Concordancia verbal-slide-adriana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Concordancia verbal-slide-adriana

on

  • 5,866 views

 

Statistics

Views

Total Views
5,866
Views on SlideShare
5,866
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
371
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Concordancia verbal-slide-adriana Concordancia verbal-slide-adriana Presentation Transcript

    • Concordância Verbal
    • Concordância Concordância é a igualdade de gênero e número entre osubstantivo e adjetivo, artigo, numeral, pronome e igualdade denúmero e pessoa entre o verbo e o sujeito. Ex.: Dois helicópteros sobrevoaram a região. O verbo apresenta-se no plural, concordando com o sujeito que está no plural. Ex.: As nossas duas amigas italianas nos visitarão em julho. artigo numeral adjetivo fem. pluralfem. plural pronome fem. plural substantivo fem. plural fem./plural
    • Concordância Verbal A concordância pode ser verbal e nominal. Éverbal quando o verbo se flexiona para concordarcom seu sujeito.Ex.: O homem não é um dos mamíferos mais dorminhocos. sujeito na Verbo na 3ª 3ª pessoa pessoa do singular do singular
    • Concordância do verbo com o sujeitosimples a) Regra Geral O verbo concordará com o sujeito em número (singular e plural) e pessoa (1ª, 2ª e 3ª), mesmo que este venha deslocado.Ex1.: Nós nunca discordamos de você. 1. Sujeito simples é aquele que possui um único núcleo,isto é,sujeito na 1ª verbo na 1ª uma única palavra principal. pessoa do . 2. O núcleo do sujeito nunca é pessoa do plural plural determinado por preposição (de, em, com etc...)
    • Ex2: Sumia na estrada poeirenta a última boiada da fazenda. sujeito na 3ª Verbo na pessoa do 3ª pessoa do singular (=ela) singular Não importa a posição do verbo (antes ou depois do sujeitosimples): a concordância é sempre feita com o núcleo dele.
    • Concordância do verbo com o sujeito compostoI. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo , esteficará no plural.Ex.: O ônibus e o caminhão deslizaram napista. Sujeito composto é aquele que apresenta sujeito composto antes verbo no plural dois ou mais núcleos. do verboObservação: O verbo pode ficar no singular principalmente em dois casos:quando os núcleos são sinônimos e quando formam uma enumeraçãogradativa. Ex.1: A paz e a tranqüilidade reinava (reinavam) naquele lugar. Ex.2: A angústia, a inquietação, o desespero o dominou (dominaram).
    • II. Quando o sujeito composto estiver depois do verbo, este poderáconcordar com o mais próximo, ou ficará no plural. Ex.: Foi ao parque de diversão o filho, a mãe e o pai. Verbo na 3ª pessoa sujeito compostodo singular, concordando depois do verbo com o filho Foram ao parque de diversão o filho, a mãe e o pai. verbo na 3ª pessoa sujeito composto do plural depois do verbo
    • III. Quando o verbo for constituído por pessoas gramaticais diferentes, ele ficará no plural. Se a 1ª pessoa (eu, nós) faz parte do sujeito, o verbo ficará na 1ª pessoa do plural (nós). Ex.: Você, sua prima e eu iremos ao cinema. verbo na 1ª pessoa sujeito formado por pessoas gramaticais do plural (nós) diferentes, com a presença da 1ª pessoa (eu) Se a 1ª pessoa (eu, nós) não faz parte do sujeito, o verbo ficará na 2ª pessoa do plural (vós) ou na 3ª pessoa do plural (vocês). Ex.: Tu e teu amigo ficareis aqui em casa. Tu e teu amigo ficarão aqui em casa.
    •  Quando os núcleos do sujeito vierem ligados pela conjunção "ou" , o verbo ficará no singular se houver idéia de exclusão. Se houver idéia de inclusão o verbo irá para o plural. Pedro ou Antônio será o presidente do clube. (Exclusão) Laranja ou mamão fazem bem a saúde. (Inclusão) Quando o sujeito for formado por um pronome de tratamento o verbo irá sempre para 3º pessoa. Vossa Excelência leu meus relatórios?
    • Concordância dos verbos Impessoaisa) Verbo HaverÉ impessoal quando empregado com o sentido de “existir” ou “acontecer”. Ex.1: Havia muitos alunos na sala de aula. Não é sujeito, Em locuções verbais, o verbo 3ª pessoa do haver transmite a impessoalidade singular é objeto direto para o outro verbo (verbo auxiliar), que também fica no singular. Ex.2: Aqui nunca houve brigas antes. Ex.: Deve haver vinte pessoas na sala. 3ª pessoa do Não é sujeito, singular é objeto direto
    • Observações: O verbo haver com sentido de existir é impessoal, entretanto overbo existir, não é impessoal, ele concorda normalmente com o sujeito aoqual se refere.Ex.: Antigamente havia poucas escolas particulares. 3ª pessoa do Não é sujeito, singular é objeto direto Antigamente existiam poucas escolas particulares. 3ª pessoa do sujeito plural plural Antigamente deviam existir poucas escolas particulares. sujeito plural 3ª pessoa do plural
    • Verbo haver como auxiliar de outro verboQuando haver funciona como auxiliar de outro verbo, deveconcordar normalmente com seu sujeito.Ex.: Os professores já haviam entrado, quando ele chegou Verbo na 3ª pessoa do Sujeito plural 3ªpessoa do plural
    • b) Verbo Fazer O verbo fazer é impessoal quando empregado na indicação detempo transcorrido (ou a transcorrer). Nesses casos, como ele não temsujeito fica na 3ª pessoa do singular.Ex.: Já faz muitos anos que não a vejo. Não é sujeito, 3ª pessoa do é objeto direto singular Observação: Nas locuções verbais, o verbo fazer, como todo verbo impessoal, transmite o singular para o auxiliar. Ex.: Já deve fazer muitos anos que não a vejo. Não é sujeito, 3ª pessoa do é objeto direto. singular
    • c) Verbo Ser indicando horas e distância Quando indicar horas, distância e datas, o verbo ser concordará com o predicativo. Nesse caso ele é impessoal, ou seja, não apresenta sujeito. Ex.: É uma hora. São três horas. Daqui até a fazenda é um quilômetro. Daqui até o sítio são dez quilômetros.Observação: Nas indicações referentes a dia do mês, o verbo admite duas construções. Ex.: Hoje é dia dez de julho. Hoje são dez de julho.
    • Verbo + pronome se1. Os verbos transitivos diretos ou os transitivos diretos e indiretos,quando apassivados pelo pronome se, concordam com o sujeito. pronome apassivadorEx.1: Vendem-se carros e terrenos a prazo. verbo transitivo sujeito no plural direto Observe que, se passarmos essa frase para a voz passiva analítica, aconcordância do verbo com o sujeito ficará bem clara, veja: Carros e terrenos são vendidos a prazo. Sujeito no plural Verbo na 3ª pessoa do plural
    • Ex.: Divulgaram-se os planos. Os planos foram divulgados. verbo transitivo sujeito sujeito locução verbal direto + pronome seCompare essas duas construções e observe que:1º.) Elas são equivalentes quanto ao sentido;2º.) Em ambas o sujeito é o mesmo;3º.) Em ambas o verbo concorda com o sujeito.
    • 2. Os demais verbos – de ligação, intransitivo e transitivo indireto - ,quando seguidos do pronome se (índice de indeterminação do sujeito),ficam na 3ª pessoa do singular. índice de indeterminação do sujeito Ex.: Precisa-se de serventes de pedreiro. Verbo transitivo indireto objeto indireto
    •  Não se deve confundir se pronome apassivador comse índice de indeterminação do sujeito. As oraçõesque possuem sujeito indeterminado são formadas porverbo de ligação, verbo transitivo indireto ou verbointransitivo + se. Nesses casos o verbo fica na 3ªpessoa do singularEx.: Não se confiava nos planos. Nos planos não eram confiados. 3ª pessoa do Não é o sujeito, construção inexistente no idioma singular é o objeto indireto.Observações:1ª) Convém lembrar que o núcleo do sujeito nunca é regido de preposição.2ª) Na maioria dos casos, o que impossibilita a transformação é apresença da preposição exigida pelo verbo (no exemplo: confiar em).
    •  Alguns exercícios de concordância verbal 4 – (CESGRANRIO) – Há concordância inadequada em: 1 – (UFPR) – Observe a concordância verbal: a) clima e terras desconhecidas. b) clima e terra desconhecidos. 1 – Algum de vós conseguirei a bolsa de estudo? c) terras e clima desconhecidas. 2 – Sei que pelo menos um terço dos jogadores estavam d) terras e clima desconhecido. dentro do campo naquela hora. e) terras e clima desconhecidos. 3 – Os Estados Unidos são um país muito rico. 4 – No relógio do Largo da Matriz bateu cinco horas: era o 5 – (UEPG – PR) – Marque a frase absolutamente sinal esperado. inaceitável, do ponto de vista da concordância nominal: a) Somente a frase 1 está errada. a) É necessária paciência. b) Somente a frase 2 está errada. b) Não é bonito ofendermos aos outros. c) As frases 2 e 3 estão erradas. c) É bom bebermos muita água. d) As frases 1 e 4 estão erradas. d) Não é permitido presença de estranhos. e) As frases 2 e 4 estão erradas. e) Água de Melissa é ótimo para os nervos. 2 – (UEPG – PR) - Assinale a alternativa incorreta, 6 – (CESCEM – SP) – Já ... anos, ... neste local árvores e segundo a norma gramatical: flores. Hoje, só ... ervas daninhas. a) Os Estados Unidos, em 1941, declararam guerra à a) fazem/havia/existe Alemanha. b) fazem/havia/existe b) Aqueles casais parecia viverem felizes. c) fazem/haviam/existem c) Cancelamos o passeio, haja visto o mau tempo. d) faz/havia/existem d) Mais de um dos candidatos se cumprimentaram. e) faz/havia/existe e) Não tínhamos visto as crianças que faziam oito anos. 7 – (UFPR) – Qual a alternativa em que as formas dos 3 – (UFCE) – Como a frase “fui eu quem fez o verbos bater, consertar e haver nas frases abaixo, são casamento”, também estão corretos os períodos usadas na concordância correta? abaixo: - As aulas começam quando ... oito horas. 1. Fui eu que fiz o casamento. - Nessa loja ... relógios de parede. 2. Foi eu quem fez o casamento. - Ontem ... ótimos programas na televisão. 4. Fui eu que fez o casamento. 8. Foste tu que fizeste o casamento. a) batem – consertam-se – houve 16. Foste tu quem fez o casamento. b) bate – consertam-se – havia 32. Fostes vós que fez o casamento. c) bateram – conserta-se – houveram 64. Fostes vós quem fez o casamento. d) batiam – conserta-se-ão – haverá e) batem – consertarei – haviam