Composição1
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Composição1

on

  • 181 views

 

Statistics

Views

Total Views
181
Views on SlideShare
181
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Composição1 Composição1 Presentation Transcript

  • A palavra universo tem origem no latim universus,"todo inteiro", composto de unus e versusUnus – unidadeVersos – diversidadeUnidade sem diversidade - é monotonia.Diversidade sem unidade - é caos.Unidade com diversidade - é harmonia.composição
  • • “ A composição consistia em encontrar e representar: Avariedade dentro da unidade.”Platãocomposição• O termo “composito” surge com Vitrúvio, que o aplicava àarquitetura e de Cícero que o aplicava ao corpo humano.•Mas foi Alberti, no Livro II de “De Pictura” quemestabeleceu o seu uso na pintura: “distribuição doselementos de forma a produzir sentido numa superfícieplana.”
  • "A disposição da minha pintura tendeinteiramente para a expressão pela composição.O lugar ocupado por figuras e objetos, osespaços vazios que o cercam, as proporções,tudo tem seu papel".Matissecomposição
  • composição•Uma composição é uma organização de formas numdeterminado espaço.•É a forma como o autor coloca e dispõe as formas positivase os espaços negativos dentro de um determinado formato.•As formas positivas:-os elementos gráficos, objetos epessoas•Os espaços negativos:-áreas vazias.
  • composição•Elementos básicos na composição:•Formas•Linhas•Planos•Volumes•Espaços•Cores•Texturas•Estes elementos são organizadas para formaremuma unidade com coerência. Essa coerência existequando encontramos equilíbrio e harmonia entre asformas.-ritmos-tensões-direções
  • composição•CampoSuportes:-uma folha de papel;-um muro;-uma mesa;-uma tela;-o chão;-uma cortina;-enfim, ondepretendemos intervir.Formas:-Oval;-Retangular;-Triangular;-ou ter qualquer outraforma, embora o suportemais frequente seja oplano retangular.• Ao espaço onde se organiza a composição chamamos campo.
  • composição-Hervé Télèmaque,The Red model, 1983-Frank Stella, Harran II, 1967-Frank Stella, Firuzabad, 1970-Jean Arp, , 1925•Diversas formas de Campo
  • composição-Sandro BoticelliVirgem com o menino , 1490/50 -Jean Arp,Enak s tears , 1917
  • composição•Se uma imagem não está bem composta, o observadordesvia sua atenção para um ponto menos interessante daimagem.•O campo retangular, o suporte em forma de retângulo,tem uma estrutura básica que condiciona as formas quenele figuram.•Essa estrutura compreende, para além dos lados, asmedianas e as diagonais.
  • composição• Organização de campo visual
  • composição•Estruturas harmónicas•Desde sempre, o homem procurou criar formas ecomposições harmoniosas, ou seja, cuja proporçãoagrada à vista.•Este tipo de estruturas são aquelas que são aceitesuniversalmente como “agradáveis” ou harmoniosas.•Estas estruturas são baseadas em regras matemáticase geométricas rigorosas.•Algumas das mais importantes são: retângulo de ouro,regra dos terços, composição triangular e grelha/rede.
  • composição•Equilíbrio e o número de ouro•O número de ouro foi estudado pelos gregos na suaprocura de formas harmoniosas e equilibradas e antesdeles, pelos egípcios.•Estes comparavamas relações degrandeza do corpohumano eidealizavam asproporçõesperfeitas.
  • composição•Na arquitetura existia a mesma preocupação.•A planta retangular e a fachada do Partenon, emAtenas, inscrevem-se num retângulo de ouro.•O retângulo de ouro tem as dimensões dos seus ladosproporcionais segundo o número de ouro.
  • composição•Número de ouro• Em 1202, o matemático italiano, LeonardoFibonacci, publicou uma tabela com umasequência numérica, em que cada número é asoma dos dois que o precedem.
  • composição•Número de ouro•A relação entre esses dois números tende para onúmero de ouro: Ф=1,61803…..é uma constantealgébrica, um número irracional (que tal como πnão tem fim).Ф = 1,2,3,5,8,13,….• Lê-se Fi e vem de Fídias, o escultor grego na Antiguidade.
  • composição•Número de ouro•Este número tem a particularidade de se relacionarcom o crescimento biológico, e com a proporçãoentre o todo e as partes de muitas formas danatureza.
  • composição•Número de ouro•Estudo do corpo humana e a proporção dourada.
  • composição•Construção de retângulo de ouro•Via do cálculo•Para determinar as medidas para um retângulo de ouro,basta multiplicar a medida que for atribuída ao ladomenor, pelo número de ouro e temos a medida do ladomaior.•Por exe: para um retângulo com 3 cm de lado menor,multiplicamos por 1,618 que dá 4,854.3 X 1,618 = 4,854
  • composição•Via da construção geométrica•Construção de um quadrado [A;B;C;D]•O lado do quadrado é o lado menor do retângulo.•Prolongar o lado AB do quadrado.•Encontrar a mediatriz do lado AB•Com centro em M e abertura docompasso até C traçar o arco decircunferência até intersetar oprolongamento de AB no ponto E.•O ponto AE é o lado maior doretângulo de ouro.
  • composição•Número de ouro e o pentágono•Encontramos a mesma relação deouro no pentágono.•O número de ouro encontra-se narelação do lado do pentágono e a suadiagonal.•Número de ouro e a estrela pentagonal•Aqui é possível encontrar diversasrelações de ouro
  • composição
  • composição
  • •Outros tipos de proporção•Traçados geométricos que permitem obter retângulos a partir dodesenvolvimento de medidas do quadrado.composição
  • •Outros tipos de proporção•Traçados geométricos que permitem obter retângulos a partir dodesenvolvimento de medidas do quadrado.composição
  • composição•Regra dos terços•É uma regra clássica muito utilizada na Renascença.•O campo visual encontra-se dividido em nove partes iguais.•O artista desenvolve a composição de modo a orientar aatenção do observador para um dos 4 pontos centrais, eassim fugir do centro dos cantos e das diagonais.
  • composição•De acordo com esta lei, os melhores pontos paracolocar um elemento é nas intersecções das linhas,uma vez que o centro é considerado como um pontopassivo ou “morto”.•É de evitar que o centro de interesse fique ao meio.•As imagens com mais força são aquelas onde oassunto principal não está no centro, mas sim num dosquatro pontos de interseção.
  • composição
  • composição•Composição triangular•Este tipo de estrutura tem sido muito utilizado naorganização de obras de arte de pintura e de escultura.•A estrutura em triângulo tem uma relação muito direta coma nossa experiência visual quotidiana.•De facto os objetos quefazem parte da nossarealidade diáriaassentam na parteinferior do nosso campovisual.Josefa Óbidos, Caixa com Potes, 1660
  • composição•O centro de interesse encontra-se no vértice de umtriângulo.•Os elementos são colocados de forma triangular,ficando o ponto de interesse muito claro, com o apoiodos outros elementos da cena.
  • composição• O séc. XX não destituiu a ideia de composição, antes areforçou, reinventando a composição em grelha/ rede.• Este tipo de composição foi bastante explorada pelasabstrações.•Composição em grelha/redeJean-Michel Basquiat, Tenor, 1985
  • composição• É uma figuração do infinito, pois a composição podealongar-se para todos os lados exteriores da tela.• Em termos de conteúdo e simbolismo, a rede/grelhanega a perspetiva e a temporalidade, uma vez queela regista um presente perpétuo.•Composição em grelha/redeVasalery, 1983.Keit Haring, Arte de Rua, 1988.
  • composição•Linhas•As linhas de uma imagem são formadas pelos elementos queas compõem.•Os contornos dos objetos são formadas por linhas, estaslinhas direcionam nossa atenção para determinadoslugares.Fernand Leger
  • composição•As linhas podem ser explícitas, intrínsecas e implícitas.•Trabalhando estas linhas conseguimos chamar a atençãopara determinado ponto do quadro.•Estas linhas conduzem a atenção do observador aocentro de interesse que o artista pretende evidenciar.Fernand Leger, The City 1919-20.
  • composição•Linhas explícitas•São facilmente percecionáveis, fazem parte objetivamenteda aparência de uma forma plástica.•São produzidas por diversos elementos:-contornos,-fronteiras de claro/escuro-fronteiras de contrastes-perspetivasGiogio Morandi , Natureza Morta, 1956.
  • composição• São linhas que não são visíveis na aparência em causa, mas quepodem estar sugeridas numa espécie de estrutura interna deconstrução.• É uma linha subentendida, uma linha que sublinhaimaginariamente a orientação de uma forma ou a sua organizaçãointerna.•Linhas intrínsecasPablo Picasso , Mandolin and Guitar, 1924
  • composição• São linhas que estão para além da análise comum:são as linhas que pressupomos como estruturaconstrutiva de um corpo.• São elas:-Linhas estruturais-Linhas construtivasRubens, The descent from the Cross, 1630
  • composição•Linhas implícitas•São linhas, que tal como as linhas intrínsecas, nãosão visíveis, numa primeira analise, mas queadquirem um papel determinante na imagem.•Podem ser sugeridas através de um olhar, atravésde uma indicação de uma mão, de um dedoindicador.•Parecem ligar atitudes e indicar movimentos.•São elas:-Linhas de força;-Linhas de tensão.
  • composição
  • composição“Em muitas composições pictóricas, e mesmoescultóricas, as figuras em presença, opondo-seumas às outras, ou conjugando-se de certamaneiras, sugerem movimentos, tensões, percursosdireccionalmente definidos.”Rocha de Sousa, 1981
  • composição•Significado das linhas•A linha enquanto elemento de significação por colocação•As linhas também têm um significado globaldeterminado pela experiencia da visão e do nossoposicionamento no espaço.•Este significado está estritamente associado àcultura em que nos encontramos inseridos.
  • composição•Linhas verticais sugeremdignidade, poder.•As horizontais sugeremestabilidade.•Linhas paralelas aoslimites da imagem criamuma sensação deformalidade e ordem, masdeixam a imagemmonótona.•Já as diagonais transmitem mais emoção, vigor edinamismo.
  • composição
  • composição•As linhas diagonais são sempre mais dinâmicas que ashorizontais e verticais, no entanto, transmitem instabilidade.Rubens, A rapto das filhas de Leucipo, 1577-1640
  • composição•As linhas curvas, por sua vez,passam uma sensação de suavidade,tranquilidade, graça, movimento esensualidade.Sónia Delaunay, Petite Automme, 1938(tapeçaria)
  • composição•O "movimento" de um quadro estádiretamente relacionado com as linhas.Através do movimento podemoschamar a atenção para o centro deinteresse.Robert Delaunay, Ritmo, 1939• Por exemplo, quando todas aslinhas da composição dirigem o olharao objeto principal ou quando umacor localizada num canto da tela temsua ligação com a mesma cor emoutro canto da tela.Luigi Russol, Dinamismo de um Automóvel, 1911
  • composição•Peso visual• O peso visual corresponde à atração que uma forma exerce sobreo olhar do observador.• Esta força ótica pode acontecer com maior ou menor intensidade.• Se a forma é muito atraente, tem muito peso.• Os elementos da composição podem ser entendidos como pesosde uma balança.• Uma composição está equilibrada, se os pesos dos seuselementos se compensam entre si.
  • composição•O peso visual depende de diversos fatores:•Localização•Dimensão•Cor•Textura•Movimento
  • composição•Localização•O quadrado da esquerda apesar de seridêntico aos restantes adquire um maiorpeso devido à sua localização
  • composição•Localização•Quanto mais afastada docentro, maior é o peso visual•Uma forma colocada nocentro do campo estáequilibrada
  • composição•Dimensão•Uma forma maior évisualmente mais pesada doque uma menor.• Ao afastarmos a formacom menor dimensão docentro, ela ganha pesovisual.
  • composição•Cor•Uma forma com uma corquente ou luminosa atraimais o nosso olhar.•O contraste que a cor fazcom o fundo pode alterar oseu peso visual.
  • Paul Klee, O mensageiro de Outono, 1922composição
  • composição•Textura•Uma forma com configuraçãorecortada tem mais peso visual doque uma configuração maissimplificada.•Através da textura, a formasimplificada adquiriu peso visual.Quanto mais texturada for umaforma, maior o seu peso visual.
  • composição•Movimento•Se colorimos uma formahorizontal com uma cor quente, elavai atrair o nosso olhar e adquirirpeso visual.•Uma forma colocada na horizontalparece parada, logo tem menospeso visual de que uma colocadacom a direção obliqua.
  • Rua Fernando Namora - Odivelas-Areal, Z. (n.d.) Caderno de Apoio ao Professor: Visualmente 7/8/9. Lisboa: Areal.-Areal, Z., Moreira, A. (2012). Visualmente 7/8/9. Lisboa: Areal.-Arnheim, R. (1988). A Arte e Percepção Visual: Uma psicologia da Visão Criadora. (4ªed.). (Arte,Arquitetura, Urbanismo). São Paulo: Livraria Pioneira Editora.-Bouleau, C., (1987). Charpentes: La géométrie secrète des peintres. Paris: Aux Éditions du Seuil.-Graça, C.C., Forjaz, R., Barriga, S.,Ferreira, S. 2012). Ver, desenhar e Criar. Lisboa: LisboaEditora.-Modesto, A., Alves, C., Ferrand, M. (2006). Guia do professor: Manual de Educação Visual. Lisboa:Porto Editora.-Panofsky, E. (1993) A Perspectiva como Forma Simbólica. Lisboa: Edições 70.-Ramos, E., Porfírio, M. (2008). Manual do Desenho: 10º Ano. Lisboa: ASA.-Ramos, E., Porfírio, M. (2008). Manual do Desenho: 12º Ano. Lisboa: ASA.-Ramos, E., Porfírio, M. (2012). Manual das Artes 7º, 8º 9º: 3ºciclo do Ensino Básico. Lisboa: ASA.
  • Sites consultados•http://www.fazendovideo.com.br/vtmon3.asp -consultado em 22 de Nov. 2012•http://www.cameramais.com.br/blog/introducao-a-composicao-regra-dos-tercos/-consultado em 22 de Nov. 2012•http://tiposetemas.blogspot.pt/2011_02_01_archive.html -consultado em 22 de Nov.2012