• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Figuras de linguagem
 

Figuras de linguagem

on

  • 6,548 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,548
Views on SlideShare
6,483
Embed Views
65

Actions

Likes
0
Downloads
84
Comments
0

4 Embeds 65

http://profveronicacarvalho.blogspot.com 30
http://www.profveronicacarvalho.blogspot.com 16
http://www.slideshare.net 13
http://profveronicacarvalho.blogspot.com.br 6

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Figuras de linguagem Figuras de linguagem Presentation Transcript

    • Figuras de linguagem Profª Verônica Carvalho
    • Figura de linguagem é :
      • Uma forma de express ã o que consiste no emprego de palavras em sentido figurado, isto é , em sentido diferente daquele em que são convencionalmente empregadas .
    • Compara çã o
      • É a figura de linguagem que consiste em aproximar dois seres em raz ã o de alguma semelhan ç a existente entre eles, de modo que as caracter í sticas de um sejam atribu í das ao outro, e sempre por meio de um elemento comparativo expresso:
      • como, tal qual, semelhante a,
      • que nem, etc.
    • Exemplo: “Meu cora çã o tombou na vida tal qual uma estrela ferida pela flecha de um ca ç ador.” (Cec í lia Meireles)
    • Exemplo: “O amor é como um raio galopando em desafio.” (Djavan)
      • É a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra com sentido que n ã o lhe é comum ou pr ó prio, sendo esse novo sentido resultante de uma rela çã o de semelhan ç a, de interse çã o entre dois termos .
      Metáfora
    • Exemplo: “O samba é o pai do prazer , O samba é o filho da dor .” (Caetano Veloso) “Pelos vales de teus olhos de claras á guas antigas meus sonhos passando v ã o.” (Cec í lia Meireles)
      • É uma figura de linguagem em que consiste na substitui çã o de uma palavra por outra em raz ã o de haver entre elas uma rela çã o de interdepend ê ncia, de inclus ã o, de implica çã o.
      Metonímia
    • Exemplos: Conseguiu o sucesso com determina çã o e suor . Para dar brilho, use bombril . Nunca tive um teto pr ó prio.
    • Ant í tese
      • É a figura de linguagem que consiste no emprego de palavras que se op õ em quanto ao sentido.
    • Exemplo: “O sonho de um c é u e de um mar E de uma vida perigosa Trocando o amargo pelo mel E as cinzas pelas rosas Te faz bem tanto quanto mal Faz odiar tanto quanto querer .” (Charly Garcia)
    • Exemplo: “ Tristeza não tem fim, Felicidade , sim.” (Vinícius de Moraes)
    • Paradoxo
      • É a figura de linguagem que consiste no emprego de palavras que, embora opostas quanto ao sentido, se fundem em um enunciado.
    • Exemplo: “Amor é fogo que arde sem se ver É ferida que d ó i e n ã o se sente É um contentamento descontente É dor que desatina sem doer .” (Cam õ es)
    • Exemplo: “A explosiva descoberta Ainda me atordoa. Estou cego e vejo . Arranco os olhos e vejo ”. (Carlos Drummond de Andrade)
    • Personifi çã o ou prosopop é ia
      • É a figura de linguagem que consiste em atribuir linguagem, sentimentos e a çõ es pr ó prios dos seres humanos a seres inanimados ou irracionais .
    • Exemplo: “As casas espiam os homens Que correm atrás das mulheres” (Carlos Drummond de Andrade)
    • Exemplo: “A ventania às vezes surpreendia as janelas abertas do meu lar e então as doces sombras se moviam trêmulas, trêmulas a bailar ”. (Jorge de Lima)
    • Hip é rbole
      • É a figura de linguagem que consiste em expressar uma id e ia com exagero .
    • Exemplo: “Queria querer gritar setecentas mil vezes Como são lindas, como são lindos os burgueses!” (Caetano Veloso)
    • Exemplo: “Paixão cruel, desenfreada Te trago mil rosas roubadas Pra desculpar minhas mentiras Minhas mancadas…” (Cazuza)
    • Eufemismo
      • É a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra ou express ã o no lugar de outra palavra ou expressão considerada desagrad á vel ou chocante .
    • Exemplo: “Quando a indesejada das gentes chegar, (N ã o sei se dura ou caro á vel), Talvez eu tenha medo. Talvez sorria, ou diga: — Al ô , inilud í vel! (Manuel Bandeira) caroável: carinhosa, afetuosa, meiga. iniludível: que n ã o se pode iludir.
    • Exemplo: “Diante de tanta tristeza, ela preferiu faltar com a verdade ” (Machado de Assis)
    • Ironia
      • É a figura de linguagem que consiste em afirmar o contr á rio do que se quer dizer .
    • Exemplo: “Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos t ê m sido campe õe s em tudo. […] Arre, estou farto de semideuses ! Onde é que h á gente no mundo?” (Fernando Pessoa)
    • Exemplo: “Moça linda bem tratada, três séculos de família, burra como uma porta: um amor !” (Mário de Andrade)