0
MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE DESENV. DO ESPORTE E DO LAZER UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS -UFMG PROG...
AGENTES SOCIAIS DO LAZER <ul><li>O QUE  SÃO AGENTES SOCIAIS? </li></ul><ul><li>-  São agentes de transformação de sua real...
 
PAPEL DO AGENTE SOCIAL <ul><li>Incentivar as ações comunitárias através da mobilização, organização e educação popular (FR...
AGENTE SOCIAL <ul><li>COMO AGEM </li></ul><ul><li>O trabalho nos núcleos é desenvolvido pelos Agentes Comunitários de Espo...
<ul><li>Nossa ação é uma intervenção política no plano cultural. Uma ação concreta e organizada com o intuito de estender ...
 
O AGENTE SOCIAL DO PELC <ul><li>Trato intergeracional </li></ul><ul><li>Trabalho coletivo </li></ul><ul><li>Planejamento p...
O AGENTE <ul><li>Perfil  -> diferenciado e diversificado. </li></ul><ul><li>Dimensões: </li></ul><ul><li>- Funcional: orga...
VARIÁVEIS QUALITATIVAS <ul><li>Amplitude e diversificação da formação; </li></ul><ul><li>Resgate e preservação da cultura ...
ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO <ul><li>Necessidade de construção de soluções coletivas; </li></ul><ul><li>Fortalecimen...
LIMITES <ul><li>Valores individuais em relação aos valores coletivos da comunidade; </li></ul><ul><li>Relação dos agentes ...
 
FORMAÇÃO CONTINUADA:  LIMITES A SEREM SUPERADOS <ul><li>Fortalecer cultura do registro permanente da ações, obstáculos e s...
 
AGENTE SOCIAL: EDUCADOR <ul><li>A posição do educador não pode ser de neutralidade: assumir compromisso com o processo de ...
 
[email_address] OBRIGADA!
FORMAÇÃO LOCAL DE AGENTES COMUNITÁRIO <ul><li>Módulo Introdutório  - tem como tarefa principal a apresentação do Programa,...
Formação Local de Agentes Comunitários Atividades sistemáticas <ul><ul><li>Módulo introdutório </li></ul></ul>Atividades A...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

O papel dos Agentes Sociais

13,700

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
13,700
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
34
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "O papel dos Agentes Sociais"

  1. 1. MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE DESENV. DO ESPORTE E DO LAZER UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS -UFMG PROGRAMA ESPORTE E LAZER DA CIDADE FORMADORES: MARIE LUCE TAVARES E ANDRÉ CAPI MÓDULO INTRODUTÓRIO Sabará 2011
  2. 2. AGENTES SOCIAIS DO LAZER <ul><li>O QUE SÃO AGENTES SOCIAIS? </li></ul><ul><li>- São agentes de transformação de sua realidade. </li></ul><ul><li>- São protagonistas de mudanças. </li></ul><ul><li>- Socializam saberes na sua comunidade. </li></ul>
  3. 4. PAPEL DO AGENTE SOCIAL <ul><li>Incentivar as ações comunitárias através da mobilização, organização e educação popular (FREIRE, 1989). </li></ul>
  4. 5. AGENTE SOCIAL <ul><li>COMO AGEM </li></ul><ul><li>O trabalho nos núcleos é desenvolvido pelos Agentes Comunitários de Esporte e Lazer. São eles que fazem a articulação e dão a dinâmica para as atividades culturais. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Nossa ação é uma intervenção política no plano cultural. Uma ação concreta e organizada com o intuito de estender a todos o acesso aos bens culturais, de qualificar a vivência cultural dos envolvidos, de promover a autonomia e de colaborar para a superação das injustiças sociais. </li></ul>
  6. 8. O AGENTE SOCIAL DO PELC <ul><li>Trato intergeracional </li></ul><ul><li>Trabalho coletivo </li></ul><ul><li>Planejamento participativo </li></ul><ul><li>Resgate e fortalecimento da cultura popular </li></ul><ul><li>Gestão participativa </li></ul><ul><li> Direito ao esporte e lazer </li></ul>
  7. 9. O AGENTE <ul><li>Perfil -> diferenciado e diversificado. </li></ul><ul><li>Dimensões: </li></ul><ul><li>- Funcional: organização e planejamento. </li></ul><ul><li>- Real: diálogo com a realidade local. </li></ul>
  8. 10. VARIÁVEIS QUALITATIVAS <ul><li>Amplitude e diversificação da formação; </li></ul><ul><li>Resgate e preservação da cultura local; </li></ul><ul><li>Permanente diálogo e vivência do tradicional com o moderno; </li></ul><ul><li>Fortalecimento da participação popular no funcionamento dos núcleos; </li></ul><ul><li>Capacidade de atendimento no campo e na cidade (rural e urbano). </li></ul>
  9. 11. ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO <ul><li>Necessidade de construção de soluções coletivas; </li></ul><ul><li>Fortalecimento da identidade local; </li></ul><ul><li>Resgate da cidadania e da consciência crítica e coletiva; </li></ul><ul><li>(re)construção dos espaços de esporte e lazer; </li></ul><ul><li>(re)construção da relação com a vida pública e política da rua, da comunidade, do bairro e da cidade. </li></ul>
  10. 12. LIMITES <ul><li>Valores individuais em relação aos valores coletivos da comunidade; </li></ul><ul><li>Relação dos agentes comunitários com o senso comum sobre conteúdos e referencial metodológico no trato com oficinas de esporte e lazer; </li></ul><ul><li>Perfil de “escolinhas esportivas”; </li></ul><ul><li>Perfil de promoção de eventos esportivos competitivos. </li></ul>
  11. 14. FORMAÇÃO CONTINUADA: LIMITES A SEREM SUPERADOS <ul><li>Fortalecer cultura do registro permanente da ações, obstáculos e superações; </li></ul><ul><li>Formação ir além do PELC (geração de renda, formação pessoal e qualificação profissional); </li></ul><ul><li>Garantir o diálogo concreto com a realidade local; </li></ul><ul><li>Diálogo entre o projeto social do PELC e rede CEDES. </li></ul>
  12. 16. AGENTE SOCIAL: EDUCADOR <ul><li>A posição do educador não pode ser de neutralidade: assumir compromisso com o processo de transformação estrutural da sociedade , atuando no sentido de inverter ou reverter situações,colocando sua prática a serviço deste projeto social. </li></ul><ul><li>A socialização do indivíduo se dá através da internalização de valores e de normas de conduta da sociedade a qual pertence. </li></ul>
  13. 18. [email_address] OBRIGADA!
  14. 19. FORMAÇÃO LOCAL DE AGENTES COMUNITÁRIO <ul><li>Módulo Introdutório - tem como tarefa principal a apresentação do Programa, seus conceitos, seus princípios didático-metodológicos e o planejamento das ações a serem desenvolvidas nos núcleos previstos; </li></ul><ul><li>Módulo de Aprofundamento - são os momentos em que os agentes constroem seus tempos de formação no cotidiano do funcionamento dos núcleos (reuniões, planejamento, palestras etc.); </li></ul><ul><li>Módulo de Avaliação - momento de catarse dos trabalhos, com a construção de uma avaliação de todo o processo de formação e a relação deste com o funcionamento dos núcleos. </li></ul>
  15. 20. Formação Local de Agentes Comunitários Atividades sistemáticas <ul><ul><li>Módulo introdutório </li></ul></ul>Atividades Assistemáticas Módulo de Avaliação Módulo de Aprofundamento
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×