Niveis da escrita

1,544
-1

Published on

slide para um trabalho co Psicopedagogia da linguagem

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,544
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
35
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Niveis da escrita

  1. 1. Lusiane Carvalho Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita CENTRO UNIVERSIT Á RIO IBERO-AMERICANO CURSO DE ESPECIALIZA Ç ÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL E CL Í NICA
  2. 2. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita <ul><li>A linguagem é o meio de comunicação mais potente que existe, pois ocorre independentemente de quaisquer tecnologias criada posteriormente pelo homem, haja vista que o próprio pensamento humano transcede com o uso da linguagem </li></ul>
  3. 3. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita <ul><li>Na atualidade o foco da análise no processo de aquisição da leitura e escrita está voltado à abordagem cognitiva. </li></ul>
  4. 4. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita <ul><li>A teoria construtivista de Jean Piaget e a psicologia genética levaram estudiosos, à luz da sua teoria, teorizarem a leitura e escrita através do processo de aquisição em níveis: </li></ul>
  5. 5. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita <ul><li>sensório motor que vai de zero a dois/ três anos – a principal característica desse período é a ausência da função semiótica </li></ul>2 anos
  6. 6. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita <ul><li>Simbólico (dois/três/cinco anos) – nessa fase aparece a </li></ul><ul><li>função semiótica (linguagem, desenho, imitações, alfabetização etc.) e a criança torna-se capaz de evocar os objetos em sua ausência devido a imagem mental (representação mental dos objetos). </li></ul>6 anos 6 anos
  7. 7. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita <ul><li>Intuitivo (quatro/cinco a sete/oito anos </li></ul><ul><li>aproximadamente) – diferenciando-se das crianças simbólicas, as intuitivas demonstram um especial interesse pelas causas dos fenômenos e é por isso que pergunta tudo o tempo todo (a famosa idade dos porquês). </li></ul>7 anos
  8. 8. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita <ul><li>Operatório-concreto (sete/oito e onze/doze anos)- conclui e consolida as conservações dos números, da substância do peso (recipiente). </li></ul>
  9. 9. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita <ul><li>Operatório abstrato – (onze/doze anos em diante)- a criança aqui se liberta inteiramente do objeto (inclusive representado), trabalhando agora com a forma (em contraposição a conteúdo). </li></ul>
  10. 10. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita LETRAMENTO Para Magda Soares, determinar a leitura e escrita em visão fragmentada e com incoerência de análises pesquisadas por vários autores torna este processo por multiplicidades de métodos.
  11. 11. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita Ferreiro (1992) e Braslavsky (1993) acreditam que a alfabetização é a apropriação de um objeto conceitual, de um sistema de representação. Teberoski e Toschinsk (1996) ser alfabetizado pode ser entendido sobre três perspectivas ou concepções.
  12. 12. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita E para você, futuro Psicopedagogo, o que é leitura e escrita?
  13. 13. Psicopedagogia da Linguagem: Leitura e Escrita Lusiane Carvalho da Silva trabpedagogicos.blogspot.com Programapeca.blogspot.com (71) 92803620

×