Apresentação Estrutura - SC Rural SC

1,774 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,774
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação Estrutura - SC Rural SC

  1. 1. TURISMO RURALAgricultura Familiar A proposta
  2. 2. Promover atividades de forma integrada nosmunicípios, nas comunidades e propriedadesrurais, que estruturem, qualifiquem e incentivema consolidação de processos existentes e osurgimento de novas iniciativas de turismo ruralna agricultura familiar ou agroturismo.
  3. 3. POLÍTICA DOS SEGMENTOS TURÍSTICOS ESTRUTURAÇÃO PROMOÇÃO ÓRGÃO E POLÍTICAS E E APOIO ARESPONSÁVEL PROGRAMAS COMERCIALIZAÇÃOSOL – Secretaria de SOL – Secretaria de Estado de turismo Estado de turismo Cultura e Esporte Cultura e Esporte Diretoria de Políticas Integradas do Lazer Gerência de Políticas Diretoria de Turismo de Marketing
  4. 4. SC RURAL – TURISMO RURAL ESTRUTURA INSTITUCIONAL E TÉCNICASecretaria de Estado de Secretário José NatalTurismo Cultura E EsporteCoordenação do Programa e Diretoria de Políticas Elisa Wypes Sant ´Ana de LizMembro do Conselho SC Rural Integradas do Lazer PDIL Greyce Umeki HanashiroEquipe Técnica Projetos Edgar Tramontim de Farias Filho EstruturantesSANTUR – Santa Catarina Presidente Valdir Rubens WalendowskyTurismoResponsável Pelas Ações de Diretoria de Flávio Luis AgustiniMarketing – Plano Catarina Marketing
  5. 5. SC RURAL – TURISMO RURALSecretaria Executiva Estadual
  6. 6. Para isso, é necessário:Compreender o Território e a delimitação geográficadas regiões turísticas; Desenvolver interface com os principais parceiros, parafins de planejamento;Definir estratégias de gestão;Realizar integração e articulação intersetorial; ePromover cooperação entre os vários participantes doprograma.
  7. 7. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;*Mapa Ilustrativo. MAPA DAS REGIÕES TURÍSTICAS
  8. 8. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;MAPA TERRITORIAL DA AGRICULTURA
  9. 9. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas; GRANDE SDR´s – Palmitos – Xanxerê- São Lourenço do Oeste OESTE Chapecó – Quilombo- Maravilha Responsável : Angelita BaysREGIÃO TURÍSTICA Sede : Chapecó UGT 1 SDR´s – Xanxerê- São Lourenço do Oeste Chapecó – Quilombo - Maravilha Responsável : José Noivo de CarvalhoOESTE CATARINENSE Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  10. 10. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;VALE DO SDR´s – Concórdia – Joaçaba- Campos Novos- Videira - Caçador- Curitibanos - Canoinhas- SearaCONTESTADO Responsável : Patricia RudeckREGIÃO TURÍSTICA Sede : JoaçabaUGT 2 SDR´s – Concórdia _Seara- Joaçaba – Campos Novos Responsável : Laino Pletsch MEIO OESTE Sede : Concordia CATARINENSE Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  11. 11. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;VALE DO SDR´s – Concórdia – Joaçaba- Campos Novos- Videira - Caçador- Curitibanos - Canoinhas- SearaCONTESTADO Responsável : Patricia RudeckREGIÃO TURÍSTICA Sede : JoaçabaUGT 4 SDR´S – Canoinhas e Mafra Responsável: Marcos VieiraPLANALTO NORTE Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  12. 12. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;VALE DO SDR´s – Concórdia – Joaçaba- Campos Novos- Videira - Caçador- Curitibanos – Canoinhas - SearaCONTESTADO Responsável : Patricia RudeckREGIÃO TURÍSTICA Sede : JoaçabaUGT 10 SDR´s – Curitibanos - Videira - Caçador Responsável : Arno Eyng ALTO VALE DO Sede: Videira RIO DO PEIXE Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  13. 13. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas; CAMINHOS SDR´s – São Miguel do Oeste – Itapiranga- DionísioDA FRONTEIRA Cerqueira Responsável : Jociane Lunardi de LimaREGIÃO TURÍSTICA UGT 9 SDR´s São Miguel do Oeste – Itapiranga- Dionisio Cerqueira - Palmitos EXTREMO OESTE Responsável : José Noivo de Carvalho Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  14. 14. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas; SERRA SDR´s – Lages e São Joaquim Responsável : Edemar de LizCATARINENSE Sede : LagesREGIÃO TURÍSTICA UGT 3 SDR´s – Lages e São Joaquim + ( Ponte Alta) Responsável : Ademir Ferrari PLANALTO SUL Sede : Lages CATARINENSE Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  15. 15. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;CAMINHOS SDR´s – Mafra – Joinville – Jaraguá do SulDOS PRINCÍPES Responsável : Giorgio Augusto de SouzaREGIÃO TURÍSTICA Sede : Joinville UGT 6 SDR´s – Joinville – Jaraguá do Sul- Blumenau – Timbó – Itajaí Responsável : Gilmar Jacobowski LITORAL NORTE CATARINENSE Sede : Joinville Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  16. 16. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas; VALE SDR´s – Rio do Sul – Ituporanga - Ibirama – Blumenau- Brusque – Taió – Timbó EUROPEU Responsável : Hans Shadrack Sede : BlumenauREGIÃO TURÍSTICAUGT 5 SDR´s – Rio do Sul – Ituporanga- Ibirama – Taió - Ibirama Responsável : Nivaldo Nicoladelli LITORAL ALTO VALE DO ITAJAÍ Sede : Rio do Sul Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  17. 17. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas; VALE SDR´s – Rio do Sul – Ituporanga - Ibirama – Blumenau- Brusque – Taió – Timbó EUROPEU Responsável : Hans Shadrack Sede : BlumenauREGIÃO TURÍSTICAUGT 6 SDR´s – Blumenau –Timbó – Joinville – Itajai Responsável : Gilmar Jacobowski LITORAL NORTE Sede Joinville CATARINENSE Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  18. 18. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;COSTA SDR´s – Itajai Responsável : Marcos Arnhold JrVERDE MARREGIÃO TURÍSTICA UGT 6 SDR´s – Itajai- Joinville – Jaraguá do Sul- Blumenau - Timbó Responsável : Gilmar Jacobowski LITORAL NORTE Sede : Joinville CATARINENSE Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  19. 19. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;GRANDE SDR´s – São José Responsável : Fernanda Vianna AlvesFLORIANÓPOLIS Sede : FlorianópolisREGIÃO TURÍSTICAUGT 7 Região Metropolitana SDR´s – São José – Brusque Responsável : Roberto Abati REGIÃOMETROPOLITANA Sede : Florianópolis Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  20. 20. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;ENCANTOS SDR´s – Laguna -Tubarão – Braço do Norte e Criciúma DO SUL Responsável : Marta Fogaça Sede : GravatalREGIÃO TURÍSTICAUGT 8 SDR´s – Laguna -Tubarão – Braço do Norte e Criciúma - Araranguá Responsável : Alberto Ávila LITORAL SUL CATARINENSE Sede : Criciúma Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  21. 21. Compreender o Território e a delimitação geográfica das regiões turísticas;CAMINHOS SDR´s – AraranguáDOS CÂNIONS Responsável : Cristiane Bialésimo Sede : AraranguáREGIÃO TURÍSTICAUGT 8 SDR´s – Araranguá - Laguna -Tubarão – Braço do Norte e Criciúma - Responsável : Alberto Ávila LITORAL SUL CATARINENSE Sede : Criciúma Divisão Territorial do Turismo e Agricultura
  22. 22. SC Rural AcolhidaOutros na Colônia Iniciativas Regionais DTS e Municipais
  23. 23. ENGLOBA SECRETARIAS DE ESTADO SAR SDS SSP Agricultura e Des. Rural Des. Sustentável Segurança Pública Epagri | Cidasc Fatma SOL SEF SIETurismo, Cultura e Esporte Fazenda Infraestrutura SANTUR Tribunal de Contas
  24. 24. PROJETO TURISMO RURAL NA AGRICULTURA FAMILIAR – PROGRAMA SC RURALTURISMO Conjunto de atividades turísticas desenvolvidas no meio rural, comprometidas com a produção agropecuária, agregandoRURAL valor a produtos e serviços, resgatando e promovendo o patrimônio cultural e natural da comunidade”. (BRASIL, 2008, p. 19) “A atividade turística que ocorre no âmbito da unidade de TURISMO NA produção dos agricultores familiares que mantêm asAGRICULTURA atividades econômicas típicas da agricultura familiar, dispostosFAMILIAR a valorizar, respeitar e compartilhar seu modo de vida, o patrimônio cultural e natural, ofertando produtos e serviços de qualidade e proporcionando bem estar aos envolvidos.”
  25. 25. PROJETO TURISMO RURAL NA AGRICULTURA FAMILIAR – PROGRAMA SC RURAL Agroturismo – considerado como uma derivação do Turismo Rural, o termo Agroturismo é adotado em algumas regiões, como no estado do Espírito Santo, sendo apresentado como:AGRO “As atividades internas à propriedade que geram ocupações complementares às atividades agrícolas, as quais continuam a fazer parte do cotidiano da propriedade, em menor ouTURISMO maior intensidade. Devem ser entendidas como parte de um processo de agregação de serviços e bens não-materiais existentes nas propriedades rurais (paisagem, ar puro etc.) a partir do ‘tempo livre’ das famílias agrícolas, com eventuais contratações de mão-de-obra externa.
  26. 26. *Mapa Ilustrativo. Anitápolis, Rancho Queimado, Santa Rosa de Lima e Urubici, Camboriú, Campo Alegre, Joinville (Estrada Bonita), Ituporanga, Pomerode e São Martinho.
  27. 27. PROJETO TURISMO RURAL NA AGRICULTURA FAMILIAR – PROGRAMA SC RURALESTRUTURA Cada projeto deverá envolver 05 destinos ( municípios); Mínimo de 05 famílias; DOS Estar vinculado a uma associação ou cooperativa de agricultura e/ou pecuária; PROJETOS As exceções serão analisadas tecnicamente.
  28. 28. A MANIFESTAÇÃO DE INTERESSEDO PROJETO DE TURISMO RURAL
  29. 29. • Sensibilização e Conscientização; PRINCIPAIS • Levantamento e Sistematização de Dados;AÇÕES APOIADAS • Avaliação dos projetos turísticos; • Planejamento;PELO FUNTURISMO • Implantação e Aprimoramento; NO PROGRAMA • Divulgação Promoção; e • Qualificação.
  30. 30. MAPA DOS CAMINHOS DOS SABORES EROTEIROS DO TURISMO RURAL
  31. 31. SENSIBILIZAÇÃO DOS COMPREENSÃO GESTORES REGIONAIS DO PROGRAMA E/OU MUNICIPAIS COMUNICAÇÃO CAPACITAÇÃO INTERNA E EXTERNA DOS TÉCNICOS POLÍTICA EDIFICULDADES ORGANIZAÇÃO, PROCESSOS ESTRATÉGIAS COMPETITIVASDO PROGRAMA GESTÃO E PROCESSO INTEGRAÇÃO DAS DE CONTINUIDADE ENTIDADES VISÃO DE LONGO CONHECIMENTO DE PRAZO MERCADO
  32. 32. IMPORTÂNCIA DO PARCERIAS DESENVOLVIMENTO PÚBLICO-PRIVADO REGIONAL MARKETING - GESTÃO DIVULGAÇÃO FINANCEIRADIFICULDADESDO PROGRAMA PLANEJAMENTO TRANSVERSALIDADE PARTICIPATIVO DOS TEMAS FALTA DE CONVERGÊNCIA LIDERANÇAS DAS AÇÕES
  33. 33. TURISMO RURALAgricultura Familiar A proposta

×