• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Região metropolitana do rio grande do sul
 

Região metropolitana do rio grande do sul

on

  • 560 views

 

Statistics

Views

Total Views
560
Views on SlideShare
560
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Região metropolitana do rio grande do sul Região metropolitana do rio grande do sul Presentation Transcript

    •  Origem do nomeDentre os diversos significados dados ao município de Camaquã o mais adequado segundo o autor Antonio Cândido Silveira Pires é o de rio correntoso ou rio forte. Camaquã vem de Icabaquã e na língua tupi-guarani I significa rio, água e Cabaquã quer dizer velocidade, correnteza. Então podemos concluir que o nome de nosso município vem do rio Camaquã que passa em nossa cidade.Camaquã teve destacado papel na Revolução Farroupilha por ser a sede das propriedades dos principais líderes da Revolução.
    •  Os primeiros sesmeiros que se estabeleceram na região foram: o Sargento-Mor Boaventura José Centeno, o Sr. Antônio Lopes Duro e o Capitão Joaquim Gonçalves da Silva (pai de Bento Gonçalves). A história de Camaquã tem início em 9 de dezembro de 1815, quando foi concedida a licença para a criação da Capela Curada de São João Batista de Camaquã, construída em terreno doado pelo Capitão, considerado fundador do município.
    • Joaquim Gonçalves da Silva – pai de Bento Gonçalves
    • Capela Curada de São João Batista de Camaquã (Igreja Matriz)
    • Esta é a primeira data oficial consolidando a criaçãode uma comunidade. É, portanto, seu fundador,segundo pesquisas do historiador Luis AlbertoCibilis, o Capitão Joaquim Gonçalves da Silva,doador do primeiro terreno para construção da Capelae o requerente da provisão que a criou.
    • O povoamento da região foi despertado pelo interessereligioso e pecuário. A população cresceu com a vinda dosimigrantes: portugueses, franceses, poloneses, alemães,espanhóis, negros e com os já donos desta terra os irmãosindígenas. Constava do extenso território da Freguesia doTriunfo, as sesmarias do Cordeiro, do Duro e do Cristal depropriedade do Capitão Joaquim Gonçalves da Silva, pai deBento Gonçalves, que ao doar terreno na atual localidade daCapela Velha, 8º distrito requereu autorização para fundar aCapela Curada de São João Batista de Camaquã.
    •  Bento Gonçalves era filho de estancieiros ricos. O capitão Joaquim Gonçalves da Silva, seu pai, possuía terras na Piedade, em Triunfo, e no Cristal, cercanias do Passo do Camaquã. Já sua mãe, era neta de Jerônimo de Ornellas, dono da sesmaria sobre a qual surgira Porto Alegre. Essas sesmarias englobavam toda a cidade: tinha a sesmaria do Cristal, Sesmaria do Cordeiro e outra, eram três. Depois, com a morte de Joaquim Gonçalves, Bento, Ana e Antônia dividiram as terras.
    • A Vila da Pacheca é a região mais importanteda cidade em termos de vestígios históricos. Todas ascasas da vila estão na beira do Rio Camaquã que era,para esse povoado, o acesso ao mundo. Ali, está a casade Manoel da Silva Pacheco, considerado fundador deCamaquã, apesar das controvérsias. A vila é conhecidaPacheca porque, quando ele faleceu, sua esposa ficouadministrando a fazenda. A localidade viveu um surtode progresso devido às granjas. Em 1922, tinhatelefônica e pista de pouso da Varig.
    •  A Barragem do Arroio Duro, inaugurada em fevereiro de 1967, tem como objetivo regularizar a vazão do Arroio, drenar o Banhado do Colégio e áreas adjacentes, eliminando todos os pequenos açudes e integrando essas áreas ao processo produtivo. Neste mesmo ano foi inaugurado em Camaquã, pelo Departamento Nacional de Obras e Saneamento, o Perímetro de Irrigação do Arroio Duro, formado por um reservatório de acumulação e uma rede de canais de irrigação e drenagem. Este foi o primeiro projeto público de irrigação emancipada no país. As águas para a irrigação são armazenadas durante o inverno e distribuídas no período da safra. O local possui churrasqueiras, amplo espaço de área verde com pracinha de brinquedos e possibilita a pesca sem redes e tarrafas.
    •  Fundada em 11 de novembro de 1997, a Associação de Artesãos de Camaquã está localizada no Quiosque Municipal da Praça Zeca Netto. A Casa do Artesão oferece trabalhos em madeira, cerâmica, linhas, grampada, macramê, frivoletê, crochê, couro, palha, pinturas em tela, porcelana entre outros.
    •  O antigo cinema Coliseu surgiu em 1914 por iniciativa de José Bukawski e funcionou até a sua morte em 1944. Em 1981 foi adquirido pela Prefeitura Municipal e em 22 de outubro de 1987 foi totalmente restaurado e reinaugurado. Atualmente, com uma capacidade de 220 lugares o Coliseu é palco de peças teatrais, seminários e festivais e o Teatro é cedido para a comunidade para formaturas, seminários, palestras, debates e outras atividades, sendo dirigido pela Secretaria Municipal da Cultura, órgão da Prefeitura Municipal de Camaquã.
    •  Criado em 3 de abril de 1979, o acervo municipal ganhou a denominação de Museu Divino Alziro Beckel em 18 de maio de 1987, em homenagem ao jornalista, pesquisador e historiador Divino Alziro Beckel (1913-1986). Divino, além de criador e diretor do museu, foi membro- fundador da Acic (Associação Comercial e Industrial de Camaquã) e fundador do jornal “O Camaquã”.O Museu possui um acervo com mais de 800 peças, que vão desde moedas, armas e aparelhos antigos até livros e documentos de época. Entre os objetos mais antigos estão a réplica de um violino Stradivarius, de 1719, e uma espada da primeira metade do século XIX, usada por Bento Gonçalves Filho. Faz parte também do Museu, o Memorial Zeca Netto em homenagem ao general e primeiro prefeito, nomeado em 1930. Na mostra, objetos pessoais do General Zeca Netto, como lenços, relhos, móveis e até um rádio.
    •  Um local que reúne atrativos históricos, culturais e ecológicos. Assim é a Fundação Barbosa Lessa. Fundada em 2005, além de preservar a obra e a memória do escritor e historiador Luis Carlos Barbosa Lessa, a Fundação tem por objetivo conservar a beleza natural e ecológica do Sítio Água Grande, na Santa Auta, onde no ano de 2003 foi acesa a Chama Crioula Oficial do Estado do RS.
    •  Sua construção foi iniciada, possivelmente, no ano de 1903 e concluída em 1904, dotada de todo o conforto desejado para a época quando Camaquã deveria contar com menos de 150 prédios. Por seu inigualável valor histórico o espaço foi adquirido pela prefeitura em 1991, e no ano seguinte tombado como Patrimônio Público Cultural do Estado do Rio Grande do Sul em 09 de julho de 1992. Em 1996, completamente restaurado o Forte Zeca Netto é entregue à comunidade.Serviu de residência ao legendário General José Antônio Netto – o Zeca Netto, líder das lutas entre libertadores e chimangos nas revoluções de 1893 e 1923. No local, funcionam a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, a Biblioteca Oswaldo Lessa da Rosa, o Memorial Zeca Netto, o Museu Divino Alziro Beckel, a Biblioteca “Rio Grande do Sul - Pedaço do Mundo”, acervo particular do escritor Barbosa Lessa, o Memorial da 16ª Região Tradicionalista e a Fundação Barbosa Lessa.
    •  Desde 1994, a cidade ostenta o título de capital nacional do arroz parbolizado o que, segundo Flávio Medeiros, promotor da Festa do Arroz, ajuda a divulgar a principal base da economia do município e incentivar o consumo de arroz no prato da população. - Esse título muito importante. Daí que surgiu a Festa do Arroz com o objetivo de divulgar a nossa orizicultura que é a base econômica do nosso município, incentivar o consumo do arroz no prato da nossa população e proporcionar para a nossa região e para visitantes de outras regiões esse momento de entretenimento, de cultura, de lazer, de alegria, de diversão - salienta. O chefe do escritório do Irga em Camaquã, Roberto Jeger, afirma que a produção de arroz na região na safra passada ficou em torno de 31,7 mil hectares com uma produtividade média de 6,7 mil quilos. Para este ano, os números iniciais indicam uma produtividade acima de 7 mil quilos. Ele lembra a importância do pequeno agricultor nesta produção. - Camaquã tem uma agricultura familiar bastante forte calcada na lavoura de arroz porque nós temos aqui na região o banhado. É uma região em torno de 4 mil hectares tem em torno de 200 pequenos produtores que realizam sua atividade baseada principalmente na cultura do arroz.
    • COM OBJETIVO DE DIVULGAR APRINCIPAL BASE DA ECONÔMIADO MUNICÍPIO E INCENTIVAR OCONSUMO DE ARROZ NO PRATODA POPULAÇÃO, DOMINGO DIA22 SERÁ OFERECIDO AOSVISITANTES E EXPOSITORES UMDELICIOSO ARROZ CARRETEIROGRATUITAMENTE PARA 1.000PESSOAS.
    •  O município conta com as águas do Rio Camaquã,do Arroio Duro e ainda é banhado pela Laguna dos Patos onde se localiza um belo balneário, conhecido pelos camaquenses como Areal ou como IRGA (Instituto Rio Grandense do Arroz), pois lá existe uma unidade desativada dessa instituição.
    • A agropecuária é a principal atividade econômica deCamaquã, com destaque para o cultivo de arroz e apecuária.A indústria de beneficiamento de arroz, moveleira emetal mecânica e o comércio também contribui paraa economia do município.
    •  A Prefeitura de Camaquã, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, convida toda comunidade camaquense para as festividade natalinas que acontecerão de 16 à 30 de dezembro, na praça Zeca Netto, com muitos shows, apresentações artísticas diversas e a presença do Papai Alex Noel e da Mamãe Lourdes Noel. Na sexta-feira (16), às 20h30min, acontece a abertura com apresentação da Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul composta por 43 jovens, que tem entre 10 a 16 anos. A Orquestra é uma iniciativa que pretende formar músicos jovens nas escolas públicas de Porto Alegre. Além da formação musical, os escolhidos recebem auxílio financeiro. A regência é feita pelo maestro Telmo Jaconi. No sábado (17), às 20h, é a fez do Grupo Tchê Guri animar os camaquenses. No dia 18, a partir das 21h, as apresentações ficam a cargo da Escola Estadual Francisco Luis e Associação Amigos dos Excepcionais – APAE.
    • Atividades de teatro,brincadeiras para ascrianças, um lancheE claro a ilustrepresença do papaiNoel
    • O 1º Camaquã Moto Fest Encontro Internacional de Motociclistas na cidade de Camaquã,aconteceu nos dias 24, 25 e 26 de setembro, no Parque doSindicato Rural. O evento foi organizado pelo Moto GrupoOzermão do Asfalto e contou com o apoio da PrefeituraMunicipal de Camaquã e empresas privadas.Na grande festa osmotociclistas puderam desfrutar de um acampamento gratuito noparque com chuveiros de água quente, iluminação, segurança24h e praça de alimentação coberta. Além de uma programaçãoque contou com feira de motos e artigos motociclísticos, showsmusicais, sonorização, mateada, gastronomia, esportes radicais,passeios pela cidade e um jantar de confraternização com aentrega de troféus e sorteio de capacetes e outros brindes.