Lingua portuguesa  figuras de linguagens
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,950
On Slideshare
1,857
From Embeds
93
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
0

Embeds 93

http://escolajosemamede.blogspot.com.br 44
http://escolajosemamede.blogspot.com 26
http://www.blogger.com 23

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. E.E. José Mamed de AquinoCampo Grande, 25 de março de 2011.Disciplina: Língua Portuguesa.Aluno: Otávio José Garcia.Conotação. Conotação é o significado novo, diferente do original, que a palavra adquire nocontexto.Veja o exemplo:“Ele é FERA em basquete ball. (FERA: conotativo - Muito habilidoso no basquete).”Denotação.Denotação é o significado original, usual da palavra.Veja o exemplo:“Aninha é uma LADRA perigosa.”Figuras de linguagem. Ironia. Ocorre ironia quando, pelo contexto, pela.Entonação, pela contradição de termos, sugere-se o contrário do que aspalavras ou orações parecem exprimir.A intenção é depreciativa ou sarcástica.Veja o exemplo:“Que alunos inteligentes, não sabem nem somar.” Antese.Consiste no emprego de idéias contraste.Veja o exemplo:“Lá vai o avião, lá vem o avião.”
  • 2. Gradação.Consiste na organização de idéias numa ordem crescente ou decrescente. Veja o exemplo:“Ele trabalhava triste, insatisfeito e cansado.” Anáfora.Consiste na repetição de uma ou mais palavras no inicio de versos. Veja o exemplo:“Ilha cheia de graçaIlha cheia de pássarosIlha cheia de luzIlha verde onde haviamulheres morenas e nuas.” (Cassiano Ricardo) Hipérbole. É o uso do exagero em uma idéia, ou expressão com o objetivo de realçar,enfatizar o que se quer. Veja o exemplo: “Já te avisei mais de cem vezes, para não voltares a falarme”.alto!".