Estrategia, Estrutura, Processos E Pessoas Adobe

8,510 views

Published on

Estratégia, Estrutura, Processos e Pessoas - Visão WISDOM

Published in: Business

Estrategia, Estrutura, Processos E Pessoas Adobe

  1. 1. Estratégia, Estrutura, Processos e Pessoas
  2. 2. Sistema Integrado Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas Estratégia Estrutura Processos Pessoas 1
  3. 3. Sistema Integrado Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas 2
  4. 4. Sistema Integrado Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas Planejamento Desenvolvimento Diagnóstico e Estratégia Modelagens Organizacional dos dos Organizacional Estrutura e Processos Recursos Humanos Recursos Humanos Pesq. de Satisfação Definição de Plano de Sistema de Planejamento de Descrição dos de Clientes Perfil Recrutamento Gestão Carreira e Cargos/Papéis Interno para Ocupantes e Seleção de Desempenho Sucessão Processo de Plano de Administração Análise e Linhas de Integração Programa de Estrutura Benchmark Remuneração e Adequação de Sucessão (1) Avaliação de Organizacional I Benefícios Recursos (Níveis Executivos Desempenho Futura Humanos ou Cargos-chave) Diretrizes Diagnóstico Sistema de Estrutura de Plano de Expectativa Potenciais Políticas e Estratégia de Força de Vendas Medição Cargos e Treinamento e Individual de II Sucessores (3) Procedimentos Recompensa de Conteúdos Carreiras Desenvolvimento Carreira (2) (Identificação) Pesquisa de Clima Pesquisa de Diretrizes Plano Composição do Integração Organizacional Salários, Políticas e Desenvolvimento Pacote de Módulos Incentivos e Procedimentos e Retenção Remuneração I e II Benefícios Potenciais Administração do Programa de Diretrizes Remuneração Políticas e Procedimentos Diretrizes Políticas e Procedimentos 3
  5. 5. Estratégia Atual - Entendimento O que a Empresa FAZ? Onde ela quer ATUAR? Qual é a sua VISÃO de futuro? Quais são os seus VALORES? 4
  6. 6. Ambiente Externo - Entendimento Novas Tecnologias Atuais Novos Concorrentes Entrantes EMPRESA Fornecedores Clientes Governos e Órgãos Outras Partes Reguladores Interessadas 5
  7. 7. Consumidor - Entender Processo Decisório Consciência PONTOS DE PARIDADE (para entrar no jogo) Conhecimento PONTOS DE DIFERENCIAÇÃO Preferências (para ganhar o jogo) Convicção Compra Avaliação 6
  8. 8. Estratégia - Desafio da Revisão Como CONSTRUIR uma oferta de valor DIFERENCIADA ? 7
  9. 9. Estratégia - Desafio da Revisão ESTRATÉGIAS diferentes requerem ABORDAGENS diferentes Excelência Operacional Orientação para o Diferenciação Cliente 8
  10. 10. Estratégia - Etapas da Revisão Refletir sobre a MISSÃO, VISÃO e VALORES da Empresa. Revisar a ESTRATÉGIA de negócios. Reforçar DIFERENCIAIS COMPETITIVOS. Mostrar TRANSPARÊNCIA. Fornecer DIREÇÃO CLARA. Repensar o PORTFÓLIO de clientes. Alavancar RESULTADOS. Mitigar RISCOS. 9
  11. 11. Estratégia Recursos Estratégias Até que ponto os RECURSOS da sua empresa poderão ser MOBILIZADOS para implementar a ESTRATÉGIA definida? 10
  12. 12. Estrutura - Entendimento Responsabilidades - Quem FAZ o que? 12
  13. 13. Estrutura - Instrumento de Integração Estratégia como ALINHAR estratégia e processos? Processos 11
  14. 14. Estrutura - Desafios da Racionalização Montar uma estrutura organizacional NÃO é desenhar “caixinhas”. O objetivo é modelar uma estrutura de comando RACIONAL, FLEXÍVEL e COMPACTA, devidamente alinhada à missão, visão e estratégia de negócio, além de definir as responsabilidades e a abrangência de atuação dos diversos cargos e buscar equilibrar o peso deles. Não existe estrutura ideal, existe a mais ADEQUADA para o momento da Empresa. 13
  15. 15. Estrutura - O Que se Busca? SUPORTAR a implementação da estratégia competitiva. INTEGRAR a estratégia com os processos. Modelar estrutura ECONÔMICA, COMPACTA E FLEXÍVEL. Favorecer uma cultura fortemente ORIENTADA para RESULTADOS. Eliminar a SOBREPOSIÇÃO de Atividades e os INTERFACEAMENTOS desne- cessários entre as Áreas. Assegurar UNICIDADE DE COMANDO e CLAREZA ORGANIZACIONAL. Garantir RESPONSIVIDADE num Cenário de Competitividade Sistêmica. Agilizar PROCESSO planejamento, organização e controle gerencial. Criar BASE para a racionalização dos processos de trabalho. 14
  16. 16. Processos - Entendimento Informar informações Andamento Pendências O que fazemos e o que Solicitante solicitação solução por telefone Analisar Solicitação (1o nível) solução problema dados conhecido Base de Conhecimento DEVERÍAMOS fazer? solução dados Problemas solução problema dados Pendentes solução conhecido mas necessita técnico dados Acompanhar dados problema Técnico Fornecedor ainda informações não Analisar conhecido Solicitação (2o nível) informações Internet espeficicação problema necessita desenvolvimento informações Backlog de Negociar e informações sobre Especificar especificação especificação o desenvolvimento Desenvolvimento Acompanhar Solução Desenvolv. prioridades Definir direcionadores Prioridades estratégicos Diretoria 15
  17. 17. Processos - Entendimento Relatório Atividades Atividade “α” XXX 8h “α XXX Processo 1 Atividade “β” “β XXX 4h Atividade “γ” “γ XXX 16h 16
  18. 18. Racionalização Processos - O Que se Busca? Melhorar a EFICÁCIA OPERACIONAL: Racionalizar processos. Corrigir foco. Identificar e reduzir gargalos. Automatizar / agilizar atividades operacionais. Garantir visão sistêmica. Reduzir ZONAS CINZENTAS. Otimizar CONTROLES. Suportar a definição do QUADRO DE LOTAÇÃO: Quantitativo. Qualitativo (Senioridade requerida dos profissionais). 17
  19. 19. Racionalização de Processos - Comentários Existem processos que devem existir em função da NATUREZA da Empresa e de sua posição na curva competitiva (independente da estratégia). Compliance com legislação, órgãos reguladores, normas internacionais, etc. Outros devem existir / operar conforme a ESTRATÉGIA da Empresa ou a sua posição na curva evolutiva. Permite definir, de forma estruturada, o que deve ser centralizado e o que deve ser distribuído. Ajuda a definir PROJETOS para aumentar a eficiência, reduzir custos e/ou melhorar qualidade (uso da tecnologia). 18
  20. 20. Processos - Etapas de um Projeto Racionalização dos 2º fase 1ª fase Fluxos dos Processos de Trabalho 3ª fase 6ª fase 5ª fase 4ª fase Enquadramento Definição Quadro Avaliação dos Contribuidores Individuais Ideal de Lotação Níveis de Senioridade Definição dos Perfis Profissiográficos e das Matrizes de Carreiras 7ª fase 8ª fase Análise da Consistência Definição da Política, e Competitividade Estratégia e Composição da Remuneração da Remuneração 19
  21. 21. Racionalização Processos - Condução Final É um processo PARTICIPATIVO, de troca de experiências. Serve tanto para capacitar os profissionais a dar seqüência às atividades quanto para criar comprometimento com as soluções definidas. Algumas etapas são desenvolvidas com GRUPOS DE TRABALHO compostos por representantes de várias áreas. Outras apenas com profissionais da área em questão. Normalmente necessita de apoio da área de TI. É comum encontrar atividades manuais, repetitivas e com poucos controles que poderiam ser total ou parcialmente informatizadas. 20
  22. 22. Processos X Pessoas As CARREIRAS profissionais devem ser montadas com base nas demandas estratégicas e dos processos, não o contrário. O grande DESAFIO é separar o que as pessoas fazem do que elas efetivamente deveriam estar fazendo. Fazer BENCHMARKING, usar as melhores práticas de empresas líderes ou com destacada atuação no mercado. Aproveitar a oportunidade para QUEBRAR PARADIGMAS e INOVAR para agregar mais valor. 21
  23. 23. Pessoas - Perfil Competências •Conhecimentos Desafios •Habilidades •Atitudes •Monetários •Gerenciais Resultados Esperados / Atividades Nível de Entrega _____________________________________________________________ 22
  24. 24. Gestores - Perfil Técnico Estratégico Pessoas Ambiental Social 23
  25. 25. Pessoas - Desempenho Excelente Destacado Competente Desenvolvimento Inicial 24
  26. 26. Desempenho Coletivo Excelente Destacado Competente Desenvolvimento … Inicial Indivíduos Empresa 25
  27. 27. Outros Fatores Afetam Desempenho Novas Tecnologias Atuais Novos Concorrentes Entrantes EMPRESA Fornecedores Clientes Governos e Órgãos Outras Partes Reguladores Interessadas 26
  28. 28. Alguns Clientes da WISDOM Serviços: Indústria: BCP / Claro Aracruz Comgás Aunde Coplatex Controlar BHP Billiton Grupo Ambitec Brascan Grupo Julio Simões Ciquine-Polialden Tozzini, Freire, Teixeira e Silva Copenor Trench, Rossi e Watanabe Coquepar 27
  29. 29. Alguns Clientes da WISDOM Industria: Indústria: Deten Mineração Caraíba FCC Petrocoque Ficap Petroflex Grupo Orsa Suzano Petroquímica Ind. Anhembí Usiminas Jari Veracel Karsten Votorantim Metais MD Papéis 28
  30. 30. GENTE GERANDO RESULTADOS

×