Reunião Pública com Analistas e Investidores - Resultados 2006

289 views
252 views

Published on

Published in: Business, Automotive
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
289
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Reunião Pública com Analistas e Investidores - Resultados 2006

  1. 1. Localiza Rent a Car S.A. Apresentação de resultados de 2006 (R$ milhões - USGAAP) 0
  2. 2. Destaques 2006: Crescimento com rentabilidade (R$ milhões, USGAAP) Frota média alugada Taxa de utilização aluguel de carros 7 P.P. 65,5% 31% 24.477 60,6% 58,8% 30% 18.710 11.635 14.450 25% 19% 9.308 7.796 41% 37% 12.842 9.402 6.654 2004 2005 2006 2004 2005 2006 Aluguel de frota Aluguel de carros Lucro líquido EVA 32% 75,6 30% 138,2 29% 57,4 18% 106,5 1,9 44,5 90,6 2,1 0,1 40% 199,6 31% 142,4 109,1 2004 2005 2006 2004 2005 2006 -18,6 -38,0 -63,3 Aluguel Seminovos Franchising 1
  3. 3. Destaques de 2006: Reconhecimentos Rating pela Standard & Poor’s para ‘brAA-’ em escala nacional e ‘BB’ em escala global, igual ao risco soberano, com perspectiva estável Entrada no IBrX (100 ações mais negociadas) Entrada no ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial (34 empresas) Melhor Empresa para Acionistas pela revista Capital Aberto, dentre Companhias de até R$ 5 BI de valor de mercado 2
  4. 4. Destaques 2006: Aumento da distribuição 24% de aumento no número de agências próprias de aluguel de carros 100% de crescimento no número de lojas para venda de carros Agências próprias de aluguel de carros Lojas de venda de carros 32* 24% 145 26 41% 117 100% 83 13 13 31/12/04 31/12/05 31/12/06 31/12/2004 31/12/05 31/12/06 * Até o final do 1S07 3
  5. 5. Destaques 2006: Crescimento nos aeroportos e fora dos aeroportos Crescimento do desembarque doméstico x Localiza – diárias de aluguel em aeroportos 27,2% 20,4% 14,3% 14,0% 12,3% 9,8% 1,5% 0,2% 1T06 2T06 3T06 4T06 Desembarque doméstico Volume de diárias em aeroportos A elasticidade nos aeroportos em 2006 foi de 2 vezes o crescimento do desembarque doméstico 2006/2005 (%) Crescimento do volume Crescimento da receita Agências em aeroportos 17.2% 16.0% Agências fora de aeroportos 49.6% 46.7% A consolidação está ocorrendo, principalmente, nas agências fora de aeroportos 4
  6. 6. Destaques 2006: Evolução da receita (R$ milhões, USGAAP) Receita líquida consolidada EBITDA consolidado CAGR: 29% CAGR: 27% 313 1.145 286 877 210 634 152 532 2003 2004 2005 2006 2003 2004 2005 2006 5
  7. 7. Finanças 6
  8. 8. Reconciliação do lucro líquido (R$ milhões, USGAAP) Variação do EBITDA = + 27,3 milhões Aluguel = +61,3 milhões Variação de outros itens = + 4,4 milhões Seminovos = - 34,0milhões Receita Custos +268,5 -215,5 +142,1 -166,1 Stock SG&A Juros Options +126,4 +6,1 Impostos -49,4 +19,1 -25,7 -6,8 -10,0 -9,9 -1,0 Depreciação -15,7 -14,0 106,5 138,2 +29,8% Lucro líquido Lucro líquido 2005 2006 7
  9. 9. Geração de caixa em 2006 (R$ milhões, USGAAP) +31,3 431,2 530,4 60,1 70,8 162,2 Disponibilidade Disponibilidade inicial: final : -930,3 Atividades Aquisições Custo depreciado Atividades de operacionais (crescimento/ dos carros vendidos investimento renovação) A geração de caixa nas atividades operacionais (R$ 31 milhões), excluindo o investimento para crescimento da frota (R$ 287 milhões), foi de R$ 318 milhões 8
  10. 10. Investimento em frota (R$ milhões, USGAAP) Quantidade - mil Investimento líquido - milhões 340,0 33.520 241,8 930,3 190,1 26.105 590,3 23.174 690,0 22.182 18.763 493,1 15.715 448,2 303,0 2004 2005 2006 2004 2005 2006 Compra Venda Crescimento da frota (mil) Investimento líquido 2004 2005 2006 46,3 47,7 52,9 2004 2005 2006 Para renovação 24% 20% 16% +6,5 +7,3 +10,3 143,8 194,1 287,1 Para crescimento 76% 80% 84% 9
  11. 11. Perfil do endividamento (R$ milhões, USGAAP) Dívida líquida (R$ milhões) USGAAP Rating S&P – BrAA- / Estável 539 443 281 2004 2005 2006 2004 2005 2006 Dívida líquída / frota 46% 60% 36% Dívida líquida / patrimônio 33% / 67% 50% / 50% 42% / 58% A Companhia buscará a melhor estrutura de dívida líquida/patrimônio A Companhia buscará a melhor estrutura de dívida líquida/patrimônio com objetivo de agregar maior valor ao acionista nos próximos anos com objetivo de agregar maior valor ao acionista nos próximos anos 10
  12. 12. Margem de EBITDA por segmento (R$ milhões, USGAAP) 2004 2005 2006 Aluguel carros Aluguel 42,6% 46,3% 42,3% Seminovos 15,3% 14,4% 4,6% TOTAL 28,4% 27,9% 21,2% Aluguel 65,2% 63,6% 69,3% Aluguel frotas Seminovos 8,2% 10,5% 4,6% TOTAL 41,7% 45,3% 42,4% A queda de 4 p.p. na margem do aluguel de carros foi compensada pelo aumento de 5,7 p.p. na margem do aluguel de frotas 11
  13. 13. Margem de EBITDA por segmento (R$ milhões, USGAAP) 2004 2005 2006 Aluguel carros Aluguel 42,6% 46,3% 42,3% Seminovos 15,3% 14,4% 4,6% TOTAL 28,4% 27,9% 21,2% Aluguel 65,2% 63,6% 69,3% Aluguel frotas Seminovos 8,2% 10,5% 4,6% TOTAL 41,7% 45,3% 42,4% Aluguel 51,5% 52,5% 51,7% Consolidado Seminovos 13,2% 13,7% 4,6% Franchising 41,5% 47,6% 39,0% TOTAL 33,1% 32,6% 27,3% 12
  14. 14. Indicadores: ROIC R$ / milhões 100,0 -4 p.p. 35,0% 29,3% 24,6% 24,1% 75,0 25,0% 19,8% 24,1% 18,4% 15,8% 50,0 11,8% 15,0% 25,0 5,0% 57,4 75,6 44,5 1,8 - -5,0% 2003 2004 2005 2006 EVA WACC nominal ROIC 2003 2004 2005 2006 ROIC 24,5% 29,3% 24,1% 19,8% Aumento do preço médio do carro 14,0% 17,4% 9,4% 4,0% IPCA – inflação 9,3% 7,6% 5,7% 3,1% A queda de 4 p.p. no ROIC em 2006 foi, principalmente, em função da queda no giro do ativo devido a: A queda de 4 p.p. no ROIC em 2006 foi, principalmente, em função da queda no giro do ativo devido a: 1. 1. Tarifas estáveis no aluguel de carros Tarifas estáveis no aluguel de carros 2. 2. Aumento no preço dos carros novos de 5% em 2006 Aumento no preço dos carros novos de 5% em 2006 3. 3. Impacto da inflação nos custos fixos Impacto da inflação nos custos fixos 13
  15. 15. Indicadores: WACC R$ / milhões 100,0 35,0% 29,3% 24,6% 24,1% 75,0 25,0% 19,8% 24,1% 18,4% 15,8% 50,0 11,8% 15,0% -4 p.p. 25,0 5,0% 57,4 75,6 44,5 1,8 - -5,0% 2003 2004 2005 2006 EVA WACC nominal ROIC 2003 2004 2005 2006 WACC 24,1% 18,4% 15,8% 11,8% CDI médio 23,3% 16,2% 19,0% 15,0% Risco Brasil 8,4% 5,4% 4,0% 2,4% Custo de capital de terceiros 16,6% 11,5% 13,5% 10,7% Custo de capital próprio 26,9% 21,8% 18,1% 12,6% Capital de terceiros x patrimônio 27% / 73% 33% / 67% 50% / 50% 42% / 58% A queda no ROIC foi compensada com a redução de 4 p.p. no WACC, de 15,8% para 11,8% A queda no ROIC foi compensada com a redução de 4 p.p. no WACC, de 15,8% para 11,8% 14
  16. 16. Indicadores: EVA R$ / milhões 100,0 35,0% 29,3% 24,6% 24,1% 75,0 25,0% 19,8% 24,1% 18,4% 15,8% 50,0 11,8% 15,0% 25,0 32% 75,6 5,0% 57,4 44,5 1,8 - -5,0% 2003 2004 2005 2006 EVA WACC nominal ROIC 2003 2004 2005 2006 Capital médio investido – R$ milhões 323,5 410,8 689,4 937,8 Spread (ROIC – WACC) pontos percentuais 0,55 10,83 8,32 8,06 EVA – R$ milhões 1,8 44,5 57,4 75,6 A Localiza continua apresentando baixa volatilidade no spread. A Localiza continua apresentando baixa volatilidade no spread. Em 2006 o EVA cresceu 32%, em linha com o crescimento da frota média alugada. Em 2006 o EVA cresceu 32%, em linha com o crescimento da frota média alugada. 15
  17. 17. ROE – return on equity 39% 37% 29% 2004 2005 2006 OBS: O ROE foi calculado dividindo o lucro líquido pelo patrimônio médio no ano, sem considerar o lucro do próprio exercício. A Localiza foi a 13ª dentre as 500 maiores do Brasil, no ranking FGV 2006, A Localiza foi a 13ª dentre as 500 maiores do Brasil, no ranking FGV 2006, com consistente retorno sobre capital (ROE) nos últimos 5 anos com consistente retorno sobre capital (ROE) nos últimos 5 anos 16
  18. 18. Perspectivas 17
  19. 19. Perspectivas 2007: Taxa de utilização e aumento real de preço Aumento real x depreciação 4.000,0 3.617,7 9,8p.p. 10,0% 3.000,0 2.000,0 2.142,5 4,7p.p. 6,0% 1.656,2 3,7p.p. 1.000,0 1.752,3 939,1 2,0% 322,9 492,3 0,9p.p. - -1,0p.p. 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 -2,0% (1.000,0) -4,1p.p. -5,1p.p. (2.000,0) -6,0% Depreciação média Queda real no preço Aumento real no preço por carro dos carros usados dos carros usados 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 Aumento do carro novo (Pálio) 1,90% 6,72% 7,39% 13,95% 17,42% 9,40% 4,02% Inflação pelo IPCA 6,0% 7,7% 12,5% 9,3% 7,6% 5,7% 3,1% Aumento (queda) real no preço de carros novos -4,07% -0,95%. -5,14% 4,65% 9,82% 3,71% 0,88% Aluguel de carros Depreciação média por carro 3.617,7 2.142,5 1.656,2 1.752,3 322,9 492,3 939,1 % sobre receita de aluguel 13,8% 11,9% 9,3% 9,2% 1,8% 2,9% 5,2% % de utilização 74,1% 74,0% 67,4% 62,9% 60,6% 58,8% 65,5% Perspectivas 2007: Taxa de utilização de 70% no aluguel de carros Aumento real de preço dos carros novos em linha com a inflação 18
  20. 20. Perspectivas 2007: Consolidação Mercado de aluguel de carros: receita Localiza: receita (excluindo seminovos) CAGR: + 11% CAGR: + 24% 429 2.910 2.680 331 2.350 281 2003 2004 2005 2003 2004 2005 Market share do Sistema Localiza 2004 2005 2006E Localiza Localiza 16% Localiza 18% 20% Outros Outros Outros 84% 82% 80% A Localiza cresceu 30,2% em 2006, enquanto a ABLA estimou um crescimento do mercado de 12% Perspectiva de crescimento da Localiza de no mínimo 20% em volume de negócios para 2007 19
  21. 21. Perspectivas 2007: Propostas da administração para a RENT3 Nova política de dividendos coerente com a elevada geração de caixa e o baixo endividamento. Split das ações (cada ação será convertida em 3) para aumento do índice de negociabilidade. 20
  22. 22. Perspectivas 2007: Estratégias Curto-prazo: Reinvestir o capital para o crescimento Manter rentabilidade (ROE, margem líquida e margem de EBITDA) Agregar valor à Companhia (EVA) Longo-prazo: Aumentar a escala de negócios através do crescimento orgânico e da abertura de novas agências Distribuir o excesso de caixa O sistema de remuneração da Localiza está alinhado com as estratégias de curto prazo (participação nos resultados) e de longo prazo (stock option) 21
  23. 23. Performance RENT3 Volume médio negociado (R$/milhões) 11,804 10,581 +93% +132% 6,124 4,570 2005 2006 4T05 4T06 A Localiza foi eleita a Melhor Companhia para Acionistas A Localiza foi eleita a Melhor Companhia para Acionistas Avaliação da Economática, Stern & Stewart, IBGC e FEA/USP – companhias de até R$ 5 bilhões Avaliação da Economática, Stern & Stewart, IBGC e FEA/USP – companhias de até R$ 5 bilhões Fonte: Revista Capital Aberto 22
  24. 24. Aviso - Informações e projeções O material que se segue é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da LOCALIZA na data da apresentação. Trata-se de informação resumida sem intenções de serem completas, que não devem ser consideradas por investidores potenciais como recomendação. Esta apresentação é estritamente confidencial e não pode ser divulgada a nenhuma outra pessoa. Não fazemos nenhuma declaração nem damos nenhuma garantia quanto à correção, adequação ou abrangência das informações aqui apresentadas, que não devem ser usadas como base para decisões de investimento. Esta apresentação contém declarações e informações prospectivas nos termos da Cláusula 27Aª da Securities Act of 1933 e Cláusula 21E do Securities Exchange Act of 1934. Tais declarações e informações prospectivas são unicamente previsões e não garantias do desempenho futuro. Advertimos os investidores de que as referidas declarações e informações prospectivas estão e estarão, conforme o caso, sujeitas a muitos riscos, incertezas e fatores relativos às operações e aos ambientes de negócios da LOCALIZA e suas controladas, em virtude dos quais os resultados reais das empresas podem diferir de maneira relevante de resultados futuros expressos ou implícitos nas declarações e informações prospectivas. Embora a LOCALIZA acredite que as expectativas e premissas contidas nas declarações e informações prospectivas sejam razoáveis e baseadas em dados atualmente disponíveis à sua administração, a LOCALIZA não pode garantir resultados ou acontecimentos futuros. A LOCALIZA isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas. Não é permitido oferecer ou vender nos Estados Unidos valores mobiliários que não tenham sido registrados ou estejam isentos de registro conforme a Securities Act of 1933. Qualquer oferta de valores mobiliários a ser feita nos Estados Unidos deverá sê-lo por meio de um memorando de oferta que pode ser obtido com os underwriters. O memorando de oferta deverá conter ou incorporar por referência informações detalhadas sobre a LOCALIZA e seus negócios e resultados financeiros, além de suas demonstrações financeiras. Esta apresentação não constitui oferta, convite ou solicitação de oferta de subscrição ou compra de quaisquer valores mobiliários. Nem esta apresentação nem qualquer coisa aqui contida constituem a base de um contrato ou compromisso de qualquer espécie. 23
  25. 25. Obrigado! RI Localiza: www.localiza.com/ri tel: (31) 3247-7039 24
  26. 26. Anexos 25
  27. 27. Oportunidades de crescimento Elasticidade do PIB Tráfego Consolidação aéreo Terceirização Cartões de de frotas crédito Replacement 26
  28. 28. Oportunidades de crescimento: PIB Taxa de crescimento acumulada – aluguel de carro 140% CAGR: 18.3% 120% 100% 80% 8.4x 60% 40% CAGR: 2.2% 20% 0% -20% 2001 2002 2003 2004 2005 Localiza – diárias PIB O crescimento do volume da divisão de aluguel de carros foi em média 8,4x o PIB nos últimos 5 anos Fonte: Bacen, Localiza 27
  29. 29. Oportunidades de crescimento: Tráfego aéreo Evolução do tráfego aéreo O tráfego aéreo alavanca o (Milhões de passageiros por ano) segmento de aluguel de carros 11% CAGR: + Tráfego aéreo cresceu 11% a.a. 96 102 nos últimos 2 anos, sobretudo 83 devido ao sucesso das companhias de baixo custo 2004 2005 2006 Localiza é líder absoluta em agências em aeroportos no Brasil 28
  30. 30. Oportunidades de crescimento: Cartões de crédito Evolução (milhões de cartões) 21% CAGR: + 78 68 53 2004 2005 2006 O número de cartões de crédito cresceu em média 21% ao ano nos últimos 2 anos 78 milhões de cartões de crédito no Brasil Cada usuário de cartão de crédito é um potencial cliente da Localiza Fonte: ABECS 29
  31. 31. Oportunidades de crescimento: Replacement O mercado potencial de replacement no Brasil O Brasil tem 34 milhões de carros dos quais 9,2 milhões são segurados Frequência de acidentes é 16,5% / ano O mercado potencial é 10,6 milhões de diárias Localiza tem condições de se beneficiar desse crescimento, devido à sua ampla presença geográfica 30
  32. 32. Oportunidades de crescimento: Terceirização de frotas Maior potencial de mercado com baixa penetração Maior potencial de mercado com baixa penetração Maior foco das empresas em seu core business Maior foco das empresas em seu core business Redução de ativos por parte das empresas Redução de ativos por parte das empresas Crescimento econômico Crescimento econômico 31
  33. 33. Oportunidades de crescimento: Consolidação Market share EUA 2005 EUA aeroportos* - US$10BI EUA fora de aeroportos* - US$10BI Enterprise Other All others 7% DTG Avis Budget 2% 19% 11% Avis Budget 32% 7% Vanguard Hertz 20% Enterprise 65% 9% Hertz 28% EUA: 5 empresas detém 92% do market share Europa: 6 empresas detém 74% do market share** Fonte:*Apresentação Avis nov/06 –” local segment share amounts are company estimates” **Prospecto National/Alamo, NYSE/SEC, 20/09/ 2006 32
  34. 34. Oportunidades de crescimento: Consolidação Localiza’s Market share - Brasil 2004 Market share 2005 Market share 2006E Market share Avis Hertz Unidas 4% 7% 4% Local 18% 20% players 16% 69% Localiza é a consolidadora de uma indústria fragmentada Fonte: ABLA 33
  35. 35. Oportunidades de crescimento: Consolidação Agências próprias 133 96 60.0% 88 55 9.8% 41 45 9/ 30/ 2005 9/ 30/ 2006 Airport agencies Off-airport agencies 2006/2005 (%) Crescimento do volume Crescimento da receita Agências em aeroportos 17.2% 16.0% Agências fora de aeroportos 49.6% 46.7% A consolidação está ocorrendo, principalmente, nas agências fora de aeroportos 34
  36. 36. Vantagens competitivas Ganhos de Poder de escala barganha Plataforma integrada Distribuição geográfica Yield management Poder de barganha Crédito com menores juros Know-how Depreciação Marca forte TI Aumento do Maior Market share competitividade 35
  37. 37. Vantagens competitivas: Plataforma integrada Aluguel de Aluguel de carros frotas Franchising Seminovos 36
  38. 38. Vantagens competitivas: Distribuição geográfica Presença Presença nacional nacional Localizações Localizações estratégicas estratégicas Presença Presença internacional internacional 326 agencies in 9 countries 37
  39. 39. Vantagens competitivas: Distribuição geográfica (# de agências no Brasil) 278* 243** 74 278 83 86 Localiza Hertz Avis Unidas A rede de distribuição da Localiza no Brasil é maior que as do segundo, terceiro e quarto competidores combinados * 31/12/2006 ** Site de cada companhia em 29/01/2007 38
  40. 40. Vantagens competitivas: Yield management A Localiza ajusta seus preços conforme oferta e demanda Dia da semana Dia da semana Mês do ano Mês do ano Cidade Cidade Eventos Eventos Volume por cliente Volume por cliente Monitoramento da concorrência Monitoramento da concorrência Yield Management aumenta a competitividade da Localiza 39
  41. 41. Vantagens competitivas: Poder de barganha 33.520 2 6 . 10 5 2 2 . 18 2 15 . 3 6 4 15 . 0 6 2 11. 7 5 8 2001 2002 2003 2004 2005 2006 Localiza comprou mais de US$ 1bilhão em carros entre 2001-2005* Localiza e seus franqueados em 2005 representaram 1,9% das vendas internas de carros no Brasil 3,9% das vendas internas de carros da GM 3,3% das vendas internas de carros da FIAT Localiza obtém condições vantajosas devido às compras em grande escala * 90,4 mil carros, calculado pelo preço médio de compra em 2005 Maior frota da América do Sul com 52.733 carros em 2006 40
  42. 42. Vantagens competitivas: Acesso ao crédito Standard & Poor’s 19/01/2007 Esclala Global Localiza Rent a Car S.A. BB / Estável /-- Hertz Corp. BB-/ Estável /-- Vanguard (National/Alamo) B+/ Estável /-- Avis Budget Car Rental BB+/ Estável /-- Enterprise Rent-Car Co. A-/ Estável / A-2 Escala Nacional Localiza Rent a Car S.A. brAA-/ Estável /-- TAM S.A. brA+/ Estável /-- Gerdau brAA+/ Estável /-- CPFL Energia S.A. brA+/ Positiva /-- Banco Bradesco S.A brAA+/ Positiva /brA-1 Banco Citibank S.A. brAA/ Positiva /brA-1 Banco Itaú S.A. brAA+/ Positiva /brA-1 41
  43. 43. Vantagens competitivas: know-how Experiência Nome Cargo na Localiza Salim Mattar Presidente 33 Antonio Resende Vice-presidente 33 Eugênio Mattar Vice-presidente 33 Aristides Newton Vice-presidente de Franchising 23 Gina Rafael Diretora de operações da Localiza 26 Daltro Barbosa Diretor de operações da Total Fleet 21 Marco Guimarães Diretor de operações da Prime 15 Roberto Mendes Diretor financeiro 20 Silvio Guerra Relações com investidores 14 Profundo conhecimento do setor e negócios Sistemas de última geração Excelência operacional Adoção das melhores práticas Administração estável 42
  44. 44. Vantagens competitivas: Depreciação Preço de carros e estimativa precisa da depreciação (aluguel de carros) Aumento real x depreciação 4.000,0 3.617,7 9,8p.p. 10,0% 3.000,0 2.000,0 2.142,5 4,7p.p. 6,0% 1.656,2 3,7p.p. 1.000,0 1.752,3 939,1 2,0% 322,9 492,3 0,9p.p. - -1,0p.p. 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 -2,0% (1.000,0) -4,1p.p. -5,1p.p. (2.000,0) -6,0% Depreciação média Queda real no preço Aumento real no preço por carro dos carros usados dos carros usados Depreciação (aluguel de carros) até % sobre a receita de alguel 2000 2001 2002 2003 2004 2005 Set/06 Localiza (Aluguel de carros) 13.8% 11.9% 9.3% 9.2% 1.8% 2.9% 4.1% Hertz (USA) - - - - 22% 23% 23% National Alamo (USA) - - - - 23% 25% 26%* * até Jun/06 Fonte: Prospecto National/Alamo, 20/09/2006, p.11 e Prospecto Hertz, 21/11/2006, p.12 e 17 43
  45. 45. Vantagens competitivas: marca reconhecida Top of mind Serviços de alta qualidade Satisfação do cliente Forte presença nacional Programa de franquia internacional Altos padrões de comportamento ético 44
  46. 46. Vantagens competitivas: TI A TI permite: Velocidade nas transações Melhor controle operacional Maior satisfação dos clientes Network on-line Redução de custos 45
  47. 47. Ciclos financeiros 46
  48. 48. Ciclo financeiro do aluguel de carros Financiamento Receita venda de carros 100 102 Receita por carro vendido** 102,20 SG&A (7%) (7,15) Margem de segurança (3%) (3,06) Book value depois de 12 meses 91,99 Receitas = 114,58 ** Depreciação sobre preço de tabela: 100-(102.2/125)x100 = 18,2% Despesas = 62,84 100 Principal 100,00 115 Juros (CDI + 1 p.p.) 15,00 Aquisição de carros Pagamento 115,00 Pagamento (Preço de tabela líquido do desconto dos revendedores = 125) Aluguel de carros Seminovos Consolidado R$ % * R$ % R$ % Receia de aluguel de carros 114,58 100,0% 102,20 100,0% 216,78 100,0% Custos (46,00) -40,1% (46,00) SG&A (16,84) -14,7% (7,15) (23,99) Book value dos carros vendidos (91,99) -90,0% (91,99) -3,8% EBITDA 51,75 45,2% 3,06 3,0% 54,81 25,3% Depreciação (8,20) -8,0% (8,20) -3,8% Juros (15,00) -14,7% (15,00) -6,9% IR (30%) (15,52) -13,5% 6,04 5,9% (9,48) -4,4% NET INCOME 36,22 31,6% (14,10) -13,8% 22,12 10,2% % sobre a receita de aluguel 31,6% -12,3% 19,3% A margem líquida consolidada será de 19,3% das receitas de aluguel de carros (se 100% alavancado) 47
  49. 49. Ciclo financeiro do aluguel de frotas Receita venda de carros Financiamento 100 102 Receita por carro vendido** 102,20 SG&A (7%) (7,15) Margem de segurança (3%) (3,06) Book value depois de 12 meses 91,99 Receitas = 53,64 ** Depreciação sobre preço de tabela: 100-(102.2/125)x100 = 18,2% Despesas = 18,21 100 Principal 100,00 115 Juros (CDI + 1 p.p.) 15,00 Aquisição de carros Pagamento 115,00 Pagamento (Preço de tabela líquido do desconto dos revendedores = 125) * Aluguel de frotas Seminovos Consolidado R$ % R$ % R$ % Receia de aluguel de frotas 53,64 100,0% 102,20 100,0% 155,84 100,0% Custos (14,24) -26,5% (14,24) -9,1% SG&A (3,97) -7,4% (7,15) (11,12) -7,1% Book value dos carros vendidos (91,99) -90,0% (91,99) -59,0% EBITDA 35,43 66,0% 3,06 3,0% 38,49 24,7% Depreciação (8,20) -8,0% (8,20) -5,3% Juros (15,00) -14,7% (15,00) -9,6% IR (30%) (10,63) -19,8% 6,04 5,9% (4,59) -2,9% NET INCOME 24,80 46,2% (14,10) -13,8% 10,70 6,9% % sobre a receita de aluguel 46,2% -26,3% 20,0% A margem líquida consolidada será de 20% das receitas de aluguel de frotas (se 100% alavancado) 48
  50. 50. Evolução da taxa de Depreciação x Margem de EBITDA do Seminovos 49
  51. 51. Evolução do preço dos carros novos 9.8% 10.0% 6.0% 4.7% 3.7% 2.0% 0.1% -1,0% -2.0% 2000 2001 2002 2003 2004 2005 1T06 -6.0% -4.1% -5.1% 2000 2001 2002 2003 2004 2005 1Q06 Aumento do preço do 1.90% 6.72% 7.39% 13.95% 17.42% 9.40% 1.50% carro novo (Palio) IPCA 5.97% 7.67% 12.53% 9.30% 7.60% 5.69% 1.44% Aumento (queda) - 4.07% - 0.95% - 5.14% + 4.65% + 9.82% + 3.71% + 0.06% Real 50
  52. 52. Taxa de depreciação X Margem de EBITDA do Seminovos Exemplo 1 Exemplo 2 Exemplo 3 Exemplo 4 Exemplo 5 Exemplo 6 Exemplo 7 Preço de compra 100.00 100.00 100.00 100.00 100.00 100.00 100.00 Preço de venda 95.00 100.00 105.00 110.00 115.00 120.00 125.00 Taxa de 14.5% 10.0% 5.5% 1.0% 0% 0% 0% depreciação Book Value 85.50 90.00 94.50 99.00 100.00 100.00 100.00 SG&A (7%) 6.65 7.00 7.35 7.70 8.05 8.40 8.75 EBITDA 2.85 3.00 3.15 3.30 6.95 11.60 16.25 Margem de 3% 3% 3% 3% 6% 10% 13% EBITDA Média 3.0% 9.6% Taxa de depreciação = {(preço de venda – 10% do preço de venda) / Preço de compra do carro}-1 onde 10% = despesas de venda (7%) + margem de segurança (3%) 51
  53. 53. Retail x replacement x mini-lease 52
  54. 54. Aluguel de carro – Lucro bruto por segmento Reserva Pós-vendas Retirada Devolução Uso Retail Replacement Mini-lease Índice 100,0 70,0 60,0 Taxa de utilização 60% 80% 95% Receita 60,0 56,0 57,0 Interações (0,25 cada) 20 8 2 Custo fixo total 5,00* 2,00 0,50 Margem de contribuição 55,0 54,0 56,5 Volume 36% 64% Receita 58% 42% *Nao inclui 5% de taxa de aerporto 53
  55. 55. Price 23 -M a 10 15 20 25 30 35 40 45 50 55 60 65 70 7- y Ju 21 n -J un 5- Ju 19 l -J u 2- l Au 16 g -A 30 ug -A 14 u g -S 28 e p -S e 13 p -O 2 7 ct -O 1 1 ct -N 2 8 ov -N 12 ov -D 26 e c -D 10 ec -J Performance: RENT3 2005 RENT3 2006 2 4 an -J a 8- n Fe 22 b RENT3 since IPO -F 10 eb -M 24 ar -M a Volume RENT3 7- r Ap 25 r -A 1 0 pr -M 2 4 ay + 149% -M RENT3 X IBOV RENT3 a + 124% + 459% 7- y Ju 22 n -J X X un X 6- J 20 ul -J u IBOVESPA 3- l A 17 ug Volume médio diário negociado 2006: R$ 10,5 million -A 31 ug -A 15 u g -S 29 e p -S e 16 p -O IBOV + 38% IBOV + 33% IBOV + 84% 3 0 ct -O 1 4 ct -N 3 0 ov -N 14 ov -D ec R$64,25 0 20 40 60 80 100 120 54 De 23/05/05 (IPO) a 31/12/06. Volume-R$ thousand Performance RENT3

×