Determinismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Determinismo

on

  • 953 views

 

Statistics

Views

Total Views
953
Views on SlideShare
953
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
6
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Determinismo Document Transcript

  • 1. Determinismo x Livre-arbítrio:Determinismo é a doutrina que afirma serem todos os acontecimentos, inclusivevontades e escolhas humanas, causados por acontecimentos anteriores, ou seja, o homem éfruto direto do meio. Segue-se que o ser humano seria destituído de liberdade de decidir ede influir nos fenômenos em que toma parte. Assim o indivíduo faz exatamente aquilo quetinha de fazer e não poderia fazer outra coisa; a determinação de seus atos pertence à forçade certas causas, externas e internas. É a principal base do conhecimento científico danatureza, porque afirma a existência de relações fixas e necessárias entre os seres efenômenos naturais: o que acontece não poderia deixar de acontecer porque está ligado acausas anteriores. A nível mental, os pensamentos tem uma causa, assim como nossasações, deles decorrentes; pensamentos e atos estão relacionados aos impulsos, traços decaráter e experiências que caracterizam a personalidade.A doutrina oposta é a do livre-arbítrio, que declara a vontade humana livre paratomar decisões e determinar suas ações. Diante de várias opções oferecidas por umasituação real, o homem poderia escolher uma racionalmente e agir livremente de acordocom a escolha feita (ou não agir se o quisesse). Exige, portanto, capacidade de discernir aliberdade interior.O determinismo constitui um princípio da ciência experimental que se fundamentaatravés da possibilidade da busca das relações constantes entre os fenômenos, o queacontece é que as variáveis envolvidas no ato tendem ao infinito, causando assim, a ilusãode livre-arbítrio ou escolha.Determinantes inatos x ambientais:Determinantes inatos são aqueles que tem causas biológicas, particularmentegenéticas; são os traços constitucionais que transcendem o controle humano. Outros sãoresultados da aprendizagem e da experiência empírica e social; traços moldados também,pelo meio ambiente.Fatores conscientes x inconscientes:Os fatores conscientes referem-se às experiência que a pessoa percebe, incluindolembranças e ações intencionais. A consciência funciona de modo realista, de acordo comas regras do tempo e do espaço. Percebemos a consciência e a aceitamos como nossa;identificamo-nos com ela. Diferindo temos os fatores inconsciente que refere-se aprocessos mentais de que a pessoa não está cônscia. Esses materiais permanecem noinconsciente porque, torná-los conscientes produziria demasiada angústia. Entre osconteúdos do inconsciente estão as lembranças traumáticas, esquecidas e desejos não-satisfeitos, o esquecimento protege a vítima contra a angústia que acompanharia arecordação das experiências traumáticas, o inconsciente torna-se, com efeito, o depósito delixo daquilo que a consciência joga fora, é emocionalmente perturbador e menos civilizadodo que a consciência.
  • 2. PONTOS CONTROVERSOS:Determinismo X Livre-arbítrioDeterminantes Inatos X Determinantes AmbientaisConsciência X InconsciênciaLuciano Ribeiro de SouzaCurso : PsicologiaDisciplina : Psicologia da PersonalidadeOrientadora : Caudete Bonatto