08.08.08 – Sublime Li Ning  – O antigo ginasta chinês (triplo Campeão Olímpico em Los Angeles, em 1984)  voou  sobre o est...
09.08.08 – Prelúdio Michael Phelps  – No primeiro dia de provas, o primeiro  record  olímpico, para o que se antecipa como...
10.08.08 – Decepção Telma Monteiro  – Repetindo o 9º lugar alcançado em Atenas em 2004, Telma é o rosto das decepcionantes...
11.08.08 – Lágrimas João Pina  – O choro compulsivo do judoca, na mais forte imagem da impotência até agora demonstrada pe...
12.08.08 –  Record Michael Phelps  – Com a obtenção da terceira medalha de ouro, o estado-unidense igualou o registo do ta...
13.08.08 – Garimpeiros Para além do inevitável Michael Phelps, os atletas chineses que garantiram já a conquista de 17 med...
14.08.08 – Transição Roger Federer  – O suíço, ainda nº 1 do  ranking  mundial (a poucos dias de ser oficialmente destrona...
15.08.08 – Competitividade Nastia Liukin  – Nascida em Moscovo, filha do também ginasta da ex-URSS, Valeri Liukin (que alc...
16.08.08 – Vertigem Usain Bolt  – Uma  vertiginosa  aceleração na segunda metade da prova permitiu ao jamaicano sagrar-se ...
17.08.08 – Pleno Michael Phelps  – Cumprindo a promessa, o estado-unidense consumou hoje o pleno, somando 8 medalhas de ou...
18.08.08 – Prata Vanessa Fernandes  – A triatleta confirmou-se como um dos valores mais seguros da delegação portuguesa, g...
19.08.08 – Deriva Comitiva portuguesa  – Primeiro as decepcionantes prestações no judo e na natação; depois a eliminação d...
20.08.08 – Jamaica Usain Bolt  – O jamaicano confirma-se como principal candidato a “rei do estádio” nestes Jogos Olímpico...
21.08.08 – Ouro Nélson Évora  – Seguro, confiante nas suas capacidades, confirmando o seu estatuto de Campeão do mundo, re...
22.08.08 – Reis Tirunesh Dibaba  – A etíope tornou-se hoje na primeira atleta a sagrar-se Campeã Olímpica dos 5 000 e dos ...
23.08.08 – Classe Kenenisa Bekele  – À semelhança da sua compatriota Tirunesh Dibaba, o atleta etíope sagrou-se também, e ...
24.08.08 – Memória Samuel Wanjiru  – No termo de uma sensacional corrida, isolando-se cerca dos 37 km, o queniano venceu c...
Tabela de Medalhas 1. China  – 51 Ouro / 21 Prata / 28 Bronze = 100 2. EUA  – 36 Ouro / 38 Prata / 36 Bronze = 110 3. Rúss...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Jo 2008 Dia A Dia

3,198

Published on

Published in: Travel, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,198
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jo 2008 Dia A Dia

  1. 1. 08.08.08 – Sublime Li Ning – O antigo ginasta chinês (triplo Campeão Olímpico em Los Angeles, em 1984) voou sobre o estádio “Ninho de pássaro” para acender a chama na pira olímpica . Cerimónia de abertura – Um espectáculo sublime, preparado minuciosamente durante anos, interligando a história milenar da China com a capacidade de organização, modernidade e futuro de uma potência emergente, presenciado por líderes mundiais como Bush, Putin ou Sarkozy, alheio aos protestos que se fizeram sentir em várias latitudes. ( foto ) ( foto )
  2. 2. 09.08.08 – Prelúdio Michael Phelps – No primeiro dia de provas, o primeiro record olímpico, para o que se antecipa como principal candidato a figura maior desta Olimpíada. Ataque a familiares de treinador da selecção de voleibol dos EUA, em área turística de Pequim, fatal para atacado e atacante, lança sombra sobre o início dos Jogos. ( foto )
  3. 3. 10.08.08 – Decepção Telma Monteiro – Repetindo o 9º lugar alcançado em Atenas em 2004, Telma é o rosto das decepcionantes prestações dos portugueses nesta jornada, do judo à esgrima, passando pela natação, muito aquém das expectativas, com as medalhas a não passarem de uma longínqua miragem. E, das duas uma: na base dos protestos da judoca terá estado o “mau perder” decorrente das ambições frustradas; ou terão as suas acusações de “caseirismo” da arbitragem constituído uma denúncia a que deverá ser dada atenção? À conquista da primeira das várias medalhas de ouro reservadas para o estado-unidense Michael Phelps ficou associado o “inevitável” record mundial... com o contributo dos modernos fatos especiais de natação, fabricados em Paços de Ferreira. Na cerimónia protocolar de entrega de medalhas da prova de tiro, o abraço da russa Natalia Paderina e da georgiana Nino Salukvadze (medalhas de prata e bronze, respectivamente), num gesto simbólico contra o conflito que opõe a Rússia e a Geórgia. ( foto )
  4. 4. 11.08.08 – Lágrimas João Pina – O choro compulsivo do judoca, na mais forte imagem da impotência até agora demonstrada pelos atletas portugueses face ao elevado nível da concorrência, também potenciada pelas excessivas (irrealistas?) expectativas criadas e amplificadas pela comunicação social. A final da estafeta de 4x100m livres em natação, com cinco (!) quartetos a superar a marca que constituía record mundial, com a vitória “ao milímetro” dos EUA, após uma fantástica recuperação final. ( foto )
  5. 5. 12.08.08 – Record Michael Phelps – Com a obtenção da terceira medalha de ouro, o estado-unidense igualou o registo do também nadador dos EUA, Mark Spitz, com 9 títulos olímpicos. Ao vencer a Sérvia (2-0) a selecção da Argentina soma 9 vitórias consecutivas no Futebol (incluindo as provas de 2004 e 2008), um novo record olímpico (ultrapassando as marcas anteriormente estabelecidas pelo Uruguai e pela Hungria). ( foto )
  6. 6. 13.08.08 – Garimpeiros Para além do inevitável Michael Phelps, os atletas chineses que garantiram já a conquista de 17 medalhas de ouro, praticamente o triplo das alcançadas pelos países que se seguem de imediato na tabela. As duas medalhas de ouro hoje obtidas por Michael Phelps, elevando o seu pecúlio para cinco, passando a acumular um total de 11 títulos olímpicos, o que o torna no maior campeão de toda a história das Olimpíadas, superando Mark Spitz (EUA), Carl Lewis (EUA), Larysa Latynina (URSS) e Paavo Nurmi (Finlândia), todos com 9 vitórias nos Jogos Olímpicos. ( foto )
  7. 7. 14.08.08 – Transição Roger Federer – O suíço, ainda nº 1 do ranking mundial (a poucos dias de ser oficialmente destronado da posição que ocupou consecutivamente ao longo de mais de 4 anos e meio), foi eliminado do torneio de Ténis pelo estado-unidense James Blake, nos ¼ Final da prova. Pela primeira vez desde os Jogos Olímpicos de 1980, o título olímpico da prova individual feminina de tiro com arco foi ganho por uma atiradora não sul-coreana, a chinesa Juan Juan Zhang. ( foto )
  8. 8. 15.08.08 – Competitividade Nastia Liukin – Nascida em Moscovo, filha do também ginasta da ex-URSS, Valeri Liukin (que alcançara a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1988, em Seoul), a agora estado-unidense (de 18 anos) conseguiu obter a medalha de ouro no concurso individual de ginástica feminina, intensamente disputado, com a também representante dos EUA, a jovem prodígio Shawn Johnson (16 anos) a garantir o 2º lugar, superando ambas a melhor chinesa, Yilin Yang, assim colocando termo ao domínio das ginastas chinesas (vencedoras colectivamente), que tanta controvérsia gerara, com acusações de que algumas delas não teriam a idade mínima requerida para participar nesta competição (16 anos). As ½ Finais do Torneio de Ténis sublinharam também a elevada competitividade destas Olimpíadas, com o chileno Fernando Gonzalez a vencer o estado-unidense James Blake (que afastara o suíço Roger Federer) por 2-1, com os parciais de 4-6, 7-5 e 11-9 (!), ao fim de quase três horas, enquanto que o novo líder mundial (Rafael Nadal) teve de se bater arduamente para eliminar o sérvio Novak Djokovic, também por 2-1 (6-4, 1-6 e 6-4). ( foto ) ( foto )
  9. 9. 16.08.08 – Vertigem Usain Bolt – Uma vertiginosa aceleração na segunda metade da prova permitiu ao jamaicano sagrar-se campeão olímpico dos 100 metros com uma inusitada vantagem, estabelecendo um novo record mundial, com a marca de 9.69 segundos. Para além da “estratosférica” prova de Usain Bolt, que lhe possibilitou começar a comemorar a vitória ainda antes de cruzar a linha de meta, também Michael Phelps entrou hoje na lenda, com a sétima medalha de ouro (vencendo a prova dos 100 metros mariposa… com um centésimo de segundo de vantagem face ao sérvio Milorad Cavic), igualando a proeza de Mark Spitz em 1972, a qual promete aliás superar já amanhã.... ( foto )
  10. 10. 17.08.08 – Pleno Michael Phelps – Cumprindo a promessa, o estado-unidense consumou hoje o pleno, somando 8 medalhas de ouro às 6 que alcançara em Atenas, revalidando o estatuto de figura maior dos Jogos Olímpicos (passando a somar um total de 16 medalhas, apenas duas menos que a ginasta soviética Larysa Latynina), no dia em que Shelly-Ann Fraser (replicando a vitória de Usain Bolt) garantiu para a Jamaica ambos os títulos dos mais velozes atletas do planeta, quer no sector masculino, quer no feminino, e em que Rafael Nadal coroou a sua ascensão a nº 1 mundial com a obtenção do título de campeão olímpico de ténis. O record olímpico do etíope Kenenisa Bekele, praticamente em cima dos 27 minutos, conquistando a medalha de ouro na prova dos 10 000 metros. ( foto ) ( foto )
  11. 11. 18.08.08 – Prata Vanessa Fernandes – A triatleta confirmou-se como um dos valores mais seguros da delegação portuguesa, garantindo a primeira medalha para Portugal nestes Jogos, não obstante ter ficado longe do ouro, conquistado pela australiana Emma Snowsill, com mais de um minuto de vantagem. A desistência, por lesão, já nos blocos de partida, do campeão olímpico e mundial em título dos 110 metros barreiras, o chinês Liu Xiang, perante o seu público, uma decepção do tamanho do estádio “Ninho de pássaro”. ( foto )
  12. 12. 19.08.08 – Deriva Comitiva portuguesa – Primeiro as decepcionantes prestações no judo e na natação; depois a eliminação de Francis Obikwelu, a par de diversas outras classificações sofríveis no atletismo; hoje a desilusão do 4º lugar de Gustavo Lima na vela, a infeliz eliminação de Naide Gomes e as declarações da medalhada Vanessa Fernandes sobre a falta de seriedade com que alguns atletas encararam a competição, culminando no anúncio da demissão do presidente do Comité Olímpico de Portugal, Vicente de Moura, dão bem a imagem do estado de espírito dos portugueses em Pequim. A inesperada eliminação da Campeã europeia e mundial (pista coberta) Naide Gomes da prova de salto em comprimento, com dois nulos nas primeiras tentativas e um salto... “comprometido” na derradeira oportunidade, a 6,29 metros, demasiado curto para atingir a qualificação. ( foto )
  13. 13. 20.08.08 – Jamaica Usain Bolt – O jamaicano confirma-se como principal candidato a “rei do estádio” nestes Jogos Olímpicos, com mais uma estrondosa vitória, repetindo na prova de 200 metros o feito da corrida do hectómetro, estabelecendo também novo record mundial (19.30 segundos), no dia em que foi igualmente para a Jamaica o título olímpico dos 400 metros barreiras femininos (Melanie Walker), o quarto no atletismo em provas de velocidade, assim relegando os EUA para uma invulgar posição de subalternidade nesta especialidade. A fantástica prova dos 200 metros, também assinalada por inusitadas desclassificações de dois atletas (Churandy Martina e Wallace Spearmon – que haviam finalizado a corrida na 2ª e 3ª posições), por terem pisado a linha delimitadora dos respectivos corredores na pista. ( foto )
  14. 14. 21.08.08 – Ouro Nélson Évora – Seguro, confiante nas suas capacidades, confirmando o seu estatuto de Campeão do mundo, revelou-se imune à envolvente até ao momento da vitória, em que, finalmente, não resistindo à emoção, foi incapaz de suster as lágrimas. Conquistando a medalha de ouro no triplo-salto, torna-se no quarto Campeão Olímpico de Portugal, assim entrando na história, ao lado de Carlos Lopes (1984), Rosa Mota (1988) e Fernanda Ribeiro (1996). Para além da fantástica vitória de Nélson Évora, a conquista pelos EUA das 3 medalhas na prova dos 400 metros masculinos, com a particularidade de o 3º lugar ter sido alcançado mercê de um lançamento em “mergulho” sobre a linha de meta. ( foto )
  15. 15. 22.08.08 – Reis Tirunesh Dibaba – A etíope tornou-se hoje na primeira atleta a sagrar-se Campeã Olímpica dos 5 000 e dos 10 000 metros (com um fantástico record olímpico, abaixo dos 30 minutos). A vitória da Jamaica na estafeta de 4x100 metros, com o tempo de 37.10 segundos, consagrando definitivamente Usain Bolt como rei do Estádio nestas Olimpíadas, com 3 medalhas de ouro... e 3 records mundiais! ( foto )
  16. 16. 23.08.08 – Classe Kenenisa Bekele – À semelhança da sua compatriota Tirunesh Dibaba, o atleta etíope sagrou-se também, e de forma categórica, Campeão Olímpico dos 10 000 e dos 5 000 metros (igualando a proeza do também etíope Mirus Yifter em 1980), estabelecendo nesta prova um novo record olímpico, pela primeira vez abaixo dos 13 minutos, reafirmando a sua inequívoca classe mundial, perfilando-se assim como “lugar-tenente” de Usain Bolt como reis da pista em Pequim; se a Jamaica dominou a velocidade, a Etiópia impôs-se nas provas de fundo (quando falta apenas disputar a maratona). A Argentina – acumulando 12 vitórias consecutivas – revalidou o título olímpico em futebol (que conquistara já em 2004 em Atenas), batendo na final a Nigéria com um golo do benfiquista Di María, num “chapéu” de belo efeito. Javier Mascherano é o primeiro jogador a bisar este título. ( foto )
  17. 17. 24.08.08 – Memória Samuel Wanjiru – No termo de uma sensacional corrida, isolando-se cerca dos 37 km, o queniano venceu categoricamente a maratona, com o magnífico tempo de 2:06:32, subtraindo quase três minutos ao record olímpico, que pertencia, há já 24 anos, ao português Carlos Lopes. Cerimónia de encerramento – Um novo hino à organização, coordenação e sincronismo por parte de centenas de figurantes, tendo por base a “Torre da Memória”, no final de uma Olimpíada que perdurará na nossa... memória. Recuperando uma fórmula clássica: os Jogos Olímpicos de Pequim 2008 acabaram; vivam os Jogos Olímpicos de 2012 em Londres! ( foto )
  18. 18. Tabela de Medalhas 1. China – 51 Ouro / 21 Prata / 28 Bronze = 100 2. EUA – 36 Ouro / 38 Prata / 36 Bronze = 110 3. Rússia – 23 Ouro / 21 Prata / 28 Bronze = 72 4. Grã-Bretanha – 19 Ouro / 13 Prata / 15 Bronze = 47 5. Alemanha – 16 Ouro / 10 Prata / 15 Bronze = 41 16. Bielorússia – 4 / 5 / 10 = 19 17. Roménia – 4 / 1 / 3 = 8 18. Etiópia – 4 / 1 / 2 = 7 19. Canadá – 3 / 9 / 6 = 18 20. Polónia – 3 / 6 / 1 = 10 21. Hungria – 3 / 5 / 2 = 10 21. Noruega – 3 / 5 / 2 = 10 23. Brasil – 3 / 4 / 8 = 15 24. R. Checa – 3 / 3 / 0 = 6 25. Eslováquia – 3 / 2 / 1 = 6 … 46. Portugal – 1 / 1 / 0 = 2 6. Austrália – 14 / 15 / 17 = 46 7. Coreia Sul – 13 / 10 / 8 = 31 8. Japão – 9 / 6 / 10 = 25 9. Itália – 8 / 10 / 10 = 28 10. França – 7 / 16 / 17 = 40 11. Ucrânia – 7 / 5 / 15 = 27 12. Holanda – 7 / 5 / 4 = 16 13. Jamaica – 6 / 3 / 2 = 11 14. Espanha – 5 / 10 / 3 = 18 15. Quénia – 5 / 5 / 4 = 14
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×