Your SlideShare is downloading. ×
0
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Egito Antigo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Egito Antigo

10,757

Published on

2 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
10,757
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
368
Comments
2
Likes
7
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Egito Antigo (3200a.C .)
  • 2. A civilização egípcia <ul><li>Localizados no extremo nordeste da África, a civilização egípcia floresceu às margens do Rio Nilo; </li></ul><ul><li>Eles se beneficiaram das cheias do Nilo; </li></ul><ul><li>As abundantes chuvas que ocorriam de junho a setembro caiam na nascente do rio, fazendo com que transborde suas águas e o conseqüente depósito de HUMUS fertilizantes em suas estreitas margens; </li></ul><ul><li>Ao final do período de cheias o rio volta ao seu leito normal e as margens, fertilizadas, tornam possível uma rica agricultura; </li></ul>
  • 3. Períodos da história do Egito <ul><li>PRÉ-DINÁSTICO (4000a.C.-3200a.C.); </li></ul><ul><li>ANTIGO IMPÉRIO (3200a.C. – 2300a.C.); </li></ul><ul><li>MÉDIO IMPÉRIO (2000a.C. – 1580a.C); </li></ul><ul><li>NOVO IMPÉRIO (1580a.C – 525a.C); </li></ul>
  • 4. Período Pré-Dinástico (4000a.C.-3200a.C.) <ul><li>Diante do aumento populacional que acontece no período neolítico, foram feitas obras hidráulicas, construção de diques e canais; </li></ul><ul><li>Inicialmente as coletividades locais e regionais eram conhecidas como NOMOS, lideradas pelos NOMARCAS; </li></ul>
  • 5. Período Pré-Dinástico (4000a.C.-3200a.C.) <ul><li>Dos nomos originou-se a formação de dois reinos: </li></ul><ul><li>ALTO EGITO – terra do sul; </li></ul><ul><li>BAIXO EGITO – terra do norte; </li></ul><ul><li>Em 3200a.C., Menés, governante do Alto Egito, impôs a unificação dos dois reinos, subordinando 42 nomos e tornando-se aquele que teria a autoridade de um único soberano, o FARAÓ, termo que significa “Casa Grande”; </li></ul>
  • 6. Antigo Império (3200a.C. – 2300a.C.) <ul><li>Com a unificação dos dois reinos feito por Menés a capital ficou sendo em MÊNFIS; </li></ul><ul><li>As principais características deste período foram: </li></ul><ul><li>Grandes obras de irrigação; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento da agricultura; </li></ul><ul><li>Construção de grandes pirâmides, QUÉOPS, QUEFRÉN e MIQUERINOS; </li></ul><ul><li>O Estado egípcio era pacifista, pois era isolado dos outros povos; </li></ul><ul><li>Haviam vários conflitos com os lideres dos antigos nomos e a fraqueza imperial trouxe invasões no Norte do Egito na região do Delta; </li></ul>
  • 7. Médio Império (2000a.C. – 1580a.C) <ul><li>Em meio a conflitos os egípcios conseguiram estabelecer a unidade do Egito; </li></ul><ul><li>A capital do Império seria agora Tebas ; </li></ul><ul><li>Foi um período próspero , marcado pela expansão territorial; </li></ul><ul><li>Houve as primeiras relações comerciais dos egípcios com outros povos; </li></ul><ul><li>Em 1630a.C., a trajetória do Médio Império sofreu uma interrupção; </li></ul><ul><li>O Egito foi conquistado pelos HICSOS, povo da Ásia, que utilizava armas de ferro e carros de guerra com cavalos, desconhecidos para os egípcios; </li></ul><ul><li>Estes conquistadores permaneceram mais de um século no território egípcio, dando encerramento ao Médio Império; </li></ul>
  • 8. Novo Império (1580a.C – 525a.C) <ul><li>Sob a liderança do faraó Amósi I, os egípcios se uniram e expulsaram os hicsos; </li></ul><ul><li>Outros povos como os Hebreus que se estabeleceram no Egito, acabaram se tornando escravos; </li></ul><ul><li>Começa o processo de expansionismo do Egípcios, dominando a Palestina, a Etiópia, a Síria e a Fenícia; </li></ul>
  • 9. Declínio do Império <ul><li>Em 1075a.C., começou um longo período de decadência do Egito , pois outros povos começaram a invadir o Império; </li></ul><ul><li>No séc. VII a.C., o país foi ocupado pelos ASSÍRIOS; </li></ul><ul><li>Em 525a.C., caiu em poder dos PERSAS; </li></ul><ul><li>Em 332a.C., foi dominado por ALEXANDRE da Macedônia; </li></ul><ul><li>Em 30a.C., o Egito foi anexado pelos ROMANOS; </li></ul>
  • 10. Civilização Egípcia <ul><li>Destacou-se muito nas áreas de ciências . </li></ul><ul><li>Desenvolveram conhecimentos importantes na área da matemática , usados na construção de pirâmides e templos. </li></ul><ul><li>Na medicina , os procedimentos de mumificação, proporcionaram importantes conhecimentos sobre o funcionamento do corpo humano. </li></ul>
  • 11. Economia Egípcia <ul><li>era baseada principalmente na agricultura que era realizada, principalmente, nas margens férteis do rio Nilo. </li></ul><ul><li>Os egípcios também praticavam o comércio de mercadorias e o artesanato </li></ul><ul><li>Os trabalhadores rurais eram constantemente convocados pelo faraó para prestarem algum tipo de trabalho em obras públicas (canais de irrigação, pirâmides, templos, diques). </li></ul>
  • 12. Escrita Egípcia <ul><li>Foi algo importante para este povo, pois permitiu a divulgação de idéias, comunicação e controle de impostos. </li></ul><ul><li>Existiam duas formas de escrita: a demótica (mais simplificada) e a hieroglífica (mais complexa e formada por desenhos e símbolos). </li></ul><ul><li>Uma espécie de papel chamada papiro que era produzida a partir de uma planta de mesmo nome também era utilizado para escrever. </li></ul>
  • 13. Religião Egípcia <ul><li>Era repleta de mitos e crenças interessantes. </li></ul><ul><li>Acreditavam na existência de vários deuses (muitos deles com corpo formado por parte de ser humano e parte de animal sagrado) que interferiam na vida das pessoas. </li></ul><ul><li>Cada cidade possuía deus protetor e templos religiosos em sua homenagem. </li></ul><ul><li>Como acreditavam na vida após a morte, mumificavam os cadáveres dos faraós colocando-os em pirâmides, com o objetivo de preservar o corpo para a vida seguinte. </li></ul>
  • 14. Religião Egípcia <ul><li>O coração era pesado pelo deus da morte, que mandava para uma vida na escuridão aqueles cujo órgão estava pesado (que tiveram uma vida de atitudes ruins) e para uma outra vida boa aqueles de coração leve. </li></ul><ul><li>Muitos animais também eram considerados sagrados pelos egípcios, de acordo com as características que apresentavam : </li></ul><ul><li>chacal (esperteza noturna) </li></ul><ul><li>gato (agilidade) </li></ul><ul><li>carneiro (reprodução) </li></ul><ul><li>jacaré (agilidade nos rios e pântanos) </li></ul><ul><li>serpente (poder de ataque) </li></ul><ul><li>águia (capacidade de voar) </li></ul><ul><li>escaravelho (ligado a ressurreição). </li></ul>
  • 15. FIM Lutero Ramos

×