Your SlideShare is downloading. ×
0
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Impactos Sócio-econômicos do Saneamento, por Prof. Fernando Sarti, UNICAMP

893

Published on

CAIS 2008 - Congresso em Celebração ao Ano Internacional do Saneamento; 5 de novembro de 2008; Renaissance São Paulo Hotel

CAIS 2008 - Congresso em Celebração ao Ano Internacional do Saneamento; 5 de novembro de 2008; Renaissance São Paulo Hotel

Published in: Technology, Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
893
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Importância e impactos sócios-econômicos do Saneamento: uma comparação internacional Prof. Fernando Sarti (NEIT/IE/UNICAMP) São Paulo, 5 de novembro de 2008 CAIS- 2008 Celebração do Ano Internacional do Saneamento
  • 2. Estrutura da Apresentação <ul><ul><li>Importância e eficiência econômicas do Setor de Saneamento no Brasil; </li></ul></ul><ul><ul><li>Comparação Internacional; </li></ul></ul><ul><ul><li>Comentários finais </li></ul></ul>
  • 3. Oferta Saneamento 2005 Fonte: SCN-IBGE 2005 100% 7,6% 74,4% 18,0% Oferta p.c. 22.387
  • 4. Oferta Saneamento 2005 ICMS+outros impostos-subsídios = 4.025 100% 86,7% 13,3% Fonte: SCN-IBGE (18,0% da Oferta p.c)
  • 5. Oferta Saneamento 2005 Oferta a p.b. = 18.362 100% 90,7% 9,3% Fonte: SCN-IBGE
  • 6. Demanda Saneamento 2005 Demanda total = Oferta p.c. 22.387 100% 47,5% 52,5% Fonte: SCN-IBGE
  • 7. Quais setores demandam os serviços de saneamento? ( Em R$ milhões e em % em 2005) 37,4% Fonte: SCN-IBGE
  • 8. Quais setores demandam os serviços de saneamento? ( Em R$ milhões e em % em 2005) Parte da oferta total (a p.c.) destinada à demanda intermediária Fonte: SCN-IBGE
  • 9. Valor da Produção – Setor de Saneamento e Total da Economia 2005 0,59% 0,30% VP = 3.786.683 VP = 16.777 0,44% (em milhões de reais de 2005) 48,7% 51,3% 65,3% 34,7% 100% 100% Fonte: SCN-IBGE ECONOMIA SANEAMENTO
  • 10. Produtos do setor de saneamento 2005 VP = 16.777 100% 99,3% 0,7% Fonte: SCN-IBGE
  • 11. Produtos/serviços que são insumos do setor de saneamento 2005 61% 94% CI do setor de saneamento Fonte: SCN-IBGE
  • 12. Saneamento: Valor Adicionado Remunerações Excedente operacional bruto e rendimento misto bruto Impostos sobre a produção líquidos de subsídios Distribuição do valor adicionado ( R $ milhões ) 4.295 6.540 126 VA = 10.961 100% Fonte: SCN-IBGE SAN. ECO. 1,1% 1,4% 59,7% 51,9% 39,2% 46,7%
  • 13. Importância e Eficiência Econômicas do Setor de Saneamento: uma comparação internacional
  • 14. Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas por Países Selecionados: (em %) Importância Econômica = VA setorial / VA total da Economia Eficiência Econômica = VA setorial / VP setorial
  • 15. Importância Econômica Média = 0,26% Eficiência Econômica Média = 57,4% Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 16. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Participação do VP, CI e VA no Total da Economia (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 17. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Distribuição do Valor da Produção (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 18. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Distribuição do Valor da Produção (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 19. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Distribuição do Valor Agregado (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 20. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Distribuição do Valor Agregado (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 21. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Participação do Excedente Operacional Bruto no Valor Agregado (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 22. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Participação dos Salários e Remunerações no Valor Agregado (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 23. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Participação dos Impostos menos Subsídios no Valor Agregado (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 24. Fonte: SCN-IBGE e OCDE Setor de Saneamento no Brasil e Países Selecionados: Distribuição do Consumo Intermediário (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 25. Setor de Saneamento: Distribuição do Consumo Intermediário (em %) Setor de Saneamento: Indicadores de Importância e Eficiência Econômicas
  • 26. Comentários Finais <ul><li>Indicadores de eficiência econômica e composição do valor agregado do Setor de Saneamento no Brasil: </li></ul><ul><ul><li>Capacidade de acumulação de capital adequada, mas bastante assimétrica; </li></ul></ul><ul><ul><li>Risco: visão de curto-prazo: alavancagem operacional, rentabilidade e financeirização das atividades; </li></ul></ul><ul><ul><li>Oportunidade de longo-prazo: capacidade de financiamento dos investimentos para o processo de universalização dos serviços </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>auto-financiamento; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>financiamento externo; e </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>atração de novos investidores </li></ul></ul></ul>

×