A nova lógica do ensino na sociedade da informação KENSKI, Vani. In:  Tecnologias e Ensino presencial e a distância . Camp...
<ul><li>Vivemos um período de  transição social , que se reflete em mudanças na forma de pensar e fazer educação. </li></u...
<ul><li>Não se trata de adaptar as formas tradicionais de ensino aos novos equipamentos ou vice – versa.  </li></ul><ul><l...
O novo papel do Professor O que é ser professor virtual? <ul><li>A nova lógica de ensinar utilizando-se das redes é a  red...
Espírito de equipe! <ul><li>Surgem novos tipos de  estruturas grupais   </li></ul><ul><li>de ensino: </li></ul><ul><li>Gru...
Redefinição do tempo na aprendizagem <ul><li>A utilização das  redes  altera o  tempo  e o  espaço  da aprendizagem. </li>...
Todo mundo chega à “sala de aula” <ul><li>Favorecem Espaço de “ inclusão educacional ”. </li></ul><ul><li>Portadores de de...
Espaços virtuais colaborativos <ul><li>Maior interação, envolvimento e compromisso social, formando o “cidadão participati...
Adequações necessárias  <ul><li>As mudanças mais importantes para o oferecimento de ensino de qualidade devem ocorrer na  ...
<ul><li>Para acabar com a  exclusão digital  e beneficiar quem não tem acesso ao meio eletrônico “mudança institucional”. ...
<ul><li>A relação entre a educação e novas  tecnologias </li></ul><ul><li>requer novos posicionamentos ligados à  política...
<ul><li>O texto faz alusão a importantes aspectos: papel do professor, relativização do tempo e do espaço na aprendizagem,...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

TCE - Kenski - nova logica do ensino na sociedade da informacao

2,541 views
2,430 views

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,541
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
17
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

TCE - Kenski - nova logica do ensino na sociedade da informacao

  1. 1. A nova lógica do ensino na sociedade da informação KENSKI, Vani. In: Tecnologias e Ensino presencial e a distância . Campinas, SP: Papirus, 2003. p. 91-97.
  2. 2. <ul><li>Vivemos um período de transição social , que se reflete em mudanças na forma de pensar e fazer educação. </li></ul><ul><li>Os paradigmas da educação tradicional, baseados na educação compulsória e massiva, já não satisfazem. </li></ul>INTRODUÇÃO
  3. 3. <ul><li>Não se trata de adaptar as formas tradicionais de ensino aos novos equipamentos ou vice – versa. </li></ul><ul><li>A opção e o uso da tecnologia digital , sobretudo das redes eletrônicas de comunicação e informação, mudam toda a dinâmica do processo . </li></ul><ul><li>Favorecer aprendizado personalizado e aprendizado cooperativo em rede . </li></ul>INTRODUÇÃO
  4. 4. O novo papel do Professor O que é ser professor virtual? <ul><li>A nova lógica de ensinar utilizando-se das redes é a redefinição do papel do professor . </li></ul><ul><li>Trazer o professor para o meio do grupo de alunos. </li></ul><ul><li>O professor passa a encarar a si mesmo e a seus alunos como uma “equipe de trabalho”, com desafios novos e diferenciados a vencer, e com responsabilidades individuais e coletivas a cumprir. </li></ul>
  5. 5. Espírito de equipe! <ul><li>Surgem novos tipos de estruturas grupais </li></ul><ul><li>de ensino: </li></ul><ul><li>Grupos de estudos </li></ul><ul><li>Equipes de trabalho </li></ul><ul><li>Comunidades de aprendizagem. </li></ul><ul><li>(Tempo) </li></ul>
  6. 6. Redefinição do tempo na aprendizagem <ul><li>A utilização das redes altera o tempo e o espaço da aprendizagem. </li></ul><ul><li>Alunos e professores extrapolam os tempos e o espaço restritos das salas de aula convencionais. </li></ul>
  7. 7. Todo mundo chega à “sala de aula” <ul><li>Favorecem Espaço de “ inclusão educacional ”. </li></ul><ul><li>Portadores de deficiência física, os hospitalizados, os impossibilitados de locomoção; os detentos e as pessoas idosas. </li></ul>
  8. 8. Espaços virtuais colaborativos <ul><li>Maior interação, envolvimento e compromisso social, formando o “cidadão participativo” comprometido com a melhoria de sua aprendizagem e do grupo social. </li></ul>
  9. 9. Adequações necessárias <ul><li>As mudanças mais importantes para o oferecimento de ensino de qualidade devem ocorrer na formação do professor . </li></ul><ul><li>O docente deve ser atualizado nos mesmos passos em que a tecnologia. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Para acabar com a exclusão digital e beneficiar quem não tem acesso ao meio eletrônico “mudança institucional”. </li></ul><ul><li>Transformar instituições de ensino em pólos de ação e produção de cultura e conhecimento para todos os cidadãos. </li></ul><ul><li>Adoção de novos currículos </li></ul><ul><li>Flexibilização das estruturas de ensino </li></ul><ul><li>Inter disciplinaridade dos conteúdos </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de pesquisas </li></ul><ul><li>Intercâmbios de convênios Inter-institucionais </li></ul><ul><li>Relacionamento com o sistema produtivo e organismos governamentais </li></ul>Adequações necessárias
  11. 11. <ul><li>A relação entre a educação e novas tecnologias </li></ul><ul><li>requer novos posicionamentos ligados à política e à gestão da educação . </li></ul><ul><li>Oferta democrática de ensino </li></ul><ul><li>Formação de professores </li></ul><ul><li>Ensino que favoreça à construção do conhecimento </li></ul><ul><li>Comunidades diferenciadas de ensino </li></ul><ul><li>Projetos de aprendizado no coletivo </li></ul>Adequações necessárias
  12. 12. <ul><li>O texto faz alusão a importantes aspectos: papel do professor, relativização do tempo e do espaço na aprendizagem, espaços de inclusão, espaços virtuais colaborativos, novos currículos, flexibilização das estruturas de ensino, interdisciplinaridade, pesquisa, intercâmbios e convênios, políticas e gestão educacionais com bases democráticas... Que implicações tais aspectos trazem para o âmbito da educação básica? </li></ul>Questão para discussão

×