Funções sintáticas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Funções sintáticas

on

  • 9,326 views

Funções Sintáticas - Setembro 2013

Funções Sintáticas - Setembro 2013

Statistics

Views

Total Views
9,326
Views on SlideShare
9,326
Embed Views
0

Actions

Likes
5
Downloads
363
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Funções sintáticas Presentation Transcript

  • 1. FUNÇÕES SINTÁTICAS
  • 2. FUNÇÃO SINTÁTICA Função sintática é a relação estabelecida entre palavras ou grupo de palavras.  Termos essenciais  Termos integrantes  Termos acessórios
  • 3. Ninguém | entoava | a melodia do cantor. termo palavra termo palavra termo grupo de palavras TERMOS DA ORAÇÃO O vento | soprava | muito forte. termo grupo termo palavra termo grupo de palavras de palavras
  • 4. TERMOS ESSENCIAIS SUJEITO É o termo da oração que funciona como suporte de uma afirmação feita através do predicado. É o que sofre ou realiza determinada ação. • Ordem Direta: Os meninos brincavam alegremente. • Ordem Inversa: Brincavam alegremente os meninos. Núcleo é a palavra principal ou base do sujeito, e compõe-se de um substantivo ou qualquer palavra com valor de substantivo.
  • 5. 1. Sujeito Determinado Simples: A carrocinha levou meu cachorro. Composto: Arroz e feijão não saíam de nossos pratos. Implícito (oculto): (eu) Convocarei já um inquérito! TERMOS ESSENCIAIS TIPOS DE SUJEITO
  • 6. TERMOS ESSENCIAIS TIPOS DE SUJEITO 2. Sujeito Indeterminado Roubaram meu celular naquela esquina. ÍNDICE DE INDETERMINAÇÃO DO SUJEITO: Come-se e bebe-se muito bem na Itália. 3. Oração Sem Sujeito HAVER, FAZER, SER, ESTAR – VERBOS IMPESSOAIS: Houve uma grande passeata na Savassi. FENÔMENOS DA NATUREZA: Anoitece mais tarde no verão.
  • 7. TERMOS ESSENCIAIS PREDICADO 1. Predicado Verbal É o que tem por núcleo um verbo ou locução verbal, exprimindo geralmente ação, posse ou fenômenos da natureza. O feroz gorila das selvas salta de árvore em árvore. Choveu muito em nossa cidade.
  • 8. 2. Predicado Nominal É aquele que tem como núcleo um nome que exprime características ou características ou estado do sujeito -o predicativo do sujeito - e é sempre formado por um verbo de ligação. Ele é forte A casa está limpa Predicado nominal = verbo de ligação + predicativo do sujeito TERMOS ESSENCIAIS PREDICADO
  • 9. 3. Predicado Verbo-nominal Aquele que exige dois núcleos: 1ª núcleo um verbo intransitivo ou transitivo; 2ª nucleo um predicativo. Os turistas viajaram Os turistas estavam animados Os turistas viajaram animados Predicado verbo-nominal = verbo intransitivo + predicativo do sujeito TERMOS ESSENCIAIS PREDICADO
  • 10. 1. Objeto direto: Termo que completa o sentido de um verbo transitivo direto sem a presença obrigatória da preposição Os cientistas observam a terra O rapaz beija a namorada 2. Objeto Indireto: É o termo que completa o sentido de um verbo transitivo indireto e vem ligado a ele por meio de preposição . O ministro renunciou a seu cargo. Eu não duvido de suas palavras . TERMOS INTEGRANTES COMPLEMENTO VERBAL
  • 11. TERMOS INTEGRANTES COMPLEMENTO NOMINAL O complemento nominal é um termo que aparece em orações para completar o sentido de uma palavra - que não o verbo. Em outras palavras, há de completar os substantivos, adjetivos ou advérbios, ou seja, nomes. "Ele chegou repleto de saudades da namorada." "Os jogadores agiram favoravelmente aos novos preços".
  • 12. TERMOS INTEGRANTES AGENTE DA PASSIVA Voz ativa: Os lutadores não aprovaram a nova regra. Voz passiva: A regra não foi aprovada pelos lutadores. Como é possível observar, na voz passiva, o sujeito vem a ser "A regra", ao invés "os lutadores", como na ativa. O ponto é: O agente da passiva nada mais é do que o executor do verbo expresso pelo verbo, nesse caso, seria "pelos lutadores".
  • 13. TERMOS ACESSÓRIOS ADJUNTO ADVERBIAL 1. Adjunto adverbial de intensidade: Eles se amam muito. 2. Adjunto adverbial de tempo, meio e lugar: Amanhã voltarei de carro àquela velha casa. 3. Adjunto adverbial de causa: Faltou à aula porque não havia ônibus.
  • 14. 4. Adjunto adverbial de condição: Se todos concordarem, faremos a viagem. 5. Adjunto adverbial de concessão: (todavia, contudo, muito embora, apesar disso) Embora um pouco cansado, ele esbanjava simpatia. 6. Adjunto adverbial de dúvida: (talvez, quem sabe, quiçá) Talvez eu passe o fim de semana fora. TERMOS ACESSÓRIOS ADJUNTO ADVERBIAL
  • 15. TERMOS ACESSÓRIOS ADJUNTO ADVERBIAL 7. Adjunto adverbial de finalidade: (para que, para, por) Fiz esse sacrificio por você. 8. Adjunto Adverbial de negação: (não, jamais) Não faça isso. Existem também outros adjuntos adverbiais como: Companhia, direção, frequência, exclusão, instrumento e assunto.
  • 16. É o termo da oração que sempre se refere a um substantivo. Vem representado por artigos, adjetivos, locuções adjetivas, pronomes adjetivos e numerais. Os adjuntos adnominais modificam o substantivo, qualquer que seja a função que ele exerça na oração. TERMOS ACESSÓRIOS ADJUNTO ADNOMINAL
  • 17. TERMOS ACESSÓRIOS ADJUNTO ADNOMINAL O poeta inovador | enviou | dois longos trabalhos | sujeito núcleo do predicado verbal objeto direto ao seu amigo de infância objeto indireto . Na oração acima, os substantivos poeta, trabalhos e amigo são núcleos, respectivamente, do sujeito determinado simples, do objeto direto e do objeto indireto. Ao redor de cada um desses substantivos agrupam-se os adjuntos adnominais:
  • 18. O poeta inovador | enviou | dois longos trabalhos | sujeito núcleo do predicado verbal objeto direto ao seu amigo de infância objeto indireto . 1. o artigo "o" e o adjetivo inovador referem-se a poeta; 2. o numeral dois e o adjetivo longos referem-se ao substantivo trabalhos; 3. o artigo "o" (em ao), o pronome adjetivo seu e a locução adjetiva de infância são adjuntos adnominais de amigo. TERMOS ACESSÓRIOS ADJUNTO ADNOMINAL
  • 19. Os adjuntos adnominais se ligam diretamente ao substantivo a que se referem, sem a participação do verbo. Isso é principalmente notado quando trocamos um substantivo por um pronome: todos os adjuntos adnominais que estão ao redor do substantivo têm de acompanhá-lo nessa substituição. “A linda moça me deixou um sorriso.” Se “A linda moça” for trocado pelo pronome ela, teremos: “Ela me deixou um sorriso.” As palavras “a", notável e português tiveram de acompanhar o substantivo moça, por se tratar de adjuntos adnominais. TERMOS ACESSÓRIOS ADJUNTO ADNOMINAL
  • 20. TERMOS ACESSÓRIOS APOSTO É uma palavra ou expressão que explica ou que se relaciona com um termo anterior com a finalidade de esclarecer, explicar ou detalhar melhor esse termo. 1. Explicativo: usado para explicar o termo anterior Gregório de Matos, autor do movimento barroco, é considerado o primeiro poeta brasileiro. 2. Especificador: individualiza, coloca à parte um substantivo de sentido genérico: Cláudio Manuel da Costa nasceu nas proximidades de Mariana, situada no estado de Minas Gerais.
  • 21. 3. Enumerador: sequência de termos usados para desenvolver ou especificar um termo anterior: O aluno deve ir à escola munido de todo material escolar: borracha, lápis, caderno, cola, tesoura, apontador e régua. 4. Resumidor: resume termos anteriores: Funcionários da limpeza, auxiliares, coordenadores, professores, todos devem comparecer à reunião. TERMOS ACESSÓRIOS APOSTO
  • 22. TERMOS ACESSÓRIOS VOCATIVO Amigos, vamos ao cinema hoje? Lindos, nada de bagunça no refeitório! Os termos “amigos” e “lindos” são vocativos, usados para se dirigir a quem escuta de formas ou intenções diferentes, como nos períodos anteriores: a utilização de um substantivo na primeira frase e de um adjetivo na segunda. Podemos concluir que: Vocativo: É a palavra, termo, expressão utilizada pelo falante para se dirigir ao interlocutor por meio do próprio nome, de um substantivo, adjetivo (característica) ou apelido.