Palestra alca 04.07.02a
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Palestra alca 04.07.02a

on

  • 1,134 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,134
Views on SlideShare
1,129
Embed Views
5

Actions

Likes
0
Downloads
8
Comments
0

1 Embed 5

http://www.slideshare.net 5

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Palestra alca 04.07.02a Palestra alca 04.07.02a Presentation Transcript

    • “ A posição do Brasil em relação à ALCA:
    • um debate necessário”
    • Salão de Atos da Unochapecó – CHAPECÓ – SC
    • 04 de setembro de 2003 – 14:30 hs
    LUIZ HILTON TEMP – AURORA / OCESC
  • DÚVIDAS SOBRE A ALCA
    • Se a maior produtividade da economia americana não faria com setores industriais brasileiros não resistissem à competição?
    • Tendência da indústria brasileira em especializar-se na produção de bens com menor conteúdo tecnológico - modelo primário exportador;
    • Desindustrialização em virtude da especialização crescente em atividades primárias;
  • DÚVIDAS SOBRE A ALCA
    • Dificuldade em permitir o aprimoramento tecnológico, mercê da perda de autonomia do Estado em conduzir políticas industriais ativas;
    • Perda da posição de globar trader;
    • Aumento nos déficits na balança comercial;
    • Atratividade da economia americana.
  • Importância da Discussão
    • É importante que a sociedade entenda o que é uma negociação comercial;
      • Não há garantia alguma de que a ALCA vai:
        • Garantir crescimento econômico;
        • Resolver o problema da nossa vulnerabilidade externa em termos de poupança
        • Melhorar a questão da distribuição de renda da economia brasileira.
  • Importância da Discussão
    • ALCA, MERCOSUL ou União Européia
      • Negociações comerciais representam acordos políticos - preferências
  • Importância da Discussão
    • Não há estudo comprobatório de que a liberalização não promove crescimento econômico
      • A liberalização tem impactos positivos e negativos no país:
        • No comércio não é neutro - causa perdas
        • Devem haver políticas de compensação
        • É preciso haver mais liberalização?
        • É preciso negociar sobre setores, tarifas, regras de investimento e de origem, etc.
  • NAFTA e ALCA
    • “ Todos os pactos de comércio, criam oportunidade. Eles não garantem as vendas. Para promover o crescimento sustentável com relação a essas atividades, a política macroeconômica deve aumentar dentro e fora dos países. Medidas monetárias de câmbio e de taxas de juros devem ser tomadas”.
    • JEFFREY J. SCHOTT
  • ACORDOS NA ALCA
    • Possibilidade de melhorar a qualidade das instituições de política econômica, a própria política econômica e a performance econômica dos países;
    • Não pensar num único acordo;
    • Não considerar Alca simples extensão do Nafta;
    • Todo acordo que inclua os EUA é sempre uma enorme oportunidade;
    • Ao mesmo tempo representa um grande risco.
  • BRASIL NA ALCA
    • É IMPORTANTE DEFINIR
    • Interesses nacionais;
    • Visão de passado, presente e futuro;
    • Visão da região como espaço privilegiado de atuação;
    • Determinada visão de mundo - perspectivas de Médio e LP
  • ALCA
    • “ As negociações são uma opção; não são destino; não são obrigação e não são inevitáveis”.
    • WILLIAM COHEN
  • ALCA = ESTRATÉGIAS
    • NEGOCIAR
      • Bons estudos e cenários
    • ENCARAR COMO OPORTUNIDADE
      • Pode ser altamente benéfica
    • TEMPO
      • Fase de adaptação
    • Roda da OMC
      • Dá para avançar muito mais
  • GATT + OMC = 51
    • INÍCIO:
      • Tarifas Médias (agrícolas e industriais) 40%
    • HOJE:
      • Tarifas Médias:
        • Agrícolas = 40%
        • Industriais = 2%
  • Porque Proteger a Agricultura?
    • Imprevisibilidade da safra e das condições climáticas;
    • Importante para a ocupação demográfica do território;
    • Segurança alimentar
    • Países desenvolvidos dificilmente vão erradicar todas as formas de proteção
  • FATORES POSITIVOS DA AGRICULTURA
    • Lições de casa:
    • IMPORTÂNCIA  PRIORIDADE  BARULHO  PREPARAÇÃO  AÇÃO ORGANIZADA  RESULTADOS 
    • Adidos agrícolas  estudos, suporte técnico
    • Coordenação: público, privado e acadêmico
    • Timing
  • ALCA
    • “ Boa parte da pobreza está associada à falta de liberdade de exportar produtos agrícolas, principalmente nos países que só tem produtos agrícolas para vender. Se não tem acesso para vender o que produz, não tem como gerar renda para importar os bens fundamentais de que, às vezes, uma nação pobre necessita”.
    • AMAURI BIER