Uploaded on

sobre o que são mapas conceptuais

sobre o que são mapas conceptuais

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,435
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
36
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. O Mapa Conceptual - Enquadramento teórico O mapa conceptual é uma técnica criada por Joseph Novak, que o apresenta como estratégia, método e recurso esquemático. Estratégia: “Procuraremos colocar exemplos de estratégias simples, embora poderosas, para ajudar os estudantes a aprender e para ajudar os educadores a organizar os materiais que serão objecto desse estudo.” Método: “A construção dos mapas conceptuais ..., que é um método para ajudar os estudantes e educadores a captar o significado dos materiais que se vão aprender.” Recurso: “Um mapa conceptual é um recurso esquemático para representar um conjunto de significados conceptuais incluídos numa estrutura de proposições .” Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro
  • 2. O Mapa Conceptual - Enquadramento teórico A elaboração de mapas conceptuais está de acordo com um modelo de educação: » centrado no aluno e não no professor » que atenda ao desenvolvimento de destrezas e não se conforme apenas com a repetição memorística da informação por parte do aluno. » que pretenda o desenvolvimento harmonioso de todas as dimensões da pessoa (auto-estima, habilidades sociais, trabalho em grupo,...) e não apenas as intelectuais. Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro
  • 3. O Mapa Conceptual - Enquadramento teórico A utilização do mapa conceptual como técnica de ensino e aprendizagem tem repercussões no âmbito afectivo- relacional da pessoa, na medida em que os protagonismo que se atribui ao aluno, a atenção e a aceitação que se presta aos seus contributos e ao aumento do seu êxito na aprendizagem favorecem o desenvolvimento da auto-estima. A sua utilização na negociação de significados melhora as habilidades sociais e desenvolve atitudes próprias para o trabalho de grupo e para uma sociedade democrática. Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro
  • 4. O Mapa Conceptual - Enquadramento teórico O uso de mapas conceptuais como instrumentos de ensino apresenta vantagens e desvantagens. Como possíveis vantagens podem-se enumerar as seguintes: •Enfatizar a estrutura de uma disciplina e o papel dos sistemas conceptuais no seu desenvolvimento; •Mostrar que os conceitos de uma certa disciplina diferem quanto ao grau de inclusividade e generalidade e apresentar esses conceitos numa certa ordem hierárquica de inclusividade que facilite a aprendizagem e retenção dos mesmos; •Promover uma visão integrada do assunto e uma espécie de “listagem” daquilo que foi abordado nos materiais. Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro
  • 5. O Mapa Conceptual - Enquadramento teórico Mas também algumas desvantagens: •Se o mapa não tiver significado para os alunos, eles poderão encará-lo apenas como algo mais a ser memorizado; •Os mapas podem ser muito complexos ou confusos e dificultar a aprendizagem e retenção, ao invés de facilitá-las; •A habilidade dos alunos para construir as suas próprias hierarquias conceptuais pode ficar inibida em função do facto de já receberem prontas as estruturas propostas pelo professor segundo a sua própria percepção e preferência. Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro
  • 6. O Mapa Conceptual - Enquadramento teórico Tais desvantagens, todavia, talvez sejam apenas aparentes, pois podem ser contornadas explicando-se os mapas e a sua finalidade, introduzindo-os quando os estudantes já tiverem alguma familiaridade com os conceitos e chamando a atenção para o facto de um mapa conceptual poder ser traçado de várias maneiras e de que não é único e pode mudar à medida que novos conceitos vão sendo acrescentados. Além disso, o professor ao elaborar mapas conceptuais para usar como recurso didáctico deve ter sempre em mente o compromisso entre clareza e desenvolvimento exaustivo. Deve também encorajar sempre o aluno a traçar os seus próprios mapas. Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro
  • 7. O Mapa Conceptual - Enquadramento teórico Normalmente são dados os seguintes passos na elaboração de um mapa conceptual: 1- Localizam-se os conceitos; 2- Catalogam-se os conceitos segundo uma ordem hierárquica; 3- Distribuem-se os conceitos em duas dimensões; 4- Traçam-se as linhas que indicam as relações entre os conceitos; 5- Escreve-se a natureza da relação; 6- Procede-se à revisão e refaz-se o mapa; 7- Prepara-se o mapa final Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro
  • 8. Componentes de um mapa conceptual Modelo simples de mostrar a estrutura conceptual usando a técnica de construção de mapas conceptuais: Conceitos mais gerais, superordenados, muito abrangesntes. A Consiste em Conceitos subordinados, intermédios B C E Como por exemplo Causado por Proporcional a Conceitos específicos, pouco abrangentes, F D exemplos. Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro
  • 9. O Mapa Conceptual - Enquadramento teórico Leonel Rocha e Carlos Leal – CC-CRIE Universidade de Aveiro