Nova apresentação port
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Nova apresentação port

on

  • 483 views

 

Statistics

Views

Total Views
483
Views on SlideShare
399
Embed Views
84

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

1 Embed 84

http://localiza.riweb.com.br 84

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Nova apresentação port Presentation Transcript

  • 1. 1Setembro, 2012
  • 2. Agenda1. Visão geral da Companhia2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Aluguel de frotas Seminovos3. Consolidado4. Dívida e caixa5. Apêndice Brasil – Cenário macroeconômico Earnings release 2T12 2
  • 3. A Companhia: principais acontecimentosFase I – Alcançando a liderança Fase II – Expansão Fase III – Ganhando escala1973 – Fundada em Belo Horizonte/MG 1984 – Estratégia de expansão por 2005 – IPO: valor de mercado de adjacências: Franchising US$ 295 milhõesFinal dos anos 70 - Aquisições nonordeste do Brasil 1991 – Estratégia de expansão por 2011 – Avaliada como investment grade adjacências: Seminovos pela Moody’s, Fitch e mais1981 – líder brasileira no aluguel de recentemente, S&Pcarros em número de agências 1997 – Empresa de PE DL&J compra 1/3 da Cia. a um valor de mercado de 2012 – ADR nível I US$ 150 milhões 30/08/2012 – Valor de mercado de 1997 – Estratégia de expansão por US$3.6 bilhões com volume médio adjacências: Aluguel de Frotas negociado de R$34.9 milhões por dia 1973 1982 1983 1990 2004 2005 2011 3
  • 4. A Companhia: plataforma integrada de negócios 58.436 carros 31.412 carros 3,1 milhões de clientes 699 clientes 253 agências 343 colaboradores 4.057 colaboradores Sinergias: poder de barganha redução de custo cross selling 13.389 carros 66,6% vendido a consumidor final 201 agências no Brasil 71 lojas 48 agências no exterior 951 colaboradores 34 colaboradoresA plataforma integrada proporciona à Localiza flexibilidade e performance superior. 4 Números do 2T12
  • 5. A Companhia: Divisões da plataforma de negóciosAluguel de Carros Franchising Aluguel de Frotas Venda de seminovosA Divisão de Aluguel de Negócio suplementar, com A Divisão de Aluguel de Área de suporte com oCarros da Localiza aluga o objetivo de expandir a Frotas, oferece carros objetivo de vender os carrospara indivíduos ou distribuição geográfica da customizados em seminovos da Companhia,empresas, em aeroportos e Companhia. contratos com prazos de 2- além de adicionar know-howoutras localidades. 3 anos. na compra dos carros e auxiliar na estimativa do valor residual do carro.A maior divisão de O Franchising é visto pela O aluguel de frotas é visto Sendo uma atividade denegócios da Localiza. Com administração como como um negócio suporte ao negócio, osua imensa frota renovada negócio estratégico– as adicional que gera valor Seminovos permite a venda deanualmente, é responsável receitas geradas são alavancando sinergias 70% dos carros seminovospelos ganhos de escala baixas, entretanto a criadas pela plataforma de diretamente ao consumidorcapturados pelo grupo expansão da marca e rede é negócios. final, maximizando o valorcomo um todo. feita com baixo residual dos carros usados no investimento de capital. aluguel. 5
  • 6. Ciclo financeiro Receita da venda de carros Ciclo – 1 ano $26,4 Receita 1 2 3 4 5 Despesas, juros e impostos 8 9 10 11 12 $27,5Compra de carros Fleet Rental Seminovos Total 2011 por veículo operacional por veículo operacional por ano R$ % R$ % R$ Receitas 19,1 100,0% 29,2 100,0% 48,3 Custos (7,4) -38,7% - 0,0% (7,4) SG&A (2,7) -14,1% (2,8) -9,6% (5,5) Receita líquida de venda 26,4 90,4% 26,4 Valor residual do carro vendido (25,7) -90,0% (25,7) EBITDA 9,0 47,2% 0,7 2,4% 9,7 Depreciação (carro) (2,0) -6,8% (2,0) Depreciação (não-carro) (0,3) -1,6% (0,3) Juros sobre a dívida (2,4) -8,2% (2,4) IR (2,7) -14,2% 1,1 3,8% (1,6) LUCRO LÍQUIDO 6,0 31,5% (2,6) -8,9% 3,4 NOPAT (anualizado) 5,2 ROIC 18,9% Spread Custo da dívida após impostos 8,6% 10,3p.p. SPREAD 10,3% 6
  • 7. Ciclo financeiro Receita da venda de carros Ciclo – 2 anos $26,3 Receita 1 2 3 4 5 Despesas, juros e impostos 20 21 22 23 24 $36,1Compra de carros Fleet Rental Seminovos Total 2011 por veículo operacional por veículo operacional por ano R$ % R$ % R$ Receitas 16,3 100,0% 28,6 100,0% 44,9 Custos (4,2) -25,8% - 0,0% (4,2) Custos (0,9) -5,5% (2,3) -8,0% (3,2) Receita líquida de venda 26,3 92,0% 26,3 Valor residual do carro vendido (24,9) -90,0% (24,9) EBITDA 11,2 68,7% 1,4 4,9% 12,6 Depreciação (carro) (4,2) -14,7% (4,2) Depreciação (não-carro) (0,1) -0,6% (0,1) Juros sobre a dívida (2,0) -7,0% (2,0) IR (3,4) -20,6% 1,4 5,0% (1,9) LUCRO LÍQUIDO 7,7 47,5% (3,4) -11,7% 4,4 NOPAT (anualizado) 5,8 ROIC 16,1% Spread Custo da dívida após impostos 8,6% 7,5p.p. SPREAD 7,5% 7
  • 8. Evolução das receitas de aluguelReceitas de aluguel da Localiza a preços constantes 6,4% CAGR: 1 1.483,5 1.720,9 1.156,6 1.168,4 819,3 943,2 594,0 692,7 16,0% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011Receita do setor a preços constantes CAGR: 5,8% 5.412,0 5.690,0 4.668,0 4.827,7 3.841,6 3.876,7 3.995,7 4.265,2 5,1% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 PIB 5,7% 3,2% 4,0% 6,1% 5,2% -0,3% 7,5% 2,7% CAGR:4,0% Em 2011 a Companhia cresceu 5,9x PIB e o setor 1,9x. 8
  • 9. Spread Spread 24,80% 21,25% 18,70% 17,03% 16,94% 17,12% 11,2p.p. 15,10% 7,8p.p. 12,9p.p. 11,54% 8,2p.p. 9,6p.p. 8,5p.p. 8,1p.p. 13,60% 4,0p.p. 10,90% 8,40% 8,84% 7,59% 8,60% 7,33% 7,05% 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1S12 anualizado Juros da dívida após impostos ROIC 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1S12 aInvestimento médio de capital - R$ milhões 606,3 986,2 1.137,5 1.642,3 1.702,3 1.984,6 2.445,3 2.645,6Margem NOPAT (sobre receita líquida de aluguel) 37,0% 34,5% 36,9% 32,1%* 21,9% 28,6% 28,9% 24,9%*Giro do investimento médio de capital(sobre receita líquida de aluguel) 0,67x 0,55x 0,58x 0,53x 0,53x 0,59x 0,59x 0,61xROIC 24,8% 18,7% 21,3% 17,0% 11,5% 16,9% 17,1% 15,1%Juros da dívida após impostos 13,60% 10,90% 8,40% 8,84% 7,59% 7,33% 8,60% 7,05%Spread (ROIC – Juros após impostos) - p.p. 11,2 7,8 12,9 8,2 4,0 9,6 8,5 8,1 O ROIC e o spread refletem a estratégia de competitividade na precificação adotada pela Companhia. 9 * Exclui a depreciação adicional, seguindo os conceitos recomendados pela Stern Stewart
  • 10. Vantagens competitivas: 38 anos de experiência administrando ativos Rentabilidade vem das divisões de aluguel Aluguel de carros Venda deCaptação de Aquisição carros recursos de carros $ $ Caixa para renovar a frota ou pagar dívida 10
  • 11. Vantagens competitivas: captação de recursos Captação Aquisição Venda de de de Aluguel de carros carros recursos carros Grau de investimento: menores spreads e maiores prazosEscala Nacional brAAA S&P brA- S&P Aa1.br Moody’s A (bra) Fitch A- (bra) Fitch A- (bra) Fitch AA+(bra) Fitch Escala Global BBB- Fitch Baa3 Moody’s BBB+ S&P B+ S&P B+ Fitch B2 Moodys BBB- S&P A Localiza capta recursos com menores spreads quando comparada aos concorrentes nacionais. Em junho, 2012. 11
  • 12. Vantagens competitivas: aquisição de carrosCaptação Aquisição Venda de de de Aluguel de carros carrosrecursos carros Melhores condições devido a volumes maioresNúmero de carros comprados em 2011 Compras por marca em 2011 59,950 Renault Outros Ford 9,9% 1,3% 11,0% 15,341 11,052 Fiat GM 39,3% 21,0% Localiza Unidas Locamerica VW 17,5% A Localiza comprou 2,3% da produção das principais montadoras nacionais em 2011. 12
  • 13. Vantagens competitivas: aluguel de carrosCaptação Aquisição Venda de de de Aluguel de carros carrosrecursos carros Marca Know How Distribuição no Brasil 452 # de agências 289 62 107 120 # de cidades 318 71 60 32 Localiza Hertz Unidas Avis A Companhia está presente em 213 cidades em que as outras grandes redes não operam. 13 Fonte: Brand Analytics e website de cada Companhia (Maio, 2012)
  • 14. Vantagens competitivas: venda de carros Captação Aquisição Venda de de de Aluguel de carros carros recursos carrosVenda direta ao consumidor final Frota adicional Vender diretamente ao consumidor corta os intermediários e reduz a nossa depreciação. Os carros à venda são utilizados pela divisão de aluguel de carros nos picos de demanda. 14
  • 15. Agenda1. Visão geral da Companhia2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Aluguel de frotas Seminovos3. Consolidado4. Dívida e caixa5. Apêndice Brasil – Cenário macroeconômico Earnings release 2T12 15
  • 16. Visão geral do Aluguel de Carros Performance financeira Tamanho da frota corporativa CAGR: 23,0% 64.688 980,71 1 . 000 0 , 9 000 0 , 9 0 0 , % 47.517 585,2 35.686 428,0 7 000 0 , 5 000 0 , 46,0% 46,9% 3 000 0 , 41,9% 4 0 0 , % 1 000 0 , 1 - 000 0 , 3 - 000 0 , 2007 2009 2011 2007 2009 2011 5 - 000 0 , - 1 0 0 , % Receita líquida Margem de EBITDA (%) Composição da frota – 64.688 carros Pesquisa de satisfação dos clientes 96,0% 95,3% 95,9% 63.1% Carros populares 36.9% 2007 2009 2011 Outros 16 *Fonte: website de cada Companhia (Maio, 2012)
  • 17. Distribuição Distribuição do Aluguel de Carros (Brasil) 415 449 452 346 381 279 312 254 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1S12 # de agências # de cidades 452 318 289 62 107 71 60 32 120 Localiza Hertz Unidas AvisLocaliza possui uma posição extremamente forte no mercado brasileiro, competindo com sucesso com os maiores players globais nas últimas décadas em razão da escala local. 17 *Fonte: website de cada Companhia (Maio, 2012)
  • 18. Participação de mercado Aluguel de Carros - Brasil (# de carros) 36.5% Agências de aluguel de carros no Brasil Agências de aeroporto Agências fora de aeroporto Outros Localiza Avis 36 Localiza 351 Hertz 35 101 78 Unidas 73 Avis 27 OutrosUnidas Hertz 2079 34 42 Mercado fora dos aeroportos ainda fragmentado. 18 Source: ABLA e website das Companhias (Maio, 2012)
  • 19. Principais concorrentesMarket share (2010)* 6,7% 3,1% 2,8%Agências em aeroporto 34 35 42Agências fora de aeroporto 73 27 78 • Capitalizada por três • Marca internacional • Marca internacionalForças fundos de Private Equity • Expertise local • Expertise local • Expertise local • Fraca distribuição • Marca relativamente fraca • Fraca distribuição no Brasil • Fraca distribuição no Brasil • Prioridades não definidas • Master franqueado no Brasil • Rede de venda de veículosFraquezas entre os negócios de em recuperação judicial usados aluguel de carros e frotas • Rede de venda de veículos • Rede de venda de usados veículos usados 19 *Fonte: relatório da Roland Berger em 21 de Junho de 2012, baseado nos números de 2010
  • 20. Drivers Investimentos no Brasil # de passageiros - milhões 679 % % 16,2 20,3 179 % 154 343 80,3 128 182 71 85 83 107 2003 2009 2010 2011 s a ás e to te ro tri ad en or /G ut ús id sp am eo O ric d an In ól ne et tr Tr El SaPe Acessibilidade ao aluguel de carros PIB per capita 645 (R$ mil) 545 51% 510 465 19,0 21,3 415 38% 380 16,6 37% 35% 350 16,0 300 14,2 11,7 12,8 260 10,7 240 9,5 180 200 7,5 8,4 151 31% 6,9 27% 22% 20% 18% 16% 15% 15% 13% 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012e 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Salário m ínim o (R$) Preço diária / salário m ínim o 20
  • 21. Agenda1. Visão geral da Companhia2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Aluguel de frotas Seminovos3. Consolidado4. Dívida e caixa5. Apêndice Brasil – Cenário macroeconômico Earnings release 2T12 21
  • 22. Visão geral do Aluguel de Frotas Performance financeira Número de clientes 19,0% 5 00, 0 0 CAGR: 455,0 1 0 0 0 , % 687 4 5 0, 0 0 584 303,2 4 00, 0 0 3 5 0, 0 0 456 2 3 5 00, 0 0 0, 0 0 219,8 2 00, 0 0 71,3% 68,7% 68,6% 1 5 0, 0 0 1 00, 0 0 5 0, 0 0 0, 0 0 5 0 0 , % 2007 2009 2011 2007 2009 2011 Receita líquida Margem de EBITDA (%) Composição da frota Pesquisa de satisfação de clientes 98,0% 99,0% 93,0% 42,6% Carros populares Usuários Usuários VIP Administradores57,4% dos contratosOutros 22
  • 23. Drivers Penetração da frota terceirizadaMercado brasileiro Mundo 58,3%Frota corporativa: 46,9% 4.200.000 37,4% Frota alvo: 24,5% 16,5% 500.000 8,9% 13,3% 5,4% Frota alugada: ça a da ia l do ca a si 245.000 h h ôn an an an ra he ni an l U B Fr ol p Tc Po m Es o H le n a A ei ic R úbl ep R 31.629 Menos de 50% da frota-alvo está alugada. 23 Fonte: ABLA e Datamonitor
  • 24. Participação de mercado Aluguel de Frotas - Brasil (# de carros) 13,9%O negócio se beneficia muito da sinergia com a área de aluguel de carros e, à medida em que a economiabrasileira se matura, pode-se esperar um percentual maior de empresas utilizando terceirização de frotas. 24 Fonte: basedo no anuário da ABLA 2012
  • 25. Principais concorrentesMarket share* 9,5% 7,1%Receita (R$ milhões) 272,5 204,7Tamanho da frota 27.262 16.418 • Segundo player no Brasil • CapitalizadaForças • Oferta pública de ações em • Sinergia com sua área de 04/2012 aluguel de carros • Baixa rentabilidade • Prejuízo nos últimos 6 anos (competindo em preço por (competindo em preço por market share) market share)Fraquezas • Cálculo da depreciação • Rede de venda de veículos • Rede de venda de veículos usados usados 25 *Fonte: relatório da Roland Berger de 21 de junho de 2012, baseado nos dados de 2011
  • 26. Agenda1. Visão geral da Companhia2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Aluguel de frotas Seminovos3. Consolidado4. Dívida e caixa5. Apêndice Brasil – Cenário macroeconômico Earnings release 2T12 26
  • 27. Venda de carros – dados operacionais Localiza criou o Seminovos em 1993, um novo conceito envolvendo carros mais novos. # de pontos de venda +5 71 66 55 49 32 35 26 13 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1S12A combinação da marca da Localiza com uma rede de lojas em ampliação, possibilita a Companhia a vender milhares de veículos a preços de mercado. 27 Fonte: Fenabrave 2011
  • 28. Drivers seminovos: acessibilidade e penetração # de habitantes por carro (2011) # de habitantes por carro - Brasil EUA 1,3 Reino Unido 1,8 8,0 7,9 Alemanha 1,9 7,4 França 2,0 6,9 Japão 2,1 6,5Coréia do Sul 3,6 5,9 Rússia 4,0 5,5 Argentina 4,2 Brasil 5,5 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011O aumento da renda e a disponibilidade de crédito são os principais drivers para a venda de carros. Fonte: O Estado de São Paulo, 15/04/12 (baseado em estudos da Sindipeças, Roland Berger e PWC). 28
  • 29. Mercado brasileiro: carros novos x usados e acessibilidade 17,4 Indivíduos com 15,8 acessibilidade para comprar um carro novo* 11,9 8,9 8,9 Carros usados 7,9 8,47,0 7,3 7,1 6,8 7,1 5,6 6,7 2,5x 2,6x 2,4x 2,7x 3,7x 3,1x 4,4x Carros novos 3,3 3,5 3,0 2,7 2,31,6 1,82005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 * População com acessibilidade para comprar um carro novo popular (R$25.000) com 20% de entrada O mercado de carros usados é atualmente 2,6x o mercado de carros novos. 29 Fonte: FENABRAVE (Veículos + comerciais leves) e Bradesco
  • 30. Venda de carros – dados operacionais 0,6% 1,5% 10,6% Carros usados - 2011 Carros novos - 2011 Até 2 anos Até 8.862.951 3.425.499 476.827 Receita líquida Carros vendidos 1.468,1 50.7721 7 . 000 0 , 6 0 . 00 , 0 0 01 5 . 000 0 , 5 0 . 00 , 0 0 0 34.5191 3 . 000 0 ,1 1 . 000 0 , 850,5 922,4 4 0 . 00 , 0 0 0 30.093 9 000 0 , 3 0 . 00 , 0 0 0 7 000 0 , 2 0 . 00 , 0 0 0 5 000 0 , 3 000 0 , 1 0 . 00 , 0 0 0 1 000 0 , 0 , 0 0 1 - 000 0 , 2007 2009 2011 2007 2009 2011 30
  • 31. Venda de carros – dados operacionais Venda mensal/loja 82 82 82 74 73 70 74 592008 2009 2010 2011 1T12 abr/12 mai/12 jun/12 O número de carros vendidos é ponderado pelo número de lojas abertas no período Perfil das vendas 45% 44% 42% 39% 48% 51% 55% 57% 58% 61% 52% 49% 2007 2008 2009 2010 2011 2T12 Financiado à vista O aumento do número de lojas permite grandes volumes de vendas 31
  • 32. Principais concorrentes • Montadoras • “Shopping do • Operadoras de aluguel • Varejistas/ revendasExemplos • Fiat, VW, Ford, GM mais automóvel” e “Cidade • Locamerica, Hertz • “Loja do carro” reconhecidas do automóvel” • Marca e imagem/experiência • Customizada à demanda • Normalmente • Conforto e reconhecidas de compra do direcionado às classes conveniência • Suporte geralmente direto consumidor popular, mais baixas, comForças • Variedade de das montadoras tornando-se um forte veículos mais velhos modelos e marcas • Flexibilidade em argumento no momento • Especializada em • Flexibilidade na troca transacionar veículos da venda nichos • Forte presença da mídia • Estigma acerca de uso • Presença mais baixa árduo durante o período • Baixa reputação da na mídia • Venda de veículos não é o de aluguel marca • Carros normalmente principal negócio • Fraca rede de varejoFraquezas • Opções de com idade superior a • Carros normalmente com • Concentração geográfica financiamento com 2 anos idade superior a 2 anos (SP) altas taxas de juros • Não tem sido bem • Presença mais baixa na sucedido mídiaPontos de venda • 3.714 (Anfavea) • 29* • 45.600 (Fenauto) • 71 (Fenauto) *Baseado nos principais relatórios das Companhias e websites. 32
  • 33. Pesquisa de satisfação 2011 – Você recomendaria o Seminovos? SIM! 94,0% 94,0% 92,3% 94,0% 2009 2010 2011 Clientes reconhecem o serviço premium e recomendam! 33Fonte: baseda em pesquisa feita pela Companhia com seus clientes através do telefone, iniciada em 2009
  • 34. Agenda1. Visão geral da Companhia2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Aluguel de frotas Seminovos3. Consolidado4. Dívida e caixa5. Apêndice Brasil – Cenário macroeconômico Earnings release 2T12 34
  • 35. Visão geral consolidada - 2011Receitas: R$2.918,1 milhões EBITDA: R$821,3 milhões 16% 34% 57% 38% 50% 5% 35
  • 36. Receita líquida consolidada R$ milhões : 22,7% CAGR 2,918.1 2,497.2 1.468,1 7% 1,823.7 1,820.9 1.321,9 12. 1,505.5 1,564.3 1,387.9 1,126.2 980,8 922,4 8% 854.9 850,5 762,7 11. 693,3 789.6 588,8 706.4 1.450,0 %446,5 1.175,3 5 .4 352,7 389,3 537,4 655,0 842,9 898,5 694,6 1 801,6 % 3.2 400,3408,4 353,7 12005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1S11 1S12 2T11 2T12 Aluguéis Seminovos No 2T12, a receita líquida cresceu graças ao aumento das receitas de 13,2% nos aluguéis e 10,4% no Seminovos 36
  • 37. EBITDA R$ million : 19.8% 821.3 CAGR 649.5 504.1 10.1% 311.3 403.5 469.7 386.8 425.7 7.5% 277.9 200.6 215.7 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1H11 1H12 2Q11 2Q12Margin per division 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1H11 1H12 2Q11 2Q12Car rental 47.5% 43.4% 46.0% 45.9% 41.9% 45.3% 46.9% 45.1% 41.3% 46.1% 40.6%Fleet rental 65.5% 71.4% 71.3% 69.1% 68.7% 68.0% 68.6% 67.1% 66.0% 68.5% 65.8%Rental consolidated 53.6% 52.9% 54.5% 53.3% 51.1% 52.3% 53.8% 52.0% 49.4% 53.1% 48.9%Seminovos 13.2% 4.6% 5.5% 5.6% 1.1% 2.6% 2.8% 3.7% 3.9% 3.6% 5.1% EBITDA margin in the 2Q12 was impacted by complement bonuses and accessories expenses. 37
  • 38. Depreciação média por carro Mercado de carros usados aquecido Reflexo da crise financeira 5.468,2 Reflexo da 2.546,0 2.577,0 1.683,9 2.062,3 redução do IPI 1.536,0 492,3 939,1 332,9 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Jan-Abr/12* 1S12* * Anualizado 5.083,1 5.406,32.981,3 4.371,7 3.509,7 4.133,0 4.289,3 Reflexo da 2.383,3 2.395,8 redução do IPI 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Jan-Abr/12* 1S12* * Anualizado A depreciação foi impactada pela queda nos preços dos carros, em razão da redução de IPI... 38
  • 39. Lucro líquido consolidado R$ milhões % 16,4 291,6 250,5 -39,4 190,2 % 138,2 127,4 137,6 -85,5 106,5 116,3 % 83,4 74,0 10,7 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1S11 1S12 2T11 2T12Reconciliação EBITDA x lucro líquido 2009 2010 2011 Var. R$ Var. % 1S11 1S12 Var. R$ Var. % 2T11 2T12 Var. R$ Var. % 469,7 649,5 821,3 171,8 26,5% 386,8 425,7 38,9 10,1% 200,6 215,7 15,1 7,5%EBITDA Consolidado (172,3) (146,3) (201,5) (55,2) 37,7% (89,7) (223,3) (133,6) 148,9% (43,3) (165,3) (122,0) 281,8%Depreciação de carrosDepreciação de outros imobilizados (21,0) (21,1) (24,1) (3,0) 14,2% (12,3) (15,6) (3,3) 26,8% (6,3) (8,1) (1,8) 28,6%Despesas financeiras, líquidas (112,9) (130,1) (179,0) (48,9) 37,6% (88,0) (77,7) 10,3 -11,7% (45,2) (34,1) 11,1 -24,6%Imposto de renda e contribuição social (47,2) (101,5) (125,1) (23,6) 23,3% (59,2) (25,7) 33,5 -56,6% (31,8) 2,5 34,3 -107,9%Lucro líquido do período 116,3 250,5 291,6 41,1 16,4% 137,6 83,4 (54,2) -39,4% 74,0 10,7 (63,3) -85,5% ... reduzindo o lucro líquido do período. Excluindo a depreciação adicional, o lucro do 1S12 alcançaria R$149,5 milhões. 39
  • 40. Análise SWOT: plataforma de negócios da Localiza De acordo com o relatório da Roland Berger 21 de junho de 2012 Forças Fraquezas• Escala local incomparável • Grande foco em agências de aeroporto• Forte distribuição nos grandes centros do Brasil • Custo da renovação das concessões de aeroportos• Integração vertical, criando sinergia para todas as • Dependência de passageiros nos aeroportos quatro divisões de negócios (crescimento limitado pela infraestrutura brasileira)• Forte presença operacional do negócio e • Fraca presença fora do Brasil, resultando em administração experiente exposição ao desenvolvimento econômico nacional • Dependência em capital de longo prazo para financiar a renovação da frota Oportunidades Ameaças•Aumento no market share através de futura •Qualquer medida do governo brasileiro que possa consolidação do mercado de aluguel de carros impactar nos preços de venda dos carros, brasileiro potencialmente diminuindo o valor do ativo (ex. imposto de venda de veículos novos)•Terceirização de frota com baixa penetração no Brasil •Novos competidores entrando no mercado (aluguel de carros ou frotas)•Acontecimento de mega eventos no Brasil •Aumento no preço do combustível•Perspectiva positiva para os negócios e turismo no Brasil A marca da Localiza é top of mind no Brasil. Localiza não vê como uma fraqueza ou ameaça 40
  • 41. Agenda1. Visão geral da Companhia2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Aluguel de frotas Seminovos3. Consolidado4. Dívida e caixa5. Apêndice Brasil – Cenário macroeconômico Earnings release 2T12 41
  • 42. Fluxo de caixa livre - FCLFluxo de Caixa Livre - R$ milhões 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1S12EBITDA 277,9 311,3 403,5 504,1 469,7 649,5 821,3 425,7Receita na venda dos carros líquida de impostos (446,5) (588,8) (850,5) (980,8) (922,4) (1.321,9) (1.468,1) (762,7)Custo depreciado dos carros vendidos (*) 361,2 530,4 760,0 874,5 855,1 1.203,2 1.328,6 687,7(-) Imposto de Renda e Contribuição Social (32,7) (42,7) (63,4) (52,8) (49,0) (57,8) (83,0) (54,9)Variação do capital de giro (24,2) (4,8) 13,3 (44,8) (11,5) 54,5 (83,9) (18,9)Caixa gerado antes do capex 135,7 205,4 262,9 300,2 341,9 527,5 514,9 276,9Receita na venda dos carros 446,5 588,8 850,5 980,8 922,4 1.321,9 1.468,1 762,7Capex de carros para renovação (496,0) (643,3) (839,0) (1.035,4) (947,9) (1.370,1) (1.504,5) (628,5)Capex líquido para renovação da frota (49,5) (54,5) 11,5 (54,6) (25,5) (48,2) (36,4) 134,2Renovação da frota - quantidade 18,763 23,174 30,093 34,281 34,519 47,285 50,772 27,789Capex outros imobilizados (28,0) (32,7) (23,7) (39,9) (21,0) (51,1) (63,0) (36,0)Fluxo de caixa livre antes do crescimento 58,2 118,2 250,7 205,7 295,4 428,2 415,5 375,1Capex de carros para crescimento da frota (194,0) (287,0) (221,9) (299,9) (241,1) (540,3) (272,0) -Variação na conta de fornecedores de carros (capex) (25,5) 222,0 (51,0) (188,9) 241,1 111,3 32,7 (132,8)Capex líquido para crescimento da frota (219,5) (65,0) (272,9) (488,8) 0,0 (429,0) (239,3) (132,8)Aumento da frota – quantidade 7.342 10.346 7.957 9.930 8.642 18.649 9.178 (5.868)Fluxo de Caixa Livre depois do crescimento (161,3) 53,2 (22,2) (283,1) 295,4 (0,8) 176,2 242,3 42 (*) Sem a dedução dos descontos técnicos até 2010 (vide item 18 – Glossário)
  • 43. Movimentação da dívida líquida no 1S12 (R$ milhões) FCL 242,3Dívida líquida Dívida líquida 31/12/2011 30/06/2012- 1.363,4 - 1.254,9 (54,9) (78,9) Juros Dividendos incorridos A dívida líquida foi reduzida em R$108,5 milhões (-8,0%). 43
  • 44. Dívida – perfil R$ milhões Perfil da dívida em 30/06/2012- principal (R$ milhões) 562,0 432,0 323,5 303,5 161,8 16,5 26,0 52,02012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019Caixa673,9 Forte posição de caixa e confortável perfil de dívida. Spread “all in” no 1S12 foi 1,3p.p. acima do CDI. 44
  • 45. Dívida - ratios 2.681,7 2.446,7 2.391,2 1.907,8 1.752,6 1.492,9 1.363,4 1.247,7 1.254,5 1.281,1 1.254,9 1.078,6 900,2 765,1535,8 440,4 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 1S12 Dívida líquida Valor da frotaSALDOS EM FINAL DE PERÍODO 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011(**) 1S12 (**)Dívida líquida / Valor da frota 60% 36% 51% 72% 57% 52% 51% 52%Dívida líquida / EBITDA (*) 1,9x 1,4x 1,9x 2,5x 2,3x 2,0x 1,7x 1,5xDívida líquida / Patrimônio líquido 1,4x 0,7x 1,3x 2,0x 1,5x 1,4x 1,2x 1,1xEBITDA / Despesas financeiras líquidas 3,3x 4,8x 5,4x 3,8x 4,2x 5,0x 4,6x 5,5x (*) anualizado (**) A partir de 1 de janeiro de 2011, contempla as demonstrações financeiras em IFRS A Companhia possui ratios conservadores de endividamento. 45
  • 46. RI Roberto Mendes Silvio Guerra Nora Lanari CFO- DRI RI RI Website: www.localiza.com/ri E-mail: ri@localiza.com Telefone: 55 31 3247-7024Aviso – Informações e projeçõesO material que se segue é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da LOCALIZA na data da apresentação. Trata-se de informação resumida sem intenções de serem completas,que não devem ser consideradas por investidores potenciais como recomendação. Esta apresentação é estritamente confidencial e não pode ser divulgada a nenhuma outra pessoa. Não fazemosnenhuma declaração nem damos nenhuma garantia quanto à correção, adequação ou abrangência das informações aqui apresentadas, que não devem ser usadas como base para decisões deinvestimento.Esta apresentação contém declarações e informações prospectivas nos termos da Cláusula 27Aª da Securities Act of 1933 e Cláusula 21E do Securities Exchange Act of 1934. Tais declarações einformações prospectivas são unicamente previsões e não garantias do desempenho futuro. Advertimos os investidores de que as referidas declarações e informações prospectivas estão e estarão,conforme o caso, sujeitas a muitos riscos, incertezas e fatores relativos às operações e aos ambientes de negócios da LOCALIZA e suas controladas, em virtude dos quais os resultados reais dasempresas podem diferir de maneira relevante de resultados futuros expressos ou implícitos nas declarações e informações prospectivas.Embora a LOCALIZA acredite que as expectativas e premissas contidas nas declarações e informações prospectivas sejam razoáveis e baseadas em dados atualmente disponíveis à suaadministração, a LOCALIZA não pode garantir resultados ou acontecimentos futuros. A LOCALIZA isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informaçõesprospectivas.Não é permitido oferecer ou vender nos Estados Unidos valores mobiliários que não tenham sido registrados ou estejam isentos de registro conforme a Securities Act of 1933. Qualquer oferta devalores mobiliários a ser feita nos Estados Unidos deverá sê-lo por meio de um memorando de oferta que pode ser obtido com os underwriters que possam ser indicados em conexão com a oferta deações ou títulos no futuro. O memorando de oferta deverá conter ou incorporar por referência informações detalhadas sobre a LOCALIZA e seus negócios e resultados financeiros, além de suasdemonstrações financeiras.Esta apresentação não constitui oferta, convite ou solicitação de oferta de subscrição ou compra de quaisquer valores mobiliários. Nem esta apresentação nem qualquer coisa aquicontida constituem a base de um contrato ou compromisso de qualquer espécie. 46