Mídia IELUSC - Terminologia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Mídia IELUSC - Terminologia

on

  • 920 views

Apresentação aula de mídia do curso de publicidade e propaganda do IELUSC com o tema: Terminologia de Mídia

Apresentação aula de mídia do curso de publicidade e propaganda do IELUSC com o tema: Terminologia de Mídia

Statistics

Views

Total Views
920
Views on SlideShare
920
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
18
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Mídia IELUSC - Terminologia Mídia IELUSC - Terminologia Presentation Transcript

    • Terminologia e Conceitos Básicos Prof. Lucas Pelaez lucaspelaez@gmail.com Aula: 02
    • Abrangência Geográfica• Mais conhecida como Cobertura Geográfica ou Cobertura de Sinal;• É o alcance de uma mídia sobre a população.• É o distância máxima (área geográfica) que um sinal de rádio, televisão ou distribuição um veículo sobre determinada região;
    • Abrangência Geográfica
    • Penetração• Esse índice representa a quantidade de pessoas que habitualmente, independentemente da frequência, consome um determinado meio;• A penetração pode ser expressa em porcentagem sobre o total da população ou em números absolutos.
    • Penetração
    • Periodicidade• Nos meios eletrônicos se refere aos dias que um programa de televisão ou rádio é veiculado;• Nos meios impressos se refere ao intervalo de tempo que uma publicação é editada/distribuída.• Exemplo: Jornal Nacional (Rede Globo) possui a periodicidade de 2ª feira a Sábado. A Revista Veja possui periodicidade semanal.
    • Tiragem• Quantidade de exemplares de um jornal ou revista que são impressos;• Informação de gráfica.
    • Circulação• Quantidade de exemplares de um jornal ou revista entregues aos assinantes ou vendidos em bancas;• Informação de mídia.
    • Encalhe• Quantidade de exemplares de um jornal ou revista que não são comercializados ou distribuídos aos assinantes;• Diferença entre Tiragem e Circulação;• Informação auditada pelo IVC – Instituto Verificador de Circulação (www.ivc.org.br)
    • Tiragem x Circulação
    • CPM (Custo Por Mil)• Valor investido pelo cliente para atingir grupos de 1.000 pessoas;• No cálculo do CPM multiplica-se o valor do anúncio por 1.000 e divide pelo total de seus telespectadores/leitores.• Fórmula: Preço ou Verba x 1000 Total de pessoas ou impactos
    • CPM (Custo Por Mil)Exemplo: PROGRAMA A PROGRAMA B Valor de veiculação: R$ 1.000,00 Valor de veiculação: R$ 2.000,00 Telesp. atingidos: 100 mil pessoas Telesp. atingidos: 400 mil pessoas Custo por mil: R$ 10,00 Custo por mil: R$ 5,00
    • CPM (Custo Por Mil) da CampanhaExemplo: PROGRAMA A PROGRAMA B Valor de veiculação: R$ 1.000,00 Valor de veiculação: R$ 2.000,00 Telesp. atingidos: 100 mil pessoas Telesp. atingidos: 400 mil pessoas Custo por mil: R$ 10,00 Custo por mil: R$ 5,00 Custo por mil da campanha : R$ 6,00
    • Perfil e Qualificação• É a descrição do seu público, segundo dados demográficos, socioeconômicos e culturais. – IBGE (sexo, idade, grau de instrução, onde mora) – PESQUISAS (distribuição das classes econômicas) – PESQUISAS ESPECIAIS (consumo de produtos, intenções de compra, perfil de assinantes)
    • Perfil do Público• São as informações do público que consome determinado veículo;• Quanto mais completo o perfil mais fácil de escolher o veículo de acordo com o objetivo da campanha;
    • Adequação / Afinidade• Sinergia entre o público do veículo e o público-alvo, ou seja, quando os aspectos editoriais e de conteúdo de um veículo são de amplo interesse do público-alvo da campanha;• Alguns critério avaliados: audiência, CPM, periodicidade, perfil do público e sobretudo uma análise subjetiva.
    • Adequação / Afinidade• Comparativo revistas femininas. Revista A Revista B
    • Adequação / Afinidade• Comparativo revistas femininas.• Revista A: aborta temas de serviços, tendências, família, moda, carreira, qualidade de vida. Para mulher que desempenha múltiplos papéis.• Revista B: aborda temas de moda, saúde, qualidade de vida, carreira, relacionamento. Para mulher independente.
    • Adequação / Afinidade• Comparativo revistas femininas.• Revista A: aborta temas de serviços, tendências, família, moda, carreira, qualidade de vida. Para mulher que desempenha múltiplos papéis.• Revista B: aborda temas de moda, saúde, qualidade de vida, carreira, relacionamento. Para mulher independente.
    • Adequação / Afinidade• Formula: Percentual do perfil do público do veículo x 100 ________________________________________________________ Afinidade = Percentual do perfil da população
    • Audiência• É a quantidade de pessoas que leem uma revistas, assistem um determinado programa de televisão ou rádio;• Formas de medição da audiência: – Método Flagrante – Recall – Cadernos – People Meters – Portable People Meters
    • Audiência
    • Audiência Domiciliar• Quantidade de domicílios de determinada praça sintonizados num programa, em relação ao total de domicílios com TV dessa praça (universo).• Expressa em %. Nº de domicílios sintonizados x 100 Audiência domiciliar _______________________________________________ do programa (em %) = Total de domicílios com TV (universo)
    • Audiência Individual• Quantidade de pessoas de determinada praça sintonizadas num programa, em relação ao total de pessoas dessa praça (universo).• Expressa em %. Nº de pessoas sintonizadas x 100 Audiência individual _______________________________________________ do programa (em %) = Total de pessoas (universo)
    • Share• Participação dos telespectadores que estão visualizando um programa em relação a audiência (total das tevês ligadas).
    • Share
    • Audiência x Share• Audiência: total pessoas (ou percentual) com televisores ligados• Share: percentual das pessoas que estão visualizando um determinado programa em relação ao total das pessoas que estão com a televisão ligada.
    • Tempo Comercial• É o conceito utilizado pela mídia eletrônica para determinar o tempo expresso em segundos destinado à inserção de anúncios dentro do total da programação.• Esse tempo geralmente gira em torno de 25%.
    • GRP• Nos EUA desde 40. No Brasil desde 1969 (Ibope);• Pontos Brutos de Audiência (Gross Rating Pointing);• É a soma das audiências;• Saber o “esforço de veiculação” das programações de TV;• O total de GRP de uma programação é calculado multiplicando- se o número de inserções de determinado programa pelo seu índice de audiência.
    • GRP Programa Inserções Audiência (%) Cálculo GRP Novela III 3 50 3 x 50 150 Jornal Nacional 2 49 2 x 49 98 TOTAL 5 - 150 + 98 248 ATENÇÃO: Dois programas podem ter a mesma quantidade GRP mais exigir investimentos diferentes.
    • Impactos• A quantidade de vezes que um determinado comercial é visualizado por um telespectador;• É o GRP expresso em números absolutos;
    • Cobertura de Público (Alcance)• É o total de pessoas atingidas pelo menos uma vez pela programação de 1 ou mais veículos.• Nº fornecido por pesquisas (IBOPE).
    • Frequência• É o número de vezes que uma pessoa é atingida por uma programação dentro de um determinado período de tempo.
    • Termos da Mídia online• Pageviews x Hits• Visitas x Visitantes Únicos (Unique Visitors)• Taxa de Rejeição (Bounce Rate)• Tempo de Permanência• Click Trought Rate – CTR• Principais Formas de Comercialização
    • Pageviews x Hits• Pageviews: – Número de vezes que uma página é visualizada no site; – Uma forma de expressar a audiência de um portal;• Hits: – É a resposta do servidor durante o acesso de uma página; – Cada arquivo enviado é contabilizado um hit; – Apresenta números astronômicos e de pouca relevância;• Alguns portais informam apenas o número de hits.
    • Visitas x Visitantes Únicos (Unique Visitors)• Visitas: – Quantidade de acessos em um determinado site ou portal; – Todo acesso é contabilizado, mesmo sendo de apenas um internauta;• Visitantes Únicos – Contabiliza apenas 1 acesso para cada IP (em determinado espaço de tempo); – Dado mais confiável para saber a audiência de um site;
    • Taxa de Rejeição (Bounce Rate)• Percentual de rejeição ou desistência ao tentar acessar uma página;• Número definido entre a relação das visitas e saídas do site em realizar nenhum clique em um curto espaço de tempo;• Informação importante para verificar os anúncios da página principal (página home).
    • Tempo de Permanência• Dado importante para avaliar quanto tempo um internauta fica com em contato com um site ou uma página;• Normalmente a página home de um portal possui menor tempo que as páginas internas;
    • Click Trought Rate – CTR• Relação entre a quantidade de exibições que um banner obtém e a quantidade de o mesmo é clicado;• Embora dependa muito da criatividade da peça, determinadas posições que um banner é exibido possui uma taxa de cliques semelhante.
    • Principais Formas de Comercialização• Patrocínio – custo da exibição do banner em um determinado número de tempo. Baixo controle da entrega.• CPM – custo para cada 1000 visualizações de um banner. É a forma mais comum de comercialização.• CPC – custo por clique no banner;• CPA – custo por aquisição. Cobrado em ações especiais, ex: novo registro em um mailing, venda de um produto.• ROS (Run-of-Site) - veiculação indeterminada no site. São veiculados aleatoriamente sem áreas predefinidas de inserção.
    • Autorização de Veiculação• Contém as seguintes informações: – Formato, quantidade, período, posição do anúncio; – Título do anúncio; – Dados do cliente, da agência e do veículo; – Dados de pagamento e faturamento;• Também conhecido como PI (Pedido de Inserção) , AP (Apropriação de verba), PV (Pedido de Veiculação);
    • Comissão de Mídia• Também chamado de BV – Bonificação de Veiculação;• Remuneração da agência , estabelecido em 20%, sobre o valor bruto da veiculação conforme lei nº 4.680, de 18 de junho de 1965;• Mudança na forma de faturamento, as regras e obrigações continuam as mesmas. Lei 12.232, de 29 de abril de 2010
    • Mídia Kit / Media Kit• Documento de apresentação disponibilizado pelo veículo;• Nele contém as principais informações do veículo, no caso de uma revista, encontra-se o perfil do público, a linha editorial, tiragem, circulação, formato dos anúncios, valores, entre outros;• Editoras disponibilizam informações no próprio site da empresa, exemplo: www.publiabril.com.br
    • EXERCÍCIOS
    • Exercício 1• Ajude o veículo (revista) a montar um mídia kit relacionando a primeira coluna com a segunda. A. 1.200.000 exemplares1. Cobertura B. Região Sul 15%, Região Suldeste 60%, Região2. Tiragem Centro-Oeste 10%, Região Nordeste 10%, Região Norte 5%3. Periodicidade C. 800.000 exemplares para assinantes e4. Perfil 300.000 para venda em banca5. Circulação D. Semanal E. 47% Homens, 53% Mulheres, 35% classe AB; 42% classe C, 27% classe CD
    • Exercício 2• Ainda referente ao veículo do exercício anterior, imaginando que o valor de um anúncio possua o valor de R$ 55.000,00 e uma média de leitura por exemplar de 10 leitores, qual o CPM deste veículo?