Inform 9º ano
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
735
On Slideshare
735
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Colégio Técnico Nossa Senhora das Graças INFORMÁTICA PROFº LUIZ VIOLA
  • 2.
    • DEFINIÇÃO DE COMPUTADOR
    • 1. O que computa; calculador, calculista.
    • 2. Máquina destinada ao processamento de dados; dispositivo capaz de obedecer a instruções que visam produzir certas transformações nos dados, com o objetivo de alcançar um fim determinado.
    • É sabido que os humanos sempre tiveram a necessidade de calcular, seja para dividir os animais em grupos, definir os limites de suas terras ou repartir a comida. Usou-se os dedos, fez-se marcas na areia ou nas pedras, mas em um determinado momento esse tipo de técnica já não era mais suficiente para cálculos mais complexos.
    • Entre vários benefícios, podemos citar:
    • grande velocidade no processamento e disponibilização de informações;
    • precisão no fornecimento das informações;
    • próprio para execução de tarefas repetitivas;
    • propicia a redução de custos em várias atividades
  • 3. O que é Informática? Informática pode ser considerada como significando “informação automática”, ou seja, a utilização de métodos e técnicas no tratamento automático da informação. Para tal, é preciso uma ferramenta adequada: o computador eletrônico Informática Educativa O objetivo da  informática educativa  é utilizar o computador como recurso didático para as práticas pedagógicas nos diversos componentes curriculares, incentivando a descoberta tanto do aluno quanto do professor e preocupando-se com "quando", "por que" e "como" usar a informática para que a mesma contribua efetivamente para a construção do conhecimento.
  • 4. 2. BREVE HISTÓRICO 1ª Geração: tecnologia de válvulas (1940 - 1955) 1943 - Mark I Numa parceria da IBM com a marinha Norte-Americana, o Mark I era totalmente eletromecânico. Ele foi o primeiro computador totalmente automático a ser usado para fins bélicos. 1945 - ENIAC A segunda Grande Guerra estava no seu auge e a demanda por computadores cada vez mais rápidos vinha crescendo. Os britânicos criavam a menos famosa Colossus para decifrar os códigos nazistas e os americanos apresentavam o ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and Calculator).
  • 5. 1949 - O sucessor do ENIAC O EDVAC (Electronic Discrete Variable Computer), apesar de ser mais moderno, não diminuiu de tamanho. Todavia, ele era dotado de cem vezes mais memória interna que o ENIAC - um grande salto para a época. Um outro grande avanço do EDVAC foi o abandono do modelo decimal e a utilização dos códigos binários, reduzindo drasticamente o número de válvulas. 1951 - UNIVAC I O UNIVAC I (Universal Automatic Computer) era bem menor que seus predecessores. Tinha "apenas" vinte metros quadrados e uma massa de cerca de cinco toneladas. O computador recebia as instruções de cartões magnéticos e não mais de cartões perfurados. Ele foi o primeiro computador comercial da história. 1954 - IBM 650 O computador IBM 650 foi disponibilizado publicamente nos USA pela IBM. Ele era indicado para resolver problemas comerciais e científicos. Era capaz de fazer em um segundo 1.300 somas e 100 multiplicações de números de dez dígitos.
  • 6. 2ª Geração: a utilização do transistor (1955-1965) Em 1952 troca de válvulas por O transistor. Os cálculos passaram a ser medidos de segundos para microssegundos. As linguagens utilizadas para esses computadores eram normalmente a FORTRAN, COBOL ou ALGOL. O primeiro modelo de computado 100% transistorizado foi o TRADIC e o IBM 1401. Um outro modelo de computador virou mania no MIT era o PDP-1: alunos utilizavam o computador para jogar Rato-no-Labirinto e Spacewar utilizando o auxílio de uma caneta óptica e um joystick. 3ª Geração: os circuitos integrados (1965-1980) A terceira geração inicia-se com a introdução dos circuitos integrados (transistores, resistores, diodos e outras variações de componentes eletrônicos miniaturizados e montados sobre um único chip) aos computadores. O PDP-5, produzido pela DEC, foi o primeiro minicomputador comercial e o INTEL 4004 o primeiro microprocessador (circuito integrado que contém todos os elementos de um computador num único local).
  • 7. 4ª Geração: circuitos de larga escala (1980-1990) Ainda mais avançados que os circuitos integrados, eram os circuitos de larga escala (LSI - mil transistores por "chip") e larguíssima escala (VLSI - cem mil transistores por "chip"). O uso desses circuitos na construção de processadores representou outro salto na história dos computadores. 5ª Geração: Ultra Large Scale Integration (1990 - hoje) Basicamente são os computadores modernos. Na realidade, as maiores novidades dessa época são os novos processadores, cada vez mais velozes. ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and Calculator).
  • 8. 3. HARDWARE E SOFTWARE Um sistema baseado em computador é, na verdade, composto por hardware e software.Hardware é o nome que se dá para a parte física do computador. É tudo que você pode tocar, mouse, teclado, caixas de som, placas, fios, (componentes em geral). Software é o nome que se dá a toda parte lógica do computador. Ou seja, são os programas que você vê funcionar na tela do micro e que dão "vida" ao computador. Sem um software adequado à suas necessidades, o computador, por mais bem equipado e avançado que seja, é completamente inútil. 4. SISTEMA OPERACIONAL: Como o próprio nome sugere, são softwares destinados à operação do computador. Tem como função principal controlar os diversos dispositivos do computador e servir de comunicação intermediária entre o computador e os outros programas normalmente utilizados, o que permite que esses possam ser executados. O Windows95/98/2000/NT/XP/VISTA/7 e o DOS são exemplos de sistemas operacionais para microcomputadores. Também podemos citar o OS/2, da IBM, o UNIX e o LINUX Um computador, qualquer que seja o seu porte, não funciona sem um sistema operacional.
  • 9. 5. PERIFÉRICOS: Qualquer equipamento conectado ao computador. Exemplos: impressora, monitor de vídeo, CD-ROM, Scanner, etc. 6. SISTEMA OPERACIONAL MULTITAREFAS: O conceito de sistemas multiprogramável está tipicamente associado aos mainframes e minicomputadores, onde existe a idéia do sistema sendo utilizado por vários usuários (multiusuário). No mundo dos computadores pessoais e estações de trabalho, apesar de existir apenas um único usuário interagindo como sistema (monousuário), é possível que ele execute diversas tarefas concorrentemente ou mesmo simultaneamente. Os sistemas multitarefa, como também são chamados, se caracterizam por permitir que o usuário edite um texto, imprima um arquivo, copie um arquivo pela rede e calcule uma planilha. Abaixo estão relacionados os tipos de sistemas em função do número de usuários.