• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Adolescência - Mudanças que ocorrem em nosso corpo
 

Adolescência - Mudanças que ocorrem em nosso corpo

on

  • 124,618 views

 

Statistics

Views

Total Views
124,618
Views on SlideShare
124,554
Embed Views
64

Actions

Likes
6
Downloads
877
Comments
2

4 Embeds 64

http://www.slideshare.net 31
http://psiconautas.webnode.com 30
http://cms.psiconautas.webnode.com 2
http://webcache.googleusercontent.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Adolescência - Mudanças que ocorrem em nosso corpo Adolescência - Mudanças que ocorrem em nosso corpo Presentation Transcript

    • Adolescência Mudanças que ocorrem no nosso corpo
    • A mudança que ocorre no corpo nesse período determina a passagem da infância para a vida adulta. Tais mudanças acontecem por causa dos hormônios que temos em nosso corpo. O estrógeno e a progesterona ( hormônios femininos) e a testosterona (hormônio masculino) contribuem juntamente com outros hormônios para que essas transformações aconteça. Existem substâncias neurotransmissoras que participam desse processo, elas transmitem impulsos nervosos de um hormônio para o outro.
    • Mudanças no menino: Desenvolvimento dos testículos; Crescimento dos pêlos pubianos; O pênis cresce em diâmetro e comprimento; Começa a crescer os pelos do rosto (barba), nas axilas e por todo o corpo; Mais ou menos entre os 13 e 14 anos ocorre a primeira ejaculação; (lembrando que cada adolescente tem o seu próprio tempo para que isto acontecer, podendo ser antes ou depois dessa idade); Crescimento da laringe; A voz começa a engrossar Entre 11 e 16 anos acontece um crescimento muito rápido em altura (chamado "estirão do crescimento").
    • Sistema reprodutor masculino
      • Anatomia:
      • •  Testículos: responsáveis pela produção dos espermatozóides e pela produção do hormônio masculino, a testosterona.
      • •  Epidídimo: local do armazenamento e amadurecimento dos espermatozóides
      • •  Vasos deferentes
      • •  Vesículas seminais
      • •  Próstata
      • •  Pênis
    •  
    • Ciclo hormonal:
      • Os mesmos hormônios da hipófise que estimulam o ciclo feminino atuam no homem. O FSH no homem estimula a produção de espermatozóides. O LH estimula a produção da testosterona.
      • A testosterona estimula o amadurecimento dos espermatozóides, induz o aparecimento dos caracteres masculinos e é responsável pelo desejo sexual.
      • Durante a ejaculação, os espermatozóides chegam ao pênis e junto com o líquido produzido pelas vesículas seminais e pela próstata, formam o sêmen.
      • A produção dos espermatozóides é contínua ao longo da vida do homem.
    • Mudanças no menina : As mamas começam a crescer e desenvolverem A cintura começa a ficar mais fina; O quadril se desenvolve; Começa a crescer os pêlos das axilas e da região pubiana; O crescimento em altura se acelera; Entre os 12 e 13 anos acontece a primeira menstruação, chamada de "menarca" (lembrando que isto pode ocorrer antes ou depois dessa idade, pois a menarca varia de adolescente para adolescente); Desenvolvimento dos órgãos genitais: A vagina fica com a parede mais espessa; O útero aumenta de tamanho; Aumenta a irrigação sanguínea do clitóris; A bacia óssea se desenvolve; A voz começa a afinar.
    • Sistema reprodutor feminino: Anatomia: •  Ovários: são responsáveis pelo armazenamento dos óvulos e produção de hormônios. •  Trompas de falópio: local onde ocorre o encontro do óvulo e espermatozóide (fertilização) e o transporte para o útero. •  Útero: órgão que recebe o óvulo fertilizado e onde se dá o desenvolvimento da gravidez .
    • Ciclo menstrual: Nas mulheres com ciclos regulares, a cada 26-30 dias ocorre uma menstruação. Na metade do ciclo (em torno do 14° dia), acontece a ovulação, ou seja um óvulo sai do ovário e atinge a trompa de falópio. A trompa é o cenário do encontro com o espermatozóide e da fertilização. A cada ciclo apenas um óvulo, sob a influência de hormônios, amadurece e é liberado dos ovários. Este processo é chamado de ovulação. Quatro hormônios são importantes no ciclo da mulher, para que aconteça a ovulação e uma gravidez: o FSH e o LH que são liberados pela hipófise, uma glândula que fica no cérebro, e o estrogênio e a progesterona que são produzidos pelos ovários. É com esses hormônios que os médicos vão trabalhar na maioria dos tratamentos para infertilidade.  
    • Hormônios:
      • A partir do primeiro dia da menstruação, a hipófise começa a produzir o hormônio folículo estimulante (FSH), que como o nome já diz, estimula o crescimento dos folículos no interior dos ovários. Cada folículo contém um óvulo. Os folículos produzem estrogênio, um hormônio que ajuda a preparar o útero para uma futura gravidez. Na metade do ciclo (em torno do 14 dia após a menstruação), a hipófise produz outro hormônio, chamado LH, que induz a ovulação.
      • Logo após a ovulação, o folículo começa a produzir mais um hormônio, a progesterona, que também ajuda na preparação do útero para receber uma possível gravidez. Caso ocorra uma relação sexual no período ovulatório, os espermatozóides depositados na vagina nadam, alcançam o útero e as trompas, onde apenas um deles vai penetrar no óvulo, ocorrendo dessa forma a fertilização, formando o futuro bebê.
    •