Your SlideShare is downloading. ×

ficha de português

13,971

Published on

ficha de trabalho a partir de excerto de "a ilha do tesouro"

ficha de trabalho a partir de excerto de "a ilha do tesouro"

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
13,971
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
19
Actions
Shares
0
Downloads
242
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. FICHA DE TRABALHO DE PORTUGUÊS Narrativas de autores estrangeiros Billy Bones Robert Louis Stevenson A ilha do tesouro, adaptação de Claire Ubac, Porto, Porto Editora, 2005, pp.5-10 ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  • 2. 1 5 10 15 20 25 30 No tempo em que eu era guarda de farol descobri, numa tarde de dezembro, um velho livro num baú que deu à costa na praia. As letras douradas do título estavam apagadas: A ilha do tesouro. Do autor mal se conseguiam ler os dois primeiros nomes: Robert Louis. O céu estava a ficar carregado de nuvens ameaçadoras. Regressei ao farol, acendi um belo fogo na lareira e fiquei surpreendida por me apetecer rum. Servime de um copo, instalei-me na minha poltrona com o velho roupão escocês e abri o livro. Que deceção! As páginas estavam cobertas de bolor ou roídas pelos ratos. Só o papel das ilustrações tinha resistido. Consolei-me a contemplar a primeira ilustração: um marinheiro rude do século XVIII, com uma cicatriz na face, observava o mar com um óculo de cobre no alto de uma falésia batida pelos ventos. Alguém tossiu atrás de mim. Intrigada, voltei-me e vi a personagem da gravura avançar para a lareira, enquanto um forte cheiro a maresia se misturava com o cheiro do lume. «Obrigado por me ter feito subir à ponte 1 — resmungou ele. — Lá dentro 2 tresanda a bafio3. E, acredite, isso é difícil para um marinheiro habituado aos ares do mar alto.» Indicou o livro com um movimento do queixo mal barbeado: «Os ratos, hem? Eu ouvia-os a roer no fundo do porão!» O aspeto do homem era de assustar uma dama sozinha, e até várias damas reunidas. Mas o rum dava-me coragem. «Quem… quem é o se…nhor?”, articulei num murmúrio.» Ignorando a minha pergunta, ele fez um novo movimento com o queixo, agora em direção à garrafa de rum: «Não tem por aí um copo para um velho marinheiro? Em troca, eu conto-lhe os primeiros cinco capítulos4.» Por única resposta tirei um copo do armário, enchi-o e estendi-lho. Ele bebeu-o de um trago, tirou-me a garrafa da mão e voltou a servir-se. Depois disso, começou assim: «O meu nome é Billy Bones, e ai de quem queira espreitar o fundo do meu baú de marinheiro no livro que Robert Louis escreveu!» 35 Endireitou-se, seguro do seu efeito: «Eu era imediato5 no Walrus, o barco de Flint.» Como eu ergui as sobrancelhas, o velho lobo do mar zangou-se: «Flint, o pirata mais terrível que o mar já conheceu!» «Ah, sim, Flint, é claro”, gaguejei. Bones continuou: 1 construção acima do convés principal, num navio: o pirata Billy Bones sobe à ponte, isto é, surge na história, aparece junto da narradora, porque ela está a ler A ilha do tesouro, onde ele é uma personagem destacada 2 no interior do navio 3 cheira muito mal 4 os primeiros cinco capítulos do velho livro que a narradora encontrou 5 oficial que ocupa o segundo lugar na linha de comando de um navio ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  • 3. GRUPO I 1. Justifica a “deceção” (l. 9) sentida pela narradora quando começou a ler o livro que tinha encontrado. 2. Substitui o sinal de pontuação presente na frase “Que deceção!” (l. 9) por outro equivalente, tendo em atenção a frase que se segue a esta no texto. 3. Atenta no seguinte segmento textual: «Não é normal, com mil polvos, que quando ele morreu eu tenha herdado o mapa? O mapa da ilha onde ele tinha escondido o tesouro de toda uma vida de pirata! Mas vá lá fazer esses tubarões dos corsários entenderem isso. Quando o livro começa, estão-lhe todos no rasto: Silver Cão Negro, Pew e os outros: a antiga tripulação de Flint. E não são para brincadeiras, acredita, princesa! O que eles querem é o mapa, e mandar Billy Bones para o Inferno.» (ll. 39-44) 3.1. Transcreve as frases nas quais Billy Bones a. apresenta os seus direitos a uma determinada herança; b. faz uma acusação; c. sugere a riqueza que pretendia encontrar; d. identifica os seus inimigos; e. caracteriza os seus inimigos; f. refere os objetivos dos seus inimigos. 4. Atenta no seguinte segmento textual: “Uma noite julguei ter encontrado um bom esconderijo. (…) Do cimo de uma falésia, pode-se vigiar tudo aquilo que vem do mar.” (ll. 46-48). 4.1. Identifica a frase nele presente que refere um facto; 4.2. Comprova que na outra frase é apresentada uma opinião. 5. Relê a frase proferida pelo Dr. Livesey “Eu nem preciso de te afogar (…) – o rum se encarregará disso.” (l. 87). 5.1. Explicita o sentido dessa frase, referindo a crítica implícita que ela contém. 6 untado com betume ataques a navios 8 desagradável, áspera 9 máquina ou mecanismo para içar âncoras que faz um ruído muito desagradável 10 neste caso, o mar 11 espaço próximo do convés principal de um navio; neste caso trata-se de uma zona da estalagem, mas Billy Bones usa um termo da marinha 12 cabeleira postiça usada pelos magistrados do Reino Unido: o Dr. Livesey era um magistrado 7 ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  • 4. 5.2. 5.3. Indica se esta afirmação do médico contribui para a caracterização direta de Billy Bones ou para a sua caracterização indireta. Justifica. Atenta na última frase do texto. a. Indica alguns adjetivos que, a partir da decisão de Billy Bones, o podem caracterizar. b. Explicita o tipo de caracterização de Billy Bones que podes fazer a partir desta decisão, justificando. GRUPO II 1. Atenta no enunciado “As letras douradas do título estavam apagadas” (ll. 2-3) e identifica o tipo de sujeito: a) simples. b) composto. c) nulo subentendido. d) nulo indeterminado. 2. No mesmo enunciado, a palavra “apagadas” (l. 3) exerce a função sintática de: a) sujeito. b) complemento direto. c) predicativo do sujeito. d) modificador restritivo. 3. Lê a frase que se segue com atenção e identifica a única alínea falsa- “Regressei ao farol, acendi um belo fogo na lareira e fiquei surpreendida por me apetecer rum.” (ll. 5-6). a) Na frase existem três sujeitos nulos subentendidos. b) A expressão “ao farol” desempenha a função sintática de modificador do grupo verbal. c) Os verbos encontram-se no pretérito perfeito do indicativo. d) A palavra “me” é um pronome. 4. Na frase “Servi-me de um copo, instalei-me na minha poltrona com o velho roupão escocês e abri o livro.” (ll. 6-8), como estão ligadas as duas primeiras orações? a) Por subordinação consecutiva. b) Por coordenação copulativa. c) Por coordenação assindética. d) Por coordenação sindética. 5. Podemos considerar a expressão “Que deceção!” (l. 9) uma locução a) conjuntiva. b) prepositiva. c) adverbial. d) interjetiva. ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  • 5. 6. A conjunção “ou” (l.9) apresenta um valor de a) alternativa. b) contraste. c) adição. d) explicação. 7. O enunciado “pelos ratos” (l. 9) desempenha a função sintática de a) complemento oblíquo. b) complemento agente da passiva. c) complemento do nome. d) complemento indireto. 8. No complexo verbal “tinha resistido” (l. 10) o verbo “ter” é um verbo auxiliar a) da voz passiva. b) modal. c) dos tempos compostos. d) aspetual. 9. Na linha 11, os dois pontos têm como função a) introduzir o discurso direto. b) adicionar informação desnecessária ao texto. c) anteceder a referência a um determinado século. d) introduzir uma explicação adicional. 10. a) b) c) d) A palavra “Intrigada” (l. 13) desempenha a função sintática de sujeito. modificador do grupo verbal com valor de modo. modificador apositivo. vocativo. 11. Na frase “Intrigada, voltei-me e vi a personagem da gravura avançar para a lareira, enquanto um forte cheiro a maresia se misturava com o cheiro do lume.” (ll. 13-15) classifica a oração sublinhada. a) Oração coordenada conclusiva. b) Oração subordinada adverbial temporal. c) Oração subordinada adverbial causal. d) Oração coordenada adversativa. 12. a) b) c) d) O verbo “acredite” (l. 17) está no imperativo. presente do indicativo. presente do conjuntivo. condicional. 13. Refere o processo de formação da palavra “barbeado” (l. 19). a) Composição morfológica. b) Derivação por prefixação. ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  • 6. c) Derivação não afixal. d) Derivação por sufixação. 14. Em que tempo/ modo se encontra a forma verbal “Ignorando” (l. 24)? a) Particípio passado. b) Infinitivo impessoal. c) Gerúndio. d) Condicional. 15. O verbo “tirar”, que surge duas vezes nas linhas 28 e 29 pertence à subclasse dos verbos a) intransitivos. b) transitivos diretos. c) copulativos. d) transitivos diretos e indiretos. 16. Atenta no excerto que se segue e identifica a oração sublinhada: «O meu nome é Billy Bones, e ai de quem queira espreitar o fundo do meu baú de a) b) c) d) marinheiro no livro que Robert Louis escreveu!» (ll. 31-32) Oração subordinante. Oração subordinada adjetiva relativa restritiva. Oração subordinada substantiva completiva. Oração subordinada adverbial concessiva. 17. No mesmo excerto, o determinante possessivo “meu” (l. 31) trata-se de um deítico a) pessoal. b) espacial. c) temporal. d) discursivo. 18. Lê a frase que se segue e assinala a única alínea correta: “Como eu ergui as sobrancelhas, o velho lobo do mar zangou-se” (l. 35). a) A conjunção que inicia a frase pertence à subclasse das conjunções subordinativas comparativas. b) O sujeito da frase é nulo. c) A palavra “lobo do mar” é um composto morfossintático. d) O verbo “zangou-se” pertence à subclasse dos verbos transitivos indiretos. 19. No enunciado “Mas vá lá fazer esses tubarões dos corsários entenderem isso. Quando o livro começa, estão-lhe todos no rasto: Silver Cão Negro, Pew e os outros” (ll. 41-42), no que concerne à coesão, a palavra “todos” é a) uma anáfora. b) um referente coanafórico. c) uma elipse. d) uma catáfora. 20. a) b) c) d) Ao chamar “tubarões” aos “corsários” Billy Bones está a recorrer a uma ironia. hipérbole. personificação. metáfora. ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  • 7. BOM TRABALHO!!! A PROFESSORA: Lucinda Cunha Proposta de correção GRUPO I Questões e respostas do Grupo I retiradas do manual “Entre palavras 7”, da Sebenta, pp. 126-129): 1. A narradora sentiu-se dececionada com o livro porque constatou que ele apresentava vários sinais de mau estado: estava roído pelos ratos e o bolor tinha-o atacado. 2. Este sinal de pontuação poderia ser substituído por dois pontos com função explicativa, já que a frase “As páginas estavam cobertas de bolor ou roídas pelos ratos” apresenta a explicação para a deceção. 3. 3.1. a. “Não é normal que eu tenha herdado o mapa?” b. “Mas vá lá fazer esses tubarões dos corsários entenderem isso” c. “O mapa da ilha onde ele tinha escondido o tesouro de toda uma vida de pirata” d. “Silver, Cão Negro, Pew e os outros: a antiga tripulação de Flint” e. “E não são para brincadeiras” f. “O que eles querem é o mapa, e mandar Billy Bones para o inferno” 4. 4.1. “Do cimo da falésia, pode-se vigiar tudo aquilo que vem do mar” 4.2. “Julguei que tinha encontrado um bom esconderijo”. Nesta frase, o enunciador apresenta algo em que acreditou, trata-se de uma mera opinião. 5. 5.1. O doutor Livesey acusa Billy de ser alcoólico e que, de tanto rum beber, se afogará nele. 5.2. Trata-se de caracterização direta, pois Billy Bones é apresentado como alcoólico por uma personagem. 5.3. a. Manhoso, astuto, calculista… ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  • 8. b. Trata-se de caracterização indireta, pois deduzimos a personalidade de Billy a partir das suas ações. GRUPO II 1-a 11-b 2-c 12-a 3-b 13-d 4-c 14-c 5-d 15-d 6-a 16-b 7-b 17-a 8-c 18-c 9-d 19-d 10-c 20-d ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com

×