Realização da Harmonia                 Luiza Armanelli – Publicidade – ManhãToscana e Roma, início do século XVI       O f...
de que ela muda a expressão a cada observação nossa. O esfumaçado deixaalgo para alimentarmos a nossa imaginação. A expres...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Realização da Harmonia

623

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
623
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Realização da Harmonia"

  1. 1. Realização da Harmonia Luiza Armanelli – Publicidade – ManhãToscana e Roma, início do século XVI O final do século XV e começo do XVI é o mais badalado na Itália, foi aépoca de Leonardo Da Vinci, Miguel Ângelo, Rafael... Essa aparição incrível esúbita de gênios numa mesma época foi chamada de alta renascença. O preconceito que antes existia com os artistas, agora, começa asumir...A alta sociedade começava a perceber que encomendar obras de artesera símbolo de status, e assim, procuravam os melhores artistas paraexecutarem suas vontades, como altares para igreja, estátuas, auto-retrato,etc.Dessa forma, os artistas passaram a poder selecionar o que e para quemiriam fazer, começava uma nova fase do trabalho deles. Leonardo da Vinci o mais velho dos grandes mestres foi aprendiz deVerrochio e foi morar com ele desde pequeno, como era costume na época.Verrochio, por sua vez era “herdeiro” da arte de Donatello e estudou à fundoanatomia, natureza e sentimento empenhados nas suas obras.Leonardo sedestacou entre os alunos porque era um gênio sem formação. Ele observavatudo e isso foi a base de sua arte. Também era músico e cientista. Ele escrevia“em espelho” com medo, talvez, de que suas idéias o metessem em encrencas.Um exemplo disso foi que ele antecipou a teoria de que o sol não se movia eera a Terra que girava ao redor dele. A ciência para ele era um meio de estudopara sua arte. Leonardo também lutava para que a pintura se tornasse uma arte liberal,com valor.Ele começava uma obra encomendada e muitas vezes nãoterminava, porque segundo ele só cabia a ele mesmo quando uma obra estavapronta. Poucas obras de Leonardo foram concluídas, e as concluídaschegaram até nós em péssimas condições de conservação.Leonardo, segundodizem as más línguas, era tão egocêntrico que escrevia da direita paraesquerda, já que era canhoto.Ele não se importava com que os outros iampensar. Por mais que os pintores estudassem a natureza, a anatomia humana eseus detalhes, as pessoas em seus quadros pareciam duras como estátuas,Leonardo foi o primeiro a resolver este problema. Deixando os contornos semmuita definição, ele deixa sempre alguma coisa para o espectador completar.Esse efeito era o “esfumaçado” onde os contornos não eram definidos. Por issoa Monalisa era tão elogiada, ela parece que está viva, ela parece misteriosa,cada observador a completa como “achar melhor” por isso temos a impressão
  2. 2. de que ela muda a expressão a cada observação nossa. O esfumaçado deixaalgo para alimentarmos a nossa imaginação. A expressão de um desenho derosto está no contorno da boca e de olhos e foi exatamente essa parte queLeonardo deixou deliberadamente indistinta. Outros detalhes também ajudamno mistério, o fundo de um lado e do outro são diferentes, os lados delatambém não correspondem um com o outro. Outro pintor dessa época é Rafael, que com sua simplicidade na pintura,eternizava a obra.Ele realmente conseguia a harmonia na composição defiguras.A arte entrava então, em uma nova era: Drama,teatralidade e excitaçãosão agora itens presentes nas obras de arte.

×