Controle de acidentes parte 1

17,245 views
17,040 views

Published on

Published in: Technology, Travel
8 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
17,245
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
221
Actions
Shares
0
Downloads
1,002
Comments
8
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Controle de acidentes parte 1

  1. 1. Treinamento de Segurança do Trabalho Controle de Acidentes Parte 1 Por: Luiz Carlos de Almeida
  2. 2. “ ACIDENTE ZERO... ...É POSSÍVEL???” Controle de acidentes do trabalho
  3. 3. Trabalho = Toda atividade econômica ou não, que abrange todas as áreas em que existam trabalhadores empregados, inclusive administrações públicas ou autônomas, lugares estes em que os trabalhadores devem permanecer ou onde têm que comparecer, e que estejam sob controle, direto ou direto, do empregador ou contratante; Ato Inseguro = Qualquer ação ou atitude que seja feita com imperícia, negligência ou imprudência; Condição Insegura = Condição anormal de uma área ou local de trabalho, provocando riscos não inerentes à profissão deixada por imperícia, negligência ou imprudência; Trabalho Perigoso = Trabalho executado em determinadas áreas de riscos inerentes à profissão, às quais devem ter controles pré-determinados dos riscos físicos, químicos, biológicos e ergonômicos e de acidentes juntamente com padrões de operações, para a proteção dos executantes. Acidente = A legislação brasileira define acidente do trabalho como todo aquele decorrente do exercício do trabalho e que provoca, direta ou indiretamente, lesão, perturbação funcional ou doença. Como se vê, pela lei brasileira, o acidente é confundido com o prejuízo físico sofrido pelo trabalhador (lesão, perturbação funcional ou doença). Do ponto de vista prevencionista além do que foi dito acima, é também considerado acidente, toda ocorrência que interfere nas condições normais de trabalho e na produção, pois além do homem, podem ser envolvidos nos acidentes, outros fatores de produção, como máquinas, ferramentas, equipamentos e tempo. Conceitos
  4. 4. Chama/Fagulha Combustível Comburente Calor Fogo Princípio do Fogo
  5. 5. Chama/Fagulha Combustível Comburente Calor Fogo Princípio do Fogo
  6. 6. Chama/Fagulha Combustível Comburente Calor Fogo Princípio do Fogo
  7. 7. Chama/Fagulha Combustível Comburente Calor Fogo = Incêndio Princípio do Incêndio
  8. 8. Incêndio Fogo sem (fora de) controle Definição básica de Incêndio
  9. 9. Chama/Fagulha Combustível Comburente Calor Fogo Técnicas para controle do Fogo/Incêndio
  10. 10. Chama/Fagulha Comburente Calor Técnicas para controle do Fogo/Incêndio
  11. 11. Comburente Calor Combustível Não teremos Técnicas para controle do Fogo/Incêndio Conclusão Sem combustível ou qualquer um dos itens abaixo, somados ou não... Sem comburente ou qualquer um dos itens abaixo ou acima, somados ou não... Sem calor ou qualquer um dos itens abaixo ou acima, somados ou não...
  12. 12. Fogo Comburente Calor Combustível Não teremos Técnicas para controle do Fogo/Incêndio Conclusão Sem combustível ou qualquer um dos itens abaixo, somados ou não... Sem comburente ou qualquer um dos itens abaixo ou acima, somados ou não... Sem calor ou qualquer um dos itens abaixo ou acima, somados ou não...
  13. 13. SEM FOGO NÃO HÁ ...
  14. 14. Incêndio SEM FOGO NÃO HÁ ...
  15. 15. Usando o mesmo princípio para o controle de Acidentes
  16. 16. Quadro 1 Trabalho a ser realizado Zona Livre - Ideal para o trabalho seguro Possibilidade de Acidentes Trabalho Acidentes
  17. 17. Trabalho Acidentes Quadro 2 Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Zona Livre - Ideal para o trabalho seguro
  18. 18. Quadro 3 Trabalho Acidentes Trabalho realizado = 0 Acidentes Zona Livre - Ideal para o trabalho seguro
  19. 19. Quadro 4 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato a ser praticado Trabalho a ser realizado Possibilidade de Acidentes Zona de Risco 1 - Primeira possibilidade de acidente
  20. 20. Quadro 5 Trabalho Acidentes Ato a ser praticado Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Ato Inseguro Zona de Risco 1 - Primeira possibilidade de acidente
  21. 21. Quadro 6 Trabalho Acidentes Ato sendo praticado Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Ato Inseguro Zona de Risco 1 - Primeira possibilidade de acidente
  22. 22. Quadro 7 Trabalho Acidentes Ato inseguro praticado Trabalho realizado Ocorrência de Acidentes Ato Inseguro = Acidente Leve ou sem lesão Zona de Risco 1 - Primeira possibilidade de acidente
  23. 23. Quadro 8 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato a ser praticado Trabalho a ser realizado Possibilidade de Acidentes Trabalho Perigoso Zona de Risco 2 - Segunda possibilidade de acidente Natureza do trabalho perigosa existente A natureza do trabalho perigosa é inerente ao trabalho, não depende do fator humano, não pode ser eliminada e sim controlada. E isto significa que: sempre vai existir o trabalho, e muitas vezes trabalhos com natureza perigosa (ex.: fabricação e transporte de dinamite). Porém a ocorrência de acidentes não está ligada ao TRABALHO nem a NATUREZA PERIGOSA do mesmo. E sim a fatores humanos que serão mensionados nos próximos slides.
  24. 24. Quadro 9 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato a ser praticado Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Trabalho Perigoso Zona de Risco 2 - Segunda possibilidade de acidente Natureza do trabalho perigosa existente
  25. 25. Quadro 10 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato sendo praticado Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Trabalho Perigoso Zona de Risco 2 - Segunda possibilidade de acidente Natureza do trabalho perigosa sendo realizada
  26. 26. Quadro 11 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato praticado Trabalho realizado Ocorrência de Acidentes Trabalho Perigoso = Acidente Grave e/ou Fatal A gravidade do acidente depende do grau de perigo do trabalho executado Zona de Risco 2 - Segunda possibilidade de acidente Natureza do trabalho perigosa sendo realizada
  27. 27. Quadro 12 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato a ser praticado Trabalho a ser realizado Possibilidade de Acidentes Condição Insegura Condição Insegura Zona de Risco 3 - Terceira possibilidade de acidente
  28. 28. Quadro 13 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato a ser praticado Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Condição Insegura Condição insegura Zona de Risco 3 - Terceira possibilidade de acidente
  29. 29. Quadro 14 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato sendo praticado Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Condição Insegura Condição Insegura existente sendo realizada Zona de Risco 3 - Terceira possibilidade de acidente
  30. 30. Quadro 15 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato praticado Trabalho realizado Ocorrência de Acidentes Condição Insegura Condição Insegura existente = Acidente Leve, Grave e/ou Fatal O que determina a gravidade do acidente é o grau da condição Insegura Zona de Risco 3 - Terceira possibilidade de acidente
  31. 31. Quadro 16 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato a ser praticado Trabalho a ser realizado Possibilidade de Acidentes Condição Insegura Condição Insegura Trabalho Perigoso Zona de Risco 4 - Quarta possibilidade de acidente Natureza do trabalho perigosa existente
  32. 32. Quadro 17 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato a ser praticado Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Condição Insegura Condição Insegura Trabalho Perigoso Zona de Risco 4 - Quarta possibilidade de acidente Natureza do trabalho perigosa existente
  33. 33. Quadro 18 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato sendo praticado Trabalho sendo realizado Possibilidade de Acidentes Condição Insegura Condição Insegura existente Trabalho Perigoso Zona de Risco 4 - Quarta possibilidade de acidente Natureza do trabalho perigosa existente sendo realizada
  34. 34. Quadro 19 Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato sendo praticado Trabalho sendo realizado Ocorrência de acidentes Condição Insegura Condição Insegura existente Trabalho Perigoso Trabalho Perigoso existente sendo realizada = Acidente Leve, Grave e/ou Fatal, e/ou de Grandes Proporções A gravidade do acidente depende das condições Inseguras somadas ou não ao trabalho perigoso Zona de Risco 4 - Quarta possibilidade de acidente
  35. 35. Trabalho Acidentes Ato Inseguro Ato a ser praticado Trabalho a ser realizado Possibilidade de Acidentes Condição Insegura Condição Insegura Trabalho Perigoso Quadro 20 Eliminando o Acidente Natureza do trabalho perigosa existente
  36. 36. Trabalho Ato a ser praticado Trabalho a ser realizado Possibilidade de Acidentes Condição Insegura Trabalho Perigoso Trabalho Perigoso Quadro 21 Eliminando o Acidente Somente eliminando o Ato Inseguro, a Condição Insegura e a Possibilidade de Acidentes será possível fazer o controle total na redução e erradicação dos acidentes no Ambiente de Trabalho.
  37. 37. “ A única certeza da vida é a morte... Todos nós morreremos um dia!!!” Mas...
  38. 38. “ Se pensarmos e agirmos com segurança... De acidentes é que não vai ser !!!
  39. 39. “ ACIDENTE ZERO... ...É POSSÍVEL???” E agora!!! Depois desta apresentação podemos dizer que ... Controle de acidentes do trabalho
  40. 40. SIM!!!
  41. 41. Obrigado!!! - Luiz Carlos de Almeida – Interessados na parte 2 deste trabalho ou outros trabalhos... Enviar e-mail para [email_address] ou acesse o link abaixo http://luizcarlosdealmeida.no.comunidades.net Também dou palestras, treinamentos e cursos.

×