O que são anemômetros
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

O que são anemômetros

on

  • 28,520 views

O que são anemômetros - tipos de anemômetros

O que são anemômetros - tipos de anemômetros

Statistics

Views

Total Views
28,520
Views on SlideShare
28,520
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
196
Comments
2

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • as palavras não foram digitadas erradas meu amigo, quando se faz o up para o site ocorre isso, às vezes...pare de reclamar de barriga cheia
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • eu achei nesse site toda a minha lição de casa mais a pessoa que escreveu,digitou tudo errado palavras juntas com as outras pelo amo de Deus!!mais ate pre o site é bom pra procurar as lições
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

O que são anemômetros O que são anemômetros Document Transcript

  • O QUE SÃO ANEMÔMETROS Anemômetros são instrumentos que servem para medir a direção e indicar a velocidadedos ventos. Inspirados nos cata-ventos, eles são calibrados de forma a que o total de voltasdadas por suas pás correspondam a uma velocidade específica, ou seja, se no túnel de ventoem que são ajustados a corrente de ar sopra a dez quilômetros por hora, e as pás doinstrumento giram cem vezes por minuto, ele é programado para indicar 10 km/h sempre queo anemômetro atingir 100 rotações por minuto, e assim por diante. TIPOS DE ANEMÔMETROS I) Anemômetro de Copos (Anemômetro de Robinson) O anemômetro de conchas é do tipo rotativo mais vulgar em que há três ou maisconchas de formato especial montadas simetricamente formando ângulos retos com um eixovertical. A velocidade de rotação depende da velocidade do vento, independentemente dadireção de onde ele sopra. O conjunto das conchas faz mover um mecanismo que conta asrotações e a velocidade do vento é calculada com o auxílio de um dispositivo de contagem.Os anemômetros de hélice são também do tipo rotativo. Um cata-vento mantém voltada parao vento uma hélice, cuja rotação é transmitida a um indicador. Anemômetro de Conchas
  • A vantagem deste sistema é que ele independe da direção do vento, e por conseguinte, de umdispositivo de alinhamento. Este equipamento tinha um custo muito alto, mas as versõesmodernas com pick-up eletrônico são bem acessíveis. A roda dentada é magnética e induz nopick-up, além dos pulsos de contagem, a corrente gerada no sistema, que carrega umacumulador miniatura e alimenta a base de tempo. Anemômetro de Robinson II) Anemômetro “Aviãozinho” Um dos modelos mais usados atualmente pelas estações meteorológicas instaladas emregiões adversas, como na Antártida, é conhecido como aviãozinho. Dotado de uma hélicepara fluxo axial ele pode trabalhar com ventos de até 320 quilômetros por hora. Tem umcorpo central que funciona como gerador de sinais e de energia para o indicador develocidade, e sua rabeta, além de manter a hélice na direção do vento, ainda forneceeletronicamente esta direção. Os dados são acumulados em um registrador ou numamemória eletrônica que é descarregada para coletores de dados ou transmitidos à distância.
  • Anemômetro “aviãozinho” III) Anemômetro de “Da Vinci” (Anemômetro de Deflexão) O modelo mais simples, e menos preciso, mais acessível a amadores é o dedeflexão de uma chapinha articulada. Este anemômetro também é conhecido como"anemômetro de Da Vinci", por ter sido concebido pelo famoso cientista italiano. Eleconsiste de uma chapinha que é deslocada pelo vento sobre uma escala previamente aferida.Note que a escala varia exponencialmente. Normalmente é montado sob um cata-vento, queprovê o alinhamento correto. Anemômetro de Deflexão
  • IV) Anemômetros Eletrônicos (LCA-30-VT-MK3, LCA-30-VA-MK3 e LCA- 6000-RVT) Os Anemômetros Eletrônicos de Sistema Rotativo da Série LCA-30 VT-MK3,distribuídos pela Hygro-Therm, fornecem leitura digital direta de velocidade do ar e omodelo LCA-30-VA-MK3 fornece também o volume do fluxo de ar (vazão). Os modelosLCA-30-VT-MK3, LCA-6000-RVT e LCA-30-VA-MK3 dispõem de um circuitoeletrônico que permite a operação média a cada 3 segundos, mas com atualização e duraçãode até 12 minutos. Isto possibilita ao usuário fazer medições em dutos e grelhas de tamanhogrande de uma só vez, permitindo que ele possa atravessar com o aparelho ligado, fazendouma varredura e com o Anemômetro indicando o valor médio, automaticamente, sem ter ainconveniência de efetuar várias medições e controle de tempo manualmente,economizando tempo. Outra vantagem destes modelos é o sistema de compensação interno para superarfricções de rolamento nas baixas velocidades, fornecendo maior precisão. Todas estascaracterísticas são complementadas com uma auto-verificação, que faz um diagnósticocompleto do instrumento, garantindo seu bom funcionamento O modelo LCA-30-VT-MK3 é indicado para medição da velocidade do ar.O modelo LCA-30-VA-MK3 é indicado para medição de velocidade ou volume do ar naentrada ou na saída em sistemas de aquecimento, ventilação, aparelhos de ar condicionado,balanceamento das grelhas, monitoramento dos requisitos de COSHH, etc. O modelo LCA-6000-RVT é apropriado para medir a velocidade de extração emcapela de fluxo laminar nos laboratórios farmacêuticos e é também particularmenteadequado para o monitoramento ou aferição em cabines de alto nível de limpeza. (ex.:classe 10000, classe 1000, etc.) e para aplicações gerais de exaustão como monitoramentoem cabines de pintura e insuflação de ar.Os modelos LCA-30-VT-MK3, LCA-6000-RVT e LCA-30-VA-MK3 fornecem a leituramédia a cada 3 segundos, mas podem ser utilizados para uma fase de tempos maiores comduração de até 12 minutos. O modelo LCA-6000-RVT é especialmente calibrado para operar no sentido inversopara a velocidade de extração, e possibilita ao usuário manter o mostrador digital voltadopara si durante o tempo em que são monitorados os gabinetes de fluxo laminar, cabines depintura, etc. É fornecido com certificado de aferição e gráfico do fabricante para
  • velocidades até 1,5 metros por segundo, permitindo alta precisão em situações para extraçãoem baixa velocidade. O modelo LCA-30-VA-MK3 possui um programa digital que aceita a áreaquadrada de um duto ou grelha a ser monitorado. O resultado é a leitura digital direta dovolume de fluxo em metros cúbicos por segundo. As dimensões da área a ser monitoradapodem ser alteradas com facilidade para várias aplicações. Todos os Anemômetros são alimentados com uma bateria alcalina de 9 V e nãoprecisam de cronômetros ou timers para controlar o tempo de medição. Os instrumentos são robustos, confiáveis, sem qualquer ligação mecânica entreventoinha e a leitura digital, sendo a ventoinha a única peça em movimento. A caixa é feitaem material ABS de alto impacto, todos com cabeçote de 100 mm de diâmetro e desenhoaerodinâmico que reduz efeitos de turbulência. Anemômetro eletrônico V) Termoanemômetro micro hélice YK-80AS É um anemômetro microprocessado com interface Rs-232 versátil que permitemedir temperatura e velocidade do ar. O seu sensor remoto, com antena telescópica, tipo mini ventoinha de baixo atritocom rolamentos, permite a medição até mesmo com ar muito quente (até 80 ºC).A pequena dimensão da hélice (13mm) deste anemômetro, permite que a mesma sejaintroduzida em locais de difícil acesso ou através de furos de captação.
  • Também dispõe de memória de máximo e mínimo e pode ser usado com as mais variadasunidades de velocidade. Termoanemômetro micro hélice YK-80ASPrincípio de opração: hélice VI) Termoanemômetro de fio quente AM4204HA É um termoanemômetro de fio quente ( anemômetro térmico ) microprocessadoversátil com excelente relação custo benefício, permite medir temperatura e velocidade doar, mesmo sendo muito pequena. O seu sensor remoto telescópico opera pelo princípio do fio quente, e possui umdiâmetro reduzido permitindo que seja usado até mesmo em pequenos orifícios, tais comodifusores de ar condicionado. Termoanemômetro de fio quente AM4204HAPrincípio de operação: fio quente
  • VII) Termoanemômetro Econômico IPTANE É um equipamento compacto com sensor incorporado e interface para computador. Permite medir temperatura e velocidade do ar de maneira rápida e eficiente. Possui coletor de dados incorporado para até 8 diferentes pontos de medição,executando a média , mínimo e máximo destes pontos. Termoanemômetro Econômico IPTANEPrincípio de operação: ventoinha VIII) Termoanemômetro de Palheta IPTANCR É um instrumento versátil com excelente relação custo benefício, permite medirtemperatura , velocidade e vazão do ar. O seu sensor remoto é ideal para aplicações emtubulações e também para uso em sistemas de ar condicionado e manutenção em geral. Suainterface RS-232 permite conexão direta ao computador. Termoanemômetro de Palheta IPTANCR
  • Princípio de operação: ventoinha IX) Termoanemômetro Hot Wire É um anemômetro portátil que permite a leitura de velocidade, vazão etemperatura, com sensor telescópico. Possui coletor de dados incorporado e computadorinterno para cálculo de vazão, basta você digitar o formato e tamanho de sua tubulação queele irá lhe informar diretamente a vazão em seu visor. É um instrumento 100% eletrônico sempartes móveis, trabalhando pelo princípio “ Ponte de fio quente”. Termoanemômetro Hot WirePrincípio de operação: ponte térmica Os anemômetros medem o próprio fluxo de massa, independente da pressão etemperatura e oferecem uma boa faixa de medição com constante maior ou igual a 50:1.Dependendo do projeto do sensor, eles também podem ser usados para medir fluidos Para a inserção de um estudo sobre velocidade ou medição do vento numapesquisa, o problema deve ser amplamente conhecido e todos os pontos críticos existentesdevem ser conhecidos.
  • .