Your SlideShare is downloading. ×
0
A guerra de navegadores da internet
A guerra de navegadores da internet
A guerra de navegadores da internet
A guerra de navegadores da internet
A guerra de navegadores da internet
A guerra de navegadores da internet
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A guerra de navegadores da internet

110

Published on

As grandes e as pequenas empresas que desenvolvem navegadores estão em competição uns com os outros a fim de obter a sua quota de mercado do browser. …

As grandes e as pequenas empresas que desenvolvem navegadores estão em competição uns com os outros a fim de obter a sua quota de mercado do browser.

http://lojasdeinformaticaonline.blogspot.pt/2013/03/como-escolher-os-melhores-navegadores.html

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
110
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. InfoClapsA guerra de navegadores
  • 2. As grandes e as pequenas empresas que desenvolvem navegadores estão emcompetição uns com os outros a fim de obter a sua quota de mercado do browser.
  • 3. A fim de atrair mais utilizadores, as grandes empresas investem milhões de dolares/euros para modificar e comercializarem os seus próprios navegadores de internet. Isto torna difícil para as pequenasempresas a comercializar o seu browser.
  • 4. De acordo com os novosrelatórios, Google Chrome é o navegador de internet mais útil e Firefox vem em segundo lugar.
  • 5. Há também um programa não- intencional de marginalizar outrosnavegadores desconhecidos chamando- lhes "os navegadores de internet alternativos".
  • 6. Há também um programa não- intencional de marginalizar outrosnavegadores desconhecidos chamando- lhes "os navegadores de internet alternativos".

×