Revoluções Liberais

7,014 views

Published on

2 Comments
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
7,014
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
931
Actions
Shares
0
Downloads
211
Comments
2
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Revoluções Liberais

  1. 1. Revoluções Liberais
  2. 2. Revoluções Liberais
  3. 3. Revolução Americana <ul><li>Território. </li></ul><ul><ul><li>13 colónias: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Colónias do Norte: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Os seus habitantes eram industriais e comerciantes e partilhavam a ideologia republicana. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Colónias do Sul: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Os seus habitantes eram católicos e anglicanos e dedicavam-se à agricultura; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Existência de grandes latifúndios cultivados por escravos. </li></ul></ul></ul></ul>
  4. 4. Revolução Americana <ul><li>Antecedentes </li></ul><ul><ul><li>Guerra dos 7 anos (1756-1763): </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Inglaterra versus França - > disputas coloniais </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Causas para a Revolução </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Contestação ao sistema de exclusividade do comércio; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Insatisfação pelo lançamento de impostos sobre o chá, açúcar e papel selado; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Confrontos com o exército inglês; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ausência de representação das colónias no parlamento inglês </li></ul></ul></ul>
  5. 5. Revolução Americana <ul><li>Reacção dos colonos </li></ul><ul><ul><li>Boston Tea Party: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Os colonos disfarçados de índios assaltaram, em Boston, alguns navios que se encontravam carregados com chá, e lançaram a carga ao mar. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Era o início da Revolução. </li></ul></ul></ul>
  6. 6. Revolução Americana <ul><li>Congresso de Filadélfia: </li></ul><ul><ul><li>Declaração de Independência - 04 de Julho de 1776 </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>escrita por Thomas Jefferson, Samuel Adams e Benjamin Franklin foi inspirada nos ideais Iluministas (porém as mulheres não tinham participação política e mantinha-se o sistema esclavagista) </li></ul></ul></ul>
  7. 7. Revolução Americana Constituição de 1787 Divisão de poderes
  8. 8. Revolução Francesa <ul><li>Antecedentes: </li></ul><ul><ul><li>Sociedade </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Mantinha-se a estrutura tripartida. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Politicamente </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Monarquia Absoluta </li></ul></ul></ul>Rei Luís XVI
  9. 9. Revolução Francesa <ul><li>Antecedentes: </li></ul><ul><ul><li>Economicamente </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Crise financeira agravada por: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Acordos comerciais com a Inglaterra; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Despesas com a guerra dos 7 anos; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Despesas na Revolução Americana; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Despesas com a corte de Versalhes; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Maus anos agrícolas. </li></ul></ul></ul></ul>
  10. 10. Revolução Francesa <ul><li>Saída para a crise: </li></ul><ul><li>Aumentar os impostos </li></ul><ul><li>A quem ? </li></ul><ul><li>Clero Nobreza 3º Estado </li></ul>Opõem-se à decisão do rei
  11. 11. Revolução Francesa <ul><li>Sucessão de Acontecimentos: </li></ul><ul><ul><li>Estados Gerais – 1789 </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Reúnem-se em Versalhes; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Representantes dos 3 estados; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Problema do sistema de voto: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Voto por ordem Voto por deputado </li></ul></ul></ul><ul><li>(defendido pela nobreza e clero) (defendido pelo 3º Estado) </li></ul>
  12. 12. Revolução Francesa <ul><ul><li>Assembleia Nacional Constituinte (1789-1791) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perante a recusa dos deputados do clero e da nobreza, os representantes do 3º Estado abandonam os Estados Gerais; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Decidem instituir a Assembleia Nacional Constituinte ; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Comprometem-se a não se separarem enquanto não dotassem a França de uma constituição. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>14 de Julho de 1789 – Tomada da Bastilha: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Revolta da população contra as tentativas do rei dissolver a Assembleia Nacional Constituinte . </li></ul></ul></ul></ul>
  13. 14. Revolução Francesa <ul><ul><li>Medidas da Assembleia Nacional Constituinte </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Abolição dos direitos feudais e da </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>venalidade dos cargos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Declaração dos Direitos do Homem </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>e do Cidadão; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Nacionalização dos bens do clero </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Elaboração da Constituição de 1791; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Separação dos poderes </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Executivo – Para o Rei; </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Legislativo – Para uma Assembleia Eleita; </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Judicial – Para os Tribunais; </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Estabelecimento do voto censitário. </li></ul></ul></ul></ul>
  14. 15. Revolução Francesa <ul><ul><li>Assembleia Legislativa (1791-1792) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Divisão dos Revolucionários em dois partidos: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Girondino (moderados) </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Jacobinos (radicais) </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Início da oposição da Europa à Revolução Francesa; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Prisão do rei e a tomada de poder pelos Jacobinos. </li></ul></ul></ul>
  15. 16. Revolução Francesa <ul><ul><li>Convenção e Terror (1792-1795) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Liderada pelos Jacobinos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Aplicação do Sufrágio Universal; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perante a ameaça externa proclamam a República Francesa; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Instauraram o regime do Terror; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Entre 1793 e 1794 morreram na Guilhotina milhares de franceses, incluindo o Rei e a Rainha. </li></ul></ul></ul>
  16. 17. Execução de Luís XVI Gravura da época
  17. 18. Revolução Francesa <ul><ul><li>Directório (1795-1799) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Regresso dos Girondinos ao poder através de um golpe de estado; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Regresso do voto censitário; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Poder executivo confiado a 5 directores; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Período de alguma instabilidade, mas assente nas vitórias militares de Napoleão. </li></ul></ul></ul>
  18. 19. Revolução Francesa <ul><ul><li>Consulado (1799-1802) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Os triunfos de Napoleão nas campanhas de Itália e do Egipto deram-lhe popularidade e levaram à queda do Directório; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>O Consulado era formado por: Sieyés, e Napoleão Ducos. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Mais tarde Napoleão intitula-se primeiro-cônsul. </li></ul></ul></ul>
  19. 20. Jacques-Louis David Coroação de Napoleão Bonaparte como Imperador dos Franceses Museu do Louvre
  20. 21. Revolução Francesa <ul><ul><li>Império (1804-1814) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Napoleão triunfa rapidamente sobre coligações de países inimigos: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Inglaterra; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Áustria; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Prússia; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Rússia </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fica convencido que pode tornar-se num grande imperador. </li></ul></ul></ul>
  21. 22. Império de Napoleão 1812
  22. 23. Guerras Napoleónicas <ul><ul><li>Bloqueio Continental - 1807 </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Para conseguir derrotar a Inglaterra decreta o Bloqueio Continental : </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Os navios ingleses ficam proibidos de atracar em portos da Europa Continental; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Alguns países não aceitam essa imposição e entre eles estava Portugal. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Tratado de Fontainebleau – 1807 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Acordo entre a França e a Espanha sobre a invasão e divisão de Portugal. </li></ul></ul></ul></ul>
  23. 24. Bloqueio Continental 1806
  24. 25. Guerras Napoleónicas <ul><li>Tratado de Fontainebleau – 1807 </li></ul><ul><ul><li>Acordo entre a França e a Espanha sobre a invasão e divisão de Portugal </li></ul></ul><ul><ul><li>Portugal ficaria dividido em três: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Lusitânia Setentrional – Para a casa de </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Saboia; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Lusitânia – dependia de Espanha; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Reino do Algarve – Para Manuel Godoy </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>(general Espanhol aliado de Napoleão ) </li></ul></ul></ul>
  25. 26. Invasões Francesas <ul><li>Portugal foi assolado por </li></ul><ul><li>três invasões: </li></ul><ul><ul><li>I invasão – 1807-1808 </li></ul></ul><ul><ul><li>II invasão – 1809 </li></ul></ul><ul><ul><li>III invasão – 1810-1811 </li></ul></ul>
  26. 27. Invasões Francesas <ul><li>I Invasão (1807-1808) </li></ul><ul><ul><li>Comandada por Junot; </li></ul></ul><ul><ul><li>Avança rapidamente sobre Lisboa; </li></ul></ul><ul><ul><li>Retirada da Família Real para o Brasil; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ajuda inglesa através de tropas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Batalhas da Roliça e Vimeiro: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Resultam em vitórias para Portugal e Inglaterra; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Junot retira-se para França. </li></ul></ul></ul>
  27. 29. Invasões Francesas <ul><li>II Invasão (1809) </li></ul><ul><ul><li>Comandada por Soult; </li></ul></ul><ul><ul><li>Avança sobre o Porto; </li></ul></ul><ul><ul><li>O pânico dos habitantes da </li></ul></ul><ul><ul><li>cidade leva ao “desastre da ponte das </li></ul></ul><ul><ul><li>Barcas”; </li></ul></ul><ul><ul><li>Perante a reacção inglesa abandona </li></ul></ul><ul><ul><li>o país. </li></ul></ul>
  28. 30. Invasões Francesas <ul><li>III Invasão (1810-11) </li></ul><ul><ul><li>Comandada por Massena; </li></ul></ul><ul><ul><li>Avança sobre Lisboa; </li></ul></ul><ul><ul><li>É derrotado na Batalha do Buçaco; </li></ul></ul><ul><ul><li>Porém, continua o seu avanço; </li></ul></ul><ul><ul><li>É barrado nas linhas de torres </li></ul></ul><ul><ul><li>e opta por retirar-se. </li></ul></ul>
  29. 31. Invasões Francesas <ul><li>1ª Linha </li></ul><ul><li>2ª Linha </li></ul><ul><li>3ª Linha </li></ul>
  30. 32. Revolução Liberal <ul><li>Antecedentes (1808-1820) </li></ul><ul><ul><li>Transmissão dos ideais da Revolução Francesa: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Liberdade, Igualdade, Fraternidade. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Ausência da Família Real no Brasil; </li></ul></ul><ul><ul><li>O Brasil foi elevado à categoria de reino, o que levou à abertura dos portos à navegação estrangeira; </li></ul></ul><ul><ul><li>Os ingleses ocupavam os cargos principais do governo e do exército; </li></ul></ul><ul><ul><li>O comércio e a industria estavam subordinados aos ingleses; </li></ul></ul>
  31. 33. Revolução Liberal de 1820 <ul><li>Solução: </li></ul><ul><ul><li>Expulsar os ingleses de Portugal; </li></ul></ul><ul><ul><li>Exigência do regresso da família real a Portugal (1821); </li></ul></ul><ul><ul><li>Elaboração de uma constituição para o reino (1822) </li></ul></ul>
  32. 34. Independência do Brasil <ul><li>Acontecimentos </li></ul><ul><ul><li>No dia 7 de Setembro de 1822, o príncipe regente D. Pedro regressava de uma viagem a Santos. </li></ul></ul><ul><ul><li>No caminho, surge um mensageiro com duas cartas: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>a primeira exigia seu regresso imediato a Portugal. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>a segunda, apontava dois caminhos: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>a obediência a Portugal ou a separação total da metrópole. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>Apoiado pela elite brasileira, D. Pedro vai proclamar a Independência do Brasil. </li></ul></ul>
  33. 35. Pedro Américo O Grito do Ipiranga ,1888 Museu Paulista da Universidade de São Paulo

×