• Save
Organização do currículo por projetos de trabalho
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Organização do currículo por projetos de trabalho

on

  • 44,088 views

 

Statistics

Views

Total Views
44,088
Views on SlideShare
42,389
Embed Views
1,699

Actions

Likes
20
Downloads
0
Comments
3

4 Embeds 1,699

http://ead.feso.br 1506
http://www.slideshare.net 183
http://cursopedagogiaunieuro.blogspot.com 7
http://proinfointegrado-jipa.blogspot.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Organização do currículo por projetos de trabalho Organização do currículo por projetos de trabalho Presentation Transcript

  • Os projetos de trabalho: uma forma de organizar os conhecimentos curriculares In: HERNÁNDEZ, F. & VENTURA, M. A organização do currículo por projetos de trabalho: o conhecimento é um caleidoscópio. Trad. J. H. Rodrigues. Porto Alegre: Artmed, 1998. p. 61-84.
  • Métodos globalizados
      • Centrado no aluno e em suas necessidades educacionais.
      • Aluno como protagonista do ensino.
      • Tipos principais (desde a Escola Nova):
        • Centros de interesses (Decroly)
        • Projetos (Kilpatrick)
        • Estudo do meio (Movimento de Cooperazione Educativa)
        • Projetos de trabalho
  • Organização do currículo por projetos
      • Por que projetos?
      • Porque eles “...geram um alto grau de autoconsciência e de significatividade nos alunos, com respeito à sua própria aprendizagem” (1998, p. 72).
  • Organização do currículo por projetos
      • Objetivos do projeto:
      • Inferir da informação apresentada novos sentidos , significados e referências.
      • Promover uma aprendizagem ancorada na explicação relacional , para além da descrição da informação.
  • Organização do currículo por projetos
      • Projeto e docente:
      • Fio condutor : relação entre o projeto de trabalho e o projeto curricular institucional.
      • Materiais : previsão dos conteúdos e atividades, a partir da questão: o que pretendo que os membros do grupo aprendam com o projeto?
      • Tema : selecionar e atualizar informações atinentes ao tema do projeto.
      • Criar um clima de envolvimento e interesse.
      • Avaliação
      • Recapitulação do processo: ponto de partida para o novo projeto.
  • Organização do currículo por projetos
      • Projeto e aprendiz:
      • Desenvolvimento do tema : roteiro inicial da classe, a partir da evidência dos diferentes aspectos presentes nos índices.
      • Busca de informação.
      • Tratamento da informação.
      • Desenvolvimento dos capítulos assinalados no índice .
      • Elaboração de um dossiê de síntese.
      • Avaliação : interna (o que se aprendeu?) e externa (relações, comparações, abertura a novas possibilidades).
      • Novas perspectivas : elaboração do projeto seguinte.
  • Organização do currículo por projetos
      • Buscar:
      • uma abordagem multidisciplinar ,
      • situações relacionais ,
      • fazer alusões a episódios vividos ,
      • a intervenção de distintos alunos ,
      • não centralizar a indicação de material,
      • a comunicação das informações (para além da sua acumulação).
  • Organização curricular por projetos de trabalho, no campo da EaD
      • Relevância do trabalho com temas que contemplem não só a dimensão local (história do bairro, da escola, da empresa etc.), mas também a dimensão global (mediante intercâmbios, que evidenciam diferenças e/ou semelhanças culturais, lingüísticas, geográficas, econômicas etc.).
      • Contemplar a relação entre local e global , no processo ensino-aprendizagem, é fundamental ao pleno exercício da cidadania .
      • O contexto local situa o aprendiz como sujeito sócio-histórico , no contexto mundial.
  • Questões para discussão
    • Em que medida a organização curricular por projetos de trabalho pode acrescentar à formação do aprendiz, no campo da EaD?
    • Em que medida a organização curricular por projetos de trabalho pode se inserir a contento no campo da EaD? Quais são seus limites e possibilidades?
  • O índice como estratégia de aprendizagem:
      • Em um contínuo , em espiral , retornando a cada aluno (aprendizagem significativa ).
      • Primeiro índice – situação inicial e individual .
      • Segundo índice – a partir do compartilhamento dos índices individuais; ponto de partida para o trabalho coletivo (grupo).
      • Terceiro índice – recapitulação do trabalho realizado, com vistas a novas propostas.
  • Dossiê de síntese
      • Primeiro componente da avaliação formativa : a partir do índice final, organizar uma ordenação das atividades realizadas no projeto.
      • Na recapitulação : projeto enquanto síntese e reflexo do conteúdo tratado.
      • Projetos sob a ótica de globalização relacional : a partir do projeto anterior / tomada de decisões sobre o novo tema / finaliza (recomeça) com o dossiê de cada aluno sobre o sentido e o significado do projeto para si (Que informações coletou? Que procedimentos foram trabalhados?)
  • Tipologia dos conteúdos
      • Conceituais – priorizam as capacidades cognoscitivas : relações de funcionalidade, atributivas de generalização e inclusão, causais etc.
      • Factuais – conhecimento de fatos, acontecimentos, situações, dados e fenômenos concretos e singulares.
  • Tipologia dos conteúdos
      • Procedimentais – inclui regras, técnicas, métodos , destrezas e habilidades, estratégias e procedimentos dirigidos para a realização de um objetivo, tais como: classificação, representação, síntese e visualização etc.
      • Atitudinais – agrupam valores , atitudes e normas: tomada de consciência, utilização de diferentes fontes de informação para formulação de hipóteses etc.
  • Organização do currículo por projetos
      • Avaliação inicial – saberes, hipóteses e referências de aprendizagem dos alunos.
      • Avaliação formativa – o que estão aprendendo e como estão acompanhando o sentido do projeto?
      • Avaliação final – o que aprenderam com o projeto? São capazes de estabelecer novas relações?