Your SlideShare is downloading. ×

Localiza institucional português

685

Published on

Published in: Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
685
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1 Localiza Rent a Car S.A. Apresentação Institucional Abril, 2014
  • 2. 2 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Gestão de frotas Seminovos 3. Consolidado 4. Dívida e caixa 5. Apêndice Earnings release 1T14 Agenda
  • 3. 3 A Companhia: principais acontecimentos Fase I – Alcançando a liderança 1973 – Fundada em Belo Horizonte/MG Final dos anos 70 - Aquisições no nordeste do Brasil 1981 – líder brasileira no aluguel de carros em número de agências Fase II – Expansão 1984 – Estratégia de expansão por adjacências: Franchising 1991 – Estratégia de expansão por adjacências: Seminovos 1997 – Empresa de PE DL&J compra 1/3 da Cia. a um valor de mercado de US$ 150 milhões 1997 – Estratégia de expansão por adjacências: Gestão de Frotas Fase III – Ganhando escala 2005 – IPO: valor de mercado de US$ 295 milhões 2011 – Avaliada como investment grade pela Moody’s, Fitch e em 2012 pela S&P 2012 – ADR nível I 31/03/2014 – Valor de mercado de US$3.1 bilhões com volume médio negociado de R$49.4 milhões por dia 1973 1982 1983 2004 2005 2013
  • 4. Plataforma integrada de negócios 4 Sinergias: poder de barganha redução de custo cross selling 13.275 carros 176 agências no Brasil 63 agências no exterior 37 colaboradores 59,2% vendido a consumidor final 74 lojas 1.003 colaboradores 64.642 carros 4,0 milhões de clientes 301 agências 4.379 colaboradores 32.009 carros 768 clientes 353 colaboradores A plataforma integrada proporciona à Localiza flexibilidade e performance superior. Números do 1T14
  • 5. 5 Aluguel de Carros A Divisão de Aluguel de Carros da Localiza aluga para indivíduos ou empresas, em aeroportos e outras localidades. A maior divisão de negócios da Localiza. Com sua imensa frota renovada anualmente, é responsável pelos ganhos de escala capturados pelo grupo como um todo. Gestão de frotas A Divisão de Gestão de Frotas, oferece carros customizados em contratos com prazos de 2- 3 anos. A Divisão de Gestão de Frotas é visto como um negócio adicional que gera valor alavancando sinergias criadas pela plataforma de negócios. Venda de seminovos Área de suporte com o objetivo de vender os carros seminovos da Companhia, além de adicionar know- how na compra dos carros e auxiliar na estimativa do valor residual do carro. Sendo uma atividade de suporte ao negócio, o Seminovos permite a venda de cerca de 65% dos carros seminovos diretamente ao consumidor final, maximizando o valor residual dos carros usados no aluguel. Franchising Negócio suplementar, com o objetivo de expandir a distribuição geográfica da Companhia. O Franchising é visto pela administração como negócio estratégico– as receitas geradas são baixas, entretanto a expansão da marca e rede é feita com baixo investimento de capital. A Companhia: Divisões da plataforma de negócios
  • 6. R$27,0 Compra do carro Receita na venda do carro R$25,5Ciclo de 1 ano Ciclo financeiro do aluguel de carros Por carro 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12Despesas, juros e impostos Receita Spread 11,1p.p. 6 Total 1 ano R$ % Seminovos % R$ Receita líquida 19,7 100,0% 28,1 100,0% 47,8 Custos fixos e variáveis (9,1) -46,1% (9,1) SG&A (3,3) -17,0% (2,6) -9,4% (6,0) Receita líquida venda do carro 25,5 90,6% 25,5 Valor residual do carro vendido (24,1) -85,8% (24,1) EBITDA 7,3 36,8% 1,4 4,9% 8,6 Depreciação carros (1,5) -5,2% (1,5) Depreciação outros ativos (0,4) -1,9% (0,2) -0,8% (0,6) Despesa financeira (1,3) -4,6% (1,3) IR (2,1) -10,5% 0,5 1,7% (1,6) Lucro (Prejuízo) líquido 4,8 24,5% (1,1) -4,0% 3,7 NOPAT 4,6 ROIC 17,1% Custo da dívida após impostos 6,0% Car Rental Seminovos Per car soldPer operating car
  • 7. Ciclo de 2 anos Spread 11,1p.p. 1 2 3 4 5 6 19 20 21 22 23 24Despesas, juros e impostos Receita Ciclo financeiro da gestão de frotas Por carro Receita na venda do carro R$24,4 R$33,3 Compra do carro Total 2 anos R$ % Seminovos % R$ Receita líquida 36,9 100,0% 26,7 100,0% 63,7 Custos fixos e variáveis (10,3) -28,0% (10,3) SG&A (2,4) -6,5% (2,4) -8,9% (4,8) Receita líquida venda do carro 24,4 91,1% 24,4 Valor residual do carro vendido (23,1) -86,2% (23,1) EBITDA 24,2 65,5% 1,3 4,9% 25,5 Depreciação carros (9,2) -34,3% (9,2) Depreciação outros ativos (0,1) -0,2% - 0,0% (0,1) Despesa financeira (2,2) -8,2% (2,2) IR (7,2) -19,6% 3,0 11,3% (4,2) Lucro (Prejuízo) líquido 16,9 45,7% (7,0) -26,3% 9,9 Lucro (Prejuízo) líquido - por ano 8,4 45,7% (3,5) -26,3% 4,9 NOPAT 5,7 ROIC 17,1% Custo da dívida após impostos 6,0% Per operating car Fleet Rental Seminovos Per car sold 7
  • 8. 8 Spread (ROIC menos custo da dívida após impostos) (*) Os NOPATs de 2008 e 2012 foram calculados excluindo a depreciação adicional da frota, que foi tratada como perda de patrimônio, por ser evento extraordinário não-recorrente, causado por fatores externos (queda do IPI de carros novos), seguindo os conceitos recomendados pela Stern Stewart 8,4% 8,8% 7,6% 7,3% 8,6% 6,3% 6,0% 7,6% 21,3% 17,0% 11,5% 16,9% 17,1% 16,1% 16,5% 18,9% 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T14 12,9p.p. 8,2p.p. 4,0p.p. 9,6p.p. 8,5p.p. 11,3p.p.9,8p.p. ROIC Custo da dívida após impostos Reflexo da crise financeira 10,5p.p. Anualizado
  • 9. 3.585,6 3.520,6 3.510,5 3.659,4 3.884,6 4.045,4 4.381,8 4.433,3 4.527,0 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 9 Evolução das receitas de aluguel Receitas de aluguel da Localiza a preços constantes Receita do setor a preços constantes (ex-Localiza) A Companhia cresceu em média 4,2x PIB e 5,5x o setor. PIB 5,7% 3,2% 4,0% 6,1% 5,2% -0,3% 7,5% 2,7% 1,0% Média do PIB: 3,9% Fonte: ABLA e Localiza 505,9 608,2 745,2 883,1 1.087,1 1.096,3 1.382,1 1.605,4 1.703,0 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  • 10. Vantagens competitivas: 40 anos de experiência administrando ativos Captação de recursos Aluguel de carrosAquisição de carros Caixa para renovar a frota ou pagar dívida $ $ Rentabilidade vem das divisões de aluguel Venda de carros 10
  • 11. 11 Escala Global A Localiza capta recursos com menores spreads quando comparada aos concorrentes nacionais. Vantagens competitivas: captação de recursos BBB Fitch Baa3 Moody’s BBB- S&P BBB+ S&P B+ S&P B+ Fitch B1 Moody's brAAA S&P Aa1.br Moody’s AAA(bra) Fitch A+ (bra) Fitch brAA- S&P brA S&P A (bra) Fitch brA+ S&P A+ (bra) Fitch A(bra) Fitch Escala Nacional Grau de investimento: menores spreads e maiores prazos Em Março de 2014 Captação de Recursos Aquisição de carros Aluguel de carros Venda de carros
  • 12. 12 Vantagens competitivas: aquisição de carros A Localiza compra carros com melhores condições em razão dos maiores volumes de compra. Número de carros comprados em 2013 Localiza Unidas Locamerica 78.779 18.866 9.950 • Inclui Franchising * Fonte: website de cada Companhia Participação da Localiza nas vendas internas das principais montadoras em 2013 2,6% Captação de Recursos Aquisição de carros Aluguel de carros Venda de carros
  • 13. 108 153 55 13 Vantagens competitivas: aluguel de carros Fonte: Brand Analytics e website de cada Companhia (Localiza e Concorrentes: Dezembro de 2013) A Companhia está presente em 245 cidades em que as outras grandes redes não operam. #deagências#decidades Know HowMarca Distribuição no Brasil 479 316 344 99 78 42 Captação de Recursos Aquisição de carros Aluguel de carros Venda de carros Localiza Unidas Hertz Avis
  • 14. Captação de Recursos Aquisição de carros Aluguel de carros Venda de carros 14 Vantagens competitivas: venda de carros Vender diretamente ao consumidor, reduz a nossa depreciação. Venda direta ao consumidor final Frota adicional Os carros à venda são utilizados pela divisão de aluguel de carros nos picos de demanda.
  • 15. 15 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Gestão de frotas Seminovos 3. Consolidado 4. Dívida e caixa 5. Apêndice Earnings release 1T14 Agenda
  • 16. 16 Visão geral do Aluguel de Carros Receita líquida (R$ milhões) 2013 Composição da frota 70.717 carros Tamanho da frota corporativa 47.517 64.688 70.717 2009 2011 2013 65.9% Carros Econômicos 34.1% Outros 428,0 565,2 585,2 802,2 980,7 1.093,7 1.163,5 283,2 311,3 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T13 1T14
  • 17. 17 Drivers # Tráfego aéreo de passageiros - milhões Acessibilidade ao aluguel de carros Investimentos no Brasil (2014-2017) (R$ 3.982 bilhões) 151 180 200 240 260 300 350 380 415 465 510 545 622 678 51% 38% 37% 35% 31% 27% 22% 20% 18% 16% 15% 15% 13% 12% 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 Salário mínimo (R$) Preço diária / salário mínimo Fonte: BNDES, ANAC, IPEADATA e BCB PIB per capita (R$ mil) 6,9 7,5 8,4 9,5 10,7 11,7 12,8 14,2 16,0 16,6 19,0 21,3 22,4 24,1 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 29 70 82 89 90 2003 2010 2011 2012 2013 1.505 1.100 867 510 Serviços e Agricultura Indústria Residêcncias Infraestrutura
  • 18. 18 Distribuição Distribuição do Aluguel de Carros (Brasil) 312 346 381 415 449 474 479 477 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T14
  • 19. 19 Mercado fora dos aeroportos ainda fragmentado. Agências de aeroporto Agências fora de aeroporto Agências de Aluguel de Carros no Brasil Fonte: ABLA (2013) e website de cada Companhia (Dezembro de 2013)
  • 20. Receita R$2.781,2 bilhões Fonte: Euromonitor para Receita, ABLA para Frota e Demonstrações Financeiras de cada Companhia. 20 Frota 210.506 carros Características das redes de Aluguel de Carros: Complexidade de gestão da rede Elevada estrutura de custos fixos Mercado consolidado nos aeroportos e fragmentado fora dos aeroportos Elevada barreira de entrada Capital intensivo 41,8% 2,5% Hertz Outros 46,8% 2,8% Avis 6,1% Unidas Outros 53,8% 30,9% 4,6% 6,5% Unidas 35.5% 2,1% Avis 2,1 Hertz 2012 Participação de Mercado – Aluguel de Carros
  • 21. 2013 Visão Geral do Mercado 21 Receita Bruta de Aluguéis (R$ milhões) 1.821,8 567,0 356,9 N/D 216,8** Frota (Fim de período) 117.759 38.292 28.265 29.247 18.616 ROIC (NOPAT/ Investimento***): 2013 17,7% 6,8% 7,4% 7,2% 7,8% 2012 17,3% 3,9% 6,9% 7,0% 7,9% Div. Liq./EBITDA 1,5x 2,2x 3,1x 3,9x 3.5x Div. Liq./ PL 1,0x 0,9x 1,7x 2,7x 6.8x Source: ABLA, DF´s das Companhias. **Ouro Verde: Receita Líquida , opera no aluguel de frotas . Cálculo do EBITDA excluindo venda da Martini Meat *** Investimento = Média do Patrimônio Líquido + Média da Dívida Líquida
  • 22. 22 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Gestão de frotas Seminovos 3. Consolidado 4. Dívida e caixa 5. Apêndice Earnings release 1T14 Agenda
  • 23. 23 Número de clientes 2013 Composição da frota 32.809 carros Visão geral da Gestão de Frotas 584 687 760 2009 2011 2013 Receita líquida (R$ milhões) 38.0% Carros Econômicos 62.0% Outros 219,8 268,4 303,2 361,1 455,0 535,7 575,9 141,8 143,2 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T13 1T14
  • 24. 2012 Participação do mercado – Gestão de Frotas 24 Receita R$3,448.8 bilhões Frota 279.042 carros Características do negócio de Gestão de Frotas: Escala pouco relevante após escala inicial (10.000 carros) Pouca estrutura de custos fixos Risco na previsão do valor residual do carro no final do contrato (depreciação) Pouca barreira de entrada 16,0% 1,6% Unidas Locamérica 17,6% Outros 65,5% Outros 70,1% 11,5% 0,9% Unidas Locamérica 12,4% Fonte: Euromonitor para Receita, ABLA para Frota e Demonstrações Financeiras de cada Companhia. 7,1% 9,8% 7,0% 10,5%
  • 25. 25 Fonte: ABLA e Datamonitor Penetração da frota terceirizada Frota corporativa: >5.000.000* Frota alugada: 279.042 32.009 Mercado brasileiro Mundo Drivers 5,4% 8,9% 13,3% 16,5% 24,5% 37,4% 46,9% 58,3% Brasil Polônia R epública Tcheca A lem anha França Espanha Reino Unido Holanda Baixa penetração da frota terceirizada no Brasil. *Estimada
  • 26. 26 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Gestão de frotas Seminovos 3. Consolidado 4. Dívida e caixa 5. Apêndice Earnings release 1T14 Agenda
  • 27. 27 A combinação da marca da Localiza com uma rede de lojas em ampliação, possibilita a Companhia a vender milhares de veículos a preços de mercado. # de pontos de venda Venda de carros – dados operacionais 32 35 49 55 66 73 74 74 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T14
  • 28. 28 Drivers seminovos: acessibilidade e penetração Fonte: O Estado de São Paulo, 16/08/13 (baseado em estudos do Sindipeças) e site da Globo em 10/03/2014. O aumento da renda e a disponibilidade de crédito são os principais drivers para a venda de carros. # de habitantes por carro - Brasil 8,0 7,9 7,4 6,9 6,5 5,9 5,5 5,2 4,4 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 4,4 4,2 4,0 3,6 2,1 2,0 1,9 1,8 1,2 Brasil Argentina Rússia Coréia do Sul Japão França Alemanha Reino Unido EUA # de habitantes por carro 2012 - (Brasil 2013)
  • 29. 7,0 6,7 7,1 7,3 7,1 8,4 8,9 9,0 9,4 1,6 1,8 2,3 2,7 3,0 3,3 3,5 3,6 3,6 29 Carros novos Carros usados Fonte: FENABRAVE (Veículos + comerciais leves) e Anfavea Mercado brasileiro: carros novos x usados e acessibilidade 4,4x 3,7x 3,1x 2,7x 2,4x 2,5x 2,5x2,6x 2,6x 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013
  • 30. 30 Até 2 anos 409.121 Carros novos - 2013 3.579.903 Carros usados – 2013 9.434.225 0,7% 1,8% 13,9% Venda de carros – dados operacionais Fonte: Anfavea e Fenabrave # carros vendidos (Quantidade) 30.093 34.281 34.519 47.285 50.772 56.644 62.641 12.934 17.449 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T13 1T14
  • 31. Exemplos • Montadoras • Fiat, VW, Ford, GM mais reconhecidas • Auto Brasil • Operadoras de aluguel • Locamerica, Hertz • Varejistas/ revendas • “Loja do carro” • “Shopping do automóvel” e “Cidade do automóvel” Forças • Marca e imagem/experiência reconhecidas • Suporte geralmente direto das montadoras • Flexibilidade em transacionar veículos • Forte presença da mídia • Customizada à demanda de compra do consumidor popular, tornando-se um forte argumento no momento da venda • Normalmente direcionado às classes mais baixas, com veículos mais velhos • Especializada em nichos • Conforto e conveniência • Variedade de modelos e marcas • Flexibilidade na troca Fraquezas • Venda de veículos não é o principal negócio • Carros normalmente com idade superior a 2 anos • Estigma acerca de uso árduo durante o período de aluguel • Fraca rede de varejo • Concentração geográfica (SP) • Presença mais baixa na mídia • Baixa reputação da marca • Opções de financiamento com altas taxas de juros • Presença mais baixa na mídia • Carros normalmente com idade superior a 2 anos • Não tem sido bem sucedido Pontos de venda • 3.714 (Anfavea) • 25 (Sites da Unidas, Locamerica, Avis, Hertz) • 45.600 (Fenauto) • 71 (Fenauto) Principais players *Fonte: Roland Berger
  • 32. 32 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Gestão de frotas Seminovos 3. Consolidado 4. Dívida e caixa 5. Apêndice Earnings release 1T14 Agenda
  • 33. 11% 41% 48% 40% 60% Visão geral consolidada - 2013 Receitas EBITDA 50% 16% 34% A rentabilidade da Companhia vem das Divisões de Aluguel de Carros e Gestão de Frotas. EBIT* *Resultado dos Seminovos contabilizado nas Divisões de Aluguel de Carros e Gestão de Frotas. Receitas EBITDA EBIT Lucro Líquido 1.183,0 440,0 392,3 225,3 575,9 377,3 259,8 159,0 1.747,3 99,2 * * Consolidado 3.506,2 916,5 652,1 384,3
  • 34. 655,0 842,9 898,5 1.175,3 1.450,0 1.646,7 1.758,9 429,5 459,3 850,5 980,8 922,4 1.321,9 1.468,1 1.520,0 1.747,3 363,8 485,8 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T13 1T14 34 Receita líquida consolidada R$ milhões Aluguel Seminovos 1.505,5 1.823,7 2.918,1 3.506,2 793,3 1.820,9 2.497,2 3.166,7 A receita líquida consolidada cresceu 19,1% no 1T14. 945,1
  • 35. 403,5 504,1 469,7 649,5 821,3 875,6 916,5 217,2 249,1 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T13 1T14 35 EBITDA consolidado R$ milhões Na Divisão de Aluguel de Carros a margem EBITDA ficou em 40,2% no 1T14, 4,6 p.p. acima do mesmo trimestre do ano anterior. Divisões 2007* 2008* 2009* 2010* 2011* 2012 2013 1T13 1T14 Aluguel de carros 46,0% 45,9% 41,9% 45,3% 46,9% 40,9% 36,8% 35,6% 40,2% Gestão de frotas 71,3% 69,1% 68,7% 68,0% 68,6% 66,4% 65,5% 65,9% 62,0% Aluguel Consolidado 54,5% 53,3% 51,1% 52,3% 53,8% 49,3% 46,5% 45,8% 47,2% Seminovos 5,5% 5,6% 1,1% 2,6% 2,8% 4,2% 5,7% 5,6% 6,6% (*) Até 2011, os acessórios e frete para carros novos eram registrados no ativo imobilizado e depreciados durante a vida útil dos carros. A partir de 2012, esses valores passaram a ser registrados diretamente no custo, afetando o EBITDA e reduzindo os custos de depreciação.
  • 36. Depreciação Depreciação adicional não recorrente - Efeito IPI 332,9 2.546,0 2.577,0 1.536,0 1.683,9 1.895,8 1.452,4 1.396,0 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T14 2.395,8 5.083,1 4.371,7 3.509,7 4.133,0 4.311,3 4.592,3 4.508,01.096,9 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T14 36 Depreciação média por carro em R$ Mercado de carros usados aquecido Reflexo da crise financeira e da redução do IPI Mercado de carros usados aquecido Reflexo da crise financeira e da redução do IPI 3.972,4 5.408,2 Depreciação Depreciação adicional não recorrente - Efeito IPI 2.076,6 Depreciação média por carro (R$) – Gestão de Frotas Depreciação média por carro (R$) – Aluguel de Carros
  • 37. 37 Lucro líquido consolidado R$ milhões 190,2 127,4 116,3 250,5 291,6 240,9 384,3 88,8 105,8 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T13 1T14 336,3 * Os ganhos de produtividade e eficiência ajudaram a compensar o aumento da taxa de juros. A Companhia apresentou lucro recorde no trimestre Recorde * Lucro líquido 2012 pro forma excluindo o efeito da depreciação adicional, deduzida do efeito do imposto de renda.
  • 38. 38 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Gestão de frotas Seminovos 3. Consolidado 4. Dívida e caixa 5. Apêndice Earnings release 1T14 Agenda
  • 39. Caixa livre gerado - R$ milhões 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T14 Operações EBITDA 403,5 504,1 469,7 649,5 821,3 875,6 916,5 249,1 Receita na venda dos carros líquida de impostos (850,5) (980,8) (922,4) (1.321,9) (1.468,1) (1.520,0) (1.747,3) (485,8) Custo depreciado dos carros baixados (*) 760,0 874,5 855,1 1.203,2 1.328,6 1.360,2 1.543,8 432,0 (-) Imposto de Renda e Contribuição Social (63,4) (52,8) (49,0) (57,8) (83,0) (100,9) (108,5) (31,7) Variação do capital de giro 13,3 (44,8) (11,5) 54,5 (83,9) 37,1 2,9 (44,4) Caixa livre gerado antes do investimento 262,9 300,2 341,9 527,5 514,9 652,0 607,4 119,2 Capex-Renovação Receita na venda dos carros líquida de impostos 850,5 980,8 922,4 1.321,9 1.468,1 1.520,0 1.747,3 302,9 Investimento em carros para renovação (839,0) (1.035,4) (947,9) (1.370,1) (1.504,5) (1.563,3) (1.819,7) (317,1) Investimento líquido para renovação da frota 11,5 (54,6) (25,5) (48,2) (36,4) (43,3) (72,4) (14,2) Renovação da frota - quantidade 30.093 34.281 34.519 47.285 50.772 56.644 62.641 10.880 Investimento em investimentos, outros imobilizados e intangíveis (23,7) (39,9) (21,0) (51,1) (63,0) (80,2) (54,0) (9,8) Caixa livre gerado antes do crescimento e antes dos juros 250,7 205,7 295,4 428,2 415,5 528,5 481,0 95,2 Capex-Crescimento Investimento em carros para (crescimento)/ da frota (221,9) (299,9) (241,1) (540,3) (272,0) (55,5) (209,4) - Caixa gerado pela redução da frota - - - - - - - 182,9 Variação na conta de fornecedores de carros (51,0) (188,9) 241,1 111,3 32,7 (116,9) 89,7 (102,1) Crescimento da frota (272,9) (488,8) 0,0 (429,0) (239,3) (172,4) (119,7) 80,8 Aumento (redução) da frota – quantidade 7.957 9.930 8.642 18.649 9.178 2.011 7.103 (6.569) Caixa livre gerado depois do crescimento e antes dos juros (22,2) (283,1) 295,4 (0,8) 176,2 356,1 361,3 176,0 39 Fluxo de caixa livre - FCL (*) Sem a dedução dos descontos técnicos até 2010
  • 40. 40 Movimentação da dívida R$ milhões Redução da dívida líquida em R$124,9 milhões em função da forte geração de caixa no período. - 1.207,9 (34,3) Despesas financeiras Dívida líquida 31/03/2014 FCL 176,0 -1.332,8 Dívida líquida 31/12/2013 FCL após despesas financeiras 141,7 (16,8) JCP
  • 41. 238,4 214,5 647,3 511,0 221,0 247,0 100,0 100,0 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 41 Perfil da Dívida (principal) R$ milhões A Companhia mantém forte posição de caixa e perfil de dívida alongado. Caixa 1.193,7 1.100,2
  • 42. 42 Dívida - ratios SALDOS EM FINAL DE PERÍODO 2007(*) 2008(*) 2009(*) 2010(*) 2011 2012 2013 1T14 Dívida líquida / Valor da frota 51% 72% 57% 52% 51% 48% 48% 46% Dívida líquida / EBITDA** 1,9x 2,5x 2,3x 2,0x 1,7x 1,4x 1,5x 1,2x Dívida líquida / Patrimônio líquido 1,3x 2,0x 1,5x 1,4x 1,2x 0,9x 1,0x 0,8x EBITDA / Despesas financeiras líquidas 5,4x 3,8x 4,2x 5,0x 4,6x 6,3x 8,3x 7,3x 765,1 1.254,5 1.078,6 1.281,1 1.363,4 1.231,2 1.332,8 1.207,9 1.492,9 1.752,6 1.907,8 2.446,7 2.681,7 2.547,6 2.797,9 2.623,6 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 1T14 Dívida líquida Valor da frota (*) De 2007 a 2010, ratios baseados nas demonstrações financeiras em USGAAP (**)Anualizado Dívida líquida x Valor da frota Confortáveis ratios de dívida para o cenário atual.
  • 43. 43 Localiza ADR level I Sigla: LZRFY CUSIP: 53956W300 ISIN: US53956W3007 Equivalência: 1 ADR / ação Negociação: Mercado de Balcão (OTC) Banco Depositário: Deutsche Bank Trust Company Americas SAC ADR: +1 212 250 9100 (New York) +44 207 547 6500 (London) E-mail: adr@db.com Site de ADR: www.adr.db.com Banco depositário custodiante no Brasil: Banco Bradesco S/A, Brazil
  • 44. 44 Aviso – Informações e projeções Aviso – Informações e projeções Website: www.localiza.com/ri E-mail: ri@localiza.com Telefone: 55 31 3247-7024 O material que se segue é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da LOCALIZA na data da apresentação. Trata-se de informação resumida sem intenções de serem completas, que não devem ser consideradas por investidores potenciais como recomendação. Esta apresentação é estritamente confidencial e não pode ser divulgada a nenhuma outra pessoa. Não fazemos nenhuma declaração nem damos nenhuma garantia quanto à correção, adequação ou abrangência das informações aqui apresentadas, que não devem ser usadas como base para decisões de investimento. Esta apresentação contém declarações e informações prospectivas nos termos da Cláusula 27Aª da Securities Act of 1933 e Cláusula 21E do Securities Exchange Act of 1934. Tais declarações e informações prospectivas são unicamente previsões e não garantias do desempenho futuro. Advertimos os investidores de que as referidas declarações e informações prospectivas estão e estarão, conforme o caso, sujeitas a muitos riscos, incertezas e fatores relativos às operações e aos ambientes de negócios da LOCALIZA e suas controladas, em virtude dos quais os resultados reais das empresas podem diferir de maneira relevante de resultados futuros expressos ou implícitos nas declarações e informações prospectivas. Embora a LOCALIZA acredite que as expectativas e premissas contidas nas declarações e informações prospectivas sejam razoáveis e baseadas em dados atualmente disponíveis à sua administração, a LOCALIZA não pode garantir resultados ou acontecimentos futuros. A LOCALIZA isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas. Não é permitido oferecer ou vender nos Estados Unidos valores mobiliários que não tenham sido registrados ou estejam isentos de registro conforme a Securities Act of 1933. Qualquer oferta de valores mobiliários a ser feita nos Estados Unidos deverá sê-lo por meio de um memorando de oferta que pode ser obtido com os underwriters que possam ser indicados em conexão com a oferta de ações ou títulos no futuro. O memorando de oferta deverá conter ou incorporar por referência informações detalhadas sobre a LOCALIZA e seus negócios e resultados financeiros, além de suas demonstrações financeiras. Esta apresentação não constitui oferta, convite ou solicitação de oferta de subscrição ou compra de quaisquer valores mobiliários. Nem esta apresentação nem qualquer coisa aqui contida constituem a base de um contrato ou compromisso de qualquer espécie. Roberto Mendes CFO e RI Nora Lanari Head de RI Eugênio Mattar CEO

×