. Bem, Gatos, exigindo que a Câmara, sidade, o PS conclui que “foi mal dos moradores”. mente, completá-lo com novos para todos não.” presidida por Carlos Encarnação feito, porque mal solicitado, ou a Segundo o responsável pelo dados que vão ficando disponíveis, Francisco Queirós (PSD), torne público o levan- divisão de recuperação dos edi- pelouro da Habitação, desde essa é a opção por que me venho Coord. da Comissão Conc. do PCP tamento habitacional feito pela fícios da Câmara Municipal não Setembro de 2002, foram efe- batendo. Pô-lo em causa seria Universidade de Coimbra sobre a actua em conformidade, pondo em ctuadas “centenas de vistorias, regressar à ignorância e ao empi- 04/01/07 segurança dos edifícios. rismo mais balofo”, sublinhou causa a segurança das pessoas”. notificações, reuniões com pro- “O PS-Coimbra não quer Reclamando transparência prietários e inquilinos, culminando Gouveia Monteiro. PRAÇA PÚBLICA O orçamento da Câmara para 2007 é o mais baixo dos últimos sete anos. Acha que estes cortes vão condicionar o desenvolvimento da cidade? “Sim, penso que vai afectar “Sim, vai afectar todos os sectores “É provável. Se há menos dinheiro, “Sim, vai afectar bastante Coim- “Claro, se há menos dinheiro não todos os sectores. Vai ser mau e isso é mau para a cidade.” vai haver condicionamentos no bra.” se fazem tantas coisas. A Educa- para a cidade.” geral.” ção e a Cultura vão sofrer mais.” Margarida Ferreira Margarida Ferreira Odete Barreira Elsa Gonçalves Marisa Gestosa 29 anos, Estudante 29 anos, Estudante 55 anos, Empregada de limpeza 28 anos, Desempregada 22 anos, Estudante
  4. 4. 05| JANEIRO |07 O D e spe rt ar spert rtar 4 VOZ DE COIMBRA SMTUC FINANÇAS LOCAIS ECOVIA DÁ LUGAR A NOVA LINHA CARLOS ENCARNAÇÃO mara Municipal, Palácio da Jus- 07h30 às 18 horas. O estaciona- Após dez anos de existência, o serviço Ecovia chegou tiça, Avenida Fernão de Maga- lhães, Casa do Sal, Rua do Padrão e Estação Velha. mento só é permitido a quem possua títulos de transporte, que permitirão viajar em toda a rede RESPEITA DECISÃO DO TC ao fim. O prejuízo anual nicípios decidirem como dispor até O percurso da linha nº 34, dos SMTUC. Estes títulos podem O presidente da Câmara de de 300 mil euros e um saldo cinco por cento do Imposto sobre entre a Universidade e o Pólo II, ser adquiridos através de duas Coimbra, Carlos negativo acumulado acima também foi alterado. Segundo os modalidades: bilhete de duas o Rendimento (IRS) cobrado aos Encarnação, afirmou dos 3,5 milhões de euros SMTUC, o trajecto, a partir da viagens com estacionamento (2 munícipes nos seus concelhos, respeitar a decisão do foram as razões principais rotunda da Boavista, passa a Euros), e bilhete de quatro via- alegadamente quebrando o prin- Tribunal Constitucional cípio da universalidade do impos- para esta medida. utilizar a Avenida Dr. Mendes gens com estacionamento (3,5 (TC) que declarou a to. Silva (onde foi colocada uma nova Euros). O passe social geral custa Os serviços gerais (SMTUC) constitucionalidade da nova “Do meu ponto de vista, paragem nas imediações do 33 Euros. passam a assegurar o transporte parque de estacionamento do Os portadores de duas e Lei das Finanças Locais, enquanto jurista, principalmente a dos utilizadores da Ecovia, criando Vale das Flores, junto à entrada quatro viagens do antigo serviço, embora considere que a questão do imposto nacional, uma nova linha que “pretende do quartel dos Bombeiros Sapa- que não tenham usufruído do questão “não é pacifica”. modelado diferentemente pelas melhorar a oferta de transporte dores) e Rua D. Pedro de Cristo estacionamento, podem proceder autarquias, não pode ser pacífica”, público de passageiros”. até à Rua Carlos Seixas, onde será à sua troca por bilhetes com Os tribunais são soberanos, sublinhou Carlos Encarnação. A linha 1A, que faz a ligação retomado o percurso antigo. estacionamento nas cabinas dos temos de respeitar as suas de- “Mesmo à luz do direito entre a Estação Velha e a Uni- Os parques de estaciona- parques, sendo descontadas as cisões” disse à agência Lusa Carlos constitucional parece-me a mais versidade funciona nos dias úteis. mento reservados ao serviço viagens já utilizadas. Aos por- Encarnação, quando confrontado duvidosa”, acrescentou. Observou, O seu itinerário é o seguinte: Ecovia mantêm-se, no entanto, tadores de bilhetes de quatro com a decisão do TC. Os juízes no entanto, que o Direito “não é Estação Velha (ponto de horário), em funcionamento. De acordo viagens que tenham para utilizar do Tribunal Constitucional decla- uma ciência exacta”. “E não vem Avenida Fernão de Magalhães, com informação disponibilizada um estacionamento e, pelo me- raram a constitucionalidade da daí mal ao mundo. O tribunal Arnado, Câmara Municipal, Ma- pelos SMTUC, os utilizadores da nos, duas viagens, será efectuada nova lei das Finanças Locais, cuja decidiu e temos de seguir a nutenção, Rua Padre António Ecovia podem continuar a usu- a troca por um bilhete de duas fiscalização tinha sido pedida pelo decisão”, disse. Questionado sobre Vieira, Universidade (ponto de fruir dos parques localizados na viagens mais estacionamento, Presidente da República. se defende um veto do Presidente horário), Arcos do Jardim, Praça Casa do Sal e no Vale das Flores, acrescido do valor de 0,5 Euros. O acórdão foi aprovado por da República à Lei das Finanças da República, Manutenção, Câ- a funcionar aos dias úteis das Como já era previsto, entra maioria - 10 juízes votaram a favor Locais, Carlos Encarnação recu- também em vigor o novo tarifário e três contra. sou pronunciar-se sobre uma dos SMTUC, que implica um Apesar de respeitar a decisão, decisão que compete a Cavaco aumento global dos preços na o autarca social-democrata ques- Silva. “Não dou palpites ao Pre- “Luze-Portuguesa” ordem dos 5,6 por cento. tiona a possibilidade de os mu- sidente da República” afirmou. FALECEU “Luze-Portuguesa”, informa que o seu ser- viço de Limpezas Gerais de casas, apar- COIMBRA E CANTÃO tamentos, caves, sótãos, arrumos, espaços devolutos, fábricas, armazéns, lojas etc..., com ou sem remoção de lixos para a lixeira, GEMINADOS está a partir deste momento ao serviço de damente com Cantão, Manuel Porto referiu ainda que, na Uni- Tiago Canas quem pretender executar todos os serviços O acordo de geminação versidade desta cidade chinesa, Faleceu na passada semana o entre Coimbra e Cantão, na funciona um leitorado de Portu- referidos. guês. nosso bom amigo Tiago Canas. China, deverá ser assinado O seu corpo esteve depositado na em Fevereiro na capital da A Assembleia Municipal de Capela Mortuária de S. José, A nossa zona de actuação destina-se a toda província de Guangdong, Coimbra aprovou, na semana onde foi celebrada missa de cor- a população de Coimbra, Cantanhede, Soure, passada, geminações desta câmara po presente, finda a qual se disse à agência Lusa o com Cantão (Guangzhou) e ainda realizou o funeral na terça feira, Pombal, Lousã, Miranda do Corvo, Vila Nova presidente da Assembleia com a cidade paquistanesa de 2 de Janeiro, para o Cemitério de Poiares e Figueira da Foz. Municipal da autarquia Lahore. de Santo António dos Olivais. portuguesa. De uma família bastante con- “Foi o embaixador do Paquis- siderada, que residiu na fre- tão em Portugal que manifestou guesia durante décadas, atleta e Segundo Manuel Lopes Porto, interesse na geminação”, disse o dirigente do Olivais Futebol ORÇAMENTOS GRATUITOS! o acordo deverá ser celebrado, em presidente da Câmara de Coim- Clube, ali granjeou inúmeros princípio, na primeira quinzena de bra, Carlos Encarnação, à Lusa, amigos que o acompanharam Fevereiro. adiantando que ainda não está consternados até à sua última Contacte: “LUZE-PORTUGUESA” “É um acordo extremamente marcada a data da celebração deste morada. A seus filhos José Jorge Secção de Limpezas Gerais, importante. Situada perto de Hong acordo. e Cristina Maria Santos Canas e Kong e de Macau, Cantão é um Na geminação entre Coimbra seus irmãos, nossos queridos sita na Rua da Palmeira, lote 3, amigos Joaquim e Jorge Canas, centro de grande dinâmica, tendo e Cantão a autarquia portuguesa é 3040-792 Cernache. um investimento directo estrangeiro representada pelo presidente da nosso assinante de longa data, e maior do que Xangai”, salientou o restante família apresentamos Assembleia Municipal e catedrático os nossos sinceros pêsames. Contactos: presidente da Assembleia Municipal de Direito Manuel Lopes Porto, A missa do 7.º Dia realiza- de Coimbra. aproveitando uma deslocação deste Telefone / Fax: 239 946 395 -se hoje, pelas 18,30 horas na Ao lembrar as relações his- professor a Macau, onde é docente Igreja de Santo António dos Telemóveis: 968 022 319 e 967 956 029 tóricas seculares que existem entre na Universidade e no Instituto de Olivais. Portugal e a China, e nomea- Estudos Europeus.
  5. 5. TRADIÇÃO 5 spert rtar O D e spe rt ar 05| JANEIRO |07 O ENCERRAR DOS FESTEJOS NATALÍCIOS DIA DE REIS COMEMORA-SE AMANHÃ foram ao palácio no qual Herodes Comemora-se amanhã era o atual rei. Perguntaram-lhe o Dia de Reis. Segundo sobre a criança, mas nada des- a tradição católica, cobriram. O rei sentiu-se amea- este seria o dia em que çado e pediu aos magos que se o Jesus Cristo recém-nascido encontrassem lhe contassem, pois iria adorá-lo também. Os magos recebera a visitação demoraram algum tempo até de “uns magos” vindos chegar ao local onde estava o do Oriente - Belchior, menino. Por causa da distância Gaspar e Baltazar. percorrida, presume-se que seja A tradição de adoração aos num outro ano, precisamente no dia Reis surgiu no século XIII 6 de Janeiro. Estes magos ofereceram três e vem marcar, a 6 de presentes ao menino: ouro, incenso Janeiro, o encerramento e mirra. dos festejos natalícios, com Existem algumas teorias a o desarmar dos presépios. respeito do significado destes presentes. O ouro pode repre- Os Três Reis Magos são sentar a sua posição de rei, ou personagens da narrativa cristã que então, pode ter sido providência visitaram Jesus após seu nas- divina para a futura fuga ao Egipto cimento. A Bíblia cita uns magos, (quando Herodes manda matar todos os meninos até dois anos de “ESPERA DOS REIS” que não eram reis e sim magos, sacerdotes ou conselheiros. Tam- idade). RECRIADA HOJE EM bém não diz quantos eram, diz-se O incenso pode representar três pela quantia de presentes que Jesus seria um homem de COIMBRA oferecidos. Estes tinham grande oração, pois este produto era Coimbra assiste hoje, à recriação conhecimento dos astros, podendo usado nos templos para simbolizar da “Espera dos Reis”, uma ser astrólogos ou astrónomos, pois a oração que chega a Deus assim tradição antiga que vai envolver existem vários relatos de anúncios como a fumaça sobre ao céu. mais de 15 grupos folclóricos. de nascimentos de reis pelas A mirra é uma especiaria O Cortejo dos Reis começa, estrelas. usada como analgésico, podendo para aliviar as dores. A tradição às 21.45 horas, junto ao Portugal Assim, os magos seguiram a este presente remeter-se à sua Guiados por uma estrela, os de cantar os Reis dos Pequeninos e termina no estrela e sabendo que se tratava crucificação, onde Nicodemos Reis Magos ofereceram ao menino Em Portugal, em algumas loca- presépio da Igreja de Santo do nascimento de um rei da Judéia, oferece vinho misturado com mirra três presentes que representavam lidades, ainda se mantém a tradição António dos Olivais. as três dimensões de Cristo: a de cantar os Reis. Um grupo de Este evento, organizado pela realeza, a divindade e a huma- pessoas, com homens repre- Associação de Folclore e Etno- nidade. sentando os três magos, vão de grafia da Região do Mondego, Segundo a lenda, foram estes porta em porta nas casas, cantando termina com a entrega de ofertas presentes que deram origem à acompanhados de vários instru- pelos ranchos participantes e tradição de presentear os outros no mentos, em troca de pequenas cânticos natalícios. Natal. refeições e esmolas, que é utilizada Antecede também o Con- Como pretendiam representar na Festa de Reis, no dia 6 de certo de Reis, marcado para as os reis de todo o mundo, nor- Janeiro. Geralmente o grupo anda 21.30 horas de amanhã, na Igreja à noite e cantam às portas das de Santo António dos Olivais malmente Gaspar é apresentado casas, acordando seus moradores Promovido pelo Departa- como negro, representando a para que eles os recebam, ofere- mento de Cultura da Câmara África, mas também como rei da Municipal de Coimbra, este Índia; Melquior, rei da Pérsia; e cendo-lhes comida, bebida e concerto será protagonizado pelo Baltazar, rei da Arábia. Em hebreu, esmolas. Coro Vox Aetherea e pelo Grupo esses nomes significavam “rei da Esta é uma tradição que se Vocal Ad Libitum, dois grupos luz” (melichior), “o branco” tem vindo a perder, ao mesmo que convidam a população para (gathaspa) e “senhor dos te- tempo que os Reis Magos vão assistirem a um programa que souros” (bithisarea), represen- ficando mais esquecidos dentro integra temas que aludem à tando as três raças existentes das tradições de Natal, apesar da Epifania, alguns do século XIII, conhecidas. Igreja continuar a prestar-lhes outros de compositores portu- A tradição da distribuição dos grande culto, já que para os gueses, como Manuel de Faria presentes mantém-se ainda hoje. católicos representam os tronos, ou M. Sousa Santos. Há, no entanto, países onde são “os senhores da Terra que se Na Igreja de Santo António entregues não no dia de Natal mas curvaram diante de Cristo, reco- dos Olivais vai poder ouvir-se, a na noite de 5 de Janeiro. Em nhecendo-lhe a divina realeza”. título de exemplo, um “Ave Maria” Espanha e nos países hispano- Mas, hoje, os Reis Magos já Gregoriano, “Ó Meu Menino -americanos, os presentes são não são tão lembrados. O presépio praticamente não existe e só neles Jesus” (com harmonia de Cristina tradicionalmente entregues no Dia é que podemos ver os Magos de Faria), “Halleluia, psallite” (de um de Reis, pelos Reis Magos. Em Oriente apresentados. anónimo inglês), “Senti, senti” muitos lugares, essa tradição ainda resiste. Em 81% das famílias A árvore de Natal substituiu (música tradicional de Veneza), espanholas, na Argentina e em em muitos lares a representação “Verbum Patris” ou “Entrai Porto Rico, por exemplo, as do nascimento de Jesus e o Pastores”, cânticos de júbilo pelo crianças continuam a aguardar os presépio também vai sendo esque- nascimento do Menino Jesus. presentes na noite de 5 de Janeiro. cido. O acesso é gratuito.
  6. 6. 05| JANEIRO |07 O D e spe rt ar spert rtar 6 O DISTRITO DE COIMBRA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DO PROJECTO DO IC3 200 NOVOS POSTOS DE TRABALHO EM MIRA MIRANDA CRIA COMISSÃO PESCANOVA LOUSÃ CHUMBA PROJECTO É IMPORTANTE mentar para 350. Para além da autarca, a poderia ser uma areia na engre- “Relativamente à informação A Assembleia Municipal de O coordenador da União de comissão de acompanhamento vai nagem do processo”, segundo João avançada”, António Moreira consi- Miranda do Corvo aprovou integrar o presidente da Assem- Pereira, líder da bancada do PS. Sindicatos de Coimbra, dera “muito importante” este sexta-feira à noite, por bleia Municipal, José Manuel A proposta, que contou com António Moreira, investimento em Mira, “e também unanimidade, a criação de Simões (PSD), um elemento da os votos favoráveis de toda a manifestou à Lusa a sua num sector que está ligado ao mar uma comissão de bancada social-democrata e outro oposição (BE, CDU e PSD), satisfação pela anunciada e que tem atravessado por momen- da bancada socialista (os únicos visava a constituição de uma criação de 200 postos de tos difíceis”. acompanhamento do partidos com representação) e os comissão de acompanhamento dos projecto do Itinerário trabalho no concelho de Neste contexto, o sindicalista presidentes das Juntas de Miranda projectos d o IC3 e da instalação Complementar (IC) 3, que Mira. lembra as dificuldades em duas do Corvo e Lamas, freguesias que de um comboio eléctrico ligeiro empresas do distrito, ambas na vai ligar Tomar a Souselas, serão abrangidas pelo traçado do (“tram-train”) no Ramal da Lousã, IC3. O sindicalista comenta assim Figueira da Foz, “a Naval Foz e os com passagem pelo que este mês completou 100 anos “Pelo interesse que têm para de existência. o anunciado investimento da espa- Estaleiros Navais do Mondego, concelho. Um dia antes, o nhola Pescanova, de 350 milhões estes devido à falta de enco- o concelho, estes assuntos devem No documento reprovado, o mesmo projecto foi estar acima dos partidos políticos”, de euros, para instalar em Mira uma mendas”. “Tenho de salientar o BE propunha ainda o agenda- chumbado pela Assembleia frisou ainda a presidente da mento de uma sessão extraor- unidade de aquacultura para a aspecto positivo deste investimento Municipal da Lousã. edildiade. dinária da Assembleia Municipal produção de pregado (rodovalhos), num distrito que tem assistido à para Janeiro próximo, para discutir noticiado pelo Jornal de Negó- destruição do seu aparelho pro- “Considero que em assuntos Lousã chumba a variante a Foz de Arouce (EN cios. dutivo, por parte de uma empresa importantes para o concelho, como proposta 236), cujos trabalhos ainda não A contratualização do inves- com projecção europeia e até é o caso das acessibilidades, não Na Lousã, idêntica proposta arrancaram, e a construção de uma timento deve ser formalizada com mundial”, adiantou. devem ser só as pessoas do poder apresentada pelo Bloco de Es- eventual alternativa à actual o Estado português no início do ano, Segundo apurou a Lusa a decidir”, disse à Lusa a social- querda foi reprovada pela maioria Estrada da Beira (troço Lousã- que vai apoiar o projecto, refere o junto da Câmara de Mira, o projecto -democrata Fátima Ramos, presi- socialista, com o argumento de que -Coimbra), que tem sido defendida mesmo diário, adiantando que a de aquacultura será implantado “ao dente da Câmara Municipal e “era completamente descabido e por autarcas do PSD, para além unidade vai gerar 200 postos de longo da praia de Mira, em cerca autora da proposta. ineficaz criar uma comissão, que do “tram-train” e do IC3. trabalho que deverão depois au- de 82 hectares de terreno”. “O Despertar” N.º 8418, de 07/01/05 “O Despertar” N.º 8418, de 07/01/05
  7. 7. PUBLICIDADE 7 spert rtar O D e spe rt ar 05| JANEIRO |07
  8. 8. 05| JANEIRO |07 O D e spe rt ar spert rtar 8 PHOTOGRAPHIAS

×