Metadados
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Metadados

on

  • 5,397 views

 

Statistics

Views

Total Views
5,397
Views on SlideShare
5,279
Embed Views
118

Actions

Likes
1
Downloads
124
Comments
0

6 Embeds 118

http://pergaminhodigital.blogspot.com 58
http://pergaminhodigital.blogspot.com.br 40
http://www.slideshare.net 9
http://inforgestor.blogspot.com 7
http://www.pergaminhodigital.blogspot.com 3
http://pergaminhodigital.blogspot.in 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Metadados Metadados Presentation Transcript

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO METADADOS histórico, conceitos, aplicações e formatos Murilo Silveira
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos OBJETIVOS  Apresentar os principais tópicos sobre metadados sob o ponto de vista da Organização da Informação;  Destacar o percurso histórico, os diversos conceitos, as possibilidades de aplicação e os formatos existentes referentes aos metadados.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos PRESSUPOSTOS  Criar substitutos:  representação de documentos digitais.  Fornecer informações:  dos documentos;  dos conteúdos dos documentos.  Subsidiar o desenvolvimento da web:  da Web Semântica.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos QUESTÕES HISTÓRICAS  Diferentes usos do termo pelas diversas áreas do conhecimento;  O acelerado desenvolvimento tecnológico impossibilitou uma postura crítica dos profissionais e pesquisadores;  Primeiro registro do termo: em 1969 feito por Meyrs, para fins comerciais;  Presença freqüente do termo acontece na década de 80 no âmbito científico;  Registro da marca METADATA em 1986 na Oficina de Patentes e Marcas do EUA;
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos QUESTÕES HISTÓRICAS  Primeiro registro do termo em um título foi em 1982 com enfoque tecnológico;  Formato MARC começava a se propor como um formato de metadados;  Nos anos 90, o termo é usado para fins de gestão e interoperabilidade de dados geoespaciais;  Em 1997, as normas de ISBD reconhecem os recursos eletrônicos e estabelecem parâmetros para descrição bibliográfica.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos QUESTÕES HISTÓRICAS  Questões do uso:  fins comerciais  fins científicos  fins tecnológicos  fins administrativos  fins de intercâmbio de dados  Questões de contextos:  modismos terminológicos  desenvolvimento da tecnologia computacional (hardware, software e linguagens de programação)  controle bibliográfico e documental
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos CONCEITOS  Pressupostos  As formas de uso de um termo determinam os conceitos;  Os conceitos para serem utilizados por uma comunidade devem ser unívocos.  meta (grego) significa junto a, depois de, entre;  datos (latim) significa dados, informação. Dados sobre dados  Conceito simplista que evidencia ambigüidade.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos CONCEITOS  Polarização na determinação do conceito  sentido amplo do conceito  Dados sobre dados Metadados são dados sobre dados, e portanto proporcionam uma informação básica como o autor de um trabalho, a ficha de criação, referências a outros trabalhos relacionados, etc. [...] Os metadados existem para quase todos os objetos ou grupo de objetos [de informação] imagináveis, independentemente de como estejam armazenados em formato eletrônico ou não.  informação básica;  objeto ou grupo de objetos de informação  formato eletrônico ou não.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos CONCEITOS  Polarização na determinação do conceito  sentido estrito do conceito  informação eletrônica na www. Os metadados são informação legível por computador sobre recursos web e outras coisas. [...] O registro [documento] pode conter informação detalhada de acesso e endereço na rede.  informação legível por computador (eletrônica);  recursos de informação na web.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos CONCEITUANDO O TERMO  função descritiva;  o contexto da www;  condição de legibilidade pela máquina. Metadados Dado que permite identificar, descrever e localizar os atributos dos recursos digitais na rede e em outros contextos, para fins de recuperação, gestão e uso. São estruturas de organização da informação legível por máquina, cuja finalidade é tornar os dados úteis sob distintas formas, segundo necessidades concretas e a aplicação que lhes cabem.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos APLICAÇÕES As aplicações dos metadados podem ser definidas por dois pontos de vista:  do sistema;  do usuário.  SISTEMA  interoperabilidade e intercâmbio de dados.  USUÁRIO  descrição, necessidades, busca e recuperação dos dados.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos APLICAÇÕES Por sua vez, as aplicações dos metadados nos contextos de informação discriminam os tipos de metadados em quatro níveis. O estabelecimento desses metadados também leva em consideração as fases que um documento digital passa.  metadados de administração  metadados de descrição  metadados de conservação  metadados de uso
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos FORMATOS Dos tipos de metadados voltados à informação são estabelecidos formatos de metadados para operacionalizar as diversas aplicações que os mesmos podem ter.  metadados estruturais  metadados descritivos  metadados administrativos Esses formatos de metadados são interdependentes e condicionam o bom funcionamento de um sistema de informação baseado na recuperação de informações.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos FORMATOS Metadados Estruturais Formato de metadados que estabelece as formas de apresentação dos dados descritos e registrados digitalmente. Exemplos:  SGML; HTML e XML  EAD;  MEMRI. Esses formatos de metadados também são conhecidos como linguagens de marcação. marcação
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos FORMATOS Metadados Descritivos Formato de metadados que descrevem e identificam os dados sobre os recursos digitais. Exemplos:  MARC e seus desdobramentos;  Dublin Core;  Meta Tags (HTML). Esses formatos de metadados também são conhecidos como formatos intelectuais de metadados. metadados
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos FORMATOS Metadados Administrativos Formato de metadados que discriminam as formas de armazenamento, processamento e uso dos dados contidos nos estoques de informação. Exemplos:  OAI;  CEDARS;  MOA2. Esses formatos de metadados também são conhecidos como formatos de gestão de metadados. metadados
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos E OS METADADOS E A WEB? Estrutura da Web  Documentos hipertextuais;  Documentos digitais multimídia;  Interatividade e interconectividade. Tem-se uma web que se estrutura a partir de conteúdos digitais. Por sua vez, os conteúdos digitais são estruturados a partir de conjunto de dados e metadados.
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos E OS METADADOS E A WEB? Gerações da Web  1ª Geração  Web baseada na apresentação (HTML, PDF, CSS)  2ª Geração  Web baseada na estrutura (XML, XLS)  3ª Geração  Web baseada no significado (RDF, Topic Maps, DAML+OIL)
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos Usos diferentes do termo Conceitos diferentes Web Semântica Aplicações • Informática Tipos • Ciência da Informação Formatos
  • METADADOS: histórico, conceitos, aplicações e formatos REFERÊNCIAS FEITOSA, A. Organização da informação na web: das tags à web semântica. Brasília: Thesaurus, 2006. MÉNDEZ RODRÍGUEZ, E. M. Metadatos y recuperación de información: estándares, problemas y aplicabilidad en bibliotecas digitales. [Gijón]: Trea, [2002]. (Biblioteconomía y Administración Cultural, 66).