Sistema Reprodutor Daniela 2º ano O sistema reprodutor humano, também chamado de sistema genital, é formado por órgãos que...
O sistema reprodutor masculino <ul><li>O sistema reprodutor masculino é composto pelos testículos, epidídimo, ductos defer...
O sistema reprodutor masculino <ul><li>São 2 testiculos localizados no interior de um saco denominado bolsa escrotal. No i...
O sistema reprodutor feminino <ul><li>O sistema reprodutor feminino é constituído por dois ovários, duas tubas uterinas (t...
Sistema reprodutor feminino <ul><li>A  vagina  é um canal de 8 a 10 cm de comprimento, de paredes elásticas, que liga o co...
<ul><li>A vagina é o local onde o pênis deposita os espermatozóides na relação sexual. Além de possibilitar a penetração d...
Doenças venérias <ul><li>Introdução   </li></ul><ul><li>As doenças venéreas, também conhecidas como DST ( Doenças Sexualme...
<ul><li>Sífilis   </li></ul><ul><li>O agente causador da sífilis é uma bactéria conhecida como Treponema pallidum. No iníc...
<ul><li>Tricomona   </li></ul><ul><li>Esta doença é causada por um protozoário do gênero Trichomonas Donne. Este protozoár...
Doenças venérias <ul><li>VERRUGAS VENÉRIAS OU CONDILOMA </li></ul><ul><li>CAUSA:  Esta doença é causada por um vírus.  </l...
<ul><li>BLOG DO COLÉGIO </li></ul><ul><li>NTE VAI A ESCOLA ESTADUAL AZEVEDO FERNANDES </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Sistema Reprodutor Daniela

9,262 views

Published on

Trabalho realizado pelos alunos do 2º ensino médio do Colégio Estadula Azevedo Fernandes.

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
9,262
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
30
Actions
Shares
0
Downloads
123
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sistema Reprodutor Daniela

  1. 1. Sistema Reprodutor Daniela 2º ano O sistema reprodutor humano, também chamado de sistema genital, é formado por órgãos que constituem o aparelho genital masculino e feminino.
  2. 2. O sistema reprodutor masculino <ul><li>O sistema reprodutor masculino é composto pelos testículos, epidídimo, ductos deferentes, vesícula seminal, próstata e pênis. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  3. 3. O sistema reprodutor masculino <ul><li>São 2 testiculos localizados no interior de um saco denominado bolsa escrotal. No interior de cada testículo existem cerca de 900 túbulos seminíferos, cada um com aproximadamente 60 cm. de comprimento. No interior dos túbulos seminíferos é que, a partir de certa fase da puberdade, ocorre a espermatogênese, isto é, a produção dos espermatozóides. Estes são produzidos em grande quantidade (milhões) a cada dia, a partir de células mais primitivas, as espermatogônias que, com o estímulo hormonal a partir da puberdade, passam por uma série de divisões celulares e formam, através destas divisões, outros tipos de células que evoluem até que sejam formadas as espermátides, que se transformam em espermatozóides. </li></ul>
  4. 4. O sistema reprodutor feminino <ul><li>O sistema reprodutor feminino é constituído por dois ovários, duas tubas uterinas (trompas de Falópio), um útero, uma vagina, uma vulva. Ele está localizado no interior da cavidade pélvica. A pelve constitui um marco ósseo forte que realiza uma função protetora. </li></ul>
  5. 5. Sistema reprodutor feminino <ul><li>A vagina é um canal de 8 a 10 cm de comprimento, de paredes elásticas, que liga o colo do útero aos genitais externos. Contém de cada lado de sua abertura, porém internamente, duas glândulas denominadas glândulas de Bartholin,  que secretam um muco lubrificante. </li></ul><ul><li>A entrada da vagina é protegida por uma membrana circular - o hímen - que fecha parcialmente o orifício vulvo-vaginal e é quase sempre perfurado no centro, podendo ter formas diversas. Geralmente, essa membrana se rompe nas primeiras relações sexuais.  </li></ul>
  6. 6. <ul><li>A vagina é o local onde o pênis deposita os espermatozóides na relação sexual. Além de possibilitar a penetração do pênis, possibilita a expulsão da menstruação e, na hora do parto, a saída do bebê. </li></ul><ul><li>A genitália externa ou vulva é delimitada e protegida por duas pregas cutâneo-mucosas intensamente irrigadas e inervadas - os grandes lábios. Na mulher reprodutivamente madura, os grandes lábios são recobertos por pêlos pubianos. Mais internamente, outra prega cutâneo-mucosa envolve a abertura da vagina - os pequenos lábios - que protegem a abertura da uretra e da vagina. Na vulva também está o clitóris, formado por tecido esponjoso erétil, homólogo ao pênis do homem.  </li></ul>
  7. 7. Doenças venérias <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>As doenças venéreas, também conhecidas como DST ( Doenças Sexualmente Transmissíveis ) são infecções transmitidas através de relações sexuais. Vírus, fungos, protozoários e bactérias são os principais agentes causadores destes tipos de moléstias. Uma das principais formas para se evitar tais doenças é o uso correto e freqüente de preservativos(camisinha). Os vírus, bactérias e fungos acabam sendo transportados pelo sêmen e por fluídos sexuais. Desta forma, a utilização da camisinha, tanto masculina quanto feminina, impede a transmissão dos agentes causadores. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Sífilis </li></ul><ul><li>O agente causador da sífilis é uma bactéria conhecida como Treponema pallidum. No início, a doença ataca as vias urinárias e genitais, podendo, caso não tratada, espalhar-se para o sistema cardiovascular e nervoso. </li></ul><ul><li>Gonorréia </li></ul><ul><li>Está doença ocorre após o contato com a bactéria conhecida por Neisseria gonorrheae. Causa um grave inflamação na uretra e, quando não tratada, pode espalhar-se pelo sistema genital, vias urinárias, reto e articulações. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Tricomona </li></ul><ul><li>Esta doença é causada por um protozoário do gênero Trichomonas Donne. Este protozoário pode instalar-se nos sistemas genital e digestivo. </li></ul><ul><li>Candidíase </li></ul><ul><li>Esta doença é uma das causas mais comuns de infecção genital. Os sintomas são coceira, ardor e corrimento vaginal semelhante a nata do leite. É mais comum em mulheres, causando inchaço e vermelhidão no órgão sexual feminino. As lesões podem se espalhar pela virilha. Apesar do mais comum ser a transmissão via relação sexual, existem outros fatores que colaboram para isso: uso de anticoncepcionais, antibióticos, obesidade, diabetes melitus, gravidez e uso de roupas justas. O principal agente da doença é o fungo Candida albicans. </li></ul>
  10. 10. Doenças venérias <ul><li>VERRUGAS VENÉRIAS OU CONDILOMA </li></ul><ul><li>CAUSA: Esta doença é causada por um vírus. </li></ul><ul><li>TEMPO DE INCUBAÇÃO: 4 a 12 semanas. </li></ul><ul><li>SINTOMAS: No início as verrugas só são visíveis ao microscópio. São pequenas saliências na pele dos órgâos sexuais ou ao redor deles. </li></ul><ul><li>TRATAMENTO: Pode-se pincelar as verrugas com uma substância especial química para fazê-las cair. Elas também são removidas por congelamento ou, se isso não ser certo, por corrente elétrica (cauterização). </li></ul><ul><li>COMPLICAÇÕES POR FALTA DE TRATAMENTO: Nas mulheres, pode levar a um pré-câncer ou câncer se não for tratada. Portanto, mulheres com verrugas no colo do útero devem fazer exames periodicamente para prevenção do câncer de útero. O parceiro deve ser examinado e tratado para evitar reinfecção </li></ul>
  11. 11. <ul><li>BLOG DO COLÉGIO </li></ul><ul><li>NTE VAI A ESCOLA ESTADUAL AZEVEDO FERNANDES </li></ul>

×