Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
  • Save
POO - 05 - Ambiente de Desenvolvimento
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

POO - 05 - Ambiente de Desenvolvimento

  • 642 views
Published

 

Published in Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
642
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Programação Orientada a Objetos Aula Prática: Ambiente de Desenvolvimento Ludimila Monjardim Casagrande 2012
  • 2. Ambiente de Desenvolvimento  Ferramentas que serão utilizadas ao longo do curso para a implementação em Java:  Java SE Development Kit (JDK) 7.0  Versão: JDK 7.0 (≈ JSE 1.7)  http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/  IDE Eclipse – Versão Clássica  Versão mais recente: Eclipse 3.7.1  http://www.eclipse.org/downloads/  IDE NetBeans  Versão: 6.9 ou superior (mais recente: 7.1)  http://netbeans.org/downloads/index.htmlAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 2
  • 3. Primeiro Aplicativo Java 1. /* essa é uma forma de comentar múltiplas linhas */ 2. // esse é um comentário de uma única linha 3. public class PrimeiraClasse { 4. // o método main inicia a execução da aplicação Java 5. public static void main (String[] args) { 6. System.out.println(“Minha primeira classe.”); 7. } // fim do método main 8. } // fim da classeAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 3
  • 4. O Método main( )  O método main( ) é o ponto natural de entrada de uma aplicação Java.  O assinatura desse método é:  public static void main(String[ ] args)  As seguintes variações também são válidas:  static public void main(String[ ] args)  public static void main(String args[ ])Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 4
  • 5. O Método main( )  A varíavel args é um array que armazena os argumentos de entrada passados pelo usuário para a aplicação.  O nome args é arbitrário, portanto, pode ser susbtituído por qualquer outro identificador de variável válido.  Exemplo:  public static void main(String[ ] x)Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 5
  • 6. Compilação de uma Classe 1. Salve a classe em um diretório de fácil acesso (ex.: C:POO) com o nome de PrimeiraClasse.java. 2. Abra uma janela para “Prompt de comando”. 3. Vá até o diretório no qual a classe foi salva. 4. Digite na linha de comando:  javac PrimeiraClasse.java 5. A classe então será compilada e, se não existirem erros, será criado pelo compilador um arquivo-objeto com o nome PrimeiraClasse.class no mesmo diretório.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 6
  • 7. Execução de uma Classe 1. Caso não existam erros de compilação, confira se o arquivo PrimeiraClasse.class foi criado e, então, execute a seguinte linha de comando:  java PrimeiraClasse  Atenção: Observe que nesse caso a extensão é omitida. 2. O resultado da execução da classe deve ser exibido na tela.  Atenção: para que uma classe possa ser executada, ela deve conter o método main.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 7
  • 8. Passagem de Argumentos na Execução public class Argumento { public static void main(String[ ] args) { if (args.length > 0) { String nome = args[0]; System.out.println("Olá: " + nome); } else { System.out.println("Por favor, forneça um argumento de entrada."); } } }  Passagem de um argumento por linha de comando ao iniciar a aplicação:  java Argumento LudimilaAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 8
  • 9. Arquivos em Java  Todo arquivo fonte em Java termina com a extensão .java.  Os arquivos compilados do Java possuem a extensão .class.  Um arquivo fonte em Java deve conter no máximo uma classe pública, ou seja, o arquivo pode conter 0 ou 1 classe pública.  Caso exista uma classe pública, então, o nome do arquivo deve ser igual ao nome da classe pública.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 9
  • 10. Comentários em Java  Java suporta três estilos de comentários:  Para comentar uma linha:  usa-se os caracteres //  Para comentar várias linhas:  usa-se os caracteres /* e */  Para comentar linhas que fazem parte da documentação da classe:  usa-se os caracteres /** e */Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 10
  • 11. Criação de um Projeto no NetBeans
  • 12. Criação de um Projeto no NetBeans  Arquivo > Novo projeto...  Em Categorias, selecione Java.  Em Projetos, selecione Aplicativo Java.  Clique em Próximo.  Na tela seguinte, informe o nome do projeto.  Desabilite a opção Criar classe principal.  Clique em Finalizar.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 12
  • 13. Criação de um Projeto no NetBeansAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 13
  • 14. Criação de um Projeto no NetBeansAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 14
  • 15. Criação de um Projeto no NetBeans  Observe que na aba Projetos uma pasta raiz foi criada com o nome do novo projeto.  Essa pasta contém duas subpastas: Pacotes de código-fonte e Bibliotecas.  Na primeira pasta devem ser mantidos os arquivos .java que você desenvolverá.  Na pasta Bibliotecas estão disponíveis os arquivos .jar que correspondem a bibliotecas de classes do próprio Java. Esses arquivos não devem ser modificados.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 15
  • 16. Criação de uma Classe no NetBeans  Clique com o botão direito na pasta Pacotes de código-fonte do projeto adequado.  Execute: Novo > Classe Java...  Informe o nome da classe que deseja criar.  O nome do arquivo deve ser igual ao nome da classe pública nele contido.  Java é case sensitive.  Clique em Finalizar.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 16
  • 17. Execução de uma Classe no NetBeans  Clique com o botão direito sobre a classe que contém o método main.  Selecione: Executar arquivo.  O resultado será exibido na aba de Saída.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 17
  • 18. Criação de um Projeto no Eclipse
  • 19. Criação de um Projeto no Eclipse  File > New > Project...  Selecione: Java Project > Next  Informe o nome do projeto no campo Project Name  Em Project Layout, selecione a opção Create separate source and output folders > Finish  Se for solicitada a mudança para a perspectiva Java, responda NoAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 19
  • 20. Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 20
  • 21. Criação de um Projeto no Eclipse  Mantenha-se sempre na perspectiva Resource.  Para mudar de perspectiva, execute:  Window > Open Perspective > Other...  Selecione: Resource > OKAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 21
  • 22. Criação de um Projeto no Eclipse  Observe, na janela Navigator, que uma pasta raiz foi criada com o nome do projeto.  Essa pasta contém duas subpastas: src e bin.  Na pasta src devem ser mantidos os arquivos .java que você desenvolverá.  Na pasta bin serão automaticamente armazenados os arquivos .class, que correspondem aos arquivos .java compilados.  Atenção: Arquivos .class não devem ser modificados.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 22
  • 23. Criação de uma Classe no Eclipse  Selecione a pasta src do projeto adequado.  File > New > File  Informe o nome da classe que deseja criar com a extensão .java.  O nome do arquivo deve ser igual ao nome da classe pública nele contido.  Java é case sensitive.  FinishAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 23
  • 24. Execução de uma Classe no Eclipse  Clique com o botão direito sobre a classe que contém o método main.  Selecione Run As > Java Application  O resultado será exibido na janela Console.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 24
  • 25. Exercício 1  Implemente a classe Conta e a classe Principal apresentadas no arquivo POO-03- Fundamentos_Java.ppt.  Compile as duas classes e execute a classe Principal.  Adicione novos atributos à classe Conta (por exemplo: agência e número).  Crie um novo construtor que utilize esses novos atributos.  Crie outras contas na classe Principal e explore o uso dos métodos disponíveis na classe Conta.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 25
  • 26. Exercício Extraclasse  Implemente as classes presentes no modelo UML abaixo. Declare os atributos e construtores. - private + public Obs.: Não é necessário implementar os métodos get e set neste primeiro momento.Aula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 26
  • 27. Apêndice: Variávies de Ambiente  Para que seja possível compilar arquivos via linha de comando (isto é, usando o comando javac) é preciso configurar as seguintes variáveis de ambiente no Windows:  JAVA_HOME = C:Program FilesJavajdk1.7.0_02  PATH = %PATH%;%JAVA_HOME%binAula Prática 1 ©2012 Ludimila Monjardim Casagrande 27