Cibercultura enade

741
-1

Published on

Aula de Revisão para Curso de Comunicação Social da Unijorge - Preparatório para ENADE 2012

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
741
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cibercultura enade

  1. 1. AULA ENADE 2012Prof. Dr. Macello Medeiros
  2. 2. “É precisamente no século XIX, que se apresenta pelaprimeira vez o problema da técnica e de suas relações com a cultura e com a história” (SPENGLER, 1958).
  3. 3. “O estatuto de par sagrado (ciência-técnica),conduzindo a humanidade ao progresso, constitui a novidade simbólica da Revolução Industrial e da modernidade emergente” (LEMOS, 2004).
  4. 4. Link: http://youtu.be/D_kpovzYBT8
  5. 5. “A especificidade da técnica contemporânea estaria na constituição de um meio, um sistema, deum reino isolado das outras esferas da cultura, aformação da tecnocultura” (Op. Cit.).
  6. 6. “A Revolução Elétrica ampliou muitos dos temas da Revolução Industrial e acrescentou alguns novosefeitos” (SCHAFFER, 2001).
  7. 7. “Os três mecanismos sonoros mais revolucionários daRevolução Elétrica foram o telefone, o fonógrafo e o rádio” (Op. Cit.).
  8. 8. “O nascimento da informação não só como conceito, mastambém como ideologia, está inextricavelmente ligada ao desenvolvimento do computador durante os anos da Guerra e no período imediatamente posterior” (KUMMAR, 2006).
  9. 9. “A sociedade pós-industrial é uma sociedade da informação, como asociedade industrial é uma produtora de bens” (Op. Cit.).
  10. 10. “Viver efetivamente é vivercom informação adequada. A comunicação e o controle, portanto, são integrantes da essência da vida interior do homem, na mesma medida que fazem parte da sua vida em sociedade” (Op. Cit.).
  11. 11. Link: http://youtu.be/5QOh5jjD8x8
  12. 12. “A microinformática, baseda cibercultura, é fruto deuma apropriação social. ” (LEMOS, 2004).
  13. 13. “O computador, por si só, transformaria muitas das operações da sociedadeindustrial. Mas o que gerou asociedade da informação foi a convergência explosiva de computador etelecomunicações” (KUMAR, 2006).
  14. 14. “Proponho a ideia de que há uma nova forma espacial característica das práticas sociais que dominam e moldam a sociedade em rede: o espaço de fluxos. O espaço de fluxos é a organização material das práticas sociais de tempocompartilhado que funcionam por meio de fluxos. Por fluxos, entendo as sequenciasintencionais, repetitivas e programáveis de intercâmbio e interação entre posições fisicamente desarticuladas, mantidas por atores sociais nas estruturas econômica, política e simbólica da sociedade” (CASTELLS, 1999).
  15. 15. “Ciberespaço. Uma alucinaçãoconsensual diariamente experimentadapor bilhões de operadores legítimos, em cada país, por crianças a quem sãoensinados conceitos matemáticos... Uma representação gráfica de dados extraídos de bancos de cada computador do sistema humano. Complexidade impensável. Linhas de luz alinhadas no não-espaço damente, clusters e constelações de dados. Como luzes da cidade, afastando-se...” (GIBSON, 1984).
  16. 16. “As tecnologias digitaissurgiram, então, como a infra- estrutura do ciberespaço, novo espaço de comunicação, desociabilidade, de organização e de transação, mas tambémnovo mercado da informação e do conhecimento (LÉVY, 1999).
  17. 17. Link: http://youtu.be/z4bJEqoCAuI
  18. 18. “O Ciberespaço é aqui... E agora!”(GIBSON, 2007).
  19. 19. Seria o fim daCibercultura?

×