Briefing final postr

218 views
154 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
218
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Briefing final postr

  1. 1. BRIEFING Conceito chave e objectivo geralBACKTOBASICS é um projecto alicerçado no tema da Agricultura Biológica.Este tema surge numa altura onde o assunto está muito em voga, não sópelo simples prazer de (VOLTAR AS ORIGENS) plantar algo como hobbie,distracção ou até mesmo terapia, como também para reduzir algumasdespesas tendo um produto com mais qualidade, aproveitando para fugir aalguns produtos de agricultura convencional na qual a qualidade deixa adesejar. Mais, a não existência de sítios onde se congregue informaçãorelacionada, e mais importante, porque a informação existente nãocontempla aqueles pormenores/duvidas mais simples para os novos”pequenos agricultores citadinos” que muitas vezes precisam de simplesdicas, pois nos meios rurais, todos, de certa maneira têm um conhecimentoempírico e adquirido ao longo de uma vida.Este projecto, como é mais direccionado aos “agricultores citadinos”,apostamos nos novos paradigmas da web 2.0, pois temos em conta que omesmo não poderá ser unicamente uma plataforma de informação, mastambém, ter uma dimensão social, onde se pretende implementar uma redesocial, a existência de fóruns, comunidades ou chats onde se possam colocarquestões, tirar dúvidas com especialistas, partilha de fotografias, criarcomunidades onde poderão interagir, parcerias com quintas rurais onde a 1
  2. 2. prática da agricultura biológica fosse possível a particulares, e acompanhadaatravés de vídeo ou fotografia, etc. Público-alvoComo referido no ponto anterior o público-alvo da plataforma serácomposto fundamentalmente por pessoas de centros urbanos,jovens/adultos, mas também será uma ferramenta para ajudar as pessoasdas zonas rurais que tenham interesse na mudança de uma agriculturaconvencional para uma agricultura biológica a obter alguma informação epartilharem as suas vivências e experiências nesta área.Serão contemplados diferentes utilizadores: os que produzem em maiorescala, os agricultores de “varanda”, os mais entusiastas ou meros curiosos. FuncionalidadesEstas são algumas das funcionalidades que pretendemos implementar:-Colocar Site num servidor Web-Gerido por 1 ou vários administradores que vão poder adicionar outrosadministradores e ter acesso às mesmas funcionalidades que o utilizadorregistado. Podem ainda bloquear acessos a utilizadores que não cumpram asregras ou tenham sucessivas denúncias por comportamentos inadequados ede uma forma geral todo os diferentes conteúdos introduzidos que dealguma forma violem as regras de utilização.- Pesquisa geral por termos em todo o site- Registo/login/criação/edição de perfil utilizadores 2
  3. 3. - Exibir informação de acordo com o perfil do utilizador-Adicionar documentos, compartilhar vídeos, comentários/histórias parapartilhar com a comunidade etc. pelo utilizador registado-Utilizador vai poder adicionar eventos e noticias sobre os temas.-Conversas em tempo real com utilizadores registados on-line-Agricultores ligados a este ramo vão poder propor parcerias comAdministração do site para os utilizadores terem acesso às suas actividades-Visualizar fotos, através de câmaras que documentam o crescimento dedeterminadas plantas, em várias fases espaçadas no tempo. Colocarquestões e dúvidas sobre o tema- O nosso estudo do Estado da Arte revelou através da comparação eestudo dos três artigos os maiores os problemas que enfrenta a agriculturabiológica em Portugal. Vamos tentar contribuir através da informaçãodisponibilizada, legislação facultada, troca de opiniões, para ajudar a resolveralguns deles identificados no inquérito do estudo do estado da agriculturabiológica em Portugal, pág 131, comercialização dos produtos,conhecimentos das técnicas de produção e sua aplicação, certificação dosprodutos, mão-de-obra. Confusão que provocada junto dos consumidoresem virtude de terminologia associada a esta temática não se encontrar bemnormalizada. Para agravar a situação existem países onde usamterminologias diferentes. Apesar dos avanços nesta área Portugal ainda seencontra pouco desenvolvido em comparação com os países da UniãoEuropeia 3
  4. 4. DiferenciaçãoParceirasUma das formas que escolhemos para fazer a diferenciação foi apossibilidade que a aplicação vai oferecer aos utilizadores que estejamligados à produção deste produtos fazerem uma parceria com administraçãodo site de modo a promoveram as suas práticas, produtos, revelarem assuas dificuldades e proporem novas funcionalidades para a seremintegradas.Neste momento já temos uma parceria com uma quinta de agriculturabiológica. O utilizador vai ter a possibilidade de conhecer este projectoinovador, o seu responsável, a sua história, onde se localiza, colocar dúvidas,observar algumas actividades on-line ou off-line com ligação a duas câmarasinstaladas na quinta e marcar visitas ao espaço. No futuro puderam teracesso a um espaço para cultivar ou fazerem criação de animais. Quandonão estiverem presentes os responsáveis ficariam responsáveis pelo seutratamento e manutenção.Embora exista, como documentado no estado de arte, alguns sítiosrelacionados com o tema, este projecto será diferenciador a todos os níveis,para isso aposta-se numa plataforma com integração das funcionalidades daWeb 2.0. O utilizador vai poder criar o seu perfil, informar o sistema sepossui ou não terreno, cultiva em espaços improvisados como varandas, éagricultor convencional ou biológico etc. Quando aceder ao sistema comoutilizador registado vão ser exibidos conteúdos direccionado para o seuperfil, mas ele terá a possibilidade de visualizar outra informação.Muito importante, será a existência de fóruns onde todos os intervenientespossam colocar questões, tirar dúvidas coloca fotos ou vídeos. 4
  5. 5. A possibilidade que os utilizadores terão de visualizar através das câmarasinstaladas na quinta o trabalho realizado e acompanhar o dia-a-dia dumaquinta e o crescimento das plantas pode contribuir para despertar acuriosidade e fazer a diferença. No estudo do estado da arte nãodescobrirmos nada do género em outros sites nacionais e internacionais. Valor Serviço-Plataforma que visa responder a uma necessidade do novo mercado emcrescimento e às solicitações dos utilizadores com interesses na Agriculturabiológica, hortas urbanas.-Utilização das ferramentas da Web social 2.0 (fóruns, chat, inserção decomentários, noticias, eventos, criação de perfil).-Posicionar melhor esta área junto dos consumidores/utilizadores.-Criar um espaço de verdadeira e inovadora partilha de conhecimentos entreos diferentes intervenientes. 5

×