Menu

1,389
-1

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,389
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Menu

  1. 1. MENU DO CONTADOR DE HISTÓRIAS MUITAS SÃO AS MANEIRAS PELAS QUAIS O PROFESSOR PODE APRESENTAR HISTÓRIAS. A VARIEDADE NA FORMA DE APRESENTAÇÃO TORNA A ATIVIDADE AINDA MAIS RICA E INTERESSANTE. VEJAMOS ALGUMAS DELAS.  LEITURA: o professor pode ler a história diretamente do livro ou de fichas.  NARRAÇÃO DA HISTÓRIA: aqui o professor conta a história livremente, fazendo os acréscimos ou as omissões que perceber necessárias no momento.  FLANELÓGRAFO: ao narrar a história o professor vai fixando no flanelógrafo as gravuras dos personagens à medida que aparecem na trama, formando um cenário completo ou uma seqüência de gravuras.  ILUSTRAÇÕES: apresentam-se ilustrações correspondentes ao que está sendo contado. A criança “vê”a história além de ouvi-la.  HISTORIETAS RITMADAS: o professor apresenta a história em rimas, acompanhando com gestos.  QUADRO DE PREGAS: à medida que conta a história, o professor vai colocando as gravuras uma a uma no quadro de pregas.  ÁLBUM SERIADO : o professor desenha as gravuras da história e, se for o caso, o próprio texto em folhas de papel encorpado e prende-as no suporte pela ordem de apresentação.  CINEMINHA: copiam-se as ilustrações em um rolo de papel manteiga, observando na confecção de seus respectivos quadros, o tamanho da boca vazada do cineminha que pode ser feito de madeira ou em uma caixa de papelão. Cada quadro da história fica exposto enquanto o professor narra o texto a ele correspondente. O “filme” é enrolado e desenrolado por dois eixos laterais ou nas extremidades superior e inferior da caixa. O cineminha tem um efeito interessante quando se coloca um foco de luz por trás do “filme”.
  2. 2.  HISTORIA COM INTERFERENCIA: é o tipo de história em que a criança repete sons, ruídos, palavras ou expressões, acompanhadas ou não de gestos, conforme o desenvolvimento do texto. Ex: o professor conta que Chapeuzinho Vermelho canta, enquanto anda pela floresta: “Pela estrada a fora eu vou bem sozinha levar esses doces para a vovozinha...” Estimula as crianças a cantarem dizendo: então Chapeuzinho Vermelho ia caminhando pela floresta, levando a cestinha de doces. Vamos caminhar como ela? Ou estabelece que sempre que a Chapeuzinho estiver caminhando na floresta elas deverão cantar.  PROJEÇÃO DE SLIDES: o professor vai apresentando slides contendo as ilustrações do texto.  PROJEÇÃO DE TRANSPARÊNCIAS: o professor narra a história, projetando transparências com ilustrações do texto.  LIVRO DE ARGOLAS: apresentar o texto e/ ou ilustrações da historia no livro feito em tamanho grande, preso por argolas na parte lateral ou superior.  HISTÓRIAS GRAVADAS: existem boas histórias gravadas em Cd, Dvd, vídeos da internet que podem ser utilizadas, desde que adequadas ao grupo.  HISTÓRIAS MUSICAIS: podemos utilizar histórias encontradas em livros de música ou acompanhar uma história qualquer tocando instrumentos musicais.  TELEVISÃO: prepara-se uma TV com uma caixa grande, com um buraco recortado na parte da frente e aberta atrás. O professor manipula objetos, bonecos, figuras de papel colado em varetas, enquanto lê ou conta a história.  QUADRO MAGNÉTICO: fixam-se objetos ou gravuras com ímãs colados no verso ao longo da história.  QUADRO DE HISTÓRIA: o professor prepara ilustrações da história, colando-as em seqüência na lousa e aponta as gravuras ao longo da narração.  DESENHOS E PINTURAS DAS CRIANÇAS: o professor cria histórias sobre os trabalhos feitos pelas crianças.  ROLOS: o professor prepara rolos, sobre o qual a seqüência de desenhos é pintada. “Ao longo da narrativa, o professor vai desenrolando para
  3. 3. mostrar um desenho de cada vez”.” O rolo deve ir para o cantinho da leitura.”  TEATRO DE FANTOCHES: conta-se a história manipulando os fantoches e utilizando vozes adequadas aos personagens. Podem ser usados diversos tipos de fantoches: de massa, de papel, de dedo, de vara, colher de pau, pratinhos de festa, balão com farinha, luvas (dedoches), personagens na cabeça (bonés), com espuma, no óculos, no feltro, etc.  BRINCADEIRA COM OS DEDOS: o professor conta ou canta para a turma uma história rimada, repetindo-a diversas vezes. Em seguida, propõe ao grupo representar a história com os dedos. “““ Por exemplo:” Os três porquinhos saltitavam pela floresta” – como é que podemos representar isto? – “Um deles se afastou para colher frutas” etc.  TEATRO DE SOMBRAS: ao longo da apresentação, o professor expõe silhuetas dos personagens, cortadas em papel preto, contra um foco de luz dirigido para a parede, formando sombras. Podem ser usadas, também, as próprias mãos para criar as imagens.  HISTÓRIA EM QUADRINHOS: o professor seleciona histórias em quadrinhos, com o mesmo cuidado usado na seleção das outras histórias. Podem ser usadas também histórias do próprio professor ou dos alunos.  HISTÓRIAS MUDAS: o professor apresenta as imagens da história para as crianças criarem o texto. A apresentação pode ser feita por meio de livros específicos como A Bruxinha de Eva Furnari, por meio de coleção de gravuras ou desenhos, apresentados em diversos recursos, inclusive retroprojetor.  LIVRO SANFONA: prepara-se quadros da história em fichas de tamanhos iguais. As folhas são todas emendadas.  DIORAMAS: os dioramas possibilitam a visão dos objetos em três dimensões. As figuras são coladas em uma caixa aberta e os objetos são apresentados à medida que aparecem na narrativa. Você pode preparar um diorama assim: -prepare uma caixa grande aberta com se fosse um pequeno palco; -faça um fundo para o cenário de acordo com a história, - selecione objetos adequados à história, por exemplo, bonecos, bichinhos e mobília de brinquedo;
  4. 4. -prepare o cenário na caixa e, durante a narração vá acrescentando personagens e objetos na ordem em que aparecem.  AVENTAL COM FANTOCHES: o professor vai anexando os personagens no avental conforme a narração da historia.  TEATRO: na apresentação das historias pode-se utilizar teatros feitos de papelão, madeira, isopor, lençol, mesas e tantos outros de acordo com sua imaginação e criatividade.

×