8 c maioledição
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

8 c maioledição

on

  • 290 views

 

Statistics

Views

Total Views
290
Views on SlideShare
290
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

8 c maioledição 8 c maioledição Document Transcript

  • Chico-Zé Boletim informativo 8.º C 4.ª edição - maio de 2011loja SoCial de mB Próxima Edição O nosso grupo de trabalho pretende dar a conhecer aos Encarregados de Edu- cação a “Loja Social” que a autarquia de Mondim de Basto criou e quais os seus S noSSoS o objectivos. Para isso pões mãos à obra, ou melhor, mãos à pesquisa e conseguiu recolher profeSSoreS (dediCatóriaS) a seguinte informação relativa a este serviço. O Município de Mondim de Basto dispõe, desde Dezembro de 2010, de um novo projecto de intervenção e apoio social, que visa promover melhores condi-ções de vida às pessoas em situação de maior vulnerabilidade económica e social que é a “Loja Social”. Esta está sediada no lugar do Barrio, nas antigas instalações da Escola do 1º Ciclo. Esta é um recurso complementar às intervenções de carác-ter social, dirigidas a agregados carenciados do concelho e tem como objectivo principal, suprir necessidades imediatas desses agregados, mediante recolha de diferentes géneros, nomeadamente, alimentos, vestuário, mobiliário e electrodo-mésticos, doados por particulares ou empresas. Os serviços de Acção Social tem sido responsáveis por diferentes campanhas de recolha de géneros alimentícios, agasalhos e outro vestuário, que permitiram apetrechar a Loja Social com produtos suficientes para distribuir por 53 agregados a noSSa turmafamiliares de todo o concelho, que se encontram já sinalizados. Esta iniciativa é de louvar, muito mais agora que nos deparamos com uma crise económica grande e é bastante positivo ver que todos se mobilizam no sentido de ajudar as pessoas mais necessitadas. Parabéns à Camâra Municipal e a todos aqueles que trabalham em prol dos que mais precisam. “em aCção” e “paSSatempoS” Duas rubricas que teremos em todas as edições Ana Cristina, Ana Isabel, Bruno Pimenta, António Manuel, Carlos Oliveira e Diogo Brito
  • aSaS de BaSto Passatempos À descoberta As “Asas de Basto” é um clube de parapente existente na nossa vila que procura dinamizar o desporto e o contacto com a natureza. Ese clube está sediado no sopé do Monte farinha. Pela configuração da Sr.ª da Graça, no topo pode-se descolar em qualquer direcção sem problemas graças à grande ascendência e decli- ve. A aterragem principal é grande orientada a Norte, não oferecendo dificuldades mesmo a pilotos menos experientes. É um sítio de conhecimento obrigatório para quem é apaixonado por esta modalidade. A formação através do clube de Parapente de Basto, passa pela es- cola “Academia do Ar”, resultado de uma parceria entre estas duas enti- dades. Para pensar Este clube tem vindo a dinamizar formação, algumas actividades e torneios ajudando assim a divulgar a nossa terra e a oferecer aos apaixo- nados pelos desportos aéreos condições favoráveis à prática desta mo- dalidade. Ana Margarida, Cristina Alves,Eduardo Gonçalves, José Ferreira e Lucas Ribeiro Em Acção Todos caem mas só os fracos continuam no chão... No passado dia 4 de Maio foi organizada uma visita de estudo, no âmbito das disciplinas de Ciências Naturais, História e Geografia, para conhecermos a Adivinhas“Vista Alegre”. Fomos visitar a fábrica, a loja e a capela deste espaço. Esta re-trata a arte barroca do séc: XVI e XVII. Na fábrica podemos ver todo o processo 1. Qual é a palavra de 4 sìlabas e 26 letras?pelo qual passam as peças e ficamos impressionados com o cuidado e pormenor R: _____________________________que os funcionários têm com cada uma delas. Na loja constatamos o produto final de alguns trabalhos. São peças muito bonitas, mas também bastante caras. 2. O que é que o ponteiro grande do relógio Depois de um almoço partilhado demos um passeio pela Ria de Aveiro e diz para o pequeno?comprámos alguns ovos moles como não poderia deixar de ser, nesta cidade. R: _____________________________ Foi uma visita bastante interessante, e quer a nossa turma quer o 8º D, ficou a conhecer um pouco mais daquilo que “made in Portugal” é feito e é feito com 3. Em que lugar a mosca é maior que o boi?distinção! R: _____________________________ 4. O que é que toda a gente põe em cima do armário? R: ____________________________ (Na próxima edicção serão publicadas as respostas) Inês Lima, Rafaela Carvalho, Leandro Oliveira, Rita Susana e Tânia Dinis. Maria de Fátima, Marta Costa, Márcio Rodrigues, Luís Machado e Rita Carvalho