Your SlideShare is downloading. ×

Tcpo

13,168

Published on

Orçamento de obra usando o TCPO. Aula de Matec, Sunao e Eduardo. Na fau-Mackenzie, em 2012 a D.

Orçamento de obra usando o TCPO. Aula de Matec, Sunao e Eduardo. Na fau-Mackenzie, em 2012 a D.

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
13,168
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
217
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. TCPO• ORÇAMENTO DE OBRA
  • 2. T RABALHO - 2ª PARTE Orçamento TCPO MATERIAIS E TÉCNICAS DE CONSTRUÇÃO IV PROF. SUNAO KISHI PROF. EDUARDO DE CARVALHO PEREIRA
  • 3. Especificação de MateriaisCada grupo deverá especificar no projetoos materiais que serão utilizados na obra da residência:-Estrutura : concreto armado fck = 20MPa-Fundação : será em sapatas de concreto armado.-Vedação : adotar bloco de cimento , tijolo de barro maciço outijolo cerâmico furado tipo baiano e especificar as respectivasdimensões para paredes internas e para paredes externas.-Revestimentos de paredes : emboço , reboco e massaúnica , também chamadas de : massa grossa , massa fina emassa paulista e azulejos em áreas de serviço copa cozinhae banheiro.A pintura também deverá ser especificada , internae externa .-Revestimentos de pisos : especificar pisos cerâmicos ,porcelanato , pisos de madeira nos diversos ambientes.
  • 4. Especificação de Materiais Cada grupo deverá especificar noprojeto os materiais que serão utilizados na obra da residência:-Esquadrias : deverão ser especificados o tipo de material: aço alumínio , madeira ou pvc ? o tipo da esquadria : decorrer , basculante , guilhotina ou veneziana ?-Cobertura : haverá telhado ? Que tipo de telha seráutilizada? De barro ? Colonial paulista francesa ou telha decimento ? Haverá área descoberta? Caso positivo deveráser impermeabilizada.-Instalações elétricas e hidráulicas : não especificar .Faremos a estimativa de custo em função de umpercentual da obra.
  • 5. ORGANIZAR UMA TABELA PARA RESUMO DAS ESPECIFICAÇÕES (SUGESTÃO)AMBIENTES MATERIAIS PISO PAREDE ESQUADRIAS ETC...AREA DESERVIÇO COZINHA SALA ETC...
  • 6. Memorial Descritivo de ObraEspecificados os materiais cada grupo deverá redigir um memorial descritivo de obra que fará parte integrante do projeto conforme sugestão de modelo abaixo: Memorial Descritivo de Obra1- OBJETIVO : Este memorial descritivo tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos , definir materiais a utilizar e normatizar a execução de......................................a ser construído no terreno localizado à ................................ de propriedade de ..........................................2- PREPARAÇÃO DO TERRENO : descrever...
  • 7. 3- FUNDAÇÕES : Informar o tipo de fundação a ser utilizada e o que mais necessário como ; dimensões , resistência , capacidade etc...4- IMPERMEABILIZAÇÃO DAS FUNDAÇÕES : nas partes em contato com o solo será executada uma impermeabilização , descrever...5- ESTRUTURA : descrever o tipo de sistema estrutural ; convencional (lajes , vigas , pilares) ; alvenaria estrutural, etc... . Informar o fck do concreto , tipo de forma , tipo de aço para armação etc...6- ALVENARIA DE VEDAÇÃO : Especificar o tipo e dimensões de tijolos ou blocos e traço da argamassa de assentamento.
  • 8. 7- REVESTIMENTO DE PAREDES : descrever o revestimento interno e externo por ambientes. Exemplo : as paredes internas receberão chapisco , massa grossa e massa fina ...8- AZULEJOS: as paredes do banheiro cozinha e área de serviço , receberão revestimento cerâmico até o teto. A cerâmica utilizada será da marca............sendo assentada com argamassa colante, aplicadas com desempenadeira dentada e deverão ser alinhadas e rejuntadas na cor.............9- FORRO : será de laje maciça de concreto armado... ou ....
  • 9. 10- COBERTURA : madeiramento deverá ser executado com madeira dura seca de primeira qualidade. Especificar a telha por tipo. Impermeabilização de lajes descobertas se houver : pesquisar os tipos : (membranas , pinturas , etc...)11- PISOS : definir de acordo com os locais de aplicação , os diversos pisos utilizados especificando a forma de assentamento e suas características : Madeira - dimensões (espessura e largura) espécie de madeira e tipo de acabamento. Cerâmica – padrões , tipo , dimensões e marca . Cimentado – traço e acabamento.
  • 10. 12- ESQUADRIAS : As janelas serão de .....(aço, alumínio , madeira , pvc ) , tipo .... (de correr , basculante , guilhotina , veneziana ). Relacionar as esquadrias por tipo, de acordo com as suas dimensões e locais onde serão instaladas. As portas com largura da folha, ex: para os quartos 70 cm etc...13- INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS : serão executadas de acordo com as normas da concessionária local e de acordo com as normas da A.B.N.T. ( NBR 5626 – 8160 )14- INSTALAÇÕES ELÉTRICAS : serão executadas de acordo com as normas da concessionária local e de acordo com as normas da A.B.N.T. ( NBR 5410 )15- PINTURA : Especificar o tipo de tinta –número de demãos e descrever o procedimento.
  • 11. COMPOSIÇÃO DE PREÇOS UNITÁRIOS
  • 12. Tabelas Orçamentárias O que é o TCPO? O TCPO - Tabelas de Composições de Preços para Orçamentos é a mais completa e atualizada fonte de informações para elaboração de custos de obras de construção civil no Brasil. O TCPO, fornece meios para conhecer limites de desempenho, analisar produtividades, aprimorar recursos e estabelecer critérios de comparação com concorrentes, gerando subsídios para a tomada de decisões.Elaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 13. Tabelas Orçamentárias Considerações Preliminares: Orçamento da Obra Como é sabido, uma obra é constituída de vários sub-sistemas, como estrutura, vedação, impermeabilização, instalações elétricas e hidráulicas, revestimentos entre outros, sendo preferível para seu controle e administração dos custos separá-los em cada tabela.Elaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 14. Tabelas Orçamentárias Funcionamento das Tabelas Para melhor desenvolvimento de uma tabela orçamentária dividimos cada sub-sistemas em suas etapas e cada etapa em material e mão de obra utilizada. Como mostra o exemplo a seguir:Elaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 15. Tabela de Composição de Preços Unitários Modelo de Tabela ALVE NARIA Bloc o d e ved aç ão d e c imento 39 x 9 x 19 c m, es p es s ura final d a p ared e 15 c m - M² MATE RIAL O U S E RVIÇ O UNIDADE Q UANTIDADE C us to Unitá rio ( R$ ) Total ( R$ ) Bloco d e ve d ação d e cim e nto 39 x 9 x 1 9 cm un 894 0,00 S e rve nte h 1 ,6 0,00 Pe d re iro h 1 ,6 0,00 Arg am assa d e cim e nto, cal e are ia se m p e ne irar no traç o 1 :1 /2:6 m³ 0,03 0,00 Le is S ociais: 0,00 S u b total: 0,00 B.D .I.: 0,00 Total: 0,00Elaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 16. LEIS SOCIAIS Leis Sociais De caráter obrigatório, as leis sociais tratam dos encargos pagos pelo empregador que custeiam planos de FGTS, insalubridade, seguro de acidentes pessoais, sindicato entre outros como mostra a tabela a seguir.Elaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 17. LEIS SOCIAIS Tabela de encargos sociais contendo as taxas das leis sociais e riscos do trabalho para a Construção Civil. Grupo 1 – Encargos básicos 1 Seguridade Social - INSS 20,00% 2 Serviço Social da Indústria - SESI 1,50% 3 Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI 1,00% 4 Serviço de Apoio a Pequena e Média Empresa - SEBRAE 0,60% 5 Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA 0,20% 6 Serviço Social da Indústria da Construção e do Mobiliário - SECONCI 1,00% 7 Seguro Acidentes do Trabalho – INSS 3,00% 8 Salário-Educação 2,50% 9 Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS 8,50% Total do Grupo 1 38,30% Fonte: Revista Arquitetura e Construção http://casa.ab ril.com.b r/arquitetura/livre/casas/0231_encargos.shtmlElaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 18. LEIS SOCIAIS Grupo 2 – Recebem incidência do grupo 1 10 Repouso semanal remunerado 18,21% 11 Feriados remunerados 3,45% a 4,70% 12 Auxílio-enfermidade 0,50% a 0,80% 13 Licença-paternidade 0,34% a 0,62% 14 13° salário 10,57% 15 Dias de chuva, faltas, acidentes 3,00% a 5,00% Total do Grupo 2 36,07% a 39,90% Fonte: Revista Arquitetura e Construção http://casa.ab ril.com.b r/arquitetura/livre/casas/0231_encargos.shtmlElaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 19. LEIS SOCIAIS Grupo 3 – Não recebe incidências 16 Férias indenizadas 14,06% 17 Aviso-prévio indenizado 10,00% a 13,30% 18 Indenização por despedida injusta (50% do FGTS mais as incidências) 5,78% a 5,95% Total do Grupo 3 29,84 a 33,31% Incidências a Grupo 1 sobre grupo 2 13,81% a 15,28% b FGTS sobre aviso-prévio indenizado (item 09 sobre item 17) 0,85% a 1,13% Total das Incidências 14,66% a 16,41% Total Geral 118,87% a 127,92% Obs.: Não foram incluídas as despesas com vale transporte, café da manhã, refeições, seguro de vida e acidentes em grupo e os equipamentos de proteção individual (EPI). Fonte: Revista Arquitetura e Construção http://casa.ab ril.com.b r/arquitetura/livre/casas/0231_encargos.shtmlElaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 20. BENEFÍCIOS E DESPESAS INDIRETAS BDI – Beneficios e Despesas Indiretas “Tem como função, portanto, espelhar os custos e despesas indiretos envolvidos na realização da obra, além de suprir despesas eventuais e garantir a lucratividade imposta pelo construtor. A determinação desse percentual deve levar em consideração as características e particularidades de cada obra, uma vez que sua incidência, nos custos diretos, será a responsável pela determinação do preço da obra.” PIUS, Maria Alice - ANÁLISE DE ALGUMAS PRÁTICAS UTILIZADAS NO CÁLCULO DO BDI - BONIFICAÇÃO E DESPESAS INDIRETAS - PARA A FIXAÇÃO DE PREÇOS DE OBRAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL – dissertação de Mestrado em Eng. De Produção EPUSP.Elaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 21. BENEFÍCIOS E DESPESAS INDIRETAS Cálculo do BDIFonte: SINDUSCON/PRElaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 22. BENEFÍCIOS E DESPESAS INDIRETAS Tabela de composição do BDIFonte: SINDUSCON/PRElaboração: Carlos Perondi Wieck abril/2009Orientação: Sunao Kishi
  • 23. da residência: utilizados na obra da residência:TT -CADA ALUNO RECEBERÁ A INCUMBÊNCIA DE ELABORAR A COMPOSIÇÃO DE PREÇOS UNITÁRIOS DE UM TIPO DE SERVIÇO QUE SERÁ FORNECIDO PELO PROFESSOR. -ESSA COMPOSIÇÃO DE PREÇOS DEVERÁ SER OBTIDA NO serãoespecificarna obra da os DA PINI E materiais que LIVRO T.C.P.O. Cada grupo deverá utilizados no projeto ANEXADA NO TRABALHO IDENTIFICANDO O residência: NOME DO ALUNO. -O CUSTO DOS INSUMOS PODERÁ SER PESQUISADO EM JORNAIS OU REVISTAS OU NO SITE DA PREFEITURA INDICADO ADIANTE
  • 24. LEVANTAMENTO DE QUANTIDADESCOM AS PLANTAS DE ARQUITETURA,COM AS PLANTAS DE FORMAS, COM O MEMORIAL DESCRITIVO, CADA GRUPO DEVERÁ PROCEDER O CALCULO DAS QUANTIDADES DE TODOS OS SERVIÇOS NECESSÁRIOS PARA A CONSTRUÇÃO DO EDIFÍCIO.POR EXEMPLO:VOLUME DE CONCRETO,FORMAS DE MADEIRA(12M2 P/ CADA M3 DE CONCRETO), AÇO(100Kg p/ CADA M3 DE CONCRETO), VEDAÇÃO, REVESTIMENTOS, PINTURA, IMPERMEABILIZAÇÃO SE HOUVER, PORTAS JANELAS ETC...
  • 25. PLANILHA DE ORÇAMENTOCADA GRUPO DEVERÁ FAZER UMA PLANILHA DE ORÇAMENTO COM AS SEGUINTES COLUNAS: -descrição do serviço -unidade -quantidade -custo unitário -custo total
  • 26. OBS: o custo unitário de cada serviço para a planilha deorçamento deverá ser obtido no site da Prefeitura da Cidade deSão Paulo: - www.prefeitura.sp.gov.br - sites do município - infra estrutura urbana - tabelas de custos - edificações janeiro de 2011 - arquivos gerais para obtenção dos insumos para as composições de preços
  • 27. OS CUSTOS DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICASE HIDRÁULICAS SERÃO OBTIDOS EMFUNÇÃO DE UM PERCENTUAL DE 15% DOCUSTO TOTAL DA OBRA.CUSTO TOTAL ---------------- 100%CUSTO s/ INST ----------------- 85%CUSTO TOTAL = CUSTO s/ INST 0,85
  • 28. TCPO• ORÇAMENTO DE OBRA

×