Cultura organizacional e valorização do consumidor
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Cultura organizacional e valorização do consumidor

on

  • 297 views

 

Statistics

Views

Total Views
297
Views on SlideShare
297
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Cultura organizacional e valorização do consumidor Cultura organizacional e valorização do consumidor Presentation Transcript

    • CULTURA EMPRESARIAL E A VALORIZAÇÃO DO CONSUMIDOR PROF. PEDRO LUIZ M. MANOEL
    • CONSUMIDOR • Designa uma pessoa ou unidade organizacional que desempenha um papel no processo de troca ou transação com uma empresa ou organização. • Em meados da década de 1990, os estudiosos já sinalizavam que uma força vinda do consumidor estava dando inicio à era do cliente.
    • MARKETING • No contexto do marketing consumidor pode ser tanto como cliente potencial como um cliente atual de uma empresa, é fundamental entender como se desenvolve a lealdade. Muitos autores criaram tipologias que buscam descrever e classificar o cliente de acordo com o estágio, a intensidade do relacionamento e o envolvimento com a marca.
    • Valorização do consumidor pode garantir a permanência das marcas no mercado • Com o crescimento da oferta de produtos no mercado, o consumidor está cada dia mais exigente. As empresas precisam propor campanhas criativas, que visem exclusividade e aproximem o cliente, tornando-o fiel à marca. Isso mostra a necessidade das marcas se renovarem, atendendo às exigências dos clientes. • A reputação das empresas é um dos fatores relevantes.
    • • Hoje, além dos serviços da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), as mídias sociais também são aliadas do cliente, o acesso às informações é mais rápido e fácil. É importante respeitar a opinião do consumidor. Eles passam a ser um canal de divulgação da marca, atuando de forma positiva ou negativa. • No caso de uma crise de marca, as empresas precisam ter muito jogo de cintura. Não se pode ignorar os consumidores. A concorrência está cada vez mais acirrada e o acesso aos produtos de qualidade com preços mais baixos é mais fácil. Os clientes precisam sentir que o produto escolhido atendeu às suas expectativas, o que gera fidelização.
    • • O consumidor está de olho. Alguns dão preferência a produtos ecologicamente corretos, que valorizem a responsabilidade socioambiental. • A liderança das marcas não é mais caso de sucesso inabalável e uma forma de garantir a satisfação do cliente é aplicar pesquisas com públicos-alvo, o que valoriza a marca e evita a perda de espaço no mercado.
    • • Visibilidade • Algumas marcas se tornam tão conhecidas que se sobrepõem aos verdadeiros nomes de seus produtos. Por exemplo, a palha de aço virou Bombril, a lâmina de barbear, agora, é Gillette e a fita adesiva é Durex, entre outros. • Essas marcas, por vezes, desaparecem do mercado. Um dos motivos é a fusão de uma empresa com outra. Empresas maiores passam a incorporar produtos de outras marcas e ganham mais visibilidade no mercado. Em alguns casos, as marcas menores terminam se transformando em estudos de gestão e marketing, como a Kolynos que, em 2003, foi tirada de circulação definitivamente pela Colgate (que comprou a subsidiária brasileira dos laboratórios WyethWhitehall, fabricante do produto). •
    • Métodos estratégicos para posicionar uma marca: branding
    • • Para uma empresa diferenciar-se no mercado, deve desenvolver métodos para criar ou fortalecer a imagem da marca, incorporando além das qualidades técnicas, as qualidades que enfatizem a relação da marca com os consumidores, ou seja, um conjunto de valores subjetivos associados à imagem da marca. Isto favorece a competitividade e se constitui em um grande desafio para as empresas. Porque, para ser competitivo no mercado atual, deve-se atender não somente a desejos e necessidades, mas também oferecer produtos e serviços que sejam inovadores e que possam surpreender o consumidor.
    • • O presente estudo identifica alguns métodos estratégicos para o posicionamento da marca no mercado, relacionadas à filosofia do branding, hoje um dos tópicos mais atuais na administração contemporânea, e as marcas, vistas como objetos vivos que se relacionam com os consumidores e entendidas como um conjunto de atributos geradores de satisfação. • Para tanto, é preciso interpretar os conceitos do branding, para compreender sua identidade, como ferramenta a ser usada na gestão estratégica da marca. Dessa forma, através da pesquisa qualitativa de caráter descritivo são contextualizadas as funções estratégicas da marca, em consonância com os objetivos da vantagem competitiva sustentável, baseadas em competições fora da área de preços, conseguida com a filosofia do branding apoiada nas ações do Design Gráfico.