• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Prof. Luiz Henrique - Morango – produção de mudas
 

Prof. Luiz Henrique - Morango – produção de mudas

on

  • 7,380 views

 

Statistics

Views

Total Views
7,380
Views on SlideShare
7,115
Embed Views
265

Actions

Likes
0
Downloads
149
Comments
0

2 Embeds 265

http://www.luizhenriquebs.com.br 238
http://luizhenriquebs.com.br 27

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via SlideShare as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial-ShareAlike LicenseCC Attribution-NonCommercial-ShareAlike LicenseCC Attribution-NonCommercial-ShareAlike License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Prof. Luiz Henrique - Morango – produção de mudas Prof. Luiz Henrique - Morango – produção de mudas Presentation Transcript

    • MORANGOPRODUÇÃO DE MUDAS
    • Produção de mudas (pré-requesitos) Utilização de mudas de alta qualidade genética e sanitária;• Utilização de plantas matrizes oriundas de cultura de tecidos vegetais (sem vírus);• Produzir em local de baixo potencial de inóculo de fungos e bactérias agressivos a cultura;
    • Produção de mudas (campo)• Local apropriado: solo deve ser corrigido e adubado;• Plantio das matrizes: setembro a novembro, dependendo da região produtora, com colheita das mudas em março a maio;• Plantar: onde não foi plantada a cultura ou solanáceas;
    • Produção de mudas (campo)• Espaçamento das matrizes: 2 X 1 m; 2 X 1,5 m ou 2 X 2 m.• Potencial: para 1.000.000 de mudas ha-1.• Adubação da cova: 3 kg de esterco de bovinos + 100 g de superfosfato simples.
    • Produção de mudas• Plantio em dias frescos e irrigação abundante: até pegamento das mudas (realizar irrigações periódicas para manter umidade);• Mudas muito pequenas: dificuldade de pegamento.• Repicar para copos descartáveis (maior volume de substrato): até que adquiram maior porte (transplantar a campo).• Controle de invasoras: fundamental durante produção dos estolhos e multiplicação das mudas (concorrência por nutrientes e dificuldade de retirada da muda).
    • Produção de mudasApós arranquio fazer limpeza (toillete): Aparar as folhas; Reduzir sistema radicular (deixar de 12 a 15 cm);Padronizar mudas quanto ao diâmetro da coroa: Facilita à operação do plantio; Melhora stand; Uniformiza colheita.
    • Mudas de qualidadeAutor: Jaime Duarte Filho
    • Mudas• Separadas: conforme diâmetro e plantadas em canteiros distintos.• Diâmetros maiores: iniciam floração (20 a 25 dias antes das de tamanho médio e até 40 dias antes das menores).• Produção precoce de frutos nas grandes: superior àquelas de tamanho médio (produção total se equivalem).• Pequenas: não apresentam produção precoce e produtividade é 20 a 25% menor. (produtor que possui viveiro, não é aconselhável plantio deste tipo. Não permitir inclusão no volume comprado).
    • Mudas (limpeza)• Folhas: cortadas a 1 cm da base do pecíolo, que possui uma pequena bainha e tem função de proteger as gemas que formarão as inflorescências, folhas, novas coroas e estolões.• Retirar pecíolo: gemas expostas ficam vulneráveis a danos mecânicos, fungos e fatores climáticos (ressecamento, frio, etc).• Reduzir área foliar: evita perda de água e reduz estresse na operação de transplante.• Sistema radicular: podado (aparado) mantendo- se de 10 a 12 cm de comprimento.
    • Mudas (sem solo)• Canteiros suspensos em estufas: com substrato inerte (casca de arroz carbonizada) e/ou substrato esterilizado (solarizado);• Matrizes em vasos: colocadas ao lado ou sobre canteiro;• Emissão dos estolhos: direcioná-los ao substrato que servirá de suporte para enraizamento e desenvolvimento da muda.• Adubação: fertirrigação.
    • Mudas• Eliminar flores: aumento de estolhos e mudas;• Prontas: 100 dias do plantio da muda matriz (pequena 120 dias).• Importante: – Programar colheita das mudas; – Programar época do plantio. – Diâmetros maiores iniciam floração 20 a 25 dias antes das de tamanho médio e até 40 dias antes das menores.
    • Mudas• Produção precoce: Mudas de tamanho grande > médias;• Produção total: Se equivalem;• Mudas pequenas: Não apresentam produção precoce e produzem 20 a 25% menos.
    • Mudas (produção comercial)• Esterilizar: imersão em água – 50 a 60 ºC, sem alterar, por 20 minutos (elimina maioria dos vírus).• Plantar: em separado, em parcelas, com devidos tratos culturais, selecionar melhores para plantio em nov/dez (repique).• Plantar: espaçamento 30 x 30 cm até momento do repique.
    • Mudas (produção comercial)• Uma só pessoa manuseia: não haver contaminação com campo comercial;• Eliminar: todos estolhos e flores até época da repicagem (nov/dez);• Separar touceira e plantar: espaçamento para mudas (2 x 2 m; 2 x 1 m; 2 x 1,5 m).
    • PlantaFonte: turma308-cilonrosa.blogspot.com
    • Produção de mudas e frutos• Mudas: Setembro a novembro. Frutos:• Dias Curtos:• Março/abril (produzidas em local mais quente);• Abril/maio (oriundas do Chile, Argentina, EUA ou vernalizadas).• Dias Neutros:• Março até novembro:• Após plantada: desenvolve-se vegetativamente e após 40 dias entra em florescimento;• Atrasa plantio: cai a produtividade por diminuir floração.
    • Vernalização• Brasil (maioria): não atingem padrão de certificação;• Importamos: Estados Unidos, Chile e Argentina.• Nacionais vernalizadas: produção semelhante importadas (1 kg planta -1 ano-1), 117% superior em relação muda não vernalizada.• Câmara fria: durante uma fase do seu crescimento.
    • VernalizaçãoRemover do canteiro de produção: retirarfolhas, manter raízes intactas + tratamentofúngico (Tiofanato Metílico), acondicionar emnúmero de 20 em sacos plásticostransparentes de 0,05 mm de espessura.Permanecer: 24 dias em câmara fria, sobcondições de temperatura de 4 +/- 1 ºC eumidade relativa de 94 +/- 2%.
    • Qualidade da mudaMuda com problema Folha fosca, Muda sadia Folha com brilho sem brilho
    • Fonte: Biagro
    • Plantio (muda)• Muito funda: dificuldade de emissão de novas folhas;• Cresce em formação cônica: não abre coroa;• Demora: florescimento e emissão das coroas laterais (mais produtivas).
    • Plantio (muda)• Muito rasa: dificuldade na emissão de novas raízes laterais (planta abre, pega sol em demasia).• Emite mais raízes: para pegamento ou desenvolve parte aérea.
    • Plantio (rega)Primeira rega: abundante (eliminartorrões e ar junto das raízes,colocando-as em contato com solo).Após irrigação: checagem detalhadapara verificar se alguma muda nãoficou enterrada demais ou fora dosolo.
    • Estes slides são concedidos sob uma Licença CreativeCommons sob as seguintes condições de Atribuição, Uso Não-Comercial e Compartilhamento pela mesma Licença, comrestrições adicionais: • Se você é estudante, você não está autorizado a utilizar estes slides (total ou parcialmente) em uma apresentação na qual você esteja sendo avaliado, a não ser que o professor que está lhe avaliando: a) lhe peça explicitamente para utilizar estes slides; b) ou seja informado explicitamente da origem destes slides e concorde com o seu uso.Mais detalhes sobre a referida licença Creative Commons vejano link: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/Autor: Professor Luiz HenriqueFonte: www.luizhenriquebs.com.br