Metodologia de desenvolvimento o que é

410
-1

Published on

O QUE É?

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
410
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Metodologia de desenvolvimento o que é

  1. 1. O que é?
  2. 2. Trata-se de uma abordagem metodológica que surgiuda necessidade de responder a limitações encontradasnos métodos qualitativos e quantitativos usados nainvestigação em educação e em particular no domínioda tecnologia educativa. A designação destametodologia não é consensual, embora o termo maisusado seja o de Design-Based Research.
  3. 3. Como referem Coutinho e Chaves (2001), existemvários termos que podem ser incluídos nestaabordagem, porque partilham determinadospressupostos e pretendem alcançar objectivossimilares. Entre eles: Educational Design Research;Design Studies; Design Experiments; DevelopmentResearch, Formative Research.
  4. 4. Nunes (2012) sintetiza de modo muito claro ospropósitos que estiveram na génese destaabordagem: “Estas modalidades de investigaçãotêm como filosofia de base a articulação entre ateoria e a prática. É adequado utilizá-las quando seestudam problemas complexos observados naprática educativa, e para os quais ainda não
  5. 5. orientações claras” (p.152). Ou seja, permitir umamais efetiva conexão entre os temas e problemas aestudar no ambiente escolar, nomeadamente osassociados à tecnologia educativa, e a realidadeatual dos contextos de aprendizagem.
  6. 6. Segundo Coutinho (2006, citada por Nunes, 2012)“...este tipo de estudos enquadra-se na modalidadede estudos mistos, quer dizer que, em fasesparalelas ou sequenciais da investigação, utilizamtécnicas qualitativas e quantitativas na recolha e/ouanálise de dados” (p.154).
  7. 7. O que distingue esta metodologia das que usamuma abordagem qualitativa ou quantitativa, é que aMetodologia de Desenvolvimento privilegia aadoção de uma atitude de iteração entre acomponente teórica e prática da investigação euma adaptabilidade constante aos contextos sociaise humanos que investiga e que pretende
  8. 8. tendo em vista produzir uma realidade melhor doque a anterior à investigação.Segundo Van Der Akker (1999, citado por Coutinhoe Chaves, 2001), os métodos da investigação dedesenvolvimento não são necessariamentediferentes de outras abordagens à investigaçãoeducativa. As diferenças situam-se mais ao nível das
  9. 9. finalidades da investigação, no modo como sãoabordados os problemas e como se concebe oprojeto de investigação.
  10. 10. Quadro1. principais diferenças entre a investigação empírica e ametodologia do desenvolvimento: Investigação empírica Especificação de novas hipóteses
  11. 11. Metodologia de desenvolvimento Refinamento dos problemas, soluções e métodosFonte: Coutinho e Chaves, 2001, p.900.
  12. 12. ReferênciasCoutinho, C. P. (2006). Aspectos metodológicos na investigação em tecnologia educativa em Portugal (1985-2000). Colóquio da secção portuguesa da Association Francophone Internationale de Recherche Scientifique en Education, 14: “Para um balanço da investigação em educação de 1960 a 2005: teorias e práticas”. Actas do Colóquio da AFIRSE. Lisboa: Universidade de Lisboa. Retirado de https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/6497/1/Clara %20Coutinho%20AFIRSE%202006.pdf
  13. 13. Coutinho, C. M., & Chaves, J. H. (2001). Desafios à investigação em TIC na educação: As metodologias de desenvolvimento. In P. M. B. S. Dias & C. V. Freitas (Org). Desafios 2001: Actas da Conferência Internacional de Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação (pp. 895- 903). Braga: Centro de Competência Nónio Século XXI da Universidade do Minho. Retirado de http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/4277/3/Clara %20Coutinho.pdf
  14. 14. Nunes, C. (2012). Apoio a pais e docentes de alunos com multideficiência: Conceção e desenvolvimento de um ambiente virtual de aprendizagem. Manuscrito não publicado, Tese de doutoramento. Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Disponível em: http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/7702/1/ulsd064599_td_tes e.pdf

×