Filosofo Paulo Freire

4,874 views
4,600 views

Published on

Trabalho integrador sobre Paulo Freire

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,874
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
105
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Filosofo Paulo Freire

  1. 1. Filosofia da Educação Magda Simone Cassol Lopes Porto Alegre, novembro de 2011
  2. 2. Filósofo:
  3. 3. Quem foi Paulo Freire? <ul><li>Sua Posição no mundo, na vida </li></ul><ul><li>Biografia </li></ul>
  4. 4. BIBLIOGRAFIA Na adolescência começou a desenvolver um grande interesse pela língua portuguesa. Com 22 anos de idade, Paulo Freire começa a estudar Direito na Faculdade de Direito do Recife. Enquanto cursava a faculdade de direito, casou-se com a professora primária Elza Maia Costa Oliveira. Com a esposa, tem teve cinco filhos e começou a lecionar no Colégio Oswaldo Cruz em Recife. No ano de 1947 foi contratado para dirigir o departamento de educação e cultura do Sesi, onde entra em contato com a alfabetização de adultos. Em 1958 participa de um congresso educacional na cidade do Rio de Janeiro. Neste congresso, apresenta um trabalho importante sobre educação e princípios de alfabetização. De acordo com suas idéias, a alfabetização de adultos deve estar diretamente relacionada ao cotidiano do trabalhador. Desta forma, o adulto deve conhecer sua realidade para poder inserir-se de forma crítica e atuante na vida social e política. No começo de 1964, foi convidado pelo presidente João Goulart para coordenar o Programa Nacional de Alfabetização. Logo após o golpe militar , o método de alfabetização de Paulo Freire foi considerado uma ameaça à ordem, pelos militares.Viveu no exílio no Chile e na Suíça, onde continuou produzindo conhecimento na área de educação. Sua principal obra, Pedagogia do Oprimido, foi lançada em 1969. Nela, Paulo Freire detalha seu método de alfabetização de adultos. Retornou ao Brasil no ano de 1979, após a Lei da Anistia. Durante a prefeitura de Luiza Erundina, em São Paulo, exerceu o cargo de secretário municipal da Educação. Depois deste importante cargo, onde realizou um belo trabalho, começou a assessorar projetos culturais na América Latina e África . Morreu na cidade de São Paulo, de infarto, em 2/5/1997.
  5. 5. A vis ão Paulo Freire sobre a educação
  6. 6. Concepção de educação Paulo Freire concebe a educação como reflexão sobre a realidade existencial. Articular com essa realidade nas causas mais profundas dos acontecimentos vividos, procurando inserir sempre os fatos particulares na globalidade das ocorrências das situações. Aprendizagem da leitura e da escrita equivale a uma releitura do mundo. Ele parte da visão de um mundo aberto, isto é, a ser transformado em várias direções pelas ações do homem. Paulo Freire atribui a importância do momento pedagógico, mas com meios diferentes, como práxis social, como construção de um mundo novo refletido com o povo. Para Paulo Freire o diálogo é um elemento chave onde o professor e o aluno sejam sujeitos atuantes. Sendo estabelecido o diálogo processar-se-á a conscientização.
  7. 7. Etapas da educação segundo Paulo Freire <ul><li>INVESTIGAÇÃO : Busca conjunta entre professor e aluno das palavras e temas mais significativos da vida do aluno, dentro do seu universo vocabular e da comunidade onde vive; </li></ul><ul><li>TEMATIZAÇÃO : Momento da tomada de consciência do mundo, através da análise dos significados sociais dos temas e palavras; </li></ul><ul><li>PROBLEMATIZAÇÃO : Etapa em que o professor desafia e inspira o aluno a superar a mágica e a crítica do mundo, para uma postura mais consciente. </li></ul>
  8. 9. A escola, Paulo Freire

×