• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Exercícios sobre metalinguagem
 

Exercícios sobre metalinguagem

on

  • 3,007 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,007
Views on SlideShare
1,434
Embed Views
1,573

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 1,573

http://manoelneves.com 1573

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Exercícios sobre metalinguagem Exercícios sobre metalinguagem Presentation Transcript

    • teoria da literaturaExercícios sobre metalinguagem Manoel Neves
    • QUESTÃO 01 metalinguagem(PUC-MG) Em todas as alternativas, as passagens, extraídas de Urupês, fazem uso dametalinguagem, EXCETO:O camarada contou a história que para aqui traslado com a possível fidelidade. O melhor delaevaporou-se, a frescura, o correntio, a ingenuidade de um caso narrado por quem nuncaaprendeu a colocação dos pronomes e por isso mesmo narra melhor que quantos por aí sorvemliteraturas inteiras, e gramáticas, na ânsia de adquirir o estilo.Impossível meter no papel todas as contas do rosário; as miúdas inda cabem, mas as graúdasnão podem sair do Varjão. Além de injúrias, ameaças.Não se lhe descreve aqui a cara, porque retratos por meio de palavras têm a propriedade defazer imaginar feições às vezes opostas às descritas.Quanto a Zilda, o desastre operou como pé-de-vento através de paineira florida. Caiu de cama,febricitante. Encovaram-se-lhe as faces. Todas as passagens trágicas dos romances lidosdesfilaram-lhe na memória; reviu-se na vítima de todos eles.
    • SOLUÇÃO COMENTADA questão 01Não há referência alguma ao processo de construção textual na alternativa “d”. Nas demaisalternativas, eis a metalinguagem: a) contou a história que para aqui traslado com a possívelfidelidade; b) impossível meter no papel todas as contas do rosário; e c) não se lhe descreve aquia cara, porque retratos por meio de palavras...
    • QUESTÃO 02 metalinguagem(PUC-MG) A passagem de Pau-Brasil, de Oswald de Andrade, em que a intertextualidade e ametalinguagem são utilizadas simultaneamente é:
    • QUESTÃO 02 metalinguagemPara dizerem milho dizem mioPara melhor dizem mióPara pior pióPara telha dizem teiaPara telhado dizem teiadoE vão fazendo telhadosNo Pão de AçúcarDe Cada DiaDai-nos SenhorA PoesiaDe Cada DiaAprendi com meu filho de dez anosQue a poesia é a descobertaDas coisas que eu nunca viSeguimos nosso caminho por estemar de longoAté a oitava da PáscoaTopamos avesE houvemos vista de terra
    • SOLUÇÃO COMENTADA questão 02A metalinguagem está presente nos fragmentos apresentados nas alternativas “b” e “c”[poemas teorizam acerca do processo de construção de poemas]. A intertextualidade aparecenas opções “b” [Oração Pai Nosso] e “d” [Carta, de Pero Vaz de Caminha]. Assinale-se, pois, aalternativa “b”.
    • INSTRUÇÃO UFJFLeia, com atenção, o fragmento abaixo:
    • PROCURA DA POESIA Carlos Drummond de AndradePenetra surdamente no reino das palavras.Lá estão os poemas que esperam ser escritos.Estão paralisados, mas não há desespero,Há calma e frescura na superfície intata.Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário. [...]Chega mais perto e contempla as palavras.Cada umaTem mil faces secretas sob a face neutraE te pergunta, sem interesse pela resposta,Pobre ou terrível, que lhe deres:Trouxeste a chave?
    • QUESTÃO 03 metalinguagem (UFJF) Escolha a afirmativa que melhor se relaciona com o texto de Drummond:O poeta se angustia e se desespera diante da dificuldade da poesia.A poesia é o resultado de um trabalho persistente com a linguagem.O poeta trabalha sempre com a razão e a transparência das palavras.A facilidade de expressão lírica é um tema freqüente em Drummond.O fazer poético associa-se ao místico e ao religioso.
    • SOLUÇÃO COMENTADA questão 03No poema citado, o locutor dirige-se hipoteticamente a alguém que se encontra na posição deescritor e sugere que, para se realizar o trabalho poético, é necessário calma [conforme se vêem penetra surdamente], pois os poemas que esperam por ser escritos estão paralisados,mudos e sós, no reino das palavras, por isso não é preciso desespero. Sendo assim, elimine-se aalternativa “a”.Se os poemas já estão prontos no reino das palavras, não é necessário um trabalho persistentecom a linguagem. Desconsidere-se, pois, a alternativa “b”.A postura adotada pelo locutor para explicar como se elabora o poema é altamente racional, namedida em que ele se refere objetivamente às palavras e ao trabalho poético. Pode-se, ainda,afirmar que, segundo o poema em questão, as palavras são transparentes, pois têm mil facessecretas sob a face neutra. Marque-se, pois, a alternativa “c”.Apesar de no reino das palavras os poemas já estarem prontos, o locutor afirma que as palavrasfarão uma pergunta para o interlocutor, o que indica não existir facilidade na composição dotexto poético. Ademais, o poema se configura como uma lição de como se faz poesia, a qual nãoé vista como resultado de um arranjo gratuito de palavras, mas de decifração [mil facessecretas], calma [penetra surdamente no reino das palavras] e escolha [lá estão os poemas queesperam ser escritos]. Não há referências ao místico e ao religioso. Eliminem-se, pois, asalternativas “d” e “e”.
    • QUESTÃO 04 metalinguagem A metalinguagem ocorre em todos os versos abaixo, extraídos de Alguma poesia, EXCETO:Vou perder-me nas mil orgias/ do pensamento greco-latino/ Museus! Estátuas! Catedrais!/ OBrasil só tem canibais.Se meu verso não deu certo,/ foi seu ouvido que entortou./ Eu não disse ao senhor que eu nãosou senão poeta?Gastei uma hora pensando um verso/ que a pena não quer escrever./ No entanto ele está cádentro/ inquieto, vivo./ Ele está cá dentro/ e não quer sair./ Mas a poesia deste momento/inunda minha vida inteira.A mão que escreve este poema/ não sabe que está escrevendo/ mas é possível que se soubesse/nem ligasse.
    • SOLUÇÃO COMENTADA questão 04Nos versos transcritos na alternativa “a” não existe menção alguma a composição literária. Não,há, pois, metalinguagem.