• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Palestrantes Seminário Vivo Educa
 

Palestrantes Seminário Vivo Educa

on

  • 1,024 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,024
Views on SlideShare
946
Embed Views
78

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

2 Embeds 78

http://vivoeduca.ning.com 76
http://www.linkedin.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Palestrantes Seminário Vivo Educa Palestrantes Seminário Vivo Educa Presentation Transcript

    • PALESTRANTES
    • Painel - Conectivismo: Uma Nova Teoria de Aprendizagem em Rede
      George Siemens
      É professor e diretor do Centro de Tecnologia da Aprendizagem da Universidade de Manitoba, no Canadá, juntamente com o seu colega Stephen Downes, do Institute for InformationTechnology’se-LearningResearchGroup (Canadá).
      Siemens tem explorado as possibilidades pedagógicas das novas tecnologias da informação e comunicação a través do conectivismo.
    • Painel - Conectivismo: Uma Nova Teoria de Aprendizagem em Rede
      Stephen Downes
      Trabalha no NationalResearchCouncil, Instituto de Tecnologia da Informação, em Moncton, NewBrunswick, Canadá, onde atua como SeniorResearch desde 2001
      Downes vislumbra e aspira para um sistema de sociedade e de aprendizagem onde cada pessoa é capaz de alcançar seu pleno potencial!
      É conhecido por seu nesletter diário, OLDaily, que é distribuída pela web, e-mail e RSS para milhares de assinantes em todo o mundo sobre O Futuro da Aprendizagem Online (1998), Objetos de Aprendizagem (2000), Perfis de Recursos (2003), E-Learning 2.0 (2005).
    • Painel - Conectivismo: Uma Nova Teoria de Aprendizagem em Rede
      Carolina Rossini
      Membro do Grupo de Cooperação em Pesquisa do Centro Berkman, onde coordena o Projeto de Cooperação Industrial.
      Carolina fazia parte do time brasileiro da CreativeCommons da Escola de Direito da Fundação Getulio Vargas, onde coordenou o Programa de Clínica Legal e do CC América Latina, no capítulo de Open Business, e foi professora nas disciplinas de Propriedade Intelectual e Introdução ao Direito.
    • Painel - Conectivismo: Uma Nova Teoria de Aprendizagem em Rede
      Diego Ernesto Leal Fonseca
      Desde 1999 trabalha em temas relacionados com o uso da TIC (tecnologia de informação e comunicação) na Educação
      Seu objetivo e desejo é ajudar a mudar o mundo, mediante a construção de uma nova forma de relacionarmos, como sociedade, com a aprendizagem e o conhecimento.
      Este espaço é uma tentativa de experimental e descobrir novas formas de construir uma verdadeira presença on-line.
    • Painel - Conectivismo: Uma Nova Teoria de Aprendizagem em Rede
      MasukieviskiBorges
      Formado em psicologia clínica pela Universidade Católica de Pernambuco, especialista em psicologia organizacional [Libertas-PE], tem curso de gerenciamento de projetos [PMI, pela Qualiti] e certificação em empreendedorismo [ONU/SEBRAE-PE].
      Masuki, como é chamado, atua, ao lado de Silvio Meira, como gestor de negócios da Meira.com. É consultor independente e externo do C.E.S.A.R. Seu foco de trabalho é criatividade e inovação.
    • Painel - Conectivismo: Uma Nova Teoria de Aprendizagem em Rede
      Comentarista:
      Barbara (Bee) Dieu
      Professora de inglês no Lycée Pasteur – Casa Santos Dumont, escola bilíngue franco-brasileira em São Paulo. Está online desde 1997, planejando, coordenando e moderando workshops em novas mídias e desenvolvimento profissional de professores.  Atualmente está envolvida em aprendizagem em redes, recursos e projetos educacionais abertos, literacia digital e educação informal. É  membro do conselho consultivo do New Media Consortium Horizon Project 2009 e 2010, coordenadora do BraztesolEduTech SIG e participa ativamente de várias associações, comunidades de prática e redes nacionais/internacionais, como REA, TESOL, Braztesol, Merlot, Práxis, Webheads in Action, Edublogosfera e FLNW .
    • Painel - Conectivismo: Uma Nova Teoria de Aprendizagem em Rede
      Comentarista:
      Nilton Lessa
      Co-criador da Moleque de Ideias, um ambiente de aprendizagem onde, desde 1996, crianças e adolescentes desenvolvem seus próprios projetos, partindo dos seus desejos e ideias e escolhendo seu próprio itinerário formativo: o que desejam aprender, quando e com quem. No mesmo ambiente, de fazer-aprender,  as crianças convivem e interagem com adultos também eles envolvidos em projetos reais, como por exemplo, desenvolvimento de sistemas de precificação para o Grupo Pão de Açúcar, 
      e muitas outras ideias que surgiram e que agradaram ao grupo.
      Desde 1996 está envolvido em pesquisas e aplicações de tecnologias que empoderem os indivíduos em suas capacidades de expressão, reflexão e sociabilização. Sou membro de vários grupos que refletem sobre e estão construindo novos ambientes e práticas de aprendizagem mais adequadas a uma sociedade de indivíduos autônomos. E também desde então vem se envolvendo em projetos variados relacionados à engenharia de software, do desenvolvimento de prontuários médicos eletrônicos a sistemas de auto-gestão de processos de aprendizagem.
    • Painel - Educação na Sociedade em Rede (Releitura de Ivan Illich e a Sociedade Desescolarizada 40 anos depois)
      Gil Giardelli
      Editor do Blog Humanidade 4.0.
      Editor do Blog Experts na FinancialWeb, organizador do Mundo.com, e do Manifesto Digital
      Co-autor dos livros Internet – O encontro de dois mundos, e do livro e-causos.
      Co-founder Justmail, Gaia Creative.
      Coordenador dos Cursos de Inovação digital da ESPM, Startups, economia criativa e empreendedorismo na era digital.
    • Painel - Educação na Sociedade em Rede (Releitura de Ivan Illich e a Sociedade Desescolarizada 40 anos depois)
      Rafael Reinehr
      Médico endocrinologista em Araranguá - SC. Fundador do site literário Simplicíssimo, do portal cultural O Pensador Selvagem e Netweaver da Coolmeia, Ideias em Cooperação, uma incubadora de ideias altruístas. Nos últimos 15 anos, tem estudado o pensamento libertário e planejado modos de trazer para a prática cotidiana modelos, ferramentas e atitudes para aumentar a produção de Capital Social, de bem comum.
    • Painel - Educação na Sociedade em Rede (Releitura de Ivan Illich e a Sociedade Desescolarizada 40 anos depois)
      Edilberto Sastre
      Mestre em sociologia pela UnB. Foi Secretário de Educação em sua cidade natal. No Brasil tem atuado como professor universitário, consultor e pesquisador. Em 2006 publicou o livro "Encruzilhada da Universidade Particular: caminhos e possibilidades". Para o Ministério da Educação a pesquisa "Panorama da Produção de Conhecimento sobre Violência nas Escolas no Brasil"(2009).
    • Painel - Educação na Sociedade em Rede (Releitura de Ivan Illich e a Sociedade Desescolarizada 40 anos depois)
      Comentarista:
      Luiz de Campos Jr
      Participa como “netweaver” em redes de aprendizagem colaborativa, como as redes Românticos Conspiradores, a Escola de Redes e a Rede Vivo Educação.
      Pesquisador autônomo e autodidata da educação democrática e libertária – pai de estudante da EMEF Amorim Lima/SP – atua em grupos de apoio a escolas democráticas e projetos de educação não-formal, como os Arranjos Educativos Locais – AEL.
      Associado-fundador do Instituto Futuro Educação, ex-professor, ex-educador, ex-formador de professores, desistente-resistente.
    • Painel - Experiências Globais de Aprendizagem em Rede
      Sanghamitra Iyengar
      Formada em Psiquiatria Social do Trabalho, tem desenvolvido por 3 décadas trabalhos nas áreas da saúde mental, deficiências e HIV na Índia e em Cingapura. Ela é diretora fundadora da Samraksha, uma organização que tem se envolvido com uma resposta global ao HIV por meio da sua prevenção desde 1993. Ela acredita na força inerente das comunidades para encontrar soluções para seus próprios problemas.
      O trabalho da Samraksha é desenvolvido com pessoas que trabalham na prostituição, minorias sexuais, populações rurais desfavorecidas e portadoras do vírus HIV. Em especial a Samraksha desenvolve atividades pioneiras em áreas rurais por meio de serviços de cuidados paliativos e facilitação de aprendizagem nas comunidades.
    • Painel - Experiências Globais de Aprendizagem em Rede
      Wiseman Jack
      É o Dean Executivo Interino do Campus Cidade CIDA e responsável por todos os programas acadêmicos, estruturas de apoio e sistemas dentro da CIDA City Campus, em Johanesburgo – África do Sul.
      Atualmente está doutorando na área de Educação , Formação e Desenvolvimento em North West University, Potchefstroom .
      Foi Gerente de Aprendizagem para o Desenvolvimento Funcional em Edcon enfocando o desenvolvimento de Pós-Graduação e programas relacionados com a liderança .
    • Painel - Experiências Globais de Aprendizagem em Rede
      Susan Andrews
      Psicóloga e antropóloga pela Universidade de Harvard (EUA), e Doutora em Psicologia Transpessoal pela Universidade de Greenwich(EUA). Autora de mais de 12 livros sobre temas como Educação, Psicologia, Saúde e Ecologia. Fundou o Parque Ecológico Visão Futuro em Porangaba, interior de São Paulo, onde vive. Coordena no Brasil o Projeto FIB – Felicidade Interna Bruta.
    • Painel - Experiências Globais de Aprendizagem em Rede
      Comentarista:
      Reinaldo Pamponet
      Administrador de Empresas, ex-executivo do Citibank e da Microsoft, empreendedor social, fundador da Eletrocooperativa e Fundador-Diretor da Rede Criativa Itsnoon. 
      FellowAshoka, líder Avina, membro da Rede Leader’s Quest.
    • Painel - Comunidades de Aprendizagem em Rede (Communityschooling)
      Jay Cross
      Estrategista internacionalmente aclamado, palestrante e designer de aprendizagem corporativa e sistemas de desempenho.
      Graduado da Universidade de Princeton e Harvard Business School.
      Atualmente é o principal executivo da Internet Time Alliance (Professional Training & Coachingindustry).
    • Painel - Comunidades de Aprendizagem em Rede (Communityschooling)
      Paul Pangaro
      Com um background único em cibernética da linguagem, ele elabora as conversações que as pessoas precisam ter para alcançar seus objetivos, além daqueles que as empresas necessitam para se conectar e co-evolir com seus clientes.
      Executivo da área de tecnologia, analista de conversações, empreendedor e professor.
    • Painel - Comunidades de Aprendizagem em Rede (Communityschooling)
      Comentarista:
      Luiz Algarra
      Consultor organizacional em processos de aprendizagem informal, construção coletiva de inovação e ativação redes sociais.
      Membro-fundador da Papagallis, um grupo de consultores associados que trabalham pelo bem-estar humano na realização pesssoal-profissional de empresas e organizações.
    • Painel - Comunidades de Aprendizagem em Rede (Communityschooling)
      Comentarista:
      VolneyFaustini
      Administrador de empresas, consultor e autor e sócio fundador da FIT – Faustini Inovação e Tecnologia, empresa de consultoria em Educação Corporativa. Volney é estudioso do impacto da internet na sociedade - focando nas dinâmicas sociais - tem realizado palestras e cursos para os mais diferentes públicos. Destacam-se os temas da Inovação no mundo corporativo, a compreensão da geração nascida digital, e o futuro da Administração. Sua presença on-line é percebida tanto pelo twitter, como pelos blogs: VolneyFaustini (wordpress) e Meu Filho Digital (blogger). Foi pioneiro do Telemarketing no Brasil e presidente da ABT – Associação Brasileira de Teleserviços.
    • Painel - Como as Pessoas Aprendem em Casa (Homeschooling)
      Cleber Nunes
      Designer e autodidata, morador da cidade de Timóteo, interior de Minas Gerais, decepcionados com a educação escolar que seus filhos Davi e Jônatas – 13 e 14 anos, na 5ª e 6ª série, respectivamente – estavam expostos há cerca de 6 anos numa escola pública, decidiram renunciar a grande parte das atividades profissionais às quais exerciam e passaram a se dedicar integralmente à função de educadores no lar. Retiraram os filhos da escola e passaram a ensiná-los, diariamente, disciplinas nas áreas de humanas e exatas, incluindo informática, inglês e até hebraico.Como no Brasil a educação em casa não é legalizada e o abandono escolar configura crime para os responsáveis legais, em pouco tempo o Conselho Tutelar notificou o Ministério Público acerca da situação.
    • Painel - Como as Pessoas Aprendem em Casa (Homeschooling)
      Samantha Hoffmann Shiraishi
      Jornalista, trabalha na cordenação de projetos online (com ênfase na ativação e produção de conteúdo em mídia social) desde 2006, quando deixou de trabalhar em revistas impressas, área na qual esteve por 10 anos. Escreve o Blog A Vida Como a Vida Quer Ser.
    • Painel - Como as Pessoas Aprendem em Casa (Homeschooling)
      Claudio Ferraz Oliver
      Mestre em Educação pela PUC PR, especialista em Grupos Operativos pelo CEP - PR, intelectual desinstitucionalizado, especialista em gestão estratégica e controladoria, coordenador da Rede do Caminho - América Latina, autor de EconomicConspiracy - relationalaspects, Amigos no Caminho - O educador e a educadora nas obras de Ivan Illich, Leo tolstoy e Paulo Freire, co autor de Servingwith the Poor in Latin America. Criador do Programa "Nós na Tela" de formação e comunicação audio visual com jovens e crianças em parceria com o Canal FUTURA.
    • Painel - Como as Pessoas Aprendem em Casa (Homeschooling)
      Luiz Carlos Faria da Silva
      Professor Adjunto do Departamento de Fundamentos de Educação da UEM – Universidade Estadual de Maringá.
      Doutor em Educação pela UNICAMP.
      Tem 54 anos e casado com DayaneDalquana da Silva. O casal tem dois filhos, Lucas, 12 anos e 3 meses e Júlia, 10 anos e 9 meses, ambos não foram à escola até os sete anos. Foram alfabetizados pela mãe.Aos sete, foram matriculados em escola. Estudaram por dois anos o Lucas e um ano a Júlia.
      Há 2 anos e meio eles não freqüentam mais a escola regular.
      Praticam a educação domiciliar.
    • Mega-Aquário: Sistemas Sócio-Educativos - Comunidades de Aprendizagem em Rede
      Augusto de Franco
      É escritor, consultor e um dos netweavers da Escola-de-Redes: uma rede de pessoas dedicada à investigação teórica e à disseminação de conhecimentos sobre redes sociais e à criação e transferência de tecnologias de netweaving.
    • Mega-Aquário: Sistemas Sócio-Educativos - Comunidades de Aprendizagem em Rede
      Luiz Algarra
      Consultor organizacional em processos de aprendizagem informal, construção coletiva de inovação e ativação redes sociais.
      Membro-fundador da Papagallis, um grupo de consultores associados que trabalham pelo bem-estar humano na realização pesssoal-profissional de empresas e organizações.
    • Mega-Aquário: Sistemas Sócio-Educativos - Comunidades de Aprendizagem em Rede
      Luis Fernando Guggenberger
      Atua com o Terceiro Setor nas áreas pedagógica, social, cultural, comunicação, captação de recursos, desenvolvimento institucional e gestão há 16 anos
      Atualmente trabalha na Vivo, operadora de telefonia móvel na área de responsabilidade sócio-ambiental, onde um dos principais projetos que netweaver é a Rede Vivo Educação.
    • Mega-Aquário: Sistemas Sócio-Educativos - Comunidades de Aprendizagem em Rede
      Nilton Lessa
      Co-criador da Moleque de Ideias, um ambiente de aprendizagem onde, desde 1996, crianças e adolescentes desenvolvem seus próprios projetos, partindo dos seus desejos e ideias e escolhendo seu próprio itinerário formativo: o que desejam aprender, quando e com quem. No mesmo ambiente, de fazer-aprender,  as crianças convivem e interagem com adultos também eles envolvidos em projetos reais, como por exemplo, desenvolvimento de sistemas de precificação para o Grupo Pão de Açúcar, 
      e muitas outras ideias que surgiram e que agradaram ao grupo.
      Desde 1996 está envolvido em pesquisas e aplicações de tecnologias que empoderem os indivíduos em suas capacidades de expressão, reflexão e sociabilização. Sou membro de vários grupos que refletem sobre e estão construindo novos ambientes e práticas de aprendizagem mais adequadas a uma sociedade de indivíduos autônomos. E também desde então vem se envolvendo em projetos variados relacionados à engenharia de software, do desenvolvimento de prontuários médicos eletrônicos a sistemas de auto-gestão de processos de aprendizagem.
    • Mega-Aquário: Sistemas Sócio-Educativos - Comunidades de Aprendizagem em Rede
      Luiz de Campos Jr
      Participa como “netweaver” em redes de aprendizagem colaborativa, como as redes Românticos Conspiradores, a Escola de Redes e a Rede Vivo Educação.
      Pesquisador autônomo e autodidata da educação democrática e libertária – pai de estudante da EMEF Amorim Lima/SP – atua em grupos de apoio a escolas democráticas e projetos de educação não-formal, como os Arranjos Educativos Locais – AEL.
      Associado-fundador do Instituto Futuro Educação, ex-professor, ex-educador, ex-formador de professores, desistente-resistente.