• Save
Questões contemporâneas: mundo do trabalho e democratização do conhecimento
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Questões contemporâneas: mundo do trabalho e democratização do conhecimento

  • 7,482 views
Uploaded on

 

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
7,482
On Slideshare
7,456
From Embeds
26
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
5

Embeds 26

http://www.slideshare.net 19
http://moodle.pucsp.br 6
http://webcache.googleusercontent.com 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Questões contemporâneas: mundo do trabalho e democratização do conhecimento FELDMANN, M. G. In: SEVERINO, A. J. & FAZENDA, I. Políticas educacionais: o ensino nacional em questão. Campinas: Papirus, 2003
  • 2. Categoria trabalho na filosofia
      • Surgimento com o Marxismo.
      • Natureza social do trabalho : práxis entendida como guia de transformação do homem e de sua relação com o mundo.
      • Século XVII : crescente valorização do trabalho como atividade humana.
      • Smith : teoria do valor trabalho – as riquezas das nações depende essencialmente da produtividade do trabalho.
  • 3. Categoria trabalho na filosofia
      • Sistema capitalista industrial : ideologia liberal; final do século XVIII e começo do XIX.
      • Marx : percepção do trabalho, no seu entrosamento com o homem.
      • Marx e Hegel : trabalho humano como efetivação de uma vontade transformadora da natureza.
      • Hegel : práxis material produtiva na formação e na libertação do homem (o homem, ao criar coisas, forma o próprio homem).
  • 4. Categoria trabalho na filosofia
      • Marx : não só o trabalho intelectual (como quer Hegel); não só o seu lado positivo, mas também o negativo: o trabalho como base de toda alienação .
      • Conscientização : relação dialética entre homem e trabalho (o trabalho, enquanto práxis produtiva, aliena o homem e o afirma).
      • Mais valia : diferença entre o que ele recebe de salário e o valor da mercadoria que produz (como o trabalhador não possui os meios de produção, vende sua força de trabalho).
  • 5. Categoria trabalho na filosofia
      • Práxis
        • prática social histórica e transformadora
        • determinação da existência humana como elaboração da realidade
        • tem seu cerne na prática, reproduzindo-se historicamente e renovando-se continuamente
        • articula-se com o homem e o determina na sua totalidade
        • categoria central da filosofia preocupada não apenas em interpretar o mundo, mas também em transformá-lo
  • 6. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Capitalismo : trabalhador alienado da totalidade do processo de produção.
      • Ciência a serviço do capital : desenvolvimento tecnológico e aumento da divisão social do trabalho.
      • Taylorismo : gestão capitalista (final do século XIX e século XX); anos 20, consolidação.
      • Modelo taylorista-fordista : alterações na década de 1970 (informática, microeletrônica, telecomunicações).
      • Terceira revolução industrial : advento da microeletrônica.
  • 7. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Século XX : produção em massa.
      • Século XXI : sociedade do conhecimento.
      • Produtividade / competitividade : reestruturação produtiva dos países atrelada ao grau de desenvolvimento de seu sistema educacional.
      • Avanço tecnológico : alteração nas relações e formas de gestão do trabalho.
  • 8. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Do taylorismo-fordismo para o toyotismo :
        • flexibilidade nas linhas de produção
        • integração das atividades
        • menos burocracia
        • menor tempo de fabricação e comercialização
        • produção enxuta ( just in time ).
      • Demandas ao trabalhador : generalista, criativo, apto a selecionar e processar informações, com iniciativa...
  • 9. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Valorização da educação : (pelo capital) elemento fundamental nas políticas de desenvolvimento dos países.
      • Contradições dos avanços tecnológicos.
      • Escola dual :
        • para os pobres: formação profissional
        • para os ricos: educação humanista (formação plena)
  • 10. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Décadas de 1980 e 1990 : novos perfis de qualificação (trabalhador polivalente, generalista, intelectualização da produção).
      • Na educação :
        • caráter mais abrangente,
        • demanda pela especialização flexível, com base na educação geral.
  • 11. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Questão ainda mais perversa: não é só o trabalho alienado a fonte de desumanização do homem, e sim a ausência total dele.
      • No Brasil :
        • em menor contingente, os setores demandantes de mão-de-obra qualificada; em maior contingente, os setores empregadores de mão-de-obra não qualificada
        • crescimento do setor terciário (tendência mundial)
        • aumento da concentração de renda
        • ganho de produtividade decorrente da automação
  • 12. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Questão crucial: conciliar modernização da economia e resgate da dignidade humana.
      • Mundialização da economia :
        • globalização como concentrador de renda e de capital
        • privatização no âmbito social
        • educação como mercadoria
      • Mudanças no mundo do trabalho desafiam a educação : finalidades, políticas, estruturas.
  • 13. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Educação emancipadora : crítica às formas aviltantes de produção e consumo, formar cidadãos livres e conscientes.
      • Projeto político-pedagógico : processo coletivo que se ergue, dialeticamente, em meio aos projetos individuais.
      • Escola e saber docente deslegitimados .
  • 14. Mudanças no trabalho e implicações para a educação
      • Políticas públicas : discursos com excesso de retórica; dificuldade em construir uma educação mais justa e democrática.
      • Escola : responsável pela produção e distribuição de conhecimento.
      • Saber formal :
        • instrumentalização técnica, no mundo do trabalho
        • construção de sentidos, significados e ideologias comprometidos com a formação plena do cidadão
  • 15. Questões para discussão
    • De que forma o trabalho se insere como categoria na Filosofia?
    • Quais as implicações das mudanças no mundo do trabalho para a educação?
    • De que modo a EaD se insere, nos atuais contextos educacional e trabalhista?