Histórico da Saúde Publica no Brasil

68,587 views

Published on

Published in: Health & Medicine
4 Comments
20 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
68,587
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
1,111
Comments
4
Likes
20
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Histórico da Saúde Publica no Brasil

  1. 1. Saúde Pública e Epidemiologia Adriano L. Maffessoni Graduado em Fisioterapia / UnC - CaçadorEspecialista em Fisioterapia aplicada à Traumato-ortopedia / UNIARP Especialista em Gestão em Saúde Pública / IFSC
  2. 2. Plano de Aula
  3. 3. Ementa• Conceito de saúde. Histórico do processo saúde doença. Modelos de saúde. Educação em Saúde. Histórico das politicas de saúde no Brasil. SUS. Conceito e noções básicas de Epidemiologia aplicada. Planejamento e gerência em saúde coletiva. Organização de uma Unidade Sanitária.
  4. 4. Objetivos Geral da Aula• Proporcionar aos acadêmicos do Curso de Tecnologia em Estética e Cosmética o estudo dos conceitos e diretrizes da Saúde Pública e epidemiologia, com intuito de aperfeiçoar o conhecimento na área.
  5. 5. Objetivos Específicos da AulaOs objetos de investigação e práticas da Saúde Pública compreende asseguintes dimensões:•O saber sobre a saúde, incluindo investigações históricas, sociológicase antropológicas sobre a produção de conhecimentos nesse campo.•O estado de saúde da população e tendências gerais do ponto devista epidemiológico, demográfico, sócio-econômico e cultural;•O estudo do processo de trabalho em saúde, a formulação eimplementação de políticas de saúde, bem como a avaliação de planose programas utilizados na atenção à saúde;
  6. 6. Relações Interdisciplinares• Anatomia Geral• Fisiologia Geral• Filosofia• Sociologia
  7. 7. HABILIDADES REQUERIDAS E COMPORTAMENTO ESPERADO• Capacidade de entender as políticas e as diretrizes que regulam a saúde pública no Brasil• Preparar o aluno para enfrentar o mercado de trabalho, com uma visão atual e crítica sobre determinado assunto.
  8. 8. Estratégia de Ensino• Aulas expositivas, dialogadas, com uso de recursos audiovisuais.• Debates.• Seminários.• Palestra com convidado.
  9. 9. Sistema de Avaliação• Participação Pontualidade e frequência nas aulas; Atitudes éticas perante o grupo; Raciocínio crítico; Participação ativa nas aulas.• Formas de Avaliação Escrita: Provas escritas Trabalhos em Grupo
  10. 10. Bibliografias UtilizadasBásicas•COHN, Amelia; NUNES, Edison; JACOBI, Pedro R. A saúde como direito e como serviço. 3.ed.São Paulo, Cortez, 2002.•FONTINELE Júnior, Klinger. Programa saúde da família PSF comentado. Goiânia, AB, 2003.•JEKEL, James F.; KATZ, David L.; ELMORE, Joann G. Epidemiologia, bioestatística e medicinapreventiva. 2.ed. Porto Alegre, ArtMed, 2005.BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR•BELLUSCI, Silvia Meirelles. Epidemiologia. 3.ed. São Paulo, Ed. Senac Sao Paulo, 2003.•BERLINGUER, G. A Doença. São Paulo: Hucitec, 1998.•BERLINGUER, G. Ética da Saúde. São Paulo: Hucitec, 1996.•CECILIO, Luiz Carlos De Oliveira. Inventado a mudança na saúde. 3.ed. São Paulo, HUCITEC, 2006.•FLETCHER, Robert H; FLETCHER, Suzanne W.; WAGNER, Edward H. Epidemiologia clínica : elementos essenciais. 3.ed.Porto Alegre, ArtMed, 2002.
  11. 11. A História da Saúde Pública no Brasil Antes do SUS Julho de 2012
  12. 12. Períodos• 1900 – 1930 República Velha• 1930 – 1945 A Era Vargas• 1946 – 1964 Estado Desenvolvimentista• 1964 – 1980 Regime Militar• 1981 – 1990 Democratização do Brasil
  13. 13. 1900 – 1930 República Velha• O século XX, este foi anunciado como o século da ciência, do progresso, da eletricidade, da engenharia e da medicina.• E foi também no início dele que a situação da saúde foi considerada uma “Vergonha Nacional”.
  14. 14. 1900 – 1930 República Velha• 1904 – Muitos não aceitavam a vacinação obrigatória, surgiu a revolta da população: “abaixo a ditadura sanitária”.• 1918 - “A gripe espanhola é castigo dos céus”. Em São Paulo, a gripe mata mais de cinco mil pessoas e o governo nada faz.
  15. 15. 1900 – 1930 República Velha• 1923 – São criadas as Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPS) . E promulgada a lei Eloy Chaves, que muitos consideram a precursora da Previdência Social.• Mas funcionava de uma forma mais regulada com a classe dos ferroviários e portuários.• Oswaldo Cruz e Carlos Chagas são nomes importantes da época
  16. 16. 1930 – 1945 A Era Vargas• As principals marcas da era Vargas foram:• São Criados os Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAP´s).• Lei da sindicalização• Jornada de trabalho de 8 horas• Ferias remuneradas• Salário minimo• Criação do ministério da saúde• etc
  17. 17. 1930 – 1945 A Era Vargas A ação do estado no setor da saúde divide-se em dois ramos:•Saúde pública de caráter preventivo: conduzidaatravés de campanhas.•Assistência médica de caráter curativo: conduzida através da ação da previdência social.
  18. 18. 1930 – 1945 A Era Vargas• Surge o SESP (serviço de saúde pública), financiado pelos americanos.• Assistência médica para as epidemias como:MaláriaVaríolaFebre AmarelaMal de ChagasEntre outras
  19. 19. 1946 – 1964 Estado Desenvolvimentista• O período é desenvolvimentista. A influência é dos Americanos.• 1954 - Getúlio suicida-se.• JK é eleito e aumentam o número de IAP´s.• Ai vem e plano de metas 50 anos em 5.• E o Dinheiro?
  20. 20. 1964 – 1980 Regime Militar• 1964 – O presidente Jânio renuncia entra João Goulart.• 1965 – Jango foge, assume a ditadura.• 1966 – Ocorre a unificação dos IAP´s. O governo cria o INPS
  21. 21. 1964 – 1980 Regime Militar• O governo federal anuncia obras gigantescas que irão impulsionar o desenvolvimento do país.• Em meados dos anos 70 a previdência social conheceu sua maior expansão em número de leitos disponíveis.• Surgem novos surtos de Poliomielite, Varíola, e Hanseníase.
  22. 22. 1964 – 1980 Regime Militar• 1975 na 5ª Conferência Nacional de Saúde, é criado o Sistema Nacional de Saúde através da Lei 6.229. Primeira tentativa de organizar o sistema de saúde.• 1978 – 1º Encontro Nacional de Secretários Municipais de Saúde. E começa-se a pensar em Planos Municipais de Saúde.
  23. 23. 1964 – 1980 Regime Militar• A partir do mesmo ano foi criado o SINPAS (Sistema Nacional de Previdência e Assistência Social)• O movimento de saúde integrado por participantes do movimento popular e por trabalhadores de saúde passou a interferir nas políticas de saúde.• Surge a proposta dos trabalhadores para o sistema de saúde.
  24. 24. 1981 – 1990 Democratização do Brasil• O IAPAS está falido. Uma dos motivos é a privatização da rede de saúde.• Reaparecem doenças epidêmicas.• E surge novas doenças
  25. 25. 1981 – 1990 Democratização do Brasil• Ministério da Saúde convoca e organiza a 7ª Conferência Nacional de saúde com o tema “Serviços Básicos de Saúde”, ampliando o debate sobre a descentralização da saúde.• As conferências Nacionais de Saúde existem desde 1941, mas só a partir de 1986 é que os trabalhadores de saúde e os representantes dos movimentos populares puderam participar.
  26. 26. 1981 – 1990 Democratização do Brasil• Após a 7ª. conferência surge o PREV-SAÚDE. Que pretendia estender as ações em saúde nos serviços de base.• A partir desse plano surgiu o programa de Ações Integradas de Saúde (AIS). Que possibilitaram aumento na qualidade e na quantidade de atendimento.
  27. 27. 1981 – 1990 Democratização do Brasil• 1986 – 8ª. Conferência Nacional de Saúde, junto com os movimentos de saúde da população e devido a 8ª. conferencia foi aprovada a “Reforma Sanitária”.• 1987 - O presidente da República cria o Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde (SUDS).
  28. 28. 1981 – 1990 Democratização do Brasil• 1988 - A Assembleia Nacional Constituinte aprovou a nova Constituição Brasileira, incluindo pela primeira vez uma sessão sobrea saúde, artigo 196. “A saúde é direito de todos e dever do estado”• O SUS é criado e aprovado pela Constituição Federal, que reconhece o direito de acesso universal à saúde para toda a população.
  29. 29. 1981 – 1990 Democratização do Brasil 1990 •Regulamentação da organização e funcionamento dos serviços do SUS. • Regulamentação da participação da comunidade na gestão o SUS e das transferências intergovernamentais de recursos. • Implantação do Sistema de Informações Hospitalares e o Sistema de Informações Ambulatórias.
  30. 30. Base Do SUS• Lei 8.080 de 19/09/1990Doutrina SUS - Equidade, Universalidade, Integralidade.Regionalização.Hierarquização.Resolubilidade.DescentralizaçãoParticipação dos cidadãos.Complementariedade do Setor Privado.
  31. 31. Bases do SUS• Lei n. 8.142, 28 de dezembro de 1990• Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS} e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências.
  32. 32. Obrigado!!!

×