Membrana E Transporte

13,081 views
12,889 views

Published on

Published in: Education, Technology
1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
  • ●.·☀•჻¨●·.☀•჻¨●.·☀•჻¨●·.☀•჻¨●.·☀•჻¨●·.
    ONLY FOUR DAYS TO VOTE IN THE CONTEST!.. VOTING ENDS NOV.29/10..
    ●.·☀•჻¨●·.☀•჻¨●.·☀•჻¨●·.☀•჻¨●.·☀•჻¨●·●.·☀•჻¨●·.☀•჻¨●.·☀•჻¨●·.☀•჻¨●.·☀•჻¨●·. .
    Hello My Friend ♥
    ☀ We would very much appreciate if you would kindly take the time to view & vote for Doina’s two shows http://www.slideshare.net/doina/end-of-life-presentation-horror-story-contest-slideshare-2010 http://www.slideshare.net/doina/andante-slideshare-2010
    The shows are now on videos so you don’t have to download .. Thank you very much and enjoy a wonderful day ..
    Spiderwebb99 on Slideshare .. Vanessa ♥
    ●.·☀•჻¨●·.☀•჻¨●.·☀•჻¨●·.☀•჻¨●.·☀•჻¨●·.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
13,081
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
38
Actions
Shares
0
Downloads
218
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Membrana E Transporte

  1. 1. LÂNIA F. SILVA BIOFÍSICA Membrana e Transporte
  2. 2. Membrana Celular -envolve a célula, -define seus limites -mantém as diferenças essenciais entre o citosol e o meio extracelular -mantém o conteúdo interno ou citoplasmático separado, porém não isolado do meio externo.
  3. 3. <ul><li>Composição </li></ul><ul><li>Movimento </li></ul><ul><li>Colesterol aumentam as propriedades de barreira </li></ul><ul><li>A maioria dos lipídeos que compõem a membrana são fosfolipídeos dos quais predominam: </li></ul>Lipídeos - 25% a 40% Proteínas - 60% a 75%. <ul><li>ESFINGOMIELINA, </li></ul><ul><li>FOSFATIDILSERINA </li></ul><ul><li>FOSFATIDILETANOLAMINA </li></ul><ul><li>FOSFATIDILCOLINA, </li></ul><ul><li>Espessura de 75 Å </li></ul><ul><li>Organelas membranosas </li></ul>Membrana celular Membrana celular Espaço intercelular
  4. 4. Proteínas da Membrana
  5. 5. Receptor T (TCR) <ul><li>Junto ao TCR, as células T possuem moléculas membranares acessórias, relevantes para a interacção com a célula target. </li></ul><ul><li>Os co-receptores CD4 e CD8 ligam-se aos domínios moleculares MHC estreitando a interacção do TCR com o complexo peptido-MHC.A formação do complexo ternário TCR-antigénio-MHC é essencial para a resposta imune </li></ul>
  6. 6. Linfócitos Th Activação
  7. 7. - ajuda a proteger a superfície celular de lesões mecânicas e químicas - funcionam como intermediários em diversos processos transitórios de adesão célula-célula, - interações: espermatozóide-óvulo coagulação sangüínea recirculação de linfócitos em respostas inflamatórias. - reconhecimento do meio Glicocálix <ul><li>Esta característica permite que as células de </li></ul><ul><li>um determinado tecido reconheçam-se entre si, </li></ul><ul><li>limitando o seu crescimento por inibição de contato. </li></ul>Células cancerosas (glicocálix alterado) não param o seu crescimento  massas celulares  tumores.
  8. 8. Com gasto de energia  Ativo Sem gasto de energia  Passivo TRANSPORTE Ocorre em todas as células  o transporte é essencial para a fisiologia celular. A entrada ou a saída de substâncias neste compartimento altera sua pressão interna . DIF. FACILITADA DIF. SIMPLES OSMOSE CANAIS Na e K  PASSIVO EXOCITOSE PINOCITOSE FAGOCITOSE ATIVO TRANSPORTE
  9. 9. FUNÇÕES DO TRANSPORTE <ul><li>incorporação de novas substâncias para o metabolismo celular (nutrição); </li></ul><ul><li>eliminação de restos metabólicos (excreção); </li></ul><ul><li>eliminação de substâncias especiais para o metabolismo extracelular (secreção) </li></ul><ul><li>polarização de membrana (pela bomba de sódio e potássio) </li></ul><ul><li>defesa celular (pela fagocitose em leucócitos) </li></ul><ul><li>o equilíbrio hídrico </li></ul><ul><li>controle da turgescência celular também estão presentes (pela difusão ou osmose). </li></ul>
  10. 10. TRANSPORTE ATIVO SECUNDÁRIO COTRANSPORTE   O cotransporte sódio/aminoácidos ocorre de maneira similar.
  11. 11. Difusão Passiva A distribuição do soluto tende a ser uniforme em todos os pontos do solvente, o soluto penetra na célula quando sua concentração é menor no interior celular do que no meio externo, e sai da célula no caso contrário. Neste processo não há consumo de energia.
  12. 12. Difusão Facilitada Estas substâncias passam através da membrana, por transporte passivo, contando, para isto, com o trabalho de proteínas carreadoras (proteínas transportadoras). A velocidade de difusão da glicose é grandemente aumentada com a presença de maior quantidade de insulina .
  13. 13. Osmose É um fenômeno de difusão em presença de uma membrana semipermeável. Nele, duas soluções de concentrações diferentes estão separadas por uma membrana que é permeável ao solvente e praticamente impermeável ao soluto . Há, então, passagem do solvente de onde está em maior quantidade (solução hipotônica) para onde está em menor quantidade (solução hipertônica). Célula vegetal normal Plasmólise Plasmólise mais avançada Desplasmólise
  14. 14. CANAIS DE SÓDIO E POTÁSSIO Na+ para dentro / K+ para fora  proteínas- canal Proteínas-canal  formam poros hidrofílicos que se estendem através da bicamada lipídica
  15. 15. Pinocitose (célula bebendo), envolve a ingestão de fluidos e solutos através de vesículas pequenas (150nm de diâmetro). Fagocitose (célula comendo), envolve a ingestão de partículas grandes como microorganismos e pedaços de células, via vesículas grandes denominadas fagossomos, geralmente maior que 250nm de diâmetro. Transporte Ativo Endocitose (Pinocitose e Fagocitose) Endocitose - Processo através do qual as células captam macromoléculas, substâncias particuladas e, em casos especializados outras células.
  16. 16. Transporte Ativo Endocitose (Pinocitose e Fagocitose)
  17. 17. Transporte Ativo Exocitose (Clasmocitose) Fenômeno contrário à fagocitose, que expulsa da célula, pela fusão do vacúolo residual com a membrana plasmática, restos da digestão celular. Via secretora regulada células nervosas e algumas células endócrinas Células secretoras especializadas possuem uma segunda via secretora na qual proteínas solúveis e outras substâncias são armazenadas inicialmente em vesículas secretoras, para serem liberadas mais tarde. Ela é encontrada principalmente em células que são especializadas na secreção de produtos com os hormônios, os neurotransmissores e enzimas digestivas, de uma forma rápida, de acordo com a sua demanda.
  18. 18. Exocitoses reguladas e não reguladas.
  19. 19. TRANSPORTE INTERNO
  20. 20. “ O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, e honra , e vida. Espinhos e laços há no caminho do perverso; o que guarda sua alma retira-se para longe deles.” Provérbios 22: 4-5

×